Para Descartes, a regra sobre o desejo, a terceira faculdade da alma humana, vem completar o elenco da moral provisória. Trata-se de delimitar os desejos, de modo a que não influenciem a vontade. Fazendo da necessidade, virtude, escapamos ao domínio da fortuna e procuramos o contentamento em nós mesmos, ou melhor, no que está ao nosso alcance. Fica por explorar a potencialidade positiva dos desejos e das paixões, a doutrina dos sentimentos, punctum cruciens.
Em todos os espaços a ética deve permear as relações humanas, os espaços coletivos e a vontade da maioria. A Ética deve ser dominar a vontade e os desejos egoístas do ser, que o impedem de viver em harmonia com os seus pares. Desta forma, informamos que os Usuários Tyler e Mohamed encontram-se banidos da Comunidade pelo período de 1 semana.

E para que reflitam:

E não procureis as profundidades de vosso conhecimento com uma vara ou uma sonda.
Porque o Eu é um mar sem limites e sem medidas."

GIBRAN KHALIL GIBRAN