Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] - Homem-Aranha & Os Campeões #3

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] - Homem-Aranha & Os Campeões #3



    Após uma missão no Oriente Médio, Os Campeões voltam para casa e têm muito o que conversar sobre perdas e novos adversários! E Gwen Stacy, a Mulher-Aranha da Terra 65, se junta ao Homem-Aranha, Miles Morales, em um míni cross-over!

    Champions #4; Spider-Gwen #16

    52 páginas, R$7,50
    Campeões: Eis um exemplo de como se escreve um bom gibi feijão com arroz. Tomara que Shea Fontana, roteirista daquela merda de arco tapa-buraco publicado em Mulher-Maravilha Renascimento #14, leia este gibi dos Campeões. Quem sabe ela aprende duas ou três coisinhas com Mark Waid.

    Mesmo com uma trama simples (os Campeões são atacados por atlantes), poucas páginas e um grupo de inimigos genéricos, Waid coloca os heróis em uma situação interessante, que passa mesmo a sensação de perigo. Além disso, o autor aproveita explora a interação entre os personagens, que vêm se revelando uma das atrações da série.

    Assim, temos Amadeus “Hulk” Cho tentando se impor como líder do grupo (e falhando miseravelmente); Kamala e Ciclope se revezando na função; e um estreitamento de laços entre Viv e Nova. Apenas Miles Morales ficou sem um momento pra chamar de seu. Mesmo assim, o jovem aracnídeo dá sua contribuição para salvar a nave da equipe, atingida por um projétil.

    Se quisesse, Waid poderia até ter esticado o plot. Bastaria desenvolver um pouco mais o quebra entre os Campeões e os atlantes, em vez de encerrar a trama logo após a fuga dos heróis (Bendis, por exemplo, gastaria umas quatro edições, só com os heróis trocando ideia no cativeiro). Mas quer saber? A história funcionou bem assim. Então, está de bom tamanho.

    Humberto Ramos é o de sempre, para o bem e para o mal.

    Homem-Aranha/Mulher-Aranha: Segue o crossover entre Miles Morales e a Gwen Stacy da Terra 65. Miles chega ao universo da loira em busca de seu pai (desaparecido enquanto cumpria uma missão pra SHIELD), encontra Gwen e conhece o Rei do Crime.

    O ritmo da trama é lento. Miles até consegue uma pista sobre o paradeiro de seu pai com Matt Murdock, mas o foco da história é a interação entre Miles e Gwen, que acabam descobrindo coisas em comum. Afinal, ambos viram seus pais se meterem em encrenca, por causa de suas carreiras heroicas. Há claramente um “clima” entre os dois personagens, o que nem é novidade, dado o início do arco, em Homem-Aranha & Os Campeões #2. Por enquanto, é uma história legal. Vejamos se fica mais empolgante nos próximos capítulos.

    A arte de Jason Latour é bem competente e ágil, combinando com o clima das histórias da Gwen.

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] - Homem-Aranha & Os Campeões #2

    Cabral, você colocou o número errado da revista no título do tópico

    Em tempo, eu deixei esse barco passar, mas peguei o expresso dos Jovens Titãs em termos de gibi com heróis pré-adolescentes

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] - Homem-Aranha & Os Campeões #2

      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
      Cabral, você colocou o número errado da revista no título do tópico
      Eita [emoji38]

      Título arrumado. Valeu!

      Comment

      Working...
      X