Anúncio

Collapse
No announcement yet.

(Marvel Brasil 40 Anos) As Aventuras da Editora Globo

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • (Marvel Brasil 40 Anos) As Aventuras da Editora Globo

    Nem só de Abril viveu a Marvel no final dos anos 80 e início dos anos 90. Quietinha, sem ninguém prestar muito atenção, a editora Globo (e sua antecessora, a Rio Gráfica) foi aos poucos publicando uma coisinha aqui e outra ali, até incomodar a grandona.

    A coisa começou bem antes, quando a Rio Gráfica, em 86, lançou a revista Transformers (12 edições na RGE, 10 na Globo) - material original da Marvel, com participações de personagens tradicionais da editora. O Aranha com o uniforme negro, por exemplo, teve sua primeira aparição no Brasil nessa série. A editora publicou também as histórias de G.I. Joe (Comandos em Ação), mas ficou devendo o crossover entre ambas.



    Depois, em 1989, lançou a série Graphic Globo, apresentando em seu primeiro número Dreadstar, personagem de Jim Starlin já conhecido dos leitores da revista Epic Marvel. No ano seguinte, chegaram às bancas a mini-série em duas edições do Pantera Negra, a maxi-séie Moonshadow e a primeira edição da revista mensal Dreadstar, que durou dez edições.











    Em junho de 1991, a Graphic Globo #8 apresentou a origem do Excalibur, cujas histórias tiveram continuidade na revista mensal Marvel Force, lançada no mês seguinte e que fez grande sucesso entre os fãs por apresentar histórias mais recentes e inéditas, como Motoqueiro Fantasma, Novos Guerreiros, Guardiões da Galáxia e antigos sucessos como Power Pack e Cavaleiro da Lua.









    Em janeiro de 1992 a Marvel Force transformou-se num almanacão de 132 páginas, mas não durou muito tempo nesse formato. Em meados daquele ano, a Abril tomou de volta o que lhe interessava e deixou com a Globo somente Morituri, Doctor Zero, Power Line, e St. George (Shadowline) e Esquadrão Supremo. Vejam o texto de despedida:

    VOCÊS PRECISAVAM SABER DISSO!
    Quando lançamos Marvel Force firmamos um compromisso com vocês de publicar apenas materiais de boa qualidade. Além das histórias apresentamos matérias e fichas dos personagens. Ilustrações nas quartas-capas, sempre com o objetivo principal de respeitar o leitor, publicando aventuras na integra (sem os costumeiros cortes de páginas), numa tentativa única de tratá-la como ele realmente merece, sem o subestimar. Passadas nove edições, obtivemos o melhor retorno possivel: a sua credibilidade.
    Mas, lamentavelmente, a partir da próxima edição MARVEL FORCE deixará de lançar as aventuras de EXCALIBUR, GUARDIÕES DA GALÁXIA, MOTOQUEIRO FANTASMA, NOVOS GUERREIROS e POWER PACK (Quarteto Futuro) devido as evidentes intersecções com heróis publicados pela outra editora. Para freseando um politico famoso, no mercado editorial brasileiro existem diversas "forças ocultas" agindo a todo momento.
    A esperança é que a seriedade, o profissionalismo e o respeito ao leitor, mostrados na edição desses materiais aqui na globo, persistam assim que as histórias voltem a ser publicadas (não sabemos quando). Durante esses noves meses, vocês tiveram a rara oportunidade de ver concorrência nos quadrinhos de super-heróis, estabelecendo as inevitaveis comparações e desenvolvendo melhor seu senso crítico.
    A redação!
    A partir de então, o material da Marvel passou a se revezar, nas edições pares de "Gibi", com a King Features (Mandrake, Fantasma) até sumir de vez em 1994.



    Quem acompanhou isso tudo, comente!

  • #2
    Gostava da Marvel Force, especialmente pelo Excalibur e pelo Power Pack.

    Dia desses eu ia abrir um tópico sobre o Esquadrão Morituri... o que diabos é aquilo? Tenho só um gibi com eles, que é um da capa da Lady Rouxinol se fodendo coió.

    Sobre o que era esse Morituri? Eles valem pra cronologia? Que fim levaram aqueles desgraçados?
    Inscreva-se na ALMANACÃO, minha newsletter sobre quadrinhos > http://eepurl.com/b3_M4v

    Comment


    • #3
      Quem acompanhou isso tudo, comente!
      Eu acompanhei essa porra toda, e sei lá, nunca consegui curtir Guardiões da Galaxia.



      Eu diria q esse é o melhor trabalho do Starlin nos desenhos

      Comment


      • #4
        Chico, as histórias da Força de Ataque:Morituri se passavam no futuro (2069), e parece que, em determinado momento, tiveram algumas citações a personagens clássicos da Marvel. A série durou 31 edições entre 86 e 89.

        Comment


        • #5
          Acompanhei bem a revista Marvel Force, nas duas fases.

          Na época foi um tremendo baque: a editora Globo estava publicando histórias mais recentes que a Abril, só novidades legais. Eu achei que ia ficar uma zona danada, mas queria ver o circo pegar fogo!

          Obviamente em pouco tempo as coisas voltaram ao "normal", e algumas das coisas legais que a Globo vinha publicando foram pro limbo na Abril. E os restolhos que a Globo continuou publicando não dava nenhum ibope!
          ùltima Leitura: Razoável
          sigpic
          Mister No #6 (RECORD)

          http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

          Comment


          • #6
            Tenho Transformers e Marvel Force praticamente completas, além da Graphic Novel do Excalibur. Tenho imenso carinho por esses coleções, especialmente Transformers e as histórias do Esquadrão Supremo, estas últimas fodásticas para a época. Isso merecia um TP no Brasil...
            Hoje não coleciono só quadrinhos, coleciono fragmentos e memórias da minha vida, coleciono aquilo que nunca mais terei, coleciono o passado e sei que essa coleção não tem preço. - Don Dracula

            Comment


            • #7
              Postado originalmente por DarthLee
              Chico, as histórias da Força de Ataque:Morituri se passavam no futuro (2069), e parece que, em determinado momento, tiveram algumas citações a personagens clássicos da Marvel. A série durou 31 edições entre 86 e 89.
              Este link traz boas informações - e uma nota triste: A Marvel e o Peter Gillis (argumentista) estão em disputa sobre este material. Logo, nada de Essential Morituri (pena, pq eu compraria).

              Acompanhei estas tranqueiras todas da Globo, era uma época bem legal.

              Fernando (ou alguém daqueles tempos), aquelas m...tipo "O Último Americano", "Wildcards", "Mundo sem Fim", e outras porcarias...alguma coisa ali era da Marvel?

              E alguém criou coragem e encarou o resto da "Saga das Sombras" (São Jorge, PowerLine e Doutor Zero)?

              Abraços!!!
              BEHOLD MY POWER

              Comment


              • #8
                Eu ACHO que são tudo da Epic, como o Moonshadow.

                Comment


                • #9
                  Wildcards tinha um RPG bem bacana.

                  E achei q o B. Gillis tava morto faz tempo

                  Comment


                  • #10
                    Bom, eu comprei quase tudo que a Globo publicava. Mas confesso que fiquei puto várias vezes com a interrupção de séries. Vide, Dreadstar (problemas com a mudança de editora nos EUA), Akira, e outras...
                    Ótimo. Eu vou construir meu próprio pouso lunar! Com bebidas e jogo! E prostitutas!
                    Na verdade, esqueça o pouso e o jogo!
                    Ah, que se dane tudo.

                    Comment


                    • #11
                      Eu comprei isto tudo na época em que saiu. E Dreadstar me deixou órfão até hoje.

                      Agora, diferente do que o Destro postou, eu me amarrava nas aventuras dos GUARDIÕES DA GALAXIA. Vance Astro e Cia, com o escudo do Capitão América, amigos que gibi legal!!!
                      Paz e amor...só tranquilidade.

                      Comment


                      • #12
                        Dreadstar era muito bom.


                        Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

                        http://www.vitrinepix.com.br/clockup

                        Comment


                        • #13
                          Pior era eu, moleque sem-noção, que achava um ULTRAJE que a Globo tinha passado a perna na Abril e tinha "roubado" as séries.

                          Mais tarde eu adquiri bom senso, até porque a Abril não quis trazer os Guardiões da Galáxia, que eu também gostava.
                          --L.

                          Comment


                          • #14
                            Tenho quase tudo isso aí, até hoje: a graphic e a mensal do Dreadstar, o especial do Excalibur e a primeira fase de Marvel Force. Só não gostava dos Guardiões da Galáxia, achava eles "anos 70" demais para sairem junto com Excalibur e Motoqueiro Fantasma. Da segunda fase, só com títulos restolhos, eu gostava dos desenhos do Denys Cowan para Doctor Zero e só.

                            A Globo "dando um tempo" no Dreadstar só não foi uma traição maior que a da Abril, que prometeu "em breve" voltar com Monstro do Pântano e American Flagg...

                            Comment


                            • #15
                              Minhas primeiras revistas do Hulk e do Aranha foram da RGE, mas da fase anterior a essa citada, antes da Abril assumir o filé da Marvel lá por volta de 1983 .

                              Comment

                              Working...
                              X