Anúncio

Collapse
No announcement yet.

O quanto um desenhista contribui para que uma hq seja ÓTIMA?

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • O quanto um desenhista contribui para que uma hq seja ÓTIMA?

    '''O quanto um desenhista contribui para que uma hq seja ÓTIMA?''

    A pergunta veio após ler ALL STAR SUPERMAN N:05.

    A história é sobre Clark Kent entrevistando Lex Luthor na prisão enquanto este aguarda sua execução. O roteiro do Morrison é muito legal especialmente pela ambição e egocentrismo do Luthor serem tão gigantescos que ele é incapaz de notar, com toda sua inteligência, que o Superman esta na frente dele.

    Mas o que torna a história um pequeno clássico são os desenhos do Frank Quitely. Individualmente falando, talvez este seja o trabalho mais fantástico que ele já realizou. Ele consegue estabelecer sequências maravilhosas entre uma cena e outra, tornando os desenhos absolutamente necessários pra compreender a história.

    E por mais que isso soe óbvio, são poucas as histórias que têm esse recurso, que eu me lembre com sinceridade, apenas WATCHMEN foi capaz de ter essas sacadas.

    Nessa edição o Quitely consegue tornar cada personagem importante, até mesmo coadjuvantes que aparecem num quadrinho parecem vivos e importantes. As expressões do Luthor e do Kent são brilhantes, conseguem descrever os personagens com mais competência do que qualquer palavra e alguns quadrinhos são inesquecíveis, como aquele em que Luthor tenta desesperadamente desenhar uma sombrancelha que havia perdido durante o ápice da rebelião.

    Escrevi pra caralho, eu sei, mas a pergunta então é essa. O quanto vocês acham que um desenhista pode contribuir para deixar uma história mediocre em algo fascinante ou vice-versa e ainda tornar uma história boa em algo antológico.
    "And the mercy seat is smoking
    And I think my head is melting
    And in a way that's helpin'
    to be done with all this twistin' of the truth
    An eye for an eye
    And a tooth for a tooth
    And any way I told the truth
    But I'm afraid I told a lie."

    - Nick Cave, The Mercy Seat

  • #2
    O desenhista não pode fazer muito se a historia não for boa.
    Segundo, o roteiro/desenho/cor/arte final rende muito mais se o artista trabalha com a cabeça leve, quer dizer, se é bem pago.
    Os americanos ganham muuuito bem lá, desenhando 7/10 edições e mais um contrato pompudo da pra levar uma otima vida.
    Um desenhista antes de nada tem que ter um otimo olho, saber o nivel do seu trabalho, e o estilo de desenho do Frank Quitely permite a ele fazer 2 ou 3 paginas por dia, é um desenho sem muitos cenarios e hachuras e mais frescuras que só atrasam uma revista.
    No mercado americano deve ter no maximo uns 10 artistas no nivel do Quitely.
    Superman ta em boas mãos, como esse personagem rende com gente competente.


    E as mas linguas dizem que não gostamos do Super né Monter?

    Comment


    • #3
      O desenhista pode deixar um bom roteiro canastrão ou melhorar o aproveitamento do mesmo.
      Inscreva-se na ALMANACÃO, minha newsletter sobre quadrinhos > http://eepurl.com/b3_M4v

      Comment


      • #4

        Excelente história, com arte mediana pra ruim.


        Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

        http://www.vitrinepix.com.br/clockup

        Comment


        • #5
          50%.

          Comment


          • #6
            Postado originalmente por Kamen Rider

            Excelente história, com arte mediana pra ruim.
            Discordo totalmente. IMHO, apesar de um ou outro deslize, Morales fez um trabalho estupendo nessa mini, principalmente nas expressões faciais, e ajudou muito na história sim.
            "I killed every living thing on Czarnia fer fun. I killed Santa Claus and the Easter Bunny an' things that don't even exist, an' so help me, I tried ta follow th' triple-fold path o' peace. I tried my best... but frag me for a bastich, even I got limits!"

            Comment


            • #7
              a arte pode ajudar bastante uma história sim ...

              o q acho mais relevantes eh a capacidade do desenhista em estragar a história...

              eh foda qdo o roteiro eh bom e vem aquela arte q te dá nojo...

              o kra tem q ser pelo menos mediano pra segurar (lá ele) o roteiro...

              em qqr história desenhada pelo mestre,por exemplo ,os balões perdem o sentido.

              Comment


              • #8
                me lembro que alguém usou Hellboy como exemplo de HQ com roteiro mediano que só se vale por causa da arte.

                os próprios especiais do Alex Ross com Paul Dini muitas vezes tinham histórias bastante simples e a arte era o que sobresaía.

                existem alguns artistas que euacompanho independent/e do escritor.

                e há aqueles que são tão bons que dão pitaco na história e aumetam sua qualidade. um exemplo é a diferença GRITANTe de qualidade no encadernado da Guerra Kree/Skrull. quando o Neal adams desenhava, a história tinha um patamar. quando não desenhava, era outro patamar (apesar de também serem boas).

                pra finalizar, vale lembrar que até poucos anos, existia o 'Estilo Marvel' de roteiro. o argumentista apresentava apenas uma idéia de como seria a história e o desenhista partia daí. só depois de concluídos os desenhos é que o escritor formulava os diálogos. a maioria dos clássicos da marvel foram feitos desta maneira.
                "Watchmen foi uma revista sem sentido belamente ilustrada."
                John Byrne

                "O futuro me parece mais promissor a cada cerveja que eu bebo."
                David Lee Roth

                Comment


                • #9
                  Imagine Piada Mortal e Camelot 3000 sem Bolland...
                  Não ganhei nada....

                  Comment


                  • #10
                    Postado originalmente por All-Star Oz
                    50%.
                    Pode cre.
                    Send down the firewalker
                    Send down the neon priest
                    Send down the junky doctor
                    Send down the shadow king
                    Down through the heart of the city at night
                    In black and white

                    Comment


                    • #11
                      Se a arte pode ajudar uma história a ficar melhor eu não sei, mas que ela disfarça pra caramba ah disfarça...vejam 'Desbravadores'..história mais sem nexo, sonífera pra caramba, um lixo quase total..mas a arte é de Christopher Shynum, e aquilo é tão perfeito que chega a ser heresia ler ao mesmo tempo em que se olha pra imagens tão lindas!

                      *e como o Borges disse, eu também acompanho alguns artistas sem nem olhar o escritor...
                      Postado originalmente por FLUFFY
                      Gosto do MBB por isso. As coisas mais bobas do mundo sempre ganham proporção de tragédia grega

                      Comment


                      • #12
                        Acho que depende da história.

                        Comment


                        • #13
                          50%

                          As vezes ate mais...

                          Mais as vezes ate menos...

                          Depende de diversos fatores!

                          Comment


                          • #14
                            Já falei que a genialidade do Morrison é MAXIMIZADA pelos desenhos do Quitely.

                            A fase nos X-Men são um exemplo nítido. As melhores histórias dos mutantes escritas pelo escocês são as desenhadas pelo Frank! E de Extinção teria sido tão cultuada se fosse ilustrada por um Igor Kordey? Geração Sem Germes (que também é uma puta história) não teria recebido muito maior atenção no traço do Quitely?

                            Tenho certeza de que sim. Mesmo caso de Superman All Star 5. Aquilo ali tem que entrar pros clássicos da literatura mundial; é nada menos que perfeito.

                            Comment


                            • #15
                              Postado originalmente por artvandelay
                              Postado originalmente por All-Star Oz
                              50%.
                              Pode cre.
                              EM ALGUNS CASOS O DESENHISTA "CARREGA NAS COSTAS" A HQ, ASSIM COMO ESCRITOR TAMBÉM O FAZ.

                              DE CABEÇA POSSO CITAR:

                              DESENHISTAS

                              ALEX ROSS - SÉRIE DE TPS "GIGANTES" DA DC.

                              ESAD RIBIC - LOKI


                              ESCRITORES

                              BENDIS - ELEKTRA (OS DESENHOS ERAM DO CHUCK AUSTEN)

                              FRANK MILLER - DK2

                              E AINDA TEM MUITOS OUTROS EXEMPLOS COMO ALAN MOORE EM LOST GIRLS, DAVID FINCH EM CAVALEIRO DA LUA... ETC.

                              Comment

                              Working...
                              X