Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Batman - Detective Comics Volume #2

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Batman - Detective Comics Volume #2




    Depois de 1000 edições, era de se pensar que o Batman teria um descanso… mas é claro que não! Um novo arco se inicia… “Medieval”! O herói enfrenta uma ameaça perigosíssima. O Arkham Knight chegou em Gotham City com inúmeros aliados mortais, e o seu primeiro encontro com o Cavaleiro das Trevas deixará o Morcego abalado. Não perca nesta edição!

    (Detective Comics 1000-1005, Detective Comics Annual 2)


    Edição especial
    Formato americano (17 x 26 cm)
    168 páginas
    Papel couché
    Capa Cartão, Lombada canoa
    R$ 26,90
    Distribuição nacional

    ---------------------------------


    Lançado alguns meses atrás antes do mundo ir pro caralho, então não se incomodem com minha rabugice. Enquanto a primeira edição dessa nova fase por Peter J. Tomasi foi uma puta história escrota de como o Batman se "prova" entrando num tanque e IMAGINANDO toda a situação por qual passou, aqui o Tomasi até que faz uma história que de fato aconteceu, mas agora a premissa que é cretina: a FILHA DE JEREMIAH ARKHAM QUE NASCEU EM MEIO A UMA REBELIÃO DOS INTERNOS CRESCE SENDO ENTRETIDA PELOS INTERNOS DA INSTITUIÇÃO. Tem uma coisa chamada fantasia e tem outra chamada cretinice, e aqui Tomasi go full cretino. É titio Coringa pra lá, tia Hera Venenosa pra lá. Enfim, é um retcon bem idiota. Aí essa figura TREINA MUITO pra se tornar uma exímia lutadora e junta recursos - recursos muito extravagantes - para se vingar do Batman.




    Essa volta do Tomasi ao Batman tá me saindo uma bela duma decepção. Parece até que ele tá escrevendo pra rertardado..., eerrrr, MAIS RETARDADOS. Essa premissa é muito imbecil, ri horrores ao ler a "história" de Astrid Arkham, a filha de Jeremiah. Pelo menos a história é divertida. Os objetivos da antagonista são confusos também. Eu não lembro direito o que ela queria, acho que é "dar uma luz" pra Gotham? (insira aquele meme do cara agitando os braços não entendendo nada e fazendo cara de confuso) O gibi é cheio de ação e porrada, o que causa a maior parte da supra-citada diversão. Arte de Brad Walker, mandando muito.





    O gibi ainda tem mais duas histórias. Uma no começo, antes do arco "Medieval", onde vemos um pequeno prelúdio para o arco principal, do "Gotham Knight" se preparando para a sua estréia, nisso vemos um texto das maluquetes dele com belas páginas desenhadas pelo Doug Mahnke do Batman enfrentando alguns de seus inimigos, extraído de parte da edição comemorativa Detective Comics 1000.




    A última história é o anual e traz de volta o Ceifador. Sim, aquele mesmo de Batman Ano 2, mas com uma abordagem diferente. Agora ele age internacionalmente. História no máximo legal, com uma excelente arte de Travis Moore. O que estou gostando contudo é essa abordagem mais sarcástica que o Tomasi dá tanto ao Gordon quanto ao Alfred. São boas participações.





    No geral o gibi até diverte, mas essa fase do Tomasi tá se saindo menor do que as expectativas de qualidade. Quando ele conseguir afinar história boa com diversão, aí sim estamos conversando.
Working...
X