Anúncio

Collapse
No announcement yet.

É mágica, nós não temos que explicar

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • É mágica, nós não temos que explicar



    Fato é que quadrinhos são hiperreais; onde acontecem coisas fantásticas e inaplicáveis na realidade em termos de física, biologia, química e outras regras que regem a natureza do universo. Os absurdos não são referentes apenas aos poderes dos heróis, mas também relacionados a mudanças cronológicas drásticas (sempre conectadas a alteração de políticas editoriais).

    Ávidos por informação inútil, nós nerdys somos exigentes e sempre fazemos questão explicações cabíveis para todos os absurdos quadrinísticos.


    Algumas vezes editores simplesmente chutam nossos sacos com um "It's magic, we don't have to explain it." (leia-se "vá se foder, eu faço o que quero com o personagem").


    Outras vezes dão explicações mais absurdas que o próprio absurdo que estão explicando, tornando a merda ainda mais fedida.


    Por último, existem situações em que ficamos felizes e satisfeitos quando bons "costureiros" conseguem tornar as bizarrices aceitáveis e até interessantes dadas as restrições.

    Então vamos falar dessas "manobras" incríveis que nossos queridos editores e amados escritores bolam pra solucionar os pepinos quadrinísticos!

    Quais as mais convincentes?

    As mais cretinamente imbecis?

    Teve alguma que já te fez matar sua família até não sobrar nenhum primo?

    Xô começar pelos mais óbvios e lembrados de todos...

    Às vezes as mortes nos comics revoltam os fãs. Mas quase nunca os mortos permanecem no túmulo. Ou voltam por pressão dos leitores revoltados com o fim de seus personagens adorados ou... na verdade a morte era planejada pra aumentar as vendas, desde o início já estava previsto que o defunto ia esquentar... suponho que este seja o caso:

    Tia May é uma das coadjuvantes mais queridas de todos os tempos. No auge da odiada Saga do Clone, a simpática velhinha revelou que sempre soube que seu sobrinho fosse o Homem-aranha e logo após bateu as botas numa cena emocionante...



    Uns poucos meses depois já foi descoberto que tudo era uma farsa. A Tia May morta na verdade era uma atriz plastificada e com a voz alterada para parecer com a velhinha e enganar o pobre Peter . Tudo um MASTERPLAN do Duende Verde original, que também não tinha morrido e estava escondido há décadas; arquitetando todas as pataquadas relacionadas ao clones .

    Enfim, essa doeu demais, foi tosqueira atrás de tosqueira .

    ____________________________

    Agora uma explicação legal pra compensar...

    Lanternas perdedores não conseguem fazer com que os poderes de seus anéis funcionem contra o amarelo e sempre tomam cacetes fáceis de qualquer imbecil com um lencinho amarelado:


    ( )

    Convenhamos que essa é uma fraqueza bem cretina, coisa de Lanterna incompetente e fraco.

    Giuf "Costureira" Johns até que bolou uma explicação interessante: na verdade a fraqueza vem da Bateria Central dos Lanternas Verdes, onde há milhões de anos está aprisionado o ser amarelado Parallax, um devorador do medo que constitui uma impureza para a cor.





    Lanternas fodões e com grande força de vontade conseguem superar o medo e atacar o espectro amarelo! O Kyle, por exemplo, nunca teve problema.

  • #2
    O Kyle nunca teve problema porque o Parallax tava solto, só isso. Mas depois qdo o monstrão veio carcá-lo o pobre Kylinho chorou que nem uma mocinha.

    Comment


    • #3
      Postado originalmente por Peter Pan
      O Kyle nunca teve problema porque o Parallax tava solto, só isso. Mas depois qdo o monstrão veio carcá-lo o pobre Kylinho chorou que nem uma mocinha.
      Não sou fã do Kyle, mas, PORRA:

      [hide:65f44e7dbf]Ela Havia sido humilhado pelo Sinestro e ainda tinha que ouvir que a mãe dele morreu por que ele era um Lanterna Verde, e assim, O Sinestro mandou O Lanterna Amarelo Vírus, Despotellis, matar ela.

      O Cara havia sido DESTRUÍDO.[/hide:65f44e7dbf]

      Comment


      • #4
        Postado originalmente por Innukchuck
        Não sou fã do Kyle, mas, PORRA:

        [hide:dafb1a9874]Ela Havia sido humilhado pelo Sinestro e ainda tinha que ouvir que a mãe dele morreu por que ele era um Lanterna Verde, e assim, O Sinestro mandou O Lanterna Amarelo Vírus, Despotellis, matar ela.

        O Cara havia sido DESTRUÍDO.[/hide:dafb1a9874]
        Nah, precisaram destruir cidade INTEIRA pra quebrar o Jordan, com o Kylinho foi molezinha

        Comment


        • #5
          Postado originalmente por Peter Pan
          Postado originalmente por Innukchuck
          Não sou fã do Kyle, mas, PORRA:

          [hide:7eeb6e5007]Ela Havia sido humilhado pelo Sinestro e ainda tinha que ouvir que a mãe dele morreu por que ele era um Lanterna Verde, e assim, O Sinestro mandou O Lanterna Amarelo Vírus, Despotellis, matar ela.

          O Cara havia sido DESTRUÍDO.[/hide:7eeb6e5007]
          Nah, precisaram destruir cidade INTEIRA pra quebrar o Jordan, com o Kylinho foi molezinha
          Hãã... Destruir a cidade nunca foi um plano para ''quebrar'' o Jordan. Só contribuiu para isso.

          Comment


          • #6
            Vingadores Eternamente foi o maior Show de costurada que já vi, Kurt Busiek é mestre em cronologia dos Vingadores e mostrou que bons escritores conseguem fazer boas histórias a partir de idéias furadas de outras pessoas.
            MBB PRECISA DE VOCÊ, AJUDE A MANTER SEU LAR!!!


            CLIQUE PARA:

            Planos de assinatura mensal

            APOIA.SE

            SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

            Comment


            • #7
              essa do Lanterna é foda, mesmo com um lenço ou qualquer bosta atrapalhando, ele aidna devia ter aquela aura protetora para aguentar muito tranco... mas não sei quando essa aura virou coisa automática...

              No mais, orientais seriam imunes ao anel...
              CONFIRA MEUS TEXTOS NO CONTRAVERSÃO
              http://contraversao.com/author/antoniotadeu/

              Avatar Powered by ZED

              Comment


              • #8
                Postado originalmente por Innukchuck
                Postado originalmente por Peter Pan
                Postado originalmente por Innukchuck
                Não sou fã do Kyle, mas, PORRA:

                [hide:cf8a1f5094]Ela Havia sido humilhado pelo Sinestro e ainda tinha que ouvir que a mãe dele morreu por que ele era um Lanterna Verde, e assim, O Sinestro mandou O Lanterna Amarelo Vírus, Despotellis, matar ela.

                O Cara havia sido DESTRUÍDO.[/hide:cf8a1f5094]
                Nah, precisaram destruir cidade INTEIRA pra quebrar o Jordan, com o Kylinho foi molezinha
                Hãã... Destruir a cidade nunca foi um plano para ''quebrar'' o Jordan. Só contribuiu para isso.
                É cross?
                [hide:cf8a1f5094]
                Parallax levou ANOS para influenciar o Jordan...com o KYle foi rapidinho...e o Parallax-Kyle(chimbinha), ainda era baixo, usou a morte do pai do Jordan para enfraquecer a força de vontade do Hal (NEM COMO PARALLLAX ELE SE GARANTE), matou por matar- não tinha NEM motivação de homem( ELE QUERIA VOLTAR A SER ÚNICO, QUERIA SE SENTIR ESPECIAL...-BICHONA!), era argentino e ligava à cobrar para as pessoas...
                [/hide:cf8a1f5094]
                E QUANTO AS EXPLICAÇÕES ESTÚPIDAS PARA COISAS ABSURDAS...
                Bom, se fosse realista, não seria gibi, mas tudo tem limite...Subestimar a inteligência dos leitores é foda.
                A Liga do Morrison, por exemplo, era sempre alguma coisa completamente surreal, mas era bem escrita. A história era coerente com seus próprios mitos e era inteligente.
                Ter um motivo palpável não é querer ser realista, é ter criatividade para escrever uma história..

                Como explicar o Bueno Excellente?
                [hide:cf8a1f5094]


                [/hide:cf8a1f5094]
                "They say I'm fearless, but actually I'm very afraid. Of getting beat. Of backing down. Of chickening out. That fear just blows all the others away."

                --Hal Jordan

                Comment


                • #9
                  Postado originalmente por David
                  Vingadores Eternamente foi o maior Show de costurada que já vi, Kurt Busiek é mestre em cronologia dos Vingadores e mostrou que bons escritores conseguem fazer boas histórias a partir de idéias furadas de outras pessoas.
                  Você sabe que esta sempre foi minha opinião?

                  Tá tosco? Pega e transforma o tosco em algo legal. Por exemplo:

                  Uma dúvida que sempre paira entre poucos entendidos é o motivo da roupa do Super não rasgar. Ou o porquê do Homem de Aço levantar navios e aviões sem partí-los no ponto de apoio.

                  Escroto como só ele, Byrne teve uma idéia:


                  Inventou uma aura escrota de 1cm que recobre a pele do Super, um campo de força que o torna invulnerável junto com tudo que estivesse rente a sua pele (como o uniforme). Essa mesma aura dá telecinese-táctil ao personagem.

                  Deus, que coisa cretina! O Super agora é a Jean Grey?

                  Não basta o personagem ser forte e pronto? Não basta a roupa ser resistente? Não é suficiente dizer que a engenharia naval e aeronáltica da DC é mais avançada?

                  Não, tem que criar essa bobeira byrniana .

                  Graças a Rao, fodão como só o Morrison pode ser, Grant pegou o conceito e o utilizou de maneira inteligente:


                  Agora o Super pode expandir sua aura, criando o efeito de raios eletro-estáticos saindo pelas mãos! Foda, muito foda !!!

                  O Kyle nunca teve problema porque o Parallax tava solto, só isso.
                  O Parallax voltou pra Bateria há tempos e desde então o Kyle nunca demonstrou dificuldade pra superar o amarelo. Só os novatinhos ruins de serviço penam.

                  Mas não é pra transformar o tópico em cross, porra !

                  Comment


                  • #10
                    Essa mesma aura dá telecinese-táctil ao personagem.
                    Fuffly, se lembra do Superboy na epoca do Hawaii? Foi revelado logo na primeira historia do personagem que ele não era um clone DO AZULÃO (isso foi retconeado futuramente), mas sim um clone humano que tinha uma aura que imitava a aura bio-quimica do Superman. Tanto que os poderes do Superboy eram baseados nessa aura - Super-Força, Vôo, Invulnerabilidade e Telecinesia Tactil. A diferença é que a invulnerabilidade dele contra energia era mais fraca (ele se fudia legal pra alguém com uma arma laser decente, eletricidade ou um explosivo incendiário, por exemplo) e ele tinha como manipular o campo pra fazer varias coisas, como quebrar um robô só ao toca-lo, prender alguém no chão com a telecinesia tactil, arremessar algo pra longe só de tocar no objeto ou numa superficie em que ele está, etecetera.

                    A do Super é diferente. Com o Super, essa aura dá invulnerabilidade (á quase tudo, menos magia, Kryptonita e Sol Vermelho), super-força (Se não me engano...) e permite que ele faça coisas como carregar algo SEM um ponto de apoio ou carregar algo muito maior que ele.

                    Você tem que pensar que telecinesia permite á alguém emular MUITOS poderes. Um telecinetico poderoso pode voar com a força do pensamento, ter "superforça", se tiver como montar um campo telecinetico pode imitar invulnerabilidade, acho até que pode emular super-velocidade se ele puder se arremessar em alta velocidade em direção á um objeto sem se descontrolar!
                    Postado originalmente por Oz Jordan
                    eu sempre considerei o ajax negão, só q um negão verde. em vista de q os marcianos do caralhø lá eram brancos e verdes, o verde é o negro espacial.

                    Comment


                    • #11
                      Isso foi Retconeado, Slaughter.

                      Agora, O Superboy era mesmo um clone, com 50% do material genético do Superman e 50% do material genético de Lex Luthor.

                      Os poderes dele eram menores por que seu organismo era Híbrido, única forma que os cientistas encontraram de clonar o Super sem que o clone virasse um Bizarro.

                      Comment


                      • #12
                        Graças a Rao, fodão como só o Morrison pode ser, Grant pegou o conceito e o utilizou de maneira inteligente:


                        Agora o Super pode expandir sua aura, criando o efeito de raios eletro-estáticos saindo pelas mãos! Foda, muito foda !!!
                        Além disso, O Superman explica que tem uma Máquina de costura mecânica com ponta de diamante para fazer tecidos indestrutíveis e Superleves!

                        Comment


                        • #13

                          Uns poucos meses depois já foi descoberto que tudo era uma farsa. A Tia May morta na verdade era uma atriz plastificada e com a voz alterada para parecer com a velhinha e enganar o pobre Peter . Tudo um MASTERPLAN do Duende Verde original, que também não tinha morrido e estava escondido há décadas; arquitetando todas as pataquadas relacionadas ao clones
                          Essa história não fez sentido nenhum:

                          1- A atriz morreu mesmo? Se morreu, que raios de atriz é essa que aceita morrer e interpreta até o final? Se não morreu, quem foi enterrada no lugar da May? E onde a atriz está hoje em dia?

                          2- A tia May estava em coma quando supostamente foi feita a troca. Como ela se curou no cativeiro?

                          3- Que raios de plano é esse onde se contrata uma atriz para fingir que morreu e depois revelar pro Aranha que a tia dele não morreu, simplesmente se curou? Isso não foi algo ruim, foi algo ótimo pro Peter.

                          Não seria mais eficaz realmente matar a Tia May na frente do Peter como ele fez com Gwen?


                          Essa historinha é mais cheia de furos que One More Day. Pessoal reclama muito da Saga do Clone, mas quando eu falo que o que vem depois é pior...

                          Comment


                          • #14
                            Postado originalmente por Mxy Marvetinho!
                            Essa história não fez sentido nenhum:

                            1- A atriz morreu mesmo? Se morreu, que raios de atriz é essa que aceita morrer e interpreta até o final? Se não morreu, quem foi enterrada no lugar da May? E onde a atriz está hoje em dia?

                            2- A tia May estava em coma quando supostamente foi feita a troca. Como ela se curou no cativeiro?

                            3- Que raios de plano é esse onde se contrata uma atriz para fingir que morreu e depois revelar pro Aranha que a tia dele não morreu, simplesmente se curou? Isso não foi algo ruim, foi algo ótimo pro Peter.

                            Não seria mais eficaz realmente matar a Tia May na frente do Peter como ele fez com Gwen?
                            1 - Sim, morreu, era uma atriz velha e podre que iria morrer mesmo. Pelo menos ela não teve filhos com o Norman antes de morrer, cobrando 5 contos só pra enfiar o dedo. Puta Paga Caraio!

                            2 - Tia May estava com a saúde ótima, o Norman tava pagando alguem pra deixar a velha doente, induziu o coma dela, era tudo golpe.

                            3 - Essa parte nem eu sei justificar, mas acho que o Norman queria ter o prazer de ver o Peter sofrer a toa, pra depois revelar a verdade, matar a velha e fazer ele sofrer de novo.

                            Qualquer alternativa que tenha como final Tia May morta eu aceito. Não precisamos dessa velhota.
                            MBB PRECISA DE VOCÊ, AJUDE A MANTER SEU LAR!!!


                            CLIQUE PARA:

                            Planos de assinatura mensal

                            APOIA.SE

                            SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

                            Comment


                            • #15
                              "It's magic, we don't have to explain it."
                              Alguém discorda disso...



                              Send down the firewalker
                              Send down the neon priest
                              Send down the junky doctor
                              Send down the shadow king
                              Down through the heart of the city at night
                              In black and white

                              Comment

                              Working...
                              X