Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE



    A Guerra das Piadas e Charadas se intensifica, e cada vilão é pressionado a escolher um lado, deixando Coringa e Charada no comando de seus próprios exércitos de maníacos. Para proteger Gotham da total devastação e acabar com o conflito, até o Cavaleiro das Trevas será obrigado a se aliar a um dos lados. Resta saber qual é o menor de dois males: Coringa ou Charada?

    (Batman 28-29)


    Revista tradicional
    17 x 26 cm
    52 páginas
    Papel LWC
    Capa Couché, Lombada Canoa (Grampeada)
    R$ 7,50
    Distribuição Nacional
    3º série
    ---------------------------------


    Chega um momento num gibi, do run de um autor, onde o que é inspirado, o que é criado, o que o cara quer fazer com os personagens, com a série e com o universo fica "pequeno" demais para suas ideias. O cara quer destrinchar, quer tirar o máximo proveito, quer colocar aquela "cena memorável" no run, quer causar mesmo.






    Chega um momento que as ideias do autor estão tão "avançadas" que podem até mesmo ser mal interpretadas, mal aceitas e criticadas pelo fandom. Se tem uma máxima nos quadrinhos é que nenhum autor é maior do que os personagens. Talvez o Alan Moore. A questão é: será que o autor pode contorcer as regras da verossimilhança a fim de querer contar uma boa história? Será que é permitido quebrar essas regras? Ousar ir além? Daria para fazer um Homem-Aranha com história no espaço, uma história de amor com o Justiceiro, um Quarteto Fantástico com história introspectiva ou um Vingadores com história com teor do cotidiano?






    Sim, é possível, dependendo da habilidade desse autor. Pelo menos é nisso que acredito. E regras são feitas para serem quebradas por aqueles que ousam e tem a habilidade necessária para transcender essas regras. Se não fosse assim, a gente, a humanidade, ainda estaria engessada em velhos dogmas, velhas maneiras de se pensar e não teríamos acesso a obras de valor incontestável, como o Ulysses de James Joyce, ou o Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa. Já pensou como seria se os seus autores estivessem presos a velha forma do romance?





    É por isso que temos que ser gratos a Tom King. É por gibi como esse que devemos achar o cara foda. É por isso que leio essa porra e acho sensacional. Não é pra ler o "comum", o "feijão com arroz", o "básico", o "operário". Pra isso eu pego qualquer outra história do Batman das milhares que tem por aí, boas e ruins. Eu leio isso aqui pra ter um "respiro", um "alívio" do comunzinho e alçar novos voos. Porque esse gibi é isso: é um novo voo, o cara não se preocupa se não faz sentido, ou se altera um ou outro ramo do "lore", do conhecimento do personagem, o importante é atingir uma BOA HISTÓRIA, esse é o propósito de todos que roteirizam, eu acredito. Acho que nem o Scott Lobdell e o Dan Slott acordam e pensam "porra, hoje vou criar uma história ruim pra caralho" em seus ofícios (talvez o Slott sim).





    Sei que tem nerdy que vai chiar. Que vai achar uma merda que o Bruce Wayne marcou um jantar com o Coringa e o Charada para discutir os rumos da guerra. Sei que vai ter neguinho que vai dizer que é "impossível" o Exterminador e o Pistoleiro ficarem lutando por cinco dias e não se matarem. Que vai ter nêgo chato do caralho (do mesmo tipo que reclama das balsas lá em Cavaleiro das Trevas - O Filme) reclamando porque o Coringa não explodiu todo mundo no jantar, porque o Bruce se arriscaria a falar com o Coringa se aquele merdaum do Snyder estabeleceu que o Coringa podia até saber a identidade do Batman, que o Batman mandou reféns pra morte certa, enfim, um monte de críticas vão surgir.





    Pra esses críticos eu só tenho a responder para o Tom King: BRAVO, BRAVÍSSIMO. BRAVO TOM REI. BRAVO






    Desnecessário dizer que o DOBRO dos elogios vai ao Mike Janín fazendo MÍSERA na arte, como de praxe. A capa também do mesmo tá FUDEROSA. Excelente edição.



    Charada rindo da cara dos nerdys tetudos que tiveram indigestão com essa história

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

    Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
    ---------------------------------


    Chega um momento num gibi, do run de um autor, onde o que é inspirado, o que é criado, o que o cara quer fazer com os personagens, com a série e com o universo fica "pequeno" demais para suas ideias. O cara quer destrinchar, quer tirar o máximo proveito, quer colocar aquela "cena memorável" no run, quer causar mesmo.






    Chega um momento que as ideias do autor estão tão "avançadas" que podem até mesmo ser mal interpretadas, mal aceitas e criticadas pelo fandom. Se tem uma máxima nos quadrinhos é que nenhum autor é maior do que os personagens. Talvez o Alan Moore. A questão é: será que o autor pode contorcer as regras da verossimilhança a fim de querer contar uma boa história? Será que é permitido quebrar essas regras? Ousar ir além? Daria para fazer um Homem-Aranha com história no espaço, uma história de amor com o Justiceiro, um Quarteto Fantástico com história introspectiva ou um Vingadores com história com teor do cotidiano?






    Sim, é possível, dependendo da habilidade desse autor. Pelo menos é nisso que acredito. E regras são feitas para serem quebradas por aqueles que ousam e tem a habilidade necessária para transcender essas regras. Se não fosse assim, a gente, a humanidade, ainda estaria engessada em velhos dogmas, velhas maneiras de se pensar e não teríamos acesso a obras de valor incontestável, como o Ulysses de James Joyce, ou o Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa. Já pensou como seria se os seus autores estivessem presos a velha forma do romance?





    É por isso que temos que ser gratos a Tom King. É por gibi como esse que devemos achar o cara foda. É por isso que leio essa porra e acho sensacional. Não é pra ler o "comum", o "feijão com arroz", o "básico", o "operário". Pra isso eu pego qualquer outra história do Batman das milhares que tem por aí, boas e ruins. Eu leio isso aqui pra ter um "respiro", um "alívio" do comunzinho e alçar novos voos. Porque esse gibi é isso: é um novo voo, o cara não se preocupa se não faz sentido, ou se altera um ou outro ramo do "lore", do conhecimento do personagem, o importante é atingir uma BOA HISTÓRIA, esse é o propósito de todos que roteirizam, eu acredito. Acho que nem o Scott Lobdell e o Dan Slott acordam e pensam "porra, hoje vou criar uma história ruim pra caralho" em seus ofícios (talvez o Slott sim).





    Sei que tem nerdy que vai chiar. Que vai achar uma merda que o Bruce Wayne marcou um jantar com o Coringa e o Charada para discutir os rumos da guerra. Sei que vai ter neguinho que vai dizer que é "impossível" o Exterminador e o Pistoleiro ficarem lutando por cinco dias e não se matarem. Que vai ter nêgo chato do caralho (do mesmo tipo que reclama das balsas lá em Cavaleiro das Trevas - O Filme) reclamando porque o Coringa não explodiu todo mundo no jantar, porque o Bruce se arriscaria a falar com o Coringa se aquele merdaum do Snyder estabeleceu que o Coringa podia até saber a identidade do Batman, que o Batman mandou reféns pra morte certa, enfim, um monte de críticas vão surgir.





    Pra esses críticos eu só tenho a responder para o Tom King: BRAVO, BRAVÍSSIMO. BRAVO TOM REI. BRAVO






    Desnecessário dizer que o DOBRO dos elogios vai ao Mike Janín fazendo MÍSERA na arte, como de praxe. A capa também do mesmo tá FUDEROSA. Excelente edição.



    Charada rindo da cara dos nerdys tetudos que tiveram indigestão com essa história
    Realmente Tom king vem fazendo um grande trabalho a frente do morcego, bem melhor que seu antecessor Snyder, tô curtindo a guerra, a motivação dos personagens.

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

      Eu não li ainda (na verdade nem comprei) mas essa guerra aí tá me lembrando muito uma parada meio ano zero, que me da calafrios terríveis. Espero que essa edição seja boa mesmo, porque tô quase largando meu batiminha.

      Enviado de meu SM-J530G usando o Tapatalk

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

        Postado originalmente por Random Ver Post
        Eu não li ainda (na verdade nem comprei) mas essa guerra aí tá me lembrando muito uma parada meio ano zero, que me da calafrios terríveis. Espero que essa edição seja boa mesmo, porque tô quase largando meu batiminha.

        Enviado de meu SM-J530G usando o Tapatalk
        Esta história não tem absolutamente NADA a ver com Ano Zero

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

          Tá. Comprei. Vamos ver.

          Enviado de meu SM-J530G usando o Tapatalk

          Comment


          • #6
            Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

            Randaço, vai tranquilo.

            Esse arco é bom demais. O run todo tá sendo.

            Comment


            • #7
              Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

              Orra, cliquei no tópico esperando um Review enlouquecido e não foi isso que aconteceu

              Só podia ser gibi do REI.

              Esse run do Batman é uma das coisas mais fodas e boas de ler que se tem atualmente. Cada arco, um melhor que o outro ou no mínimo mantendo o nível.
              E o cara tá fazendo um retcom foda, escrevendo como poucos.

              Comment


              • #8
                Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE


                Comment


                • #9
                  Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

                  anyd, é você?

                  Comment


                  • #10
                    Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

                    No tempo do Mxy é que a DC era BÔUA. Agora nada mais presta, ela está entregue a usurpadores e enganadores como Kingaço, Bendis e Snyder.

                    Enfim, já adiantei a ladainha do Mxy pra ver se o tópico pode continuar seu caminho normal.

                    Comment


                    • #11
                      Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

                      Tô lendo nesse exato SEGUNDO e apesar de estar achando legal, uma parada que não me engole é esses papos do morcego e da gata. "Eu fiz isso." "Você fez isso?" "Fiz isso".

                      Me lembra os cacoetes horríveis do Bendis. Porra. Odeio isso.

                      Em anexo uma foto do gibi com minha mão. Falem com ela.

                      Enviado de meu SM-J530G usando o Tapatalk
                      Last edited by Random; 26-06-2018, 06:18 PM.

                      Comment


                      • #12
                        Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

                        Li. Bem legal mesmo. A segunda edição do gibi melhora bem justamente porque passa a se focar na história e não parando pro "morcego" ficar repetindo o que a gata fala.

                        Só achei meio sem noção o plano do Bats. Quero crer que vai ter algum sentido no fim. O lance do foco nos pratos foi meio sem noção também. Seria legal se tivesse contínuado com a história da mãe, inserindo discursos e outras paradas não relacionadas. Aí eu poderia dizer que o King copiou o Bendis e o Loeb na mesma edição.

                        Enviado de meu SM-J530G usando o Tapatalk

                        Comment


                        • #13
                          Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

                          Eu gosto de esperar o arco fechar pra ler tudo de uma vez, então pergunto. O arco da piadas e charadas se encerrará em qual mensal daqui?
                          Vendo e compro alguns quadrinhos, quer ver a lista? É só clicar http://www.mbbforum.com/mbb/showthre...48#post4071048

                          Comment


                          • #14
                            Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

                            Postado originalmente por muberen Ver Post
                            Eu gosto de esperar o arco fechar pra ler tudo de uma vez, então pergunto. O arco da piadas e charadas se encerrará em qual mensal daqui?
                            deve se encerrar na próxima já

                            Comment


                            • #15
                              Re: [AVALIAÇÃO] Batman Renascimento #15: A Guerra das Piadas & Charadas - O BANQUETE

                              Foi bem curtinha então heim. Não dá pra analisar ainda, mas até o momento estou achando melhor que o eu sou bane, apesar de que o final do bane foi muito legal.

                              Agora, Batman ganhando do pistoleiro e do exterminador ao mesmo tempo foi forçar a barra. Ao menos na minha opinião. Apesar de que o Batman do tom King é porradeiro pra caralho.

                              Enviado de meu SM-J530G usando o Tapatalk

                              Comment

                              Working...
                              X