Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver




    Há meses, o Batman busca indícios comprovando que Tim Drake esteja vivo… e ele finalmente encontrou o que procurava! Descubra a verdade sobre o destino do Robin Vermelho com o início do sensacional arco Um Lugar Solitário para se Viver.

    (Detective Comics 965-966)


    Revista mensal
    17 x 26 cm
    52 páginas
    Papel LWC
    Capa Couché, Lombada Canoa (Grampeada)
    R$ 7,50
    Distribuição Nacional
    -----------




    Tim Drake está de volta ao “mundo dos vivos”, mas não tem tempo a perder já que sua versão futura está determinada a assassinar Batwoman. Para impedir que isso aconteça, Robin Vermelho busca a ajuda de Batman e de seus outros aliados, armando aquele que pode ser o maior combate da carreira dos vigilantes de Gotham. Não perca a conclusão de Um Lugar Solitário Para Se Viver!


    (Detective Comics 967-968)


    Revista mensal
    17 x 26 cm
    52 páginas
    Papel LWC
    Capa Couché, Lombada Canoa (Grampeada)
    R$ 7,50
    Distribuição Nacional
    -------------------------------------------


    Essas duas revistas compreendem o arco completo Um Lugar Solitário para Se Viver (a Panini bem que podia ter eliminado o pronome reflexivo na frase, mas bronca pouca) onde temos o retorno dos que não foram, Tim Drake, que foi dado como morto ao final do primeiro arco de James Tynion IV, ainda na revista até hoje, um feito, lá na edição #3. Comprei esse gibi por pura curiosidade mórbida para ler a história, já que o Robin Tim Drake é meu preferido (e como vemos na edição #17, através de uma boa matéria do editorial da Panini, também é o preferido do Tynion, o que fez valer na história) e eu nem acompanho este gibi (fadiga Batman), mas dei uma chance pra uma fase que está sendo geralmente bem elogiada pelos scanzeiros.





    Rapaz..., empolgou. É bom. Dessa vez a aposta foi certa. Gibi bacanérrimo. A despeito que tem ligação com a história reveladora, porém cacetinha de O Efeito Oz, onde é revelado quem é o Oz, o que ele quer, mas que não é preciso ler aquela história para "aproveitar" melhor esta. O gibi toma um rumo próprio já ao final da segunda parte, onde o Tynion, após um começo burocrático para tentar dar sentido no que não há para o tal do Oz e porquê caralhas ele sequestro o Tim (Spoiler: não tem motivo, pelo menos nenhum que a história justifique), já emenda uma história fuderosa digna de O Exterminador do Futuro, guardada as devidas proporções.





    Este Batman de um futuro traz revelações impactantes para o Tim e resolve tomar os problemas em suas próprias mãos uma vez que está no passado, e vai tentar o alterar. Quem acompanha o Universo do Batman, vai notar que este Batman provavelmente é o mesmo do futuro que foi apresentado lááááá em Batwoman Renascimento #1. Mais uma vez, se você nunca leu, não precisa ir atrás do gibi para "entender" a história (embora eu recomende, já que é acima da média), mas dá uma "cor" a mais pra quem acompanha todos os gibis, ou pelo menos os que valem, deste universo. Na edição seguinte, fica ainda mais claro a ligação.



    Bruce Wayne para resgatar o seu "boy" dá muita na pinta


    A edição #18 já é onde as coisas escalam e já traz o final da história. Gibi pá pum, leu a primeira e na outra já encerra. Só pelo fato de não querer se estender mais do que o necessário, já ganha pontos. Afora isso, é uma história MUITO FUDEROSA, onde você REALMENTE SE EMPOLGA com a aventura e vira as páginas rapidamente e com curiosidade que vai acontecer. Cada vez mais difícil esse sentimento hoje em dia. Aqui vemos o "Batman do futuro" lutar contra toda a Batfamília para cumprir seu objetivo. Mas recomendado pros leitores que curtem o aspecto "massa véio" do Batman.







    Com arte de Eddy Barrows em Detective Comics #17 e ainda mais excepcional Alvaro Martinez na edição seguinte, a equipe de arte também alavanca a qualidade da revista. História com ação frenética pra quem gosta desses exageros em histórias do Batman. Final bem legal, com um ganchinho safado, mas fica a gosto do leitor se quer continuar ou para por aqui. Como sou um verme, comprei já a edição seguinte. Gibizão.



    até o Alfred entra na porrada

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

    Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
    -------------------------------------------


    Essas duas revistas compreendem o arco completo Um Lugar Solitário para Se Viver (a Panini bem que podia ter eliminado o pronome reflexivo na frase, mas bronca pouca) onde temos o retorno dos que não foram, Tim Drake, que foi dado como morto ao final do primeiro arco de James Tynion IV, ainda na revista até hoje, um feito, lá na edição #3. Comprei esse gibi por pura curiosidade mórbida para ler a história, já que o Robin Tim Drake é meu preferido (e como vemos na edição #17, através de uma boa matéria do editorial da Panini, também é o preferido do Tynion, o que fez valer na história) e eu nem acompanho este gibi (fadiga Batman), mas dei uma chance pra uma fase que está sendo geralmente bem elogiada pelos scanzeiros.





    Rapaz..., empolgou. É bom. Dessa vez a aposta foi certa. Gibi bacanérrimo. A despeito que tem ligação com a história reveladora, porém cacetinha de O Efeito Oz, onde é revelado quem é o Oz, o que ele quer, mas que não é preciso ler aquela história para "aproveitar" melhor esta. O gibi toma um rumo próprio já ao final da segunda parte, onde o Tynion, após um começo burocrático para tentar dar sentido no que não há para o tal do Oz e porquê caralhas ele sequestro o Tim (Spoiler: não tem motivo, pelo menos nenhum que a história justifique), já emenda uma história fuderosa digna de O Exterminador do Futuro, guardada as devidas proporções.





    Este Batman de um futuro traz revelações impactantes para o Tim e resolve tomar os problemas em suas próprias mãos uma vez que está no passado, e vai tentar o alterar. Quem acompanha o Universo do Batman, vai notar que este Batman provavelmente é o mesmo do futuro que foi apresentado lááááá em Batwoman Renascimento #1. Mais uma vez, se você nunca leu, não precisa ir atrás do gibi para "entender" a história (embora eu recomende, já que é acima da média), mas dá uma "cor" a mais pra quem acompanha todos os gibis, ou pelo menos os que valem, deste universo. Na edição seguinte, fica ainda mais claro a ligação.



    Bruce Wayne para resgatar o seu "boy" dá muita na pinta


    A edição #18 já é onde as coisas escalam e já traz o final da história. Gibi pá pum, leu a primeira e na outra já encerra. Só pelo fato de não querer se estender mais do que o necessário, já ganha pontos. Afora isso, é uma história MUITO FUDEROSA, onde você REALMENTE SE EMPOLGA com a aventura e vira as páginas rapidamente e com curiosidade que vai acontecer. Cada vez mais difícil esse sentimento hoje em dia. Aqui vemos o "Batman do futuro" lutar contra toda a Batfamília para cumprir seu objetivo. Mas recomendado pros leitores que curtem o aspecto "massa véio" do Batman.







    Com arte de Eddy Barrows em Detective Comics #17 e ainda mais excepcional Alvaro Martinez na edição seguinte, a equipe de arte também alavanca a qualidade da revista. História com ação frenética pra quem gosta desses exageros em histórias do Batman. Final bem legal, com um ganchinho safado, mas fica a gosto do leitor se quer continuar ou para por aqui. Como sou um verme, comprei já a edição seguinte. Gibizão.



    até o Alfred entra na porrada
    Tem é que acabar com essa porra de batfamília.

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

      Postado originalmente por Random Ver Post
      Tem é que acabar com essa porra de batfamília.
      Discordo. Batfamília é um baita conceito, e vem sendo trabalhado cada vez melhor.


      Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
      "Em seu mundo, vocês me conhecem por um outro nome."
      Aslam

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

        Postado originalmente por Nerd de Cristo Ver Post
        Discordo. Batfamília é um baita conceito, e vem sendo trabalhado cada vez melhor.


        Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
        Ah, então pode ficar.

        Enviado de meu SM-J530G usando o Tapatalk

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

          a fase atual do Batman é pra agradar gregos e troianos, quem gosta com a interação do Batman com outros personagens de Gotham lê este título, quem gosta mais do Batman solo (ou menos do que a maioria dos títulos), lê o título Batman

          Comment


          • #6
            Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

            Essa divisão Batfamília (Detective Comics) e Batman com mensal própria está numa ótima fase com potencial de agradar à todos, inclusive existe pouca interação entre as revistas, possibilitando a compra de apenas um dos títulos... não tem o que reclamar...

            Achei bem legal o crossover involuntário que ocorreu entre Detective e Action, com os dois envolvidos no atual mega plot do universo Dc até hoje não concluído.


            Os debates filosóficos e psicológicos de Action Comics dão lugar à narrativa de em Detective Comics com o Tim Drake contando sua origem para o Senhor Oz que depois desaparece para a história em Action Comics. O Tim Drake, salvo por uma versão futurista do universo pré FlashPoint que resolve consertar o que ele julga erros cronológicos e passa a fazer parte do universo atual. Inclusive com uma nova identidade na Superfilhos do Amanhã... não é uma boa referência, mas me lembrou o Ben Reilly repaginado pós retorno em Conspiração dos Clones...

            Comment


            • #7
              Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

              Postado originalmente por prestogaudio Ver Post
              Essa divisão Batfamília (Detective Comics) e Batman com mensal própria está numa ótima fase com potencial de agradar à todos, inclusive existe pouca interação entre as revistas, possibilitando a compra de apenas um dos títulos... não tem o que reclamar...

              Achei bem legal o crossover involuntário que ocorreu entre Detective e Action, com os dois envolvidos no atual mega plot do universo Dc até hoje não concluído.


              Os debates filosóficos e psicológicos de Action Comics dão lugar à narrativa de em Detective Comics com o Tim Drake contando sua origem para o Senhor Oz que depois desaparece para a história em Action Comics. O Tim Drake, salvo por uma versão futurista do universo pré FlashPoint que resolve consertar o que ele julga erros cronológicos e passa a fazer parte do universo atual. Inclusive com uma nova identidade na Superfilhos do Amanhã... não é uma boa referência, mas me lembrou o Ben Reilly repaginado pós retorno em Conspiração dos Clones...

              O único problema é que o arco do Efeito Oz é insosso pra carai.

              Só esse arco com o retorno do Tim já põe no chinelo o arco do Super.

              Comment


              • #8
                Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Batman - Detective Comis #17 & #18 - Um Lugar Solitário Para se Viver

                Ah, gostei dos dois... O da Detective tem mais ação, mas o da Action não se saiu mal pra mim... O chato é que ele deveria ter mais peso do que realmente parece ter, tamanha a enrolação para esse Doomsday Clock

                Comment

                Working...
                X