Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Dylan Dog #3 - A Rainha das Trevas

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Dylan Dog #3 - A Rainha das Trevas



    A RAINHA DAS TREVAS

    A jovem Pamela está possuída por um demônio. Médicos, padres e psiquiatras desistem: não há mais nada a fazer para uma loucura que a cada dia se torna mais profunda. Algo de terrível se esconde por trás da maldição… mas o quê? A Rainha das Trevas não é só a alucinação de um demônio, é um monstro de carne e osso, uma assassina que tem o rosto da própria Morte!

    Roteiro: Claudio Chiaverotti Arte: Montanari & Grassani



    Formato: 16 x 21 cm
    100 páginas
    P&B
    Preço: R$26,90
    Distribuição: lojas especializadas, megastores e loja da Mythos
    -------------------------------------------


    Dylan Dog e qualidade são duas coisas que raramente estão separadas. Esse gibi não é diferente. Uma história que já pela capa remete a história de possessão-mór, o filme O Exorcista, e possui algumas semelhanças ao longo da leitura, mas que a medida que a história avança, vemos que é totalmente diferente.





    Pam é uma menina que vive com a mãe e começa a agir diferentemente estranha clamando que é uma serva da "rainha das trevas". Cabe a um padre exorcista cético e ao Dylan Dog investigarem a vida da menina em busca de uma alternativa que não seja o sobrenatural. Além disso, várias mortes ocorrem a quem está ao redor da mesma.



    a mãe da Pam é até gostosa. Será que o Dylan come ela? Leia e descubra


    Essa é uma história simples e direta, mas que ganha muito em razão de sua atmosfera. Tanto é que o gibi é mais clima e ambientação do que roteiro mesmo, que necessita de uma exposição ao final para amarrar seu sentido. O final ganha muito mais com o seu fim bizarro do que com as suas explicações lógicas. É meio paia, mas vale muito a pena. Recomendado ler a noite, dá medinho. Tem uma onda de terror primal mucho loca ao final. Arte excelente de Montanari e Grassani. O editorial sempre preciso (um tanto embolado nesta edição, mas atribuo isso a quantidade de informação) de Júlio Schneider ajuda a pescar todas as referências.



    esse velho usa o mesmo nome dos velhos em O Bebê de Rosemay - referência do caraaaaalho


    O preço da Mythos é filha da puta, mas dá pra conseguir (?) mais barato ou parcelado na Amazon. Dada a atual situação do mercado de gibi que não seja capa dura e com a tiragem que Dylan Dog deve ter, é até compreensível (só que lucra bem, porque Julia é mais barato e tem muito mais páginas).

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] Dylan Dog #3 - A Rainha das Trevas

    O conto de horror é muito bem conduzido por uma narrativa que se amplia de forma espiralada. Se até a metade da história o quadro poderia ser psicológico, a morte do padre sugere algo mais elaborado banhado de referências, das quais a de maior destaque são Exorcista e Bebe de Rosemery.

    A arte compartilhada ente Montanari & Grassani é boa na maior parte dos casos. Ambientação funcional, personagens expressivos e condução da narrativa orgânica. No entanto, não gostei da forma como eles retrataram as garotas de 14 anos, achei um traço falho, pois se não fosse repetidamente mencionado a idade delas, poderia se passar com jovens na faixa dos 20 anos facilmente.

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] Dylan Dog #3 - A Rainha das Trevas

      Gostei da história,muito melhor que 'Horror Paradise' e 'Mater Dolorosa'.Trama macabra,clima de mistério e várias daquelas frases quando a entidade encapuzada aparece,são tiradas da ótima 'Através do Espelho' (Dylan Dog #10,Record).Tem até uma tipo de ligação temática entre as mesmas,mas nada que influencia na leitura.Claudio Chiaverotti emula bem os enredos do Sclavi e a dupla Montanari & Grassani são alguns dos meus desenhistas do Dylan preferidos.
      "Spyder! Spyder! burning bright
      In the forests of the night
      What immortal hand or eye
      Could frame thy fearful symmetry?”

      Comment

      Working...
      X