Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate




    Por anos, Frank Castle tem travado uma guerra solitária contra criminosos que ameaçam a vida de inocentes, eliminando seus alvos com força letal. Ele já fez uso de todas as ferramentas à sua disposição, e ficou extremamente proficiente em sua missão autoimposta; porém, sempre foi limitado pelo fato de ser um só homem, lutando em uma guerra sem fim. Assim, quando um certo agente caolho oferece a Frank as ferramentas para elevar a escala de sua batalha a um patamar global, como ele poderia dizer não? Isso mesmo: Frank Castle vestirá a armadura high-tech do Máquina de Combate! Descubra como, por quê, e qual seu próximo passo!

    (The Punisher 218-223)


    Publicação eventual
    Formato 17 x 26 cm
    136 + 4 páginas
    Lombada quadrada
    Capa cartão, LWC
    R$ 21,90
    Distribuição nacional
    Panini 2º série
    ------------------------------------


    TÔ DEVENDO ATÉ O CU JÁ






    AGORA SIM, PAPAI!!!! Porra, man, FINALMENTE a porra dum gibi do Justiceiro que presta! E mais uma vez: não é preciso inventar a roda, não é preciso fazer algo "estrambólico", não precisa nem ser original (Rick Remender já tinha feito a premissa do Justiceiro usar equipamento dos heróis Marvel, num gibi bem merda por sinal). Aqui a gente tem o Justiceiro como deve ser: matando adoidado a escória.





    A história não podia ser mais pereba: num país fictício, ocorre uma guerra civil. Devido ao envolvimento de pessoal e tecnologia da ex-Shield (ao final de Império Secreto, a organização foi dissolvida, GRAÇAS A DEUS), o Nick Fury Jr. tem a brilhante ideia de jogar a armadura do Máquina de Combate na mão do Castle e mandar o cara para o país para eliminar os agentes desertores da SHIELD. Aí começa uma matança generalizada do Justiceiro dando um sacode em todo mundo.





    Delícia, meu. É isso aí, cabô. São páginas ininterruptas de diversão e massacre com o Justiceiro mandando todo mundo pra casa do zaralho. Não mostra aquele"Justiceiro Banana" visto em Justiceiro #7 no cross com o Demolidor. Aqui é o Justiceiro que leva tudo as últimas consequências.






    Se tenho críticas é que o "god mode" tá a toda aqui, com o Justiceiro fazendo coisas que seriam até possíveis, mas pelo menos com algum esforço, coisa que o roteiro não demonstra. O Justiceiro é mais máquina do que homem aqui, quase um exterminador do futuro. Se saindo de situações fudidas com facilidade. Além disso também tem a questão do Justiceiro estar matando soldados e não criminosos... . Tá certo que o gibi deixa claro que os soldados do regime são demonstrados como genocidas e criminosos de guerra (e muitas vezes, estúpidos...), mas tem uma questão moral aí já que nem todos os soldados talvez fossem assim e sequer tivessem ESCOLHIDO aquilo. A história deixa essa questão de lado e aposta mais na diversão. Decisão feliz do Matthew Rosenberg que soube reconhecer suas limitações.





    Na arte temos um competente Guiu Vilanova. Desconhecido total, mas que não faz feio, deixa as cenas compreensíveis e com uma narrativa decente, embora nada inovadora, e que dá o clima certo a história. Se tem outra crítica é que lá pelo final, quando o Frank enfrenta os agentes da SHIELD, o Justiceiro enfrenta três, mata um e aparecem TRÊS SOLDADOS, pelo menos umas DUAS VEZES. A quantidade de soldados não diminuí mesmo com o Frank matando os caras. Isso que é economia de tinta.





    Não sei se é o gibi que precisamos, mas certamente é o que merecemos depois de tanta merda com o Justiceiro. Ao fim do gibi, uma história curta de três páginas recapitulando a história do Justiceiro. Desenhada pelo Matt Horak, o desenhista que comia a Becky Cloonan pra conseguir boquinha da Marvel desenhando aquela bosta que ela """""""""""""""""escrevia""""""""""""""""", enquanto chupava rolas e recebia cheques.



  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

    bom, alguém tinha que gostar E PAGAR por este gibi, né, senão não faria sentido ele existir

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

      de graça é mais gostoso. Eu aprovo o mecenato em questões futebolísticas e quadrinísticas

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

        o que significam esses tópicos de avaliação que voce diz que são patrocinados pelo disco?

        ces dividem a compra do gibi?

        sou doido pra ter um amigo num esquema assim. Uma vez que o valor de uso marxiano de um gibi é só sua leitura - não sua manutenção na estante (coisa de gente doente) - a ideia seria cada um pagar metade, aí depois vende pro sebo a 30% do valor de capa. Ou seja, no final das contas cada um pagaria só 33% pra se distrair ali durante aqueles minutos gostosos de leitura

        infelizmente, não tenho amigos que leem gibis

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

          eu roubei da casa dele, Disco que se foda

          Comment


          • #6
            Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

            Quem liga tanto pra dinheiro vai ser sempre pobre

            Enviado de meu SM-J500M usando o Tapatalk
            fotografia é desenho de luz

            Comment


            • #7
              Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

              Eu vou ler essa naba nabanesca essa semana. Depois dou meu parecer.

              Comment


              • #8
                Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                Acaba tudo aí ou ainda tem outro encadernado pra essa fase? Li por alto em scan e curti, principalmente quando os Vingadores vão atrás dele.

                Comment


                • #9
                  Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                  Postado originalmente por Dylan Dog Ver Post
                  Acaba tudo aí ou ainda tem outro encadernado pra essa fase? Li por alto em scan e curti, principalmente quando os Vingadores vão atrás dele.
                  A história se encerra por aqui e tem uma sensação de completude, mas o que tudo indica é que a premissa ainda vai ser trabalhada só que em outros ares. Você mesmo disse que tem uma parte onde os Vingadores vão atrás dele no run, isso não acontece nesta edição.

                  Dá pra ler e continuar comprando ou ler e pensar "tô legal de Justiceiro por hoje"

                  Comment


                  • #10
                    Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                    Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
                    A história se encerra por aqui e tem uma sensação de completude, mas o que tudo indica é que a premissa ainda vai ser trabalhada só que em outros ares. Você mesmo disse que tem uma parte onde os Vingadores vão atrás dele no run, isso não acontece nesta edição.

                    Dá pra ler e continuar comprando ou ler e pensar "tô legal de Justiceiro por hoje"
                    Saquei, mas devo comprar esse e o outro, é divertido essa fase.

                    Comment


                    • #11
                      Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                      Olha, esse gibi começa divertido mas tem umas paradas que são forçadaças. Não é tosco igual ao Ennis fazia, falta uma finesse. Fora que as situações se repetem demais. É uma diversão legal? É. Mas se for comprar isso aí, que comprem em um sebo da vida.


                      Postado originalmente por Gesuis
                      Eu, um cara com certo conhecimento e bagagem, que é ligado em música nem sabia que um deles tinha morrido, de tão relevante que eles são.
                      Comentando sobre os Beastie Boys


                      www.twitter.com/matheuslaneri

                      Siga-me!

                      Comment


                      • #12
                        Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                        Não é que gostei da história, simples, divertida e com uma cutucada no militarismo mundial, em especial o norte americano que cria guerras para posicionar seus peões sem se importar realmente com a população local.

                        Comment


                        • #13
                          Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                          Postado originalmente por matheus 90 Ver Post
                          Olha, esse gibi começa divertido mas tem umas paradas que são forçadaças. Não é tosco igual ao Ennis fazia, falta uma finesse. Fora que as situações se repetem demais. É uma diversão legal? É. Mas se for comprar isso aí, que comprem em um sebo da vida.
                          Pior que dependendo do sebo, quase não tem desconto.
                          Konshu não é meu Deus!

                          Comment


                          • #14
                            Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                            Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
                            A história se encerra por aqui e tem uma sensação de completude, mas o que tudo indica é que a premissa ainda vai ser trabalhada só que em outros ares. Você mesmo disse que tem uma parte onde os Vingadores vão atrás dele no run, isso não acontece nesta edição.

                            Dá pra ler e continuar comprando ou ler e pensar "tô legal de Justiceiro por hoje"
                            o arco dele indo pro pais do leste europeu e derrubando o ditador acaba aqui, mas deixa o gancho certinho dele voltando pra nova york
                            Da sim um gostinho de quero mais


                            Tem uma coisa que me incomoda ali, já tinha tido essa sensação outras vezes, mas a armadura consegue derrubar o governo inteiro sozinha sem esforço nenhum, sendo o frank um piloto fraco.

                            Os únicos que dão algum trabalho é a divisão mandroide (não usaram esse nome clássico, mas o ex agente diz que foram feitos pelo stark)
                            Os agentes tem armaduras inferiores, bem inferiores, mas são pilotos melhores que o frank. Ele só derrota os caras usando uns artifícios mesmo, ele se mantem perto demais, fazendo virar um troca de soco com armaduras, os agentes fazem pouco caso tb, pq veem que ele é um piloto ruim. Se fosse o rhodes passava por cima em 2 palitos.

                            Detalhe que a armadura parece um fusca no quesito manutenção, um cientista lá qualquer conserta uma armadura feita artesanalmente pelo tony stark.

                            Fizeram o frank tão igual a Bernthal que me dá desgosto, pra mim o frank tem o cabelo pra trás, e não pra frente.


                            Eu pareço só criticar, mas o gibi vale a pena sim, são 140 paginas e boa ediçao por 21,90, é um valor valido

                            Comment


                            • #15
                              Re: [AVALIAÇÃO] Justiceiro #8 - Máquina de Combate

                              Postado originalmente por André Carboni Ver Post

                              Tem uma coisa que me incomoda ali, já tinha tido essa sensação outras vezes, mas a armadura consegue derrubar o governo inteiro sozinha sem esforço nenhum, sendo o frank um piloto fraco.

                              Os únicos que dão algum trabalho é a divisão mandroide (não usaram esse nome clássico, mas o ex agente diz que foram feitos pelo stark)
                              Os agentes tem armaduras inferiores, bem inferiores, mas são pilotos melhores que o frank. Ele só derrota os caras usando uns artifícios mesmo, ele se mantem perto demais, fazendo virar um troca de soco com armaduras, os agentes fazem pouco caso tb, pq veem que ele é um piloto ruim. Se fosse o rhodes passava por cima em 2 palitos.

                              Detalhe que a armadura parece um fusca no quesito manutenção, um cientista lá qualquer conserta uma armadura feita artesanalmente pelo tony stark.
                              Tem que ler com o espírito "Comando para Matar" em mente mesmo, se não não cola.

                              Comment

                              Working...
                              X