Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] - Superman Renascimento #11

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] - Superman Renascimento #11



    Edições originais: Action Comics 976 e Superman 20

    52 páginas, papel LWC, R$ 75,0
    Superman – Renascido: Conclusão do arco.

    Basicamente, o poder do amor de Clark/Lois/Jon venceu Mxy e remodelou a realidade, unindo o Superman pré-N52 e o Superman N52 em um só. Ou seja, tudo o que aconteceu referente ao Homem de Aço antes de Flashpoint faz parte da cronologia. E não só para ele. Para os personagens à volta também. Morte, Superciborgue, Coast City, casamento… Tudo vale. Isso levanta uma série de perguntas, que devem ser esclarecidas nos próximos meses. Ou não. O melhor, de repente, é olhar para o lado, fingir que não aconteceu nada demais e tocar o barco. Vamos aguardar.

    A arte de Doug Manhke é boa, mas apressada em alguns momentos. Coisas de gibi quinzenal.

    Superman: Início de um novo arco, com um crossover entre a Superfamília e a Batfamília. E trata-se de um capítulo tipicamente introdutório, limitando-se a apresentar uma situação. No caso, Batman, após analisar os resultados dos exames de Jon, chega à conclusão de algum fator ambiental está impedindo que o garoto desenvolva plenamente seus poderes.

    O mais legal, por ora, é a interação entre as duas famílias. É um tanto surreal ver Superman, Batman, Superboy e Robin sentados a uma mesa e comendo torta.

    Temos também uma amostra do novo status do Superman. Todo mundo sabe que Clark Kent e Lois Lane se casaram, tiveram um filho e vivem numa fazenda. Nada mais de Sr. e Sra. Smith. Enfim, vamos ver como esse abacaxi vai ser descascado.

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] - Superman Renascimento #11

    A próxima edição de Action Comics tem o resuminho da nova cronologia mesclada.

    E tinha que ser feito isso mesmo, já que se o Superman casado vai ser o oficial não tem como ele ser um eterno exilado de outra Terra e se chamando de Sr. Smith. Sem contar que quando o Johns escreveu Rebirth ele invalidou a explicação de Convergence de que a Terra dos Novos 52 era uma e a do pré-Flashpoint outra, então a explicação de dois Supers já não cabia mais.

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] - Superman Renascimento #11

      Esse começo de Alvorecer Sombrio é meio morno. A trama só fica boa mesmo a partir da segunda/terceira parte IMHO

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO] - Superman Renascimento #11

        Terminei de ler tem um tempo e tava no pique de comentar, mas o Cabral fez antes e decidi acumular com outras leituras. A rigor foi uma boa história do Super-Homem, mas achei essa conclusão de arco meio chumbrega. Enfim, pareceu um arco pra concluir o angu do Clark Kent de outro mundo e bola pra frente, feito por encomenda para o editorial. Arte de Dough Mankhe bem legal, como de costume.






        Na outra história temos o início de um novo arco, Aurora Sombria, o que me fudeu porque meus planos eram parar de comprar o gibi do Super-Homem com esta edição. As coisas tão muito caras e eu não ganho salário de 5 dígitos. Mas foi bacana o começo já que é a volta do Super-Homem Clark Kent.





        Nessa história, Batman chega na fazenda pra investigar porque o desenvolvimento do Jon tá uma merda. Muito foda a Lois botando moral e colocando todo mundo pra comer. Ri demais. O Batman vai investigar e se fodeu. Particularmente eu preferia que a história tivesse acabado ( ou que tivessem publicado Action Comics #977 aqui), mas teje bão. Só espero que o arco não acabe e continue outra história. Aí é sacanagem. Arte bacanuda de Patrick Gleason, fera demais.







        Postado originalmente por Cabral Ver Post
        Superman – Renascido: Conclusão do arco.

        Basicamente, o poder do amor de Clark/Lois/Jon venceu Mxy e remodelou a realidade, unindo o Superman pré-N52 e o Superman N52 em um só. Ou seja, tudo o que aconteceu referente ao Homem de Aço antes de Flashpoint faz parte da cronologia. E não só para ele. Para os personagens à volta também. Morte, Superciborgue, Coast City, casamento… Tudo vale. Isso levanta uma série de perguntas, que devem ser esclarecidas nos próximos meses. Ou não. O melhor, de repente, é olhar para o lado, fingir que não aconteceu nada demais e tocar o barco. Vamos aguardar.

        A arte de Doug Manhke é boa, mas apressada em alguns momentos. Coisas de gibi quinzenal.

        Rapaz, eu achei esse arco beeeeeem meia boca. Fora o mistério do outro Clark que foi legal, as coisas se resolveram numa conveniência fodida. Você mesmo disse aí que foi o "poder do amor" que fez com que Clark lembrasse de Jon e que é casado com a Lois. Pelo menos nas loucuras do Morrison sempre tem alguma coisa que é o "gatilho" da conclusão toda. Aqui ficou muito mambene.

        Não achei a arte do Mankhe apressada em momento nenhum.

        Postado originalmente por Cabral Ver Post
        Superman: Início de um novo arco, com um crossover entre a Superfamília e a Batfamília. E trata-se de um capítulo tipicamente introdutório, limitando-se a apresentar uma situação. No caso, Batman, após analisar os resultados dos exames de Jon, chega à conclusão de algum fator ambiental está impedindo que o garoto desenvolva plenamente seus poderes.

        O mais legal, por ora, é a interação entre as duas famílias. É um tanto surreal ver Superman, Batman, Superboy e Robin sentados a uma mesa e comendo torta.

        Temos também uma amostra do novo status do Superman. Todo mundo sabe que Clark Kent e Lois Lane se casaram, tiveram um filho e vivem numa fazenda. Nada mais de Sr. e Sra. Smith. Enfim, vamos ver como esse abacaxi vai ser descascado.
        Postado originalmente por Sr. Mxyzptlk Ver Post
        A próxima edição de Action Comics tem o resuminho da nova cronologia mesclada.

        E tinha que ser feito isso mesmo, já que se o Superman casado vai ser o oficial não tem como ele ser um eterno exilado de outra Terra e se chamando de Sr. Smith. Sem contar que quando o Johns escreveu Rebirth ele invalidou a explicação de Convergence de que a Terra dos Novos 52 era uma e a do pré-Flashpoint outra, então a explicação de dois Supers já não cabia mais.

        Esse negócio de abandonar o "Sr. e Sr.a Smith" ao meu ver foi meio apressado, dava para ter ANOS de histórias legais envolvendo essa dinâmica e quando enchesse o saco aí sim o pessoal faria um "baqui to basiquis", mas parece que hoje em dia o mercado de quadrinhos vive de afliceta e termina esses plots bacanas em dois tempos.

        A parte da torta foi do caralho. Eu achei o começo do arco bacana, mas pra ser sincero, tô cansado de Super-Homem e esperava que essa porra de gibi tivesse se concluído. Aqui ME OBRIGA a comprar a próxima edição, que eu já comprei, e, vejam só, tem um "continua" ao fim da mesma, tô muito puto.

        Pelo menos o gibi tá sim legal. E eu ainda fiz a loucura de ter comprado as DUAS Action Comics de fevereiro e março, que também continua em Abril. Tô fodido...


        Postado originalmente por Spider-Phoenix Ver Post
        Esse começo de Alvorecer Sombrio é meio morno. A trama só fica boa mesmo a partir da segunda/terceira parte IMHO
        Eu achei legal, mas ao final do arco vou abandonar a revista. Tô legal de $uper-homem por um tempo...

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO] - Superman Renascimento #11

          putz, lançaram GIBI POWERPOINT PLUS SUPERMAN SORRINDO PRA PASSARINHO tudo numa mesma edição?

          Edição evento essa, nossa

          Comment

          Working...
          X