Anúncio

Collapse
No announcement yet.

O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

    Falta de criatividade ou falta de mercado?

    Atenção, host! As opiniões expressas na coluna refletem o ponto de vista do autor e não representam o posicionamento da equipe Legião dos Heróis como um todo.

    Atualmente nós vivemos o que provavelmente sempre será lembrado como o tempo áureo dos quadrinhos, já que nunca este universo e este mercado estiveram tão em alta como está hoje. As indústrias de quadrinhos estão cada vez mais alcançando um mercado ais amplo, saindo do seu típico nicho, conquistando um público de uma geração nova e também público de gerações passadas que normalmente não se interessariam por isso.

    E mesmo que isso seja quase exclusivamente por conta da febre dos filmes de super-heróis, com certeza isso alavanca todos os outros segmentos relacionados: As séries de TV, os games, o mercado independente, e obviamente, a venda de quadrinhos. Hoje é praticamente difícil tentar imaginar um cenário onde quadrinhos eram coisas basicamente exclusivas para crianças, ou uma realidade onde a Marvel se viu obrigada a declarar falência. Ainda mais difícil é tentar imaginar que 70 anos atrás, quadrinhos eram vendidos pelo preço mais baixo do entretenimento impresso, ou seja, ninguém levava quadrinhos à sério.

    Quanto mais você olha pra trás em como a evolução das histórias em quadrinhos aconteceu, mais você é capaz de pensar “Nossa! Mas isso aconteceu há tanto tempo atrás! Ainda bem que hoje as coisas são bem diferentes!”

    São mesmo?

    Vamos lá, tudo bem, a popularidade dos quadrinhos mudou, o público alvo também se expandiu, e com certeza os preços também deram uma aumentada legal. Mas as novidades param por aí e nós vamos tentar encontrar os pontos que reforçam isso.

    Antes de começarmos eu quero deixar bem claro que esses pontos que eu vou tocar à seguir, não irão entrar no campo da importância e necessidade de representatividade e afins nos quadrinhos, existem alguns outros textos feito por outros redatores aqui no site que já abordaram por diversas vezes de maneira bem aprofundada este assunto. Por´me eventualmente margearemos um pouco esta temática, porque cabe.

    Dito isso, eu quero que você pense em 1938, 80 anos atrás, a criação de um personagem icônico que iria entrar para o Hall da Fama da cultura pop: Superman. Pense em uma pessoa de 80 anos de idade, pense o quanto essa pessoa mudou, cresceu, evoluiu, se revolucionou, se transformou. Pense no mundo nesses 80 anos, todas as metamorfoses que passamos em todos os aspectos, todos os aspectos. Pense em quantas gerações diferentes passaram ao longo desses 80 anos, que nasceram e cresceram com pensamentos, valores e desejos muito diferentes umas das outras. Agora eu quero que você pare e pense quantas mudanças realmente drásticas e permanentes nós tivemos no Superman. E pense também quantas vezes alguma mudança de fato aconteceu, e depois de um tempo a DC Comics resolveu retroceder e instaurar mais uma vez o status quo do personagem.

    Eu usei o exemplo de Superman e DC Comics apenas como realmente isso, um exemplo, porque eu poderia passar parágrafos e mais parágrafos apontando a mesma linha de pensamento para os mais diversos personagens tanto de Marvel quanto de DC Comics.Nós vemos personagens passarem décadas e mais décadas, engessados em moldes e modelos que não mudam, não evoluem não revolucionam. E será que isso é culpa da editora ou do público?

    Eu encaro como um ciclo vicioso que eu não me arrisco em apontar onde ele começou, as editoras criam as novidades, que em boa parte das vezes são rejeitadas pelos públicos, e por sua vez forçam as editoras a voltar atrás e restaurar tudo para como era antigamente mais uma vez, que é uma atitude que reforça e endorsa o pensamento de que mudanças são ruins, e que manter do mesmo jeito de sempre é bom para os negócios, é lucrativo, o que faz as editoras apostarem menos nas mudanças. Perceberam como é um organismo auto-suficiente que vive se alimentando?

    Obviamente tem a galera do “Se as mudanças forem boas, a gente aceita!”. Então eu não vou me estender demais refutando este argumento, apenas deixarei um questionamento no ar: Bom pra quem? Porque eu te convido a trocar 5 minutos de papo com algumas pessoas na área de comentários do site, ou em qualquer grupo de discussão de quadrinhos, e você vai encontrar pessoas que amam o Batman, outras que não suportam o Cavaleiro das Trevas, outras que tem o Capitão América como o personagem favorito, enquanto outras odeiam o “escoteiro americano”. A definição de “boas mudanças” é um pouco turva às vezes…

    Mas esse não é um problema que se limita aos personagens consagrados e estabelecidos há muitas décadas. Quero que você faça mais um exercício pessoal. Veja o que temos de grandes personagens de destaque tanto em Marvel quanto na DC Comics hoje em dia, os personagens que tem grandes arcos à sua volta, os personagens que vendem mais, os personagens com séries solo. Agora pense em quantos deles foram criados depois de 2010, 8 anos atrás. Temos um número ínfimo destes personagens, que claramente representam a exceção da regra, como é o caso de Kamala Khan.

    E saber que tem pessoas que pensaram “se forem personagens bons, vão vender bem.” é o outro ponto que liga este outro ciclo vicioso. É muito trabalhoso para as editoras criarem um personagem completamente novo, e arriscarem uma queda enorme nas vendas para tentar construí-lo para o público, na possibilidade de talvez este público jamais receber bem este personagem. Um exemplo de como as editoras tem medo de trazer personagens completamente novos, que não tem ligação nenhuma com outro personagem já estabelecido, é o atual arco da Marvel envolvendo as Joias do Infinito.

    A Marvel trouxe uma vilã completamente desconhecida e em pouco tempo a fez matar um dos maiores vilões da editora, foi algo incrível, eu fiquei completamente estarrecido querendo saber mais sobre ela. No fim das contas – sem spoiler – na edição seguinte nós ficamos descobrindo que ela era uma personagem que já existia, apenas usando uma máscara. Não havia a menor necessidade disso…

    O que eu quero levantar com esta coluna, é como a indústria dos quadrinhos caminha para mais um punhado de décadas, replicando os mesmos esqueletos de histórias, para cada vez mais gerações diferentes. É só você ver os dois principais movimentos da Marvel e da DC atualmente, Marvel Legacy e DC Renascimento, é literalmente as editoras voltando às origens e repetindo o que já foi feito por décadas, mascarado no argumento do “respeitar o legado.”

    Quem será que tem mais culpa no cartório? As editoras, ou os leitores?

    Fonte: https://legiaodosherois.uol.com.br/2...novidades.html
    Last edited by Gênio loko; 04-08-2018, 11:12 PM.

  • #2
    Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

    Eu meio que concordo, só acho que essa conversa é tão repetitiva como os quadrinhos que ela critica, já que se questiona isso há muito tempo e não há resposta. E, bom, refere-se apenas ao mercado de quadrinhos de super-heróis americanos.

    Lembro que nos anos 90 fiquei empolgado com a Image Comics e o Aztek da DC por isso, pensei “Enfim super-heróis totalmente novos.” O Aztek durou só um ano e a Image virou mais do mesmo.


    Sent from my iPad using Tapatalk
    extra skater
    --

    Comment


    • #3
      Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

      Uma pergunta interessante a se fazer é quanto isso é culpa dos proprios leitores desses personagens?
      Existe uma certa resistência com mudanças e coisas novas em relação aos personagens.
      Eu pessoalmente acho que quando bem escrito não tem problema, mas para alguns não.
      É complicado.
      ''So many of our dreams at first seem impossible, then they seem improbable, and then, when we summon the will, they soon become inevitable.”
      - Christopher Reeve (1952-2004)

      Comment


      • #4
        Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

        a culpa é dos leitores antigos, eles tem que morrer.

        Dossie do Conan : http://www.mbbforum.com/mbb/showthre...onan-O-Barbaro
        Feitos do Batman : http://batmanfeats.blogspot.com.br/

        Postado originalmente por Void
        A impossibilidade de realizar seus sonhos causa infelicidade. É melhor não sonhar e viver em indiferença e mediocridade.

        Comment


        • #5
          Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

          Obviamente tem a galera do “Se as mudanças forem boas, a gente aceita!”. Então eu não vou me estender demais refutando este argumento, apenas deixarei um questionamento no ar: Bom pra quem? Porque eu te convido a trocar 5 minutos de papo com algumas pessoas na área de comentários do site, ou em qualquer grupo de discussão de quadrinhos, e você vai encontrar pessoas que amam o Batman, outras que não suportam o Cavaleiro das Trevas, outras que tem o Capitão América como o personagem favorito, enquanto outras odeiam o “escoteiro americano”. A definição de “boas mudanças” é um pouco turva às vezes…
          Quem vai definir se a mudança é boa, são os fãs do Batman! Quem não gosta dele, não vai ler o personagem em qualquer caso, portanto não tem pq opinar...
          A definição é turva, se você querer padronizar tudo, fazer com que todos gostem de tudo. O que é uma ideia completamente imbecil.

          E saber que tem pessoas que pensaram “se forem personagens bons, vão vender bem.” é o outro ponto que liga este outro ciclo vicioso. É muito trabalhoso para as editoras criarem um personagem completamente novo, e arriscarem uma queda enorme nas vendas para tentar construí-lo para o público, na possibilidade de talvez este público jamais receber bem este personagem. Um exemplo de como as editoras tem medo de trazer personagens completamente novos, que não tem ligação nenhuma com outro personagem já estabelecido, é o atual arco da Marvel envolvendo as Joias do Infinito.
          Então pq é trabalhoso (e realmente é), a solução é sair destorcendo ou substituindo o personagem original para agradar um suposto público de fora?
          E o que vem depois? Chamar os fãs de preconceituosos?

          Mais uma vez a ideia IMBECIL de querer padronizar as coisas. Se o personagem novo não vendeu, é pq o suposto público alvo não gostou (ou simplesmente não compra, apenas se mete no assunto).

          Quem tem que comprar o personagem AZUL é o público que gosta de coisas da cor AZUL, não o que gosta da cor VERMELHA.
          ...

          Comment


          • #6
            Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

            Li somente as 3 primeiras linhas, depois cansei.

            Enviado de meu SM-T813 usando o Tapatalk

            Comment


            • #7
              Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

              Só um adendo rapidinho...
              Não existe "público de quadrinhos", o que existe é o público do Batman, o público do Superman, o público de X-Men, etc...
              "Ainnn não me vejo no Superman, é história de velho..." Então vai ler o que você gosta e para de se meter!
              ...

              Comment


              • #8
                Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                Postado originalmente por Felidae90 Ver Post
                Quem tem que comprar o personagem AZUL é o público que gosta de coisas da cor AZUL, não o que gosta da cor VERMELHA.
                Não sei se concordo muito com isso, porque não acredito que o fandom sozinho sustente.
                Acho que quem tem que comprar o personagem azul é o público que gosta da cor azul e o público que gosta de qualquer cor. Então atingir o leitor esporádico, ou o leitor de ocasião, o leitor de moda é necessário. E isso, em geral, só se o negócio for bom.
                extra skater
                --

                Comment


                • #9
                  Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                  Eu tb acho que tem que tentar trazer leitores ocasionais, porém acho que não se deve ficar "alterando" o personagem pra agradar quem não gosta dele.
                  Quem não gosta do personagem nunca vai ser o publico dele, oras.
                  Então acho besteira mudar o Superman, por exemplo, pra agradar quem não gosta do personagem por x ou y motivo.
                  Tem que focar em escrever boas historias que agradem quem goste e com isso pegar alguns leitores ocasionais.
                  ''So many of our dreams at first seem impossible, then they seem improbable, and then, when we summon the will, they soon become inevitable.”
                  - Christopher Reeve (1952-2004)

                  Comment


                  • #10
                    Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                    Existem uma caralhada de hqs de vários países e gêneros diferentes, mas o nerd só quer ler revista de personagens licenciados e depois ficam reclamando que eles nunca mudam.
                    “It sounds plausible enough tonight, but wait until tomorrow. Wait for the common sense of the morning.”

                    H.G. Wells, The Time Machine

                    Comment


                    • #11
                      Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                      Postado originalmente por Mt Chuck Ver Post
                      Eu tb acho que tem que tentar trazer leitores ocasionais, porém acho que não se deve ficar "alterando" o personagem pra agradar quem não gosta dele.
                      Quem não gosta do personagem nunca vai ser o publico dele, oras.
                      Então acho besteira mudar o Superman, por exemplo, pra agradar quem não gosta do personagem por x ou y motivo.
                      Tem que focar em escrever boas historias que agradem quem goste e com isso pegar alguns leitores ocasionais.
                      Sim, com isso eu concordo.

                      Eu também não vejo sentido em mudar tanto assim o personagem. Até porque se estão aí, é porque dão certo. Quem não deu, já foi faz tempo.

                      Acho que se é pra reclamar de inovação no mercado, que reclame da falta de novos personagens — coisa que tem mudado um pouco recentemente, embora sejam novos personagens ligados a imagens antigas como a Kamala Khan, o Miles Morales etc.
                      extra skater
                      --

                      Comment


                      • #12
                        Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                        Nossa que texto mais preguiçoso...

                        Postado originalmente por extra skater Ver Post
                        só acho que essa conversa é tão repetitiva como os quadrinhos que ela critica, já que se questiona isso há muito tempo e não há resposta.
                        Exatamente! Pra quem acompanha quadrinhos há algum tempo, esse questionamento é mais velho que andar pra trás. E inútil.

                        É a mesma coisa que ficar perguntando por que a Luluzinha não cresceu em todos esses anos...

                        No fim tudo se resume a boas histórias. Se elas mudam o status quo ou não, no final não importa. O que vale é o quanto você curtiu determinada história.

                        Inevitavelmente o Peter Parker... o Bruce Wayne... o Steve Rogers... vão voltar a ser eles mesmos mais ou menos do mesmo jeito que eles foram criados. Não adianta ficar se debatendo com isso.



                        Enviado de meu SM-A910F usando o Tapatalk

                        Comment


                        • #13
                          Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                          Postado originalmente por Madame Mack Ver Post
                          a culpa é dos leitores antigos, eles tem que morrer.
                          Mas não tem leitor novo pra substituir.

                          Comment


                          • #14
                            Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                            Postado originalmente por Batson Ver Post
                            Existem uma caralhada de hqs de vários países e gêneros diferentes, mas o nerd só quer ler revista de personagens licenciados e depois ficam reclamando que eles nunca mudam.
                            É isso, pessoal, pode trancar o tópico.

                            Enviado de meu Moto G (5S) Plus usando o Tapatalk
                            O Quadro e o Risco - meu blog sobre quadrinhos

                            oquadroeorisco.com.br

                            Comment


                            • #15
                              Re: O mundo dos quadrinhos não tem espaço para novidades!

                              Batman e Superman estão aí há 80 anos sendo publicados por uma razão, não?!
                              Querem inovação, vão para Vertigo, Metal Pesado, Ad2000, e o caralho a quatro, mas parem de ficar enchendo o saco dos Mainstream.

                              Enviado de meu moto e5 plus usando o Tapatalk
                              [

                              Comment

                              Working...
                              X