Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Dúvida : livro-HQ

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Dúvida : livro-HQ

    Semana passada eu fui atras do livro, escrito por Oscar Wilde, 'Salomé'...já conhecia a história e adorei o livro..
    Alguém sabe se houve a quadrinização desse livro? E se chegou a ser lançado aqui no país?
    Postado originalmente por FLUFFY
    Gosto do MBB por isso. As coisas mais bobas do mundo sempre ganham proporção de tragédia grega

  • #2
    Re: Dúvida : livro-HQ

    Postado originalmente por Dani...*
    Semana passada eu fui atras do livro, escrito por Oscar Wilde, 'Salomé'...já conhecia a história e adorei o livro..
    Alguém sabe se houve a quadrinização desse livro? E se chegou a ser lançado aqui no país?
    Dani, parece que aqui não saiu nada não... Mas tem uma quadrinização sim...
    Giuseppe Palumbo na Humanoïdes Associés

    Um dos desenhistas mais versáteis da Itália, Giuseppe Palumbo, está abrindo uma nova seara. Palumbo iniciou sua carreira através de um dos maiores selos de mangás do mundo, a Kodansha, já foi responsável pelo (olha ele de novo) desenho de Martin Mystère e pelo traço de um verdadeiro ícone dos quadrinhos de gosto popular na Itália: Diabolik. Na França, onde já tinha publicado pela Rackham o álbum solo 'Barbe Noire', uma adaptação do clássico da literatura chinesa de Lu Hsun, ele inicia uma nova série, por um dos selos mais autorais e vanguardistas do Mundo, a Humanoïdes Associés. Com um detalhe: está tendo a oportunidade e o risco de ter como colega o estreante Eric Prugnaud, na série 'Salomé', cujo primeiro volume, 'La Noyée du Tibre' saiu em junho e vem recebendo as melhores críticas. 'Salomé' versa sobre uma escrava romana que era dotada de uma certa mediunidade e - com isto - buscava mudar sua situação. Bom conhecedor da arte e da história italianas, Giuseppe Palumbo vai fazendo sua entrada maior no mercado francês, numa caminhada que, esperamos, multiplique as referências sobre o autor e as edições de sua obra única, Confira, neste link, um pouco dos motivos dos aplausos.
    Fonte:http://hqmaniacs.uol.com.br/principa...d_noticia=5422

    Comment


    • #3
      Valeu Cris...
      É que tem determinados livros que eu leio que logo penso que seriam perfeitos numa quadrinização..os livros de Oscar Wilde são um desses.
      Postado originalmente por FLUFFY
      Gosto do MBB por isso. As coisas mais bobas do mundo sempre ganham proporção de tragédia grega

      Comment


      • #4
        tu é demente
        quadrinização de livro NUNCA fica boa
        é impossível
        Giovanni Giorgio

        Comment


        • #5
          Postado originalmente por Lovecraft
          tu é demente
          quadrinização de livro NUNCA fica boa
          é impossível
          Pois é, o bauzento está coberto de razão.
          Mas é isso, aquilo e tal e coisa.
          "AVATAR E ASSINATURA REMOVIDOS POR ULTRAPASSAREM O LIMITE DE 30KB"

          Comment


          • #6
            Quadrinização de livros é algo bastante interessante sim. Se fica melhor ou pior que o original, são outros quinhentos (assim como qualquer adaptação de uma obra)... Mas o que está em discussão aqui não é superar o original e sim a possibilidade de uma quadrinização.
            Eu, particularmente, acho que, independente do rótulo que se dá a quadrinhos (desde "nona arte" a "literatura barata"), cada qual faz o uso que bem lhe aprouver da mídia... Tem gente que aprende a ler por causa de HQ... Tem gente que só tem contato com alguma forma de literatura por meio de HQ...

            Minha sobrinha está sendo iniciada em literaturas às quais ela não teria acesso neste momento graças a quadrinização e adaptações para linguagem infantil...

            Comment


            • #7
              E nunca vai sair do infantil desse jeito.
              Giovanni Giorgio

              Comment


              • #8
                Postado originalmente por Cris Cruel
                Minha sobrinha está sendo iniciada em literaturas às quais ela não teria acesso neste momento graças a quadrinização e adaptações para linguagem infantil...

                Mas eu acho que é caso de se perguntar: se determinada obra é complexa para uma criança qual o valor de adapta-la? Porque a necessidade de imbuir nas crianças Machado de Assis, José de Alencar ou Eça de Queiroz? E ainda: será que não existem outras obras voltadas para o público infantil que mexam com a curiosidade literária sem se recorrer às quadrinizações ou às (famigeradas) adaptações?

                Não é uma questão de antagonizar literatura e HQ. Até porque, pra mim, tudo é literatura. Até bula de remédio é literatura.

                Mas ao se adaptar uma obra literária você está criando um novo produto distante do original. Porque a adaptação do Dom Casmurro do Machado para HQs pode ser pior, pode até ser melhor. Não importa. O que importa é que vai ser sempre diferente do original.
                sigpic

                Comment


                • #9
                  Postado originalmente por Lucius Theremin
                  Postado originalmente por Cris Cruel
                  Minha sobrinha está sendo iniciada em literaturas às quais ela não teria acesso neste momento graças a quadrinização e adaptações para linguagem infantil...

                  Mas eu acho que é caso de se perguntar: se determinada obra é complexa para uma criança qual o valor de adapta-la? Porque a necessidade de imbuir nas crianças Machado de Assis, José de Alencar ou Eça de Queiroz? E ainda: será que não existem outras obras voltadas para o público infantil que mexam com a curiosidade literária sem se recorrer às quadrinizações ou às (famigeradas) adaptações?

                  Não é uma questão de antagonizar literatura e HQ. Até porque, pra mim, tudo é literatura. Até bula de remédio é literatura.

                  Mas ao se adaptar uma obra literária você está criando um novo produto distante do original. Porque a adaptação do Dom Casmurro do Machado para HQs pode ser pior, pode até ser melhor. Não importa. O que importa é que vai ser sempre diferente do original.
                  Não sei o quanto você acompanha da literatura infanto-juvenil disponível no momento... Eu tenho 4 sobrinhos, a quem sempre tento presentear com livros (mal de profissional que entende de desenvolvimento... rs). A menina (com 8 anos) já tem Cecília Meireles na sua coleção, entre outros. Mas, atualmente, é difícil encontrar bons livros para ela. Sei que ela gosta lá das fadas e dos manuais que exstem por aí, mas, se existe Ilíadas, O Jardim Secreto entre outros, porque não abastecer sua biblioteca com literatura um pouco melhor?
                  Concordo que cada obra tem o seu valor, e que até bula de remédio é literatura (eu leio até rótulo de qualquer coisa), mas a gente pode colaborar com um pouco mais de cultura, não??
                  Não entro no mérito de superar ou ser inferior ao original... Mas acho que é válido sim!

                  Comment


                  • #10
                    Postado originalmente por Cris Cruel
                    Postado originalmente por Lucius Theremin
                    Postado originalmente por Cris Cruel
                    Minha sobrinha está sendo iniciada em literaturas às quais ela não teria acesso neste momento graças a quadrinização e adaptações para linguagem infantil...

                    Mas eu acho que é caso de se perguntar: se determinada obra é complexa para uma criança qual o valor de adapta-la? Porque a necessidade de imbuir nas crianças Machado de Assis, José de Alencar ou Eça de Queiroz? E ainda: será que não existem outras obras voltadas para o público infantil que mexam com a curiosidade literária sem se recorrer às quadrinizações ou às (famigeradas) adaptações?

                    Não é uma questão de antagonizar literatura e HQ. Até porque, pra mim, tudo é literatura. Até bula de remédio é literatura.

                    Mas ao se adaptar uma obra literária você está criando um novo produto distante do original. Porque a adaptação do Dom Casmurro do Machado para HQs pode ser pior, pode até ser melhor. Não importa. O que importa é que vai ser sempre diferente do original.
                    Não sei o quanto você acompanha da literatura infanto-juvenil disponível no momento... Eu tenho 4 sobrinhos, a quem sempre tento presentear com livros (mal de profissional que entende de desenvolvimento... rs). A menina (com 8 anos) já tem Cecília Meireles na sua coleção, entre outros. Mas, atualmente, é difícil encontrar bons livros para ela. Sei que ela gosta lá das fadas e dos manuais que exstem por aí, mas, se existe Ilíadas, O Jardim Secreto entre outros, porque não abastecer sua biblioteca com literatura um pouco melhor?
                    Concordo que cada obra tem o seu valor, e que até bula de remédio é literatura (eu leio até rótulo de qualquer coisa), mas a gente pode colaborar com um pouco mais de cultura, não??
                    Não entro no mérito de superar ou ser inferior ao original... Mas acho que é válido sim!
                    Porra. Tem tanto livro ANTIGO em edição nova, como os do monteiro lobato. Infantil. E frank baum e michael ende. Tudo em português, edição recente. Tu que ou não sabe do que tá falando ou tá de enrolação. E teu argumento não tem relação nenhuma com a pergunta do lucius: qual o valor de dar um machado de assis modificado pra criança?
                    Giovanni Giorgio

                    Comment


                    • #11
                      Postado originalmente por Lovecraft
                      [hide:cdcf939626]
                      Postado originalmente por Cris Cruel
                      Postado originalmente por Lucius Theremin
                      Postado originalmente por Cris Cruel
                      Minha sobrinha está sendo iniciada em literaturas às quais ela não teria acesso neste momento graças a quadrinização e adaptações para linguagem infantil...

                      Mas eu acho que é caso de se perguntar: se determinada obra é complexa para uma criança qual o valor de adapta-la? Porque a necessidade de imbuir nas crianças Machado de Assis, José de Alencar ou Eça de Queiroz? E ainda: será que não existem outras obras voltadas para o público infantil que mexam com a curiosidade literária sem se recorrer às quadrinizações ou às (famigeradas) adaptações?

                      Não é uma questão de antagonizar literatura e HQ. Até porque, pra mim, tudo é literatura. Até bula de remédio é literatura.

                      Mas ao se adaptar uma obra literária você está criando um novo produto distante do original. Porque a adaptação do Dom Casmurro do Machado para HQs pode ser pior, pode até ser melhor. Não importa. O que importa é que vai ser sempre diferente do original.
                      Não sei o quanto você acompanha da literatura infanto-juvenil disponível no momento... Eu tenho 4 sobrinhos, a quem sempre tento presentear com livros (mal de profissional que entende de desenvolvimento... rs). A menina (com 8 anos) já tem Cecília Meireles na sua coleção, entre outros. Mas, atualmente, é difícil encontrar bons livros para ela. Sei que ela gosta lá das fadas e dos manuais que exstem por aí, mas, se existe Ilíadas, O Jardim Secreto entre outros, porque não abastecer sua biblioteca com literatura um pouco melhor?
                      Concordo que cada obra tem o seu valor, e que até bula de remédio é literatura (eu leio até rótulo de qualquer coisa), mas a gente pode colaborar com um pouco mais de cultura, não??
                      Não entro no mérito de superar ou ser inferior ao original... Mas acho que é válido sim!
                      [/hide:cdcf939626]
                      Porra. Tem tanto livro ANTIGO em edição nova, como os do monteiro lobato. Infantil. E frank baum e michael ende. Tudo em português, edição recente. Tu que ou não sabe do que tá falando ou tá de enrolação. E teu argumento não tem relação nenhuma com a pergunta do lucius: qual o valor de dar um machado de assis modificado pra criança?
                      Qual o valor de ler Machado de Assis? Qual o valor de ler os clássicos da literatura?
                      Monteiro Lobato, tem a coleção inteira aqui em casa e eles já sabem de cor... Porque não oferecer outras possibilidades? Incluindo os clássicos?

                      Comment


                      • #12
                        Postado originalmente por Lovecraft
                        tu é demente
                        quadrinização de livro NUNCA fica boa
                        é impossível
                        Aquela coleção de Clássicos Ilustrados que saiu pela Abril em 1900 e antigamente é muito boa.

                        Comment


                        • #13
                          Qual o problema das adaptações em quadrinhos de obras literárias?
                          Qual o problema de elas não serem mais o original, mas algo diferente?

                          Se vc vê um filme legendado ou dublado, de uma forma diferente talvez, vc também não está lendo o texto original... Mesma coisa acontece quando você lê um livro traduzido...
                          Maxx
                          "Vencer não é tudo, mas perder é pior que nada." (Charlie Brown)

                          Comment


                          • #14
                            Postado originalmente por THEMAXX Alex Montez
                            Qual o problema das adaptações em quadrinhos de obras literárias?
                            Qual o problema de elas não serem mais o original, mas algo diferente?

                            Se você um filme legendado ou dublado, de uma forma diferente talvez, você também não está lendo o texto original... Mesma coisa acontece quando você lê um livro traduzido...
                            Maxx
                            Ufa! Obrigada!!!!

                            Comment


                            • #15
                              Postado originalmente por Cris Cruel
                              Qual o valor de ler Machado de Assis? Qual o valor de ler os clássicos da literatura?
                              Monteiro Lobato, tem a coleção inteira aqui em casa e eles já sabem de cor... Porque não oferecer outras possibilidades? Incluindo os clássicos?
                              Mas, caramba, eles não estão lendo os clássicos... Me diz que versão da Ilíada, do Homero, esta sendo lida? O impressionante é que vc não consegue ver que o quadrinho que adapta a obra de Machado não tem nada a ver com Machado de Assis... Não tem nada de "clássico da literatura" ali. É outra coisa.

                              Postado originalmente por THEMAXX Alex Montez
                              Qual o problema das adaptações em quadrinhos de obras literárias?
                              Qual o problema de elas não serem mais o original, mas algo diferente?
                              Nenhum problema, não estou criticando o fato de haver adaptações em quadrinhos e o fato delas serem diferentes. Já citaram até aquelas boas adaptações da Abril. O problema é com o fato dessas adaptações para HQs ou para linguagem infantil substituirem o produto original dentro de um sistema de ensino. É culpa do sistema de ensino, é culpa dos pais. A única vítima é a criança.
                              Aí diz a mãe: "Ah, mas meu filho de 12 anos não tem condições de ler Machado de Assis, saco pro José de Alencar e nem compreende os versos do Homero..." Então, caramba, não é hora dele ler isso, tem que ler outra coisa.
                              O problema é que as pessoas tem necessidade de consumir subcultura reciclada e, pior, de fazer com que as crianças também consumam isso. Acho que tudo passa pelo orgulhoso de dizer que o filho de 12 anos está lendo Homero, Shakespeare e Camões...
                              sigpic

                              Comment

                              Working...
                              X