Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[Antimonitor News] Aniversário de Henfil

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [Antimonitor News] Aniversário de Henfil

    Memória: Se vivo Henfil completaria hoje 64 anos
    Escrito por Amauri de Paula
    terça, 05 de fevereiro de 2008

    Manhã de carnaval. Aqui em Belo Horizonte, chuvosa. Se não houvesse falecido há 20 anos atrás, Henfil completaria hoje 64 anos. Talvez entre a folia, poucos são aqueles que se lembram dessa data.

    Vindo do munícipio mais pobre de Minas Gerais, Ribeirão das Neves na região norte da Grande BH, Henrique de Sousa Filho, ou simplesmente Henfil marcou a vida da imprensa brasileira com seu carisma e humor.

    A estréia de Henfil deu-se em 1964 na revista "Alterosa". Em 1965 passou a colaborar com o jornal "Diário de Minas", tendo seu trabalho também publicado no "Jornal dos Sports" do Rio de Janeiro, e nas revistas "Realidade", "Visão", "Placar" e "O Cruzeiro". Daí mudou-se para o Rio, onde, em 1969, passou a trabalhar no "Jornal do Brasil" e no jornal "O Pasquim".

    Seus personagens, frutos da observação do ser humano, marcaram sua época, e são atuais até hoje. Seu editor atual, que gerencia as suas tiras publicadas no "O Globo", disse numa entrevista concedida sobre o autor que até hoje recebe cartas e e-mails de elogio. E ele tem que explicar, "Henfil não está mais entre nós".

    Trabalhou na televisão, tentou carreira nos syndicates americanos, mas seu humor ácido causava estranheza no mercado estadunidense. O humor era brasileiro demais para eles, já diria anos depois um colega de profissão.

    No "Pasquim", deixou registrada sua luta contra a ditadura. Escreveu livros, e hoje, passados vinte anos de seu "encantamento", conforme poderia dizer Guimarães Rosa, está mais atual do que nunca.

    Registramos a falta, não a ausência. Este ano ele estará cada vez mais presente. Seu filho organizará uma série de exposições pelo país.

    Que venham outros carnavais, e que na memória, esta não seja a única nota de lembrança.


    Fonte: Quadrinho.com
    __________________________________________________ _________

    Realmente, q esta não seja a única nota.
    Henfil era foda, e seu trabalho é fantástico.
    Um humor q ainda faz rir, e um traço característico.
    "Quem não viu? Quem não riu/
    das piruetas da graúna do Henfil."
    (trecho de um samba, da Escola de Samba Acadêmicos do Império da Nova Era, de BH).
    Amplexos éticos
    KAL-EL
    ARTHUR, ME DÁ MEU CHIP!!!

  • #2
    Bem lembrado Kal. Que Henfil faça um brinde a nós no Valhala. Como nasci em 77 tive vários desenhos do Henfil memorizados pela minha infancia.
    MBB PRECISA DE VOCÊ, AJUDE A MANTER SEU LAR!!!


    CLIQUE PARA:

    Planos de assinatura mensal

    APOIA.SE

    SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

    Comment


    • #3
      Esse faz falta. Aliás, o irmão dele, o Betinho também faz muita falta. Que comemore esta data em um lugar melhor...

      (clique no link abaixo e saiba como ser assinante do fórum!)
      http://www.mbbforum.com/mbb/showthread.php?57581-TUDO-MORRE-O-FIM-DO-MBB-Definindo-como-e-quanto-ser%E1-o-nosso-fim-H%E1-salva%E7%E3o



      "Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror."
      (Charles Chaplin)

      Comment


      • #4
        Não sei se o Henfil faz essa falta toda que vocês suspiram.
        Ele apoiava o PT, era fã do Suplicy e aplaudia o LuLLa.
        Se ele tirasse a merda da política panfletária de seu trabalho, beleza. Mas o problema maior era justamente esse.

        Acho que ele morreu no tempo certo.
        Tava a um passo de fazer uma cagada maior.
        Melhor morrer no auge.
        "AVATAR E ASSINATURA REMOVIDOS POR ULTRAPASSAREM O LIMITE DE 30KB"

        Comment


        • #5
          Postado originalmente por BK
          Não sei se o Henfil faz essa falta toda que vocês suspiram.
          Ele apoiava o PT, era fã do Suplicy e aplaudia o LuLLa.
          http://www.formspring.me/Douglaco
          http://www.delatim.com.br

          Comment


          • #6

            Esse era mestre no que fazia... GIGANTESCA perca...
            Não sei quanto às outras pessoas, mas quando me abaixo para colocar os sapatos de manhã, penso: "Deus Todo-Poderoso, o que é agora?"

            Comment

            Working...
            X