Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[DreamFics News] As maiores mentiras do mundo das HQs

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [DreamFics News] As maiores mentiras do mundo das HQs

    A Wizard gringa desse mês trouxe uma entrevista-conversa interessante: Judd Winick (o roteirista que trouxe Jason Todd de volta) e Denny O'Neill (editor do Batman na época da morte de Jason).

    Durante a entrevista, ficou visível que o Winick estava nervoso diante da lenda. E no meio da conversa ele não aguentou e confessou para o Denny O'Neill que mentiu descaradamente numa entrevista passada, quando disse que havia votado contra a morte de Jason na enquete telefônica que definiu o destino do então Robin.

    WIZARD: Judd, você votou naquela enquete telefônica?

    WINICK: Eu estava dando uma entrevista sobre a ressurreição de Jason Todd quando o repórter me perguntou: "Judd, uma última pergunta: lá atrás, na época de "Morte em Família", você votou?". Então, Denny, na verdade eu não votei em nada não, eu só pensei que isso daria um climax, um final legal pra matéria. Eu menti quando me perguntaram "você votou?"; eu disse "sim, votei". "E como você votou?". Respondi: "Eu votei para que ele continuasse vivo".

    Mas no final das contas comentaram o seguinte na matéria: "Winick conseguiu realizar sua vontade de fã no final das contas". E o pessoal da internet, é claro, achou que eu estava fazendo um revisionismo pessoal na história, revivendo minha adolescência e dando o troco nos editores que erraram comigo ao matar o Jason. Mas na verdade eu nem tive a oportunidade de votar. E se eu tivesse a chance, teria votado a favor da morte dele.
    O legal também é que pegando embalo na confissão da mentira do Winick, o O'Neill comentou que rolou um esquema armado por um fanboy gringo (advogado, diga-se de passagem) que influenciou brutalmente a votação a favor da morte do Jason. Ele disse que quando viu o relatório das ligações-votos enviado pela empresa de telefonia, descobriu que o tal adevogaduzinhu programou seu Macintosh para discar para o número de telefone a favor da morte do Jason a cada 90 segundos do dia.

    Imagem original da página da matéria:
    [hide:72dbc1effa][/img][/hide:72dbc1effa]

    E aí? Quais são as maiores mentiras, jeitinhos ou embromações da história das HQs? Além dessas duas aí de cima, me veio à mente aquele rolo do U DECIDE envolvendo Joe Quesada, Peter David e tortas na cara, que claro, nunca aconteceram porque o gordinho não tem palavra.

    Comentem!

  • #2
    Winick comentando a morte do Robin?


    Não importa o quanto você se esforce, é impossível ser cool em Belém do Pará

    Comment


    • #3
      Que superlegal, Stanislaw.
      Winners don't use drugs.

      Comment


      • #4
        A maior mentira do mundo dos quadrinhos ???

        Tá na gráfica
        Isso é só uma brincadeira ...

        Comment


        • #5
          que tópico.
          Giovanni Giorgio

          Comment


          • #6
            "Titãs melhora no mês que vem."
            Send down the firewalker
            Send down the neon priest
            Send down the junky doctor
            Send down the shadow king
            Down through the heart of the city at night
            In black and white

            Comment


            • #7
              Chamar a Marvel de "Casa de idéias"

              Comment


              • #8
                E quem se importa com o Jason Todd?
                Tudo bem, deve ter um monte de gente aí se importando e perdendo a noite em claro, pensando em como ele vai virar o Robin Vermelho da Terra-colorida-da-tropa-dos-patinadores-vermelhos...Retiro a pergunta.
                Acho que uma das maiores mentiras dos quadrinhos eram aquelas pesquisas sobre "cross" que os publicitários da Dc produziam...quem era o melhor Lanterna verde, quem era o melhor arqueiro, quem era o melhor Flash...
                Tosquice estatística.
                "They say I'm fearless, but actually I'm very afraid. Of getting beat. Of backing down. Of chickening out. That fear just blows all the others away."

                --Hal Jordan

                Comment


                • #9
                  Postado originalmente por Art Vandelay
                  "Titãs melhora no mês que vem."

                  Comment


                  • #10
                    Olá!

                    Raspar fotolito...

                    Mês que vem está nas bancas... garantido!

                    Preacher irá ser concluído no Brasil...

                    Abraços

                    Comment


                    • #11
                      Postado originalmente por Segaboy
                      Preacher irá ser concluído no Brasil...
                      É fácil quando se sabe.

                      Comment


                      • #12
                        Postado originalmente por Art Vandelay
                        "Titãs melhora no mês que vem."
                        Perfeito.

                        Comment


                        • #13
                          Mentiras dos quadrinhos? Leiam a entrevista abaixo:

                          Sérgio Figueiredo conta mais novidades da Abril em chat

                          Por Sérgio Codespoti e Sidney Gusman (18/12/2001)

                          No dia 17 de dezembro, Sergio Figueiredo Pinto, redator-chefe e gerente de licenças da Editora Abril, participou de um concorrido chat no UOL, proporcionado pelo site Heróis.

                          Depois de um atraso de alguns minutos e de demonstrações de impaciência por parte de alguns, Figa (como é conhecido entre os leitores) respondeu às dúvidas dos leitores.

                          Entre as novidades, a volta da distribuição nacional após março de 2002, a garantia de que os títulos da DC custarão menos do que as da Marvel, o surgimento de uma revista da Liga da Justiça e muito mais! Confira os principais momentos do chat.

                          Qual foi a causa do rompimento com a Marvel?

                          Sérgio Figueiredo: Conforme expliquei ao Sidney Gusman, não renovamos por causa, principalmente, do acordo de figurinhas. A Panini queria alguns privilégios na distribuição de figurinhas, que a Dinap se recusou a dar. Eles também tinham algumas exigências financeiras em relação à Marvel. Como a Abril disse duas vezes não às exigências da Panini, eles saíram da Dinap e levaram a Marvel junto. Na minha opinião, eles terão muitos problemas em 2002. Agora, vamos triplicar o volume de material DC e vamos entrar no mercado de figurinhas também. A Panini agiu de uma forma, vamos dizer... agressiva.

                          Como ficam as Premium da DC?

                          Sérgio Figueiredo: Em janeiro, as Premium Superman e Batman vão trazer grandes seqüências de histórias, que batizaremos de série Platinum, e as revistas ficam quinzenais. Recomendo que você acompanhe, pois o material estará espetacular. Em fevereiro, teremos o lançamento Cavaleiro das Trevas 2 e novas surpresas!

                          Quais os materiais da DC que a Abril publicará?

                          Sérgio Figueiredo: Vamos ficar com o núcleo DC apenas. Entenda-se por isso, todos os grandes personagens do universo DC.

                          Quantas serão as revistas da DC?

                          Sérgio Figueiredo: Por enquanto, duas. Mas, ainda no primeiro trimestre, vamos lançar um plano para triplicar o volume de histórias DC no Brasil.

                          A distribuição por fases continuará em 2002?

                          Sérgio Figueiredo: Até março. Depois, volta a ser nacional. A DC será a editora predominante no mercado brasileiro.

                          Como ficará o preço das revistas?

                          Sérgio Figueiredo: Nós vamos ter o preço mais competitivo do mercado brasileiro. Todas as revistas de linha da DC serão mais baratas do que as da Marvel. Teremos o preço mais competitivo do mercado. Você vai poder comprar muita coisa. Garanto. Mas, por enquanto, a linha continua custando 10 reais, o que não é caro, proporcionalmente. Por favor, compare com as outras revistas em quadrinhos da praça.

                          World War III (nota do UHQ: uma saga da Liga da Justiça) finalmente sairá no Brasil?

                          Sérgio Figueiredo: Essa história não é legal. Acredite em mim! O que vale a história Torre de Babel que provocou graves mudanças na Liga?

                          A Liga da Justiça voltará a ter revista própria?

                          Sérgio Figueiredo: Vamos ter uma revista mensal da Liga.

                          Quais personagens serão publicados?

                          Sérgio Figueiredo: A lista é enorme para falar agora. Todos os personagens principais e secundários vão estar presentes, menos Vertigo e Elseworlds (Túnel do Tempo) e Animated.

                          Como fica a distribuição das edições 16 e 17 fora do eixo São Paulo-Rio de Janeiro?

                          Sérgio Figueiredo: As Premiuns 16 e 17 chegarão normalmente nas demais regiões. Fique tranqüilo.

                          Como fica Spawn?

                          Sérgio Figueiredo: O contrato de Spawn acaba de ser renovado e a revista continua mensal.

                          Você acha que a Marvel será tão bem-sucedida como foi na Abril?

                          Sérgio Figueiredo: Sinceramente, acho que não. A Abril tem a melhor distribuição, a melhor qualidade, a melhor pesquisa de mercado. Acho que a Panini não conhece o mercado brasileiro. E, além do mais, nós vamos competir para valer. Este é o ano de Cavaleiro das Trevas 2!

                          Como ficará o mercado de super-heróis no Brasil?

                          Sérgio Figueiredo: É um mercado segmentado, um pouco retraído, mas que agora deve aquecer. Vai ser um ano interessante.

                          Como será a competição com a Marvel?

                          Sérgio Figueiredo: Fortíssima. Como nos Estados Unido. Não é ótimo? O mercado vai ficar mais competitivo. Se antes o mercado comportava 10 revistas, a Abril colocava 10 revistas nas bancas. Agora, quando o mercado comportar 10, a Marvel vai querer colocar 10; e nós vamos colocar 20.

                          Quais serão as edições especiais da DC? O formatinho pode voltar?

                          Sérgio Figueiredo: Lançaremos grandes edições especiais, mas, em princípio, nada em formatinho. Vamos ter republicações, novidades, muita coisa. Crise Nas Infinitas Terras sai em 2002, em formato americano.

                          Que tal trazer Frank Miller ao Brasil, para o lançamento de Cavaleiro das Trevas 2?

                          Sérgio Figueiredo: A idéia é magnífica. Precisamos checar a agenda do sr. Miller.

                          O Arqueiro Verde de Kevin Smith será publicado?

                          Sérgio Figueiredo: O (Marco) Moretti (nota do UHQ: editor da Abril) está concluindo a programação para 2002, mas Arqueiro deve sair nas revistas de linha.

                          O que esperar do ano de 2002?

                          Sérgio Figueiredo: Eu diria que teremos um 2002 melhor do que 2000 e 2001. Vamos ter mais títulos, melhor distribuição e quem vai ganhar é o público-leitor.

                          A Mythos é que ficará com os títulos da Marvel?

                          Sérgio Figueiredo: A Mythos é apenas um estúdio. Não há Mythos. Eles nunca teriam como pagar os royalties que a Marvel exige. Eles vão apenas montar as histórias. A Panini, que não entende nada de revistas e não conhece o mercado brasileiro a fundo, vai tentar armar a estratégia. Eles vão ver que ficar atrás de uma mesa recebendo royalties é diferente de editar, agüentar encalhes de milhares de exemplares, pagar a gráfica etc.

                          A revista Heróis da TV tem vendido bem?

                          Sérgio Figueiredo: Maravilhosamente bem! A fita Dragon Ball Z é um sucesso, graças a Deus!

                          The Nail poderá sair pela Abril?

                          Sérgio Figueiredo: The Nail é uma história da linha Elseworlds e vai ficar de fora. Mas vamos publicar muita coisa boa. Como disse antes, vamos triplicar o volume de histórias da DC no Brasil, não é ótimo?

                          A Abril pretende "degolar" a Panini?

                          Sérgio Figueiredo: A Abril fará tudo para continuar sendo líder no segmento juvenil-adulto. A Abril é líder em todos os segmentos em que atua e não queremos que seja diferente. Degolar não é uma palavra apropriada, mas vamos competir para valer!

                          Comment


                          • #14
                            Também falavam que Extreme X-Men melhorava no número 17.

                            E que Crise Infinita seria ladeira abaixo a partir da edição 5.

                            Comment


                            • #15
                              Postado originalmente por Kyle Rayner
                              E que Crise Infinita seria ladeira abaixo a partir da edição 5.
                              Bom, aí não é mentira, né?

                              Comment

                              Working...
                              X