Anúncio

Collapse
No announcement yet.

COMO ADAPTAR HQS PARA O CINEMA?

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • COMO ADAPTAR HQS PARA O CINEMA?

    Corram, Gritem, matem suas famílias, Vocês já conhecem a rotina...

    Como bons fãs de Quadrinhos do grande Fluxo Marvel DC e além, nós sempre temos as respostas sobre como Adpatar um Herói ou Saga para os cinemas. E Sempre vemos com olhos irados quando uma boa idéia não acontece como você queria.

    E Como você adaptaria HQs para o cinema? Colocando os Shiar's na Franquia dos X-men? Deixando Batman com seu Uniforme de tecido cinza e couro preto? Radicalizando as Ações do Justiceiro, começando por um Passaporte para Nova York? Usando a Plataforma temporal do Dr. Destino e dando mais ''experiência'' aos astros de Quarteto Fantástico, talvez?

    Aqui, vocês discutem isso: Quais as piores mudanças? Quais as melhores mudanças? O que você faria se fosse um engravatado e endinheirado produtor de Hollywood? Quais atores para qual filme escolhendo qual diretor? O Poder é de vocês, Nerdys!

  • #2
    eu tenho a tese de que se você vai gastar milhões de dolares fazendo um filme sobre personagens (seja de quadrinhos ou de obras literárias), é pq você acredita no potencial desses personagens para um filme. então, não há razão para tentar 'arrumá-los' para as telas.

    se você vai fazer um filme do justiceiro, ele vai ser um filme de ação policial com toques de humor negro. não há motivo para suavizar.

    se você vai fazer um filme dos x-Men, vai ser um dramalhão sobre pessoas super-poderosas que usam roupas coloridas. não há o que amenizar pra tornar 'mais vendável', já que é a maior franquia das HQs em TODOS OS TEMPOS.

    se você vai fazer um filme do Batman, não adianta fingir que é um tratado sobre a psiquê de uma criança traumatizada. é a história de um cara que se veste de morcego. ele é um super-herói com habilidades de detetive.

    acredito que o sucesso das adaptações cinematográficas é diretamente proporcional ao respeito que elas tiveram com os originais. os maiores exemplos são o Superman de 78, o Batman de 89 e o Homem-Aranha. (e porque não o Senhor dos Anéis de Peter Jackson)

    acredito sinceramente que, apesar de se manter bem fiel ao espírito dos personagens, os x-men teriam sido um sucesso ainda maior se tivessem usado roupas coloridas. afinal de contas, isso é uma grande parte do apelo dos super-heróis com um de seus mais importantes (e lucrativos )públicos: as crianças.

    mark millar brincou com o conceito de 'como seria um filme dos Vingadores' com os Ultimates e criou uma série memorável (principalmente o 2o volume), mas acho que ele foi longe demais em algumas adaptações (talvez pelo fato de que as histórias são mais divertidas quando as versões Ultimate sao diferentes das versões originais).

    o Gavião Arqueiro, por exemplo, se transformou em um coadjuvante genérico de filmes de ação. ele merecia bem mais.
    "Watchmen foi uma revista sem sentido belamente ilustrada."
    John Byrne

    "O futuro me parece mais promissor a cada cerveja que eu bebo."
    David Lee Roth

    Comment


    • #3
      Para analisar as adaptações de hqs, temos que separar pelo formato:

      Uma minissérie com começo, meio e fim e que possui personagens que não existem em outras publicações é um tipo. As alterações não precisam ser drásticas e fidelidade deve ser maior.

      Adaptações de personagens que têm anos, décadas de histórias são totalmente diferentes. Com o passar dos anos, muita coisa muda, e os roteiristas tentam captar a essência dos personagens e ao mesmo tempo, agradar a gregos e troianos.



      Comment


      • #4
        vc só pode tá de scanagem

        Comment


        • #5
          Que obsessão desse cara...

          Comment


          • #6
            Tem respondo isso em uma só frase sem usar uma única palavra:
            300
            MBB PRECISA DE VOCÊ, AJUDE A MANTER SEU LAR!!!


            CLIQUE PARA:

            Planos de assinatura mensal

            APOIA.SE

            SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

            Comment


            • #7
              Ah, pode adaptar de qualquer forma, eu não ligo.
              I am lost
              So I am cruel
              But I'd be love and sweetness
              If I had you

              Comment


              • #8
                Filmes são feiros para pessoas que vão aos cinemas, alugam/compram DVDs ou simplesmente os assistem na TV (por assinatura ou aberta). Isso sem contar produtos licenciados, roupas, cadernos, videogames, brinquedos, etc.

                Gibis são feitos para leitores de quadrinhos.

                Os filmes devem agradar o público que é de maior número. Aí só falta "descobrir": que público é maior? O de pessoas que assistem filmes no cinema, DVD ou TV ou o que lê gibis?

                Logo, qualquer adaptação é válida, se os caras pagaram milhões pra usar os personagens podem fazer o que quiserem com eles, se quiserem botar o Wolverine de roupinha de bailarina cor de rosa, vão fazer, pra vender mais a Barbie Wolverine Bailarina.
                ùltima Leitura: Razoável
                sigpic
                Mister No #6 (RECORD)

                http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

                Comment


                • #9
                  Postado originalmente por DarthLee
                  Que obsessão desse cara...
                  é q ele escreve "roteiros amadores para produções cinematrográficas"...

                  80-82-83-87-92-09

                  Comment


                  • #10
                    Postado originalmente por Falcão
                    Postado originalmente por DarthLee
                    Que obsessão desse cara...
                    é q ele escreve "roteiros amadores para produções cinematrográficas"...
                    Será que ele acha que tem algum olheiro de Hollywood passeando aqui pelo MBB?

                    Comment


                    • #11
                      No caso de 300, só funcionou uma adaptação praticamente literal porque era uma história fechada e que se encaixava sem dificuldades num filme de duas horas. O mesmo vale para Sin City.

                      No caso dos super-heróis, fica mais complicado, já que várias fases foram publicadas ao longo dos anos. Por isso que a idéia em geral é "sintetizar" o que saiu nos quadrinhos. Ora funciona muito bem (X-Men, Homem-Aranha), ora implodem um bom filme em potencial (como foi o caso do Demolidor). Outro ponto sempre polêmico são os uniformes, que muitos fãs acham que deveriam ser idênticos ao quadrinhos, esquecendo que o que fica bem em 2D pode não ficar legal em "3D".
                      Here we are, born to be kings
                      We're the princes of the universe
                      Here we belong, fighting to survive
                      In a world with the darkest powers...

                      Comment


                      • #12
                        Sem falar que há um plot inteiro no filme 300 que sequer existe na HQ. Ou seja, quem diz que o filme é uma adaptação "fiel" não leu o gibi ou tem conceitos diferentes.

                        Comment


                        • #13
                          é valido sim.
                          quem reclama são os fãs bitolados de quadrinhos que são uma menoria do público que assiste o filme.

                          acho válido sim, e tem mudanças, que pegam até melhor, como a dos uniformes no caso de x-men.

                          e tem personagens que são tão escrotos que para um filme ser bom, só se tiver uma descarecterização total mesmo.

                          Comment


                          • #14
                            Postado originalmente por DarthLee
                            Sem falar que há um plot inteiro no filme 300 que sequer existe na HQ. Ou seja, quem diz que o filme é uma adaptação "fiel" não leu o gibi ou tem conceitos diferentes.
                            Ah, mas isso não atrapalhou em nada a parte "100%" fiel ao filme. Ruim seria se inventassem um final diferente da hq (uns 87 dos 300 sobrevivendo, por exemplo) ou se inserissem uma bombástica revelação, do tipo "Leônidas... eu sou seu pai!"

                            Comment


                            • #15
                              Não estou criticando, só mostrando que mesmo a adaptação mais "fiel" acaba tendo peculiariades pra poder funcionar no cinema.

                              Comment

                              Working...
                              X