Anúncio

Collapse
No announcement yet.

30 DIAS DE NOITE - O filme

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • 30 DIAS DE NOITE - O filme



    Segue a resenha do Omelete:

    30 Dias de Noite

    "Apadrinhada por Sam Raimi, adaptação de HQ traz vampiros de volta ao topo
    Marcelo Forlani

    30 Dias de Noite (30 Days of Night, 2007) quase se chamou 30 Dias de Escuridão aqui no Brasil. E quer saber? Este título, apesar de rejeitar as raízes da HQ escrita por Steve Niles com arte de Ben Templesmith, seria bastante apropriado ao filme. Além de ser mais direto em relação à escuridão que toma conta do cenário, representaria muito bem a evolução pela qual a história passou ao ser adaptada para as telas.

    Para quem não leu ainda os ótimos quadrinhos criados pela dupla, 30 Dias de Noite conta a história de Barrow, um vilarejo no Alasca que fica imerso em puro breu durante o mês mais brutal do inverno. A população quase que total da cidade resolve sair dali durante estes dias, migrando para algum lugar menos deprimente e congelado. Os que ignoram o último avião a sair dali nada podem fazer a não ser uma contagem regressiva até a volta do sol e da vida.

    Este é o cenário cotidiano de Barrow, que já se acostumou a tudo isso e sabe bem como sobreviver. Algo muda, porém, quando um forasteiro chega à cidade. Ele vem e anuncia que o fim está próximo. Pouco a pouco vão caindo a energia, os telefones, a Internet e todo tipo de comunicação com o mundo exterior. Incomunicável e sem sinal do sol pelos próximos 30 dias, Barrow se torna o lugar ideal para um grupo de vampiros fazer a festa e se embebedar nas jugulares daqueles que ficaram para trás.

    A bênção de Sam Raimi

    Pense bem, todos sabem que vampiros não podem com a luz do sol. E qualquer um com o conhecimento mínimo de geografia já ouviu dizer que os pólos passam por dias sem fim durante o verão e de noite eterna no inverno. A idéia de juntar as duas coisas era óbvia, mas coube à afiada caneta de Niles colocá-las no mesmo ambiente e ainda acrescentar tempero com seus diálogos sacanas. Ao ler a graphic novel, Sam Raimi, cineasta das séries Evil Dead e Homem-Aranha, adorou a idéia e por um tempo até cogitou dirigi-la, mas acabou pulando para a cadeira de produtor, deixando o megafone nas mãos de Dave Slade. Vindo dos videoclipes e com apenas um longa-metragem no currículo (Menina Má.com), o britânico mostra mais uma vez que está jogando sério.

    Claro que ajuda muito ter o próprio Steve Niles entre os roteiristas (ao lado de Stuart Beattie e Brian Nelson). Assim, dá para explicar melhor algumas idéias que ficam jogadas na HQ e não há problemas quando é sabiamente descartado no cinema o subplot dos caçadores de vampiro que vêm de Nova Orleans. Sobra, assim, mais tempo para desenvolver o drama da cidade e dos personagens, incluindo aí o casal de protagonistas (Josh Hartnett e Melissa George), que na HQ era muito apaixonado, mas na tela está se separando - o que é, na verdade, um truque para potencializar o final.

    Mas mesmo com os sustos, a boa maquiagem que lembra a arte de Templesmith, e a agilidade da câmera e da montagem, uma coisa não ficou boa: a passagem de tempo. Nas duas horas de duração do filme, fala-se poucas vezes quanto ainda falta até que aquele pesadelo termine. A boa notícia é que o modesto orçamento do filme, 31 milhões de dólares, foi recuperado nas bilheterias dos Estados Unidos. Com o que pode faturar no resto do mundo e vendas de DVD e para a televisão, é de se esperar que as continuações da história também sejam filmadas e estes pequenos detalhes resolvidos.”




    ------------------------------------------------------------------------------------

    Caraco, muito foda!!!!

    A adaptação ficou muito, mas muito bem feita. A história é mesma do gibi, com pouquíssimas diferenças, plenamente justificáveis na transposição para o cinema. A fotografia é impressionante, o que torna muito mais prazeroso assistir ao filme do que ver os desenhos do gibi. Josh Harnett e Mellissa George estão muito bem, e passam credibilidade aos personagens. A direção é extremamente competente, o filme realmente dá sustos, os efeitos especiais estão na medida certa e toda a atmosfera de terror é reproduzida, tornando o filme ainda melhor do que o gibi.

    Não percam, é diversão garantida.
    Paz e amor...só tranquilidade.

  • #2
    Eu vi o trailer e fiquei tentado a ver o filme, mas como nunca li a hq fiquei cabrero. Mas pelo review parece ser ótimo mesmo. Sipá até compro a hq, alguém sabe onde tem pra vender na internet?

    Comment


    • #3
      o gibi é uma merda !

      mas o filme é foda.

      podem ver sem medo...

      Comment


      • #4
        TO MEIO NA DUVIDA SE COMPRO O GIBI.....

        FÓDA É Q OS PUTOS DA DEVIR RELANÇARAM EM FORMATÉCO CUSTANDO 30 PILA:

        SENDOQ ANTES TINHA SAÍDO EM FORMATO AMERICANO.....
        LISTÃO DE HQS.....

        HELLBLAZER, SUPERAVENTURAS MARVEL, HOMEM-ARANHA, CONAN, WOLVERINE, E AS ORIGENS DOS HERÓIS MARVEL (CAP. AMÉRICA 100, AS GRANDES BATALHAS, SURFISTA)!!!

        CLIQUEM AQUI:
        http://www.mbbforum.com/mbb/viewtopi...211503#1211503

        Comment


        • #5
          Eu vi ontem no cinema e ADOREI. Mas senti falta das partes que ocorrem em New Orleans... até que pesquisei na internet e fiquei sabendo que houve uma prequel distribuida no site Fear.Net, contando o desenrolar de New Orleans. A prequel tem 7 partes de 5 minutos cada e é tão boa quanto o filme.

          Vejam abaixo, na ordem.

          [hide:dd87e80728][youtube]http://www.youtube.com/watch?v=a0wSozUp9UA[/youtube]
          [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=SoTKb7AGMPI[/youtube]
          [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=h-6NbhIsN7A[/youtube]
          [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=wEJRh2h869k[/youtube]
          [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Dk1JBjHnlyM[/youtube]
          [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=TCqZGcLQGMM[/youtube]
          [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=45FCS6akroA[/youtube][/hide:dd87e80728]

          Sobre o filme em si. Curti muito, tem um clima de terror que filmes de vampiros não tiveram nos últimos anos, pois se preocupavam muito com a estética gotiquinha. Não que este não se preocupe, mas o terror é muito valorizado! O filme cria uma repugnância aos vampiros que todos os espectadores passam a torcer para os humanos. O final é triste (como na HQ) e muito bem feito. O filme é meio grande, mas achei a duração OK para explicar tudo certinho sem correria, que é o que realmente ocorre.

          Outra coisa que eu curti foi a trilha sonora, que se mantém sóbria e não precisou apelar para o rock and roll manjado em filmes do tipo. Apesar disso, a estética dos vampiros parece que foi tirada de vários astros do rock e derivados.

          Um dos vampiros parece o Marilyn Manson (o que aparece seguindo o Gail perto do fim do filme):


          E o líder dos vampiros, que difere muito do líder nos quadrinhos, lembra muito o vocalista do Blutengel mais velho, Chris Pohl:

          Comment


          • #6
            Fiquei interessado.
            "Como é bom ser loucooooooo!"

            Comment


            • #7
              Assisti ontem. Achei sensacional.
              O filme é terror puro e o tempo todo deixa você com aquela sensação de desconforto e tenso.

              Vale a pena assistir!
              Imagem das edições à venda nos álbuns:

              DC Comics - https://www.facebook.com/media/set/?...9487073&type=3

              Marvel - https://www.facebook.com/media/set/?...5613657&type=3

              Outras editoras - https://www.facebook.com/media/set/?...2277809&type=3

              TPs & HCs - https://www.facebook.com/media/set/?...8970273&type=3

              Comment


              • #8
                Postado originalmente por Felipe Parker
                Sobre o filme em si. Curti muito, tem um clima de terror que filmes de vampiros não tiveram nos últimos anos, pois se preocupavam muito com a estética gotiquinha. Não que este não se preocupe, mas o terror é muito valorizado! O filme cria uma repugnância aos vampiros que todos os espectadores passam a torcer para os humanos. O final é triste (como na HQ) e muito bem feito. O filme é meio grande, mas achei a duração OK para explicar tudo certinho sem correria, que é o que realmente ocorre.

                Outra coisa que eu curti foi a trilha sonora, que se mantém sóbria e não precisou apelar para o rock and roll manjado em filmes do tipo. Apesar disso, a estética dos vampiros parece que foi tirada de vários astros do rock e derivados.
                Quotei aqui o que achei mais importante e concordo em genero, numero e degrau. Esse vampiro do jeito Anne Rice e Mark Rein Hagen de ser já tinha me dado nos testículos há quase dez anos. 30 dias de noite é um oasis no meio da mesmice e espero ver vampiros monstruosos do naipe de Um Drink no Inferno e A Hora do Espanto novamente. Chega de vampiros chorões: vampiros LOKOS, FAMYNTUS e AZASSINOS forevis!!!!

                :rox;
                AAHHHHHH!!! I fucking hate this town! - KNIGHTLEY, ANDREW. The World's End

                Comment


                • #9
                  Eu li a hq há uns 3 anos atrás e achei uma merda. Estou na dúvida se assisto ou não ao filme.

                  Chifradas,

                  Não importa o quanto você se esforce, é impossível ser cool em Belém do Pará

                  Comment


                  • #10
                    Também não curti muito a HQ. Achei o filme melhor.

                    Comment


                    • #11
                      Um conselho: vá assistir ao filme sem ler a hq.

                      Depois, se interessar, leia.
                      Imagem das edições à venda nos álbuns:

                      DC Comics - https://www.facebook.com/media/set/?...9487073&type=3

                      Marvel - https://www.facebook.com/media/set/?...5613657&type=3

                      Outras editoras - https://www.facebook.com/media/set/?...2277809&type=3

                      TPs & HCs - https://www.facebook.com/media/set/?...8970273&type=3

                      Comment


                      • #12
                        Postado originalmente por Felipe Parker
                        Também não curti muito a HQ. Achei o filme melhor.
                        Bom, você é o segundo nesse tópico que diz isso (o Indigocity também não gostou da hq). Acho que darei uma chance.

                        Chifradas,

                        Não importa o quanto você se esforce, é impossível ser cool em Belém do Pará

                        Comment


                        • #13
                          Bom filme, no genero terror/vampiros é um dos melhores.

                          Comment


                          • #14
                            Já tem o maior tempo que assisti esse filme. Mas a droga do arquivo que eu puxei tava bichado. O filme ficou sem final..... Mas por causa de 5 minutos, eu é que não vou baixar isso de novo.

                            De qualquer forma, o filme é legal sim. Mas não é isso tudo não. Apenas assistível.

                            Comment


                            • #15
                              veria, se os vampiros não parecessem tão viados nas fotos
                              Giovanni Giorgio

                              Comment

                              Working...
                              X