Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[avaliação] Superman: Alienígena Americano

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [avaliação] Superman: Alienígena Americano

    ESTA NÃO É UMA HISTÓRIA DO SUPERMAN Essa é a história de Clark Kent, um garoto do interior do Kansas que, por acaso, veio de outro planeta. É a história de um jovem assustado com poderes impossíveis, de um delinquente juvenil com muito a aprender, de um repórter com um faro para a verdade que guarda o maior segredo do mundo. Esse não é o Superman que você conhece. Ainda não. Max Landis, aclamado roteirista do filme de sucesso Poder Sem Limites, apresenta aqui sete contos sobre a vida do indivíduo que um dia será o Homem de Aço. Sete momentos marcantes que transformaram um alienígena americano às vezes bom, às vezes furioso, às vezes divertido e sempre humano no maior super-herói do planeta. Ilustrado por alguns dos mais talentosos artistas dos quadrinhos da atualidade – incluindo JOCK (Batman), FRANCIS MANAPUL (Flash), JAE LEE ( Batman/Superman), JOELLE JONES (Lady Killer), NICK DRAGOTTA (East of West) e outros – SUPERMAN: ALIENÍGENA AMERICANO conta a versão mais humana da saga do Último filho de Krypton. Este volume de 228 páginas inclui as histórias originalmente publicadas em Superman: American Alien 1-7.




    Max Landis "reimagina" o mito Superman em 7 historias: a primeira mostra a criança Clark aprendendo a voar, que é uma historia "engraçadinha no maximo", espichando ao limite uma linha narrativa fragil; a 2a mostra um adolescente impulsivo fazendo burrada e é pessimamente desenhada; a 3a é alegre, com um jovem universitario Clark fingindo ser Bruce Wayne num iate cheio de gostosas, e temos aqui a participação especial de Slade Wilson; a 4a é provavelmente a melhor, com um jovem profissional Clark Kent tendo a oportunidade de fazer entrevistas com Ollie Queen e Lex Luthor, e com o jovem Dick Grayson, e no fim um embate com o Batman; a 5a é apenas uma historia "comum" contra o parasita, a 6a é interessante, com a questao psicologica do protagonista sendo esmiuçada, eu realmente nunca pensei que o "S" era para ser achado pelos pais, boa sacada, e boa participação da Tropa; a 7a que deveria fechar com chave de ouro é a mais decepcionante depois da segunda, com Superman enfrentando Lobo.

    Como homenagem a mito do Superman, está a leguas de distancia de Identidade Secreta.

    Como origem, perde para a novela mexicana que Johns criou e para o que foi feito ha mais de 30 anos por um artista canadense.

    Como realidade alternativa, Terra Um é muito melhor.

    Funciona apenas como uma coleção de situações episodicas, que pretendem ter ligações entre elas mas realmente isso nao ocorre, porque ha muitas incoerencias em Pete Ross saber que o Clark é alien, metade de Smallville saber que ele é alien, ninguem em Metropolis dar bola para um homem voando, ninguem levantar a questao que ele é alien, etc.

    Nota 7,0

  • #2
    Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

    O Joe Shuster (artista canadense) desenhou a origem do Superman há bem mais de 30 anos...

    Se está falando do Byrne, ele é inglês
    Em breve...
    __________________________________________________ _________________

    Comment


    • #3
      Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

      Postado originalmente por Guitar Hero Ver Post
      O Joe Shuster (artista canadense) desenhou a origem do Superman há bem mais de 30 anos...

      Se está falando do Byrne, ele é inglês
      eu sei que ele nasceu em Londres. mas nao é reconhecido assim, ele é reconhecido como canadense.

      Comment


      • #4
        Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

        Max Landis e Tom King são os dois maiores embustes dos quadrinhos da década.

        Comment


        • #5
          Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

          Repostando do tópico de últimas leituras:

          Cheia de altos e baixos, mas o saldo geral é positivo. Vou comentar cada edição em separado.

          #1 - A melhor, na minha opinião. O tom é perfeito, mesclando uma certa ingenuidade com uma carga emotiva forte, mas sem nunca parecer piegas (o que ocorre às vezes em As Quatro Estações, por exemplo). Mostrar o pequeno Clark assistindo E.T. e depois se vendo como o próprio no espelho pode até parecer uma referência óbvia, mas funciona muito bem. A reação dos Kent ao verem os poderes do filho também é ótima, passando do choque e do medo iniciais para o amor e o suporte. A cena do Jonathan segurando o Clark e tentando ajudá-lo a voar é belíssima.

          #2 - A ideia de mostrar um Clark adolescente agindo meio por impulso na tentativa de ajudar alguém, assim como as consequências desse ato, é boa, mas a execução deixa um pouco a desejar. A história me pareceu sombria demais, com direito até a "gore" (aquele cara perde os braços mesmo?). Também considero a arte a mais fraca da série.

          #3 - Clark se passando por Bruce Wayne numa festa é algo que diverte, assim como o encontro com o Deathstroke, mas é um humor que também causa um certo estranhamento. Serve para abrir os olhos do Clark para um mundo maior.

          #4 - Ótima edição. Uma série de encontros com Lois Lane, Oliver Queen, Lex Luthor, Dick Grayson e Batman, levam Clark a decidir se tornar um super-herói. Todas as interações, a meu ver, funcionam. Mesmo o fato do Clark adotar a capa do Batman, que fez alguns reclamarem que o Super teria se tornado secundário na própria história, não me incomodou.

          #5 - Mais uma edição muito boa. Um Superman poderoso, mas ainda inexperiente (o fato dele seguir os planos do chefe da SWAT lá, no momento da invasão ao shopping, mostra bem isso), tendo que enfrentar uma ameaça sobre-humana e levando lição de moral do Lex. Só achei desnecessária a trolagem no final.

          #6 - A mais fraca. Mostrar o Clark como alguém deslumbrado com o próprio super-heroísmo me pareceu contraditório com o amadurecimento do personagem na edição anterior. A discussão dele com o amigo de Smalville também é verborrágica demais. De positivo, a ótima cena do Clark puto querendo voar até a lua, só pra acabar salvo e encaixotado pelo Abin Sur. Também é o momento em que ele descobre ser de Krypton.

          #7 - Final digno, mas nada demais. Bom confronto com o Lobo. Superman falando que é do Kansas (me lembrou o final de O Homem de Aço, do Byrne) e que ia enfiar a moto do Lobo no c* dele, hehe.

          Comment


          • #6
            Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

            Achei roteiro do Max Landis bastante envolvente, ele conseguiu extrair boa parte da essência do Clark Kent e dos personagens secundários em pequenos contos emocionantes. Sentimos os medos e esperanças do Clark, vibramos pelas descobertas e sofremos por suas derrotas. Os desenhos, também são todos muito bons, mas com qualidades diversas, que vai do Cartoon de Nick Dragota até a bela composição de luzes do Francis Manapul, o traço mais carregado e urbano de Tommie Lee Edwards, ou o estilizado e cinético Jok.

            Comment


            • #7
              Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

              Postado originalmente por Sr. Mxyzptlk Ver Post
              Max Landis e Tom King são os dois maiores embustes dos quadrinhos da década.
              Nada a ver um com o outro. Esse cidadão fez nada de relevante em HQ além dessa minissérie. Goste ou não, o King já fez grandes gibis e se firmou no mercado.

              Comment


              • #8
                Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

                Chamar o King de embusteiro é de quebrar as pernas do peão.
                Agora, pelo tanto que falavam de American Alien, achei que era um trabalho de maior qualidade.
                Konshu não é meu Deus!

                Comment


                • #9
                  Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

                  Vi a arte na livraria e é péssima.

                  Enviado de meu SM-G955U1 usando o Tapatalk

                  Comment


                  • #10
                    Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

                    Li hoje a versão nacional. Continuo com a opinião de que a terceira história é a melhor de todas. A primeira vem logo depois seguida da quarta (onde o Clark encontra o jovem Dick Grayson).

                    Landis pode ser doidão e tudo mais, mas tem uma visão bem interessante do Superman e é incrível que, mesmo com todos os absurdos, o Super dele acaba sendo um cara completamente normal.

                    Pena que ele não conseguiu fazer a parte da proposta dele em que o Jor-El era um ser alienígena bizarro e adaptou o DNA do Clark pra ele se parecer humano. Achei um conceito interessante.

                    Comment


                    • #11
                      Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

                      Postado originalmente por luizsidi Ver Post
                      Vi a arte na livraria e é péssima.

                      Enviado de meu SM-G955U1 usando o Tapatalk
                      de algumas historias, sim.

                      Comment


                      • #12
                        Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

                        Acho que a única arte que ficou deslocada foi a do Jock, com o Lobo. As demais me agradaram.

                        Comment


                        • #13
                          Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

                          Eu achei esse encadernado bem simpático.
                          Curti no geral as historias.
                          ''So many of our dreams at first seem impossible, then they seem improbable, and then, when we summon the will, they soon become inevitable.”
                          - Christopher Reeve (1952-2004)

                          Comment


                          • #14
                            Re: [avaliação] Superman: Alienígena Americano

                            Postado originalmente por Peter Pan Ver Post
                            Acho que a única arte que ficou deslocada foi a do Jock, com o Lobo. As demais me agradaram.
                            Concordo. De resto, a arte combinou com o clima das histórias.

                            Comment

                            Working...
                            X