Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Avaliação: Natal Infinito

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Avaliação: Natal Infinito




    Crise Infinita Especial de Natal

    Após um árduo ano batalhando na luta contra o crime, os heróis merecem um descanso, mas nem tudo acontece como eles desejam. Intrigas, ação e emoção em sete aventuras repletas de espírito natalino. Edição estrelada pelos maiores heróis do Universo DC. Até o Papai Noel participa!

    Formato americano (17 x 26)
    84 páginas.
    Papel Pisa Brite.
    Distribuição nacional.
    Capa couché.
    (DCU Infinite Holiday Special 1)

    ----------------------------------------------------

    Muito legal essa edição. Algumas histórias ficaram um pouco abaixo do que poderiam ser, mas no geral é uma boa diversão para fechar o ano.

    Lanterna Verde: Essa me DCpcionou um pouco. O Jim Hammond é um vilão bacana mas essa de querer gozar com as lembranças do Jordan é um tanto tosco (principalmente quando ele entra na mente do Jordan e vê os Natais do pequeno Hal com o seu pai e diz "que delícia" ). Mas o final é bonitinho, e os momentos entre Hal e seu pai valem a história.
    Nota: 5

    Pacto das Sombras: Essa é sensacional. As Renas estão gripadas, os Duendes estão com a produção atrasada, e como se não bastasse, a L.A.N. (Liga Anti-Natal) está querendo acabar com o bom velhinho. Entre um gole e outro no Bar Oblivio, o velho Cris acaba pedindo a ajuda do Pacto das Sombras (Incluindo o "Macaco Mágico" ).
    O final é SENSACIONAL! Que macaquinho filho da puta, e que rena sacana, vejam vcs .
    Nota: 8

    Supergirl: Se essa história tivesse sido escrito pelo Mark Waid ou pelo Kurt Busiek, seria a melhor do gibi. Mas foi pelo Joe Kelly.
    Premissa interessantíssima, Clark leva Kara para atender as já tradicionais cartas para o Superman para ela entender o espírito do Natal. E Kara entre um pedido e outro, acaba se deparando com a carta de uma pequena garotinha que só quer ver seu pai que foi lutar no Iraque. Mas as coisas não são bem o que parecem.
    Kelly não aproveita todo o potencial que a história tem, e em alguns momentos parece que perde o controle da mesma. Mas até que conseguiu criar uma história dentro do clima de Natal sem apelar tanto, já que pelo menos um pouco ele apela, senão não seria a Supergirl do Kelly .
    Triste, poderia ser bem melhor, MAS, não é tão ruim quanto o gibi mensal.
    Nota: 5

    Desafios de Shazam!: RRRRRRRUIM dicunforça isso aqui. Nem parece história de Natal. Bedard DCpcionou, mas enfim, quem pode contar uma boa história com a Tatuadora mais sábia do mundo e os deuses do barulho? A pior história do gibi, mas os desenhos são bons.
    Nota: 2

    Flash: O comecinho dessa história é chatinho, com o Bart muito chorão não conseguindo curtir o Natal. Mas não é que a história fica bem simpática da metade pro fim? O homem que criou uma varinha do tempo para o filho parece tosco, mas até que funciona na história. E lá pro final, vendo Bart e Jay partindo para a ação bem na noite de Natal me lembrou aquela já clássica história do Mark Waid que deu início ao retorno de Barry Allen.
    Nota: 7

    Batwoman: A segunda melhor história do gibi. Rucka é foda, sempre se destaca. Excelente e muito bonita história sobre uma velha sobrevivente do holocausto que teve toda sua família morta pelos nazistas. Mas um presente de Natal a espera.
    Nota: 9

    Superman/Batman: A MELHOR história de todas. Simplesmente HILÁRIA, com direito a Super e Batman se vestindo de Papai Noel. O final é simplesmente ESPETACULAR, só quem leu para descrever. Que filho da puta é esse Batnoel. .
    E ótimos desenhos de Pete Woods.
    NOTA: 10.
    0

  • #2
    Re: Avaliação: Natal Infinito

    Lanterna Verde: Os desenhos do BYRNE! BYRNE! BYRNE! até que ficaram bacanas, mas a historinha é bem tosca, como o Mxy disse.

    Pacto das Sombras: Eu estava detestando, mas o final foi excelente!

    Supergirl: chata.

    Desafios de Shazam!: não entendi muito bem...

    Flash: chatinha também.

    Batwoman: Excelente! Infinite Crisis Chanukah Special!

    Superman/Batman: Realmente, a melhor história. Fechou a edição com chave de ouro. Só foi tosco aquele selo "túnel do tempo" no final. Será que alguém realmente ia achar que isso faz parte da cronologia?
    sigpic

    Comment


    • #3
      Pô, tem capiitão marvel? Então tenho que comprar. É tão ruim assim, Mxy?

      Comment


      • #4
        Prometi-me que não seria tão verme a ponto de comprar isso, mas...
        Lá vai:
        História do Hal - História sem graça usando vilão do Hal que o Johns tratou de destruir (como fez com a maioria dos vilões do Lanterna). Não é ruim... simplesmente não fede nem cheira.

        História do Pacto - A melhor da revista, pra mim. A história da Liga AntiNatal parecia ridícula, mas o final salva a história, faz toda a história, que parecia boba, legal. Muito bom.

        História da Supergirl - Meio piegas, mas é legalzinha.

        História do Bart - Fraquinha.

        História da Batsapatão - É legal. Comovente sem apelar demais.

        História do Shazam - Como a minissérie não chegou ainda ao meu eixo, fiquei meio por fora em algumas coisas. De mais, a história é ridícula.

        História do Super e do Bats - A história não é grande coisa, mas o final é dez.
        Maxx
        "Vencer não é tudo, mas perder é pior que nada." (Charlie Brown)

        Comment


        • #5
          Postado originalmente por Random
          Pô, tem capiitão marvel? Então tenho que comprar. É tão ruim assim, Mxy?
          Não, só tem os deuses cools e descolados na festinha de Natal, enquanto os inimigos engravatados estão na festinha deles querendo sacrificar virgens.

          Ruim demais, vc não vai gostar. Se não tivesse um Shazam! no título, ninguém diria que aquilo ali tem a ver com o personagem, pq não tem.

          Comment


          • #6
            Pelo menos eles não estão conversando sobre quantas cavidades anais tem um verme retalhador Audiom.

            Comment


            • #7
              Puta merda... Não sei o que é pior, a caracterização ridícula dos Deuses ou eles terem uma história própria em detrimento da família marvel... Ah, me esqueci que não tem NENHUM Marvel, porque a Mary tá no soro, o Billy tá mofando na cadeira do Shazam e o Freddy tá ocupado fuzilando porcos mutantes...

              Mas acho que vou comprar pelo Super vestido de Noel e fingir que aquela história foi colocada por engano pelo editor do gibi. Vou até abrir um tópico reclamando.

              Comment


              • #8
                Vocês reconheceram todos os artistas e editores que aparecem atrás do Dan Didio na última folha?
                "Vencer não é tudo, mas perder é pior que nada." (Charlie Brown)

                Comment


                • #9
                  Fiquei constrangido de folhear isso na banca.

                  Comment


                  • #10
                    Acho que reconheci:

                    Mike Carlin - Papai Noel puto com alguma coisa.

                    A moça atrás do Didio parece a Devin Grayson.

                    O cara querendo beijar um Lhama (acho que é lhama) parece o Joe Kelly.

                    Matt Idelson - Vestido de duende atrás do Lhama.

                    Janine (assistente) abraçando o carinha atrás do Didio à direita.

                    O carinha com a camisete "No more X" deve ser o editor que saiu da Marvel e assumiu 52.



                    E Random, vc tinha razão. O Salomão tatuadora traveko é ridículo mesmo. Não entendi o que se passou na cabeça do Winnick com aquilo.

                    Comment


                    • #11
                      A Salomana é a protagonista da história do Fraldinha?

                      Comment


                      • #12
                        LIXO.

                        Essa edição não merecia papel gostoso.
                        Vendo livros: http://www.olx.com.br/loja/id/130838

                        Comment


                        • #13
                          Qual o preço?

                          Comment


                          • #14
                            Postado originalmente por yeoman
                            Qual o preço?
                            Seis reais e noventa, sete histórias com dez páginas cada uma, papel veado.
                            Maxx
                            "Vencer não é tudo, mas perder é pior que nada." (Charlie Brown)

                            Comment


                            • #15
                              Só a última história valeria o dobro do preço do gibi.

                              A última página dessa história, vale o triplo.

                              Comment

                              Working...
                              X