Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[avaliação] Homens-Aranha II

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [avaliação] Homens-Aranha II

    Na primeira vez que Peter Parker e Miles Morales se encontraram, as coisas acabaram com uma pergunta: quem é o Miles Morales do Universo Marvel? Agora que o Miles que você conhece e ama compartilha um mundo com Peter no universo principal da Marvel, finalmente temos a resposta - e isso é só o começo! Conforme o mistério se aprofunda, os escaladores de teias se veem na mira do Treinador!
    Brian Michael Bendis e Sara Pichelli apresentam uma história alucinante para os cabeças de teia!




    Uma historia de amor de um vilão. E os homens-aranha no meio. Não é uma historia excepcional, e tem as enrolações do Bendis de praxe, vale mais pelo capitulo flashback do Miles Morales. E nao entendi muito bem essas novas realidades paralelas pos-secret wars, elas nem deveriam existir. Alias, muito estranho que essa historia que reune Miles e Peter tenha a mesma premissa que o filme Aranhaverso - vilao vai procurar amada em realidade paralela. Com certeza nao é coincidencia.
    Last edited by Stallone; 30-01-2019, 09:07 AM.

  • #2
    Re: [avaliação] Homens-Aranha II

    quanto tá ?
    Cola no canal

    https://youtu.be/QgY0FsmBWtM

    Comment


    • #3
      Re: [avaliação] Homens-Aranha II

      23.90

      Comment


      • #4
        Re: [avaliação] Homens-Aranha II

        A Homens-Aranha original é um gibizão divertido, já essa 2 é bem sem graça, os aranhas são praticamente coadjuvantes na história...A Generations Miles/Peter que veio nessa edição é bem mais legal.

        Comment


        • #5
          Re: [avaliação] Homens-Aranha II

          A continuação tão esperada dos Aranhas de dois universos do Bendis meio que ficou capenga... Acho que foi uma grande homenagem ao Ultiverso reunindo uma das principais equipes que trabalhou nessas revistas, mas chegou atrasada... pra não reclamar de tudo achei legal saber que os universos pré Guerras Secretas foram mesmo mesclados e o Miles e o Peter tem consciência disso (senti uma vibe de Crise nas Infinitas Terras), assim como ainda existe um multiverso, e só essa possibilidade de existência já permite uma variação do Ultiverso que provavelmente será a base para os eventos que estão ocorrendo agora nos EUA. Porém, e o grande porém da história, foi o retcon enorme na vida do Rei do Crime que eu prefiro ignorar e imaginar outro chefão do crime genérico no lugar.

          A história do Legado, em compensação, gostei bastante o Miles Morales é transportado para o início da carreira do Peter, nominalmente localizado quando ele salva a tia May depois de sobreviver aos escombros (Amazing SpiderMan 33 de fevereiro de 1966). A arte simulando o traço da época com aquela mensagenzinha de esperança mesmo no fundo do poço, típica do Aranha.

          Comment


          • #6
            Re: [avaliação] Homens-Aranha II

            foi o retcon enorme na vida do Rei do Crime
            mas ele sempre foi mostrado como capanga do Rigoleto mesmo

            Comment


            • #7
              Re: [avaliação] Homens-Aranha II

              Postado originalmente por Pip Ver Post
              mas ele sempre foi mostrado como capanga do Rigoleto mesmo
              Pelo menos, desde os tempos que o Frank Miller trabalhou com o personagem em Demolidor.
              Konshu não é meu Deus!

              Comment


              • #8
                Re: [avaliação] Homens-Aranha II

                Eu particularmente gostei bastante

                apesar de concordar que é bem inferior ao Homens-Aranha original.

                - Penso que, se na época da história original, o Bendis tinha pensado alguma coisa para uma continuação, ela teve que ser bastante alterada depois de Guerras Secretas,porque a dinâmica entre Miles e Peter muda no novo Universo Marvel. Nesse sentido, acho que o Bendis fez um excelente trabalho com o material que tinha a mão

                - E deu a justificativa de que Miles e Peter estavam cientes de outros universos, de que Miles veio do Universo ultimate, etc. Isso parece até contradizer a série do Miles que ele próprio vinha escrevendo, que parecia mostrar uma origem diferente pro Miles, dentro do Universo 616....mas acho que aqui não tinha outro jeito. Escrever Homens-Aranha II exigiria reconhecer a existência de Homens-Aranha I, resolver o gancho que foi deixado lá

                - Sem graça o Miles "malvado". Mas a ideia é bem legal (aliás, é o mesmo plot de Homem-Aranha no Aranhaverso,com a diferença de que aqui o Fisk desiste de encontrar uma Vanessa). Pessoal costuma falar que a Panini não tem o timing para lançar gibis no mesmo tempo que os filmes no cinema, mas acho que aqui ela acertou. Lançou um gibi sobre homens-aranhas de mundos alternativos e com a mesmo plot do filme! Quem assiste ao filme pode vir correndo pra esse gibi

                - Legal rever o Universo Ultimate. Ponto alto do gibi, é pra emocionar pela nostalgia mesmo! Por o Bagley pra desenhar e toda a turma que acompanhamos por quase 20 anos...numa historinha que imita uma das primeiras do Homem-Aranha Ultimate (Duende Verde atacando a escola, lá por Ultimate Spider-man 5 ou 6, sei lá...) não tem outra explicação. Colocar umas caras novas no meio (Riri Williams ultimate?) é como dizer: "ei, sempre estivemos por aqui, a vida continuou para nós também". Isso eu achei bem legal. Não sei se foi a última coisa que o Bendis escreveu na Marvel, mas me pareceu que ele conseguiu tirar água da pedra aqui, criando ao mesmo tempo uma despedida à Marvel e homenagem ao Universo Ultimate que ele praticamente lapidou
                Last edited by Casto; 01-02-2019, 10:25 PM.

                Comment


                • #9
                  Re: [avaliação] Homens-Aranha II

                  eu nao entendi que a realidade alternativa era o universo ultimate, porque o Aranha fala que o Ben está vivo. percebeu isso ?

                  Comment


                  • #10
                    Re: [avaliação] Homens-Aranha II

                    Eu entendi como um "Novo Universo Ultimate"... pq a influência é claríssima, mas as diferenças são grandes tb (afinal, Peter tá vivo).Não sei quem seria esse Ben, mas não acho que seja o tio Ben (afinal, tia May está com um novo namorado)...seria um Ben Reilly ultimate?Seria um filho do Peter (afinal, nesse novo universo, parece que tudo deu certo em sua vida.

                    Comment


                    • #11
                      Re: [avaliação] Homens-Aranha II

                      revista BEM ruim....passem longe.

                      Comment


                      • #12
                        Re: [avaliação] Homens-Aranha II

                        Li e achei meio mais ou menos....

                        Agora umas dúvidas. Não li nada depois de Guerras Secretas....

                        Não entendi.. Miles Morales foi "retconeado" para o cronologia. então ele já existia ?
                        Se ele já existia o Miles Morales vilão seria o original da 616 masi velho sem poderes?

                        E este universo Ultimate que aparece no final? Já tinha aparecido?
                        Não ganhei nada....

                        Comment


                        • #13
                          Re: [avaliação] Homens-Aranha II

                          Postado originalmente por Tio_Helbert Ver Post
                          Li e achei meio mais ou menos....

                          Agora umas dúvidas. Não li nada depois de Guerras Secretas....

                          Não entendi.. Miles Morales foi "retconeado" para o cronologia. então ele já existia ?
                          Se ele já existia o Miles Morales vilão seria o original da 616 mais velho sem poderes?

                          E este universo Ultimate que aparece no final? Já tinha aparecido?
                          1) Depois de Guerras Secretas, o Ultiverso acabou e Miles passou a integrar o Universo Marvel 616.
                          2) Sim, o Miles Morales "dumal" é o "original" da Marvel 616.
                          3) Esse universo do final não tinha aparecido. Apesar das semelhanças, não dá pra cravar que é o Ultiverso. Afinal, Peter aparece vivo, Mary Jane cita um Ben (não deve ser o tio Ben, já que May arrumou um novo namorado), tem Riri Willians ... Enfim, tem muitas semelhanças com o Ultiverso, mas é diferente.


                          Quanto à história... Gibi morno. Diverte em alguns momentos (adorei a curta participação de Jessica Jones), mas não passa disso.

                          Verdade seja dita, esta é uma história que nasceu atrasada. Um cross entre Peter e Miles deixou de ser um evento especial depois de Guerras Secretas, já que os dois personagens passaram a coexistir no mesmo universo. A primeira minissérie, por exemplo, explora as diferenças entre os dois universos (na época, o Universo Ultimate e a Marvel 616), coisa que se perde completamente aqui.

                          Mas o maior problema é que os Aranhas são praticamente coadjuvantes na trama. Pior que isso, eles ficam se balançando de um lado pro outro e tretando com o Treinador, sem sequer saber o que está acontecendo. E fica por isso mesmo, já que eles não descobrem o que o Miles Morales “dumal” queria – e conseguiu fazer – com o portal dimensional.

                          Falando em Treinador, achei muito zoado ele desmascarar Peter e Miles daquela maneira. Peter Parker ficou famoso com a ascensão e queda das IP, então ele deveria ser facilmente reconhecido. E, com tudo o que estava rolando, o Treinador não precisaria ser nenhum gênio para sacar que Miles Morales é o outro Aranha.

                          A primeira minissérie foi mais interessante e divertida que esta.
                          A arte, em compensação, é só vitória. Sara Pichelli desenhando muito!

                          Comment


                          • #14
                            Li tem algum tempo e diferente da maioria dos cus ardidos, achei o material bem legal. De fato, afora Jessica Jones (embora não li ainda o final de Homem de Ferro do Bendis, o próprio Pip já fez tópico e não pareceu nada empolgado...) esse é o melhor trabalho da última safra do Bendis. Bem melhor que o simpático Defensores, ao menos. Porém a melhor coisa disparada do gibi, e uma das melhores que o Bendis escreveu em muito tempo, que é o especial Generations/ Gerações, um verdadeiro petardo.








                            Como visto ao final de Império Secreto #5 houve um momento no meio da luta que alguns heróis foram transportados pelo tempo para um momento onde encontraram os caras que primeiro vestiam os mantos que eles atualmente vestem. Aqui vemos o Miles Morales se encontrar com a versão mais jovem de Peter, logo após ter vencido o Octopus e conseguido o isótopo que salvaria a vida de Tia May, como visto em amazing Spider-Man #33 , citado pelo prestogaudio, e publicado pela última vez aqui em Biblioteca Histórica Marvel #4 da Panini aqui no Brasil.





                            Numa das histórias mais belas e emocionantes já publicadas, Miles se encontra com sua mãe em um breve momento e depois tem uma conversa de coração com o Peter, bem reveladora e bem humana. Acho que somente escritores do quilate de Jeff Lemire, Morrison e Tom King tem a capacidade de fazer trabalhos tão profundos. Bendis mostra porque é a vanguarda de todos esses aí. O gibi ainda acompanha a bela arte de Ramón Pérez que já mostrou seu talento na série do Gavião Arqueiro pelo Jeff Lemire. Gibizão.






                            Aí temos o começo do gibi com a história envolvendo os dois Aranha. Os dois começam presos e logo emborcamos num dos artifícios preferidos do Bendis, que é o uso do flashback, para contar a história. Ao invés de usar como "muleta", o erro que muitos autores fazem hoje em dia, Bendis navega tranquilamente pelo recurso e nunca perdendo o fio da meada. A história começa de fato, como o prestogaudio fala em seu vídeo, dos Aranhas verem a mesma luz de portal visto na primeira série. Daí então a história transcorre, com a aparição do Treinador e do personagem que viria a ser revelado como a versão do Marvel 616 do Miles Morales.







                            Achei o gibi muito foda, bem legal e divertido. Agora revendo, realmente eu vi que o retcon apresentado é mesmo do Rei do Crime do 616 (uma vez que este Miles Morales é do Universo 616), mas eu acho um retcon bem inofensivo. A existência desse personagem no passado do Rei não vai afetar FUNDAMENTALMENTE tudo que conhecemos dele, só vai mostrar uma pessoa que atuou ao lado do Rei e que considera um amigo.






                            Enfim, achei o gibi bem divertido e emocionante. A despeito que os Aranhas não ficam muito envolvidos com a história em si, achei um fator desimportante. Às vezes boas histórias são feitas distorcendo as regras mais comuns. Gibi bem divertido com cara de Aranha, Bendis é um dos melhores escritores do personagem, só uma pena nunca ter escrito a mensal do mesmo do Universo 616. Escreveu o personagem em outras histórias pontuais, como em Novos Vingadores e outros especiais. Arte muito boa e narrativa excelente de Sara Pichello, como de costume.







                            Não deu pra citar quem é quem nos quotes porque o tópico tá bugado, mas eis o que depreendi:



                            Alias, muito estranho que essa historia que reune Miles e Peter tenha a mesma premissa que o filme Aranhaverso - vilao vai procurar amada em realidade paralela. Com certeza nao é coincidencia.
                            - Sem graça o Miles "malvado". Mas a ideia é bem legal (aliás, é o mesmo plot de Homem-Aranha no Aranhaverso,com a diferença de que aqui o Fisk desiste de encontrar uma Vanessa). Pessoal costuma falar que a Panini não tem o timing para lançar gibis no mesmo tempo que os filmes no cinema, mas acho que aqui ela acertou. Lançou um gibi sobre homens-aranhas de mundos alternativos e com a mesmo plot do filme! Quem assiste ao filme pode vir correndo pra esse gibi


                            Essa história devia tá na gaveta do Bendis faz um tempão. Sobre a premissa do filme ser a mesma do gibi, aí vai depender de quem esteve envolvido um na produção do outro. Não achei o "vilão" sem graça, muito pelo contrário. Se tem uma coisa que o Bendis sabe fazer é um mistério.


                            A Homens-Aranha original é um gibizão divertido, já essa 2 é bem sem graça, os aranhas são praticamente coadjuvantes na história...A Generations Miles/Peter que veio nessa edição é bem mais legal.

                            Cara, pode até se argumentar que este seja pior do que o primeiro (o que eu não tenha achado), mas o gibi tá longe de ser sem graça. Li amarradão.


                            Porém, e o grande porém da história, foi o retcon enorme na vida do Rei do Crime que eu prefiro ignorar e imaginar outro chefão do crime genérico no lugar.

                            Cara, eu não achei assim um "RETCON FODIDO", afinal de contas, não afetou em anda o passado ou a personalidade do Wilson Fisk. Só deu um amigo a ele, parece um pouco idiota, mas achei inofensivo.


                            Verdade seja dita, esta é uma história que nasceu atrasada. Um cross entre Peter e Miles deixou de ser um evento especial depois de Guerras Secretas, já que os dois personagens passaram a coexistir no mesmo universo. A primeira minissérie, por exemplo, explora as diferenças entre os dois universos (na época, o Universo Ultimate e a Marvel 616), coisa que se perde completamente aqui.

                            Mas o maior problema é que os Aranhas são praticamente coadjuvantes na trama. Pior que isso, eles ficam se balançando de um lado pro outro e tretando com o Treinador, sem sequer saber o que está acontecendo. E fica por isso mesmo, já que eles não descobrem o que o Miles Morales “dumal” queria – e conseguiu fazer – com o portal dimensional.

                            Falando em Treinador, achei muito zoado ele desmascarar Peter e Miles daquela maneira. Peter Parker ficou famoso com a ascensão e queda das IP, então ele deveria ser facilmente reconhecido. E, com tudo o que estava rolando, o Treinador não precisaria ser nenhum gênio para sacar que Miles Morales é o outro Aranha.

                            A primeira minissérie foi mais interessante e divertida que esta.
                            A arte, em compensação, é só vitória. Sara Pichelli desenhando muito!
                            Como disse anteriormente, essa história devia estar na gaveta do Bendis por um tempo, e agora que ele tá indo embora de vez, resolveu soltar pra ganhar mais uns trocados da recisão.

                            Concordo que os Aranhas são coadjuvantes na própria trama, mas também não tá tãããããããooooo afastados assim. De fato, eu diria que o personagem principal da história é o MILES MORALES, já que é quem mais aparece, mais até do que o Aranha Peter.


                            Sobre o Treinador, o que você disse não deixa de ser errado, mas eu vejo o Treinador como um cara tão FOCADO EM LUTAS, ARMAS E TÉCNICAS que essas coisas "mundanas" se ele liga, liga bem pouco. Eu acho que genuinamente ele não deve ter reconhecido, afinal como mercenário, deve fazer várias andanças pelo mundo.

                            Eu achei esta história bem divertida e interessante, não acho que seja demérito em relação a anterior. E quanto a arte concordo muito!


                            Em tempo:



                            Comment

                            Working...
                            X