Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] TEX #579 As três letras do terror

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] TEX #579 As três letras do terror



    25 de Janeiro – Formato: 13,5 x 17,6 cm – 116 páginas – R$ 9,90

    Texto:*Boselli*– Desenhos:*Mastantuono

    AS TRÊS LETRAS DO TERROR*
    No sul dos Estados Unidos, a situação não mudou nada após a guerra civil… nas plantações de Forestville, do latifundiário Landon Stevens, os negros são tratados a chicote nos campos de algodão… e ele tem o apoio dos cavaleiros encapuzados da Ku Klux Klan – a cruel seita KKK, mas Tex e seus amigos, Glenn e Jethro, não concordam com esse estado de coisas, e seu melhor argumento tem calibre 45!
    Conclusão da aventura iniciada no número anterior, o protagonista da história, Jethro, continua narrando para seu filho uma aventura que viveu no Mississipi ao lado de Tex e Glenn Corbett quando eles se envolveram numa briga pesada com os homens da Ku Klux Klan no condado de willingford, Jethro havia voltado por lá pra reaver suas terras e fechar a conta com os cidadãos que ajudaram a matar sua mulher.

    Como todo bom desfecho, temos muita ação nesse gibi, um verdadeiro inferno se instaura na plantation de Landon Stevens, um astuto duas caras que encena todo um ato de paz para acabar com o derramamento de sangue entre Tex e os homens da clã, Willer e Corbett vão a mansão do Steven a convite do próprio mas acabam caindo em uma armadilha, mesmo os dois amigos imaginando que todo o papo e bom mocismo do Stevens era furada, dessa vez acabam sendo apanhados na mesa de jantar pois Landon tem uma refém valiosa, Tex num ato fulminante e até meio desesperado consegue livrar a refém dando um balaço na testa de um dos capangas sulistas e assim começa o embate.

    Tiros, mortes, enforcamentos, negros da plantation se rebelando, chefões da KKK tropeçando no próprio manto sagrado e crocodilos dos pântanos do Mississipi comendo gente dá o toque final para essa aventura que já nasce clássica e totalmente canônica. Não há piedade aqui contra os escravagistas, Tex meio que lava as mãos para o levante negro e apenas pede para que eles mantenham a calma depois da batalha pois o exército estava chegando a Willingford, por sorte eram Bufallo Soldiers (regimento negro do exército). Após o relato da aventura, chega a hora do acerto de contas no presente entre Jethro e Isaac Crane com seu bando.

    Pra quem leu A Grande Invasão ( http://www.mbbforum.com/mbb/showthre...to-Ruy-Barbosa ) e se afeiçoou aos coadjuvantes, especialmente com o Glenn Corbett, o final dessa aventura soa bem emotivo pois mostra a despedida de Tex do cara que bate antes e pergunta depois, em A Grande Invasão só temos a grandiosa batalha no Texas e o enterro dele no final (que foi uma cena bem triste), aqui ficamos sabendo o que houve depois da batalha no Texas e como foi o último contato de Tex com Corbett, e que segundo Jethro, depois Glenn Corbett morreu pobre e esquecido.

    Uma baita história, quando o Boselli quer ele só entrega pepitas, principalmente quando mexe no cânone que ele mesmo criou em sua passagem com o personagem.


    A recompensa de quem trai a própria raça.


    Sou o capista fodão do Tex.
    Last edited by Mountain Man; 03-06-2018, 02:50 PM.
    “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] TEX #579 As três letras do terror

    massa essa capa com o "mago da Kux Kux Klan de vigésimo nível"

    Perdi essas edições, mas depois pego pela Myjus e dou uma conferida.

    Amigo, só uma dica para a edição dos tópicos de avaliação e a informação editorial do gibi (fica a seu critério usar ou não, as capas italianas maiores estão ótimas), até Março de 2018 a Myjus publicava um Cheklist com todos os seus lançamentos especiais e regulares de cada mês, onde tem capas e informações editoriais do gibi, como sinopse, preço e número de páginas: https://www.mythoseditora.com.br/che...anteriores.asp

    Em Abril de 2018 isso foi cortado, tanto é que se existe um checklist que seja postado em lugar que dê pra copiar (tem lá no Platena Gibi, mas não dá pra copiar texto) eu desconheço. Mas a partir de Maio a Mijus criou uma página oficial lá no site da editora apenas para mostrar os lançamentos da editora e que funciona como checklist, a Myjoslist: http://mythologico.com.br/mythoslist-maio-2018/

    agora é esperar que fiquem atualizando...

    Mas é só uma dica, qualquer um fique a vontade de fazer os tópicos de avaliação, contanto que tenha pelo menos uma capa e a opinião do usuário sobre o gibi em questão

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] TEX #579 As três letras do terror

      Estou sem computador, fazendo as resenhas pelo tablet dá uma preguiça danada ir atrás dessas informações, mas vou ver isso daí, antigamente eu colocava tudo direitinho.
      “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO] TEX #579 As três letras do terror

        É só uma recomendação, não uma exigência. Faça do jeito que achar mais prático e melhor. O importante é comentar sobre o gibi

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO] TEX #579 As três letras do terror

          Veja aí, compadre, peguei as informações no blogue português do Tex (começaram a colocar o checklist por lá também), o da Mythos é meio pesado pra acessar.

          O Alessandro do Ministério dos Quadrinhos fez vídeo sobre o gibi:

          Last edited by Mountain Man; 03-06-2018, 02:58 PM.
          “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

          Comment

          Working...
          X