Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Entrevista Giancarlo Berardi, pai de Julia e Ken Parker

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Entrevista Giancarlo Berardi, pai de Julia e Ken Parker

    O site UniversoHQ entrevistou Giancarlo Berardi, criador de Júlia e Ken Parker.
    http://www.universohq.com/quadrinhos...ta_berardi.cfm
    fórum FUMETTEIROS:
    http://fumetteiros.forumeiros.com/


  • #2
    um supercocô.

    Comment


    • #3
      Postado originalmente por TCC 60
      um supercocô.
      como voce né ???
      fórum FUMETTEIROS:
      http://fumetteiros.forumeiros.com/

      Comment


      • #4
        [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=M307SGmZz7g&eurl=http://www.mbbforum.com/mbb/viewtopic.php?t=12136&postdays=0&postorder=asc&sta rt=0[/youtube]

        Comment


        • #5
          Postado originalmente por TCC 60
          um supercocô.
          Falou MUITO bem! Eu não diria melhor!

          LIXO! Revista de Banzé ! Revista de Hualpai ! Velho maldito, vá tomar no cu ! Bostão!

          Comment


          • #6
            Postado originalmente por Banzé
            Postado originalmente por TCC 60
            um supercocô.
            como voce né ???

            Comment


            • #7
              Postado originalmente por FLUFFY
              Revista de Hualpai
              o hualpai não gosta de júlia nem de Ken Parker.
              5 ANOS SEM FUMAR e contando....

              Comment


              • #8
                Um dos trechos mais interessantes.

                UHQ: Hoje você lê quadrinhos?

                Berardi: São poucos os que interessam.

                De super-heróis, por exemplo, não gosto. Concordo com (Bertolt) Brecht: "infeliz a nação que precisa de heróis". Eles não são humanos, e aprecio a humanidade, as pessoas. Quero falar das pessoas, porque há tanto para dizer. Dentro de cada um de nós há um mundo. E se somos 5 bilhões no planeta, há, pelo menos, 5 bilhões de mundos reais para contar.

                Eu não tenho tempo para super-heróis. Tenho tempo para a vida, para relações, para ler mais, para assistir a bons filmes. Hoje leio muitos livros de história, pois me interessa muito mais o passado do que o presente. Para se compreender o presente, deve-se ler sobre o passado.


                UHQ: E qual sua opinião a respeito dos mangás, também tão presentes no mercado italiano?

                Berardi: Eles são distantes da minha sensibilidade. É um desenho bastante frio, com pouca emotividade. Mas há alguns grandes desenhistas, como (Katsuhiro) Otomo (de Akira).

                Ainda assim, é uma cultura muito distante de nós, diferente, que, para mim, é cansativo compreender. Eu entendo, mas não me apaixono. Se preciso ler alguma coisa do Japão, prefiro as poesias, que são extraordinárias, ou os romances. Os quadrinhos são distantes. É o meu limite.


                UHQ: Conhece o trabalho de quadrinhistas brasileiros?

                Berardi: Só o de Mauricio (de Sousa), que é o Disney da América do Sul; do Laerte, de quem conheço muito bem o trabalho; e do Ziraldo. São todos amigos que amo pessoalmente, e amo também seus trabalhos.

                Mas o que deixa triste é ver um país com tanta cultura e humanidade, com tantas histórias, aventuras, ainda não ter a possibilidade de contá-las em quadrinhos. Isso é incompreensível. Creio que o Estado deveria intervir, nem que fosse para fazer uma editora do governo.

                Nem que fosse preciso para chamar profissionais de outros países, para criar um filão, uma tradição. Talvez vocês necessitem de ajuda para abrir a estrada dos quadrinhos brasileiros. Depois que isso estiver feito, é só dar vazão à fantasia, à criatividade, ao desejo.


                UHQ: Na década de 1970, você quase trabalhou para a Marvel, depois de um contato com John Romita. O que aconteceu?

                Berardi: Conheci John Romita em Nova York, onde passei um bom tempo estudando. Quando ele viu uma história minha de terror desenhada pelo Ivo, ainda no lápis azul, ficou impressionado e me perguntou por que eu não ia para lá trabalhar.

                Mas eu estava terminando a universidade (nota do UHQ: o autor se formou em Línguas Estrangeiras), tinha a minha família e não sentia a necessidade de mudar definitivamente de país. Pelo contrário, decidi que era hora de conhecer o meu país.

                Outro norte-americano que me sondou para trabalhar com ele foi Mort Walker (Recruta Zero), mas eu era muito jovem e queria mesmo era voltar para casa.


                UHQ: Quais as dificuldades de se adaptar As Fundações, de Isaac Asimov, para os quadrinhos, em 1983, na edição # 12 da revista Oriente Express?

                Berardi: Adaptar esse conto foi um experimento total, porque foram três desenhistas trabalhando ao mesmo tempo: (Maurizio) Mantero, (Renzo) Calegari e Ivo (Milazzo).

                O texto fiz com a ajuda de Maurizio, que também fez as cores. Foi uma mescla incrível, tanto que assinamos M. M. Becami, de Maurizio Mantero, Berardi, Calegari e Milazzo.

                Eu gostei do resultado, mas nunca mais a publicaremos, porque não temos os direitos de Asimov.


                UHQ: Para terminar, Giancarlo, defina Ken Parker e Júlia.

                Berardi: São os meus dois filhos (nota do UHQ: o autor não tem filhos na vida real). Eu os amo muito, por razões diversas, pois eles são bem diferentes.

                Mas os filhos sempre trazem um pouco do pai, é inevitável. Ken Parker e Júlia são duas partes de mim. Ambos são extremamente humanos, adoram ler e escrever, exatamente como eu.
                fórum FUMETTEIROS:
                http://fumetteiros.forumeiros.com/

                Comment


                • #9
                  Concordo com (Bertolt) Brecht: "infeliz a nação que precisa de heróis".
                  Afff, que velho doido!

                  Comment


                  • #10
                    [Fenrir mode on:]

                    Quem gosta de Berardi ou é tiozão ou é viado. De que lado você está?

                    [/Fenrir mode off]
                    "I killed every living thing on Czarnia fer fun. I killed Santa Claus and the Easter Bunny an' things that don't even exist, an' so help me, I tried ta follow th' triple-fold path o' peace. I tried my best... but frag me for a bastich, even I got limits!"

                    Comment


                    • #11
                      Andy, Andy... quando puder vou te presentear com uma edição de Ken Parker só pra ter o gosto de ver você me pedindo DESCULPAS por MALDIZER o Berardi...
                      "Uma das pessoas menos agradáveis do MBB." - SJWscott

                      Comment


                      • #12
                        Até aprecio o trabalho dele em Ken Parker, mas as declarações dele na entrevista sobre os outros "gêneros" demonstram uma ignorância pouco comum para um profissional do meio. Uma pena.

                        Sem falar na cara constrangedora do Gusman nas fotos.

                        Comment


                        • #13
                          vou postar aqui só para imortalizar a trindade Mojo-Darth-Dread, a verdadeira MDD!

                          Comment


                          • #14
                            Vou postar aqui só pra dizer que inveja mata.
                            Seu Cuca é eu!

                            Comment


                            • #15
                              Postado originalmente por DarthPenta!
                              Até aprecio o trabalho dele em Ken Parker, mas as declarações dele na entrevista sobre os outros "gêneros" demonstram uma ignorância pouco comum para um profissional do meio. Uma pena.

                              Sem falar na cara constrangedora do Gusman nas fotos.
                              você tá parecendo o Fluffy, Darth!

                              ele só explicou porque não gosta de supe-heróis.

                              se sentir "ofendido" por criticarem seu hobby é demais né não?
                              5 ANOS SEM FUMAR e contando....

                              Comment

                              Working...
                              X