Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Guerra Civil II #5 - O MUNDO APÓS A ELEIÇÃO DE TRUMP

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Guerra Civil II #5 - O MUNDO APÓS A ELEIÇÃO DE TRUMP




    Em uma de suas visões, Ulysses encontra o Velho Logan e fica sabendo como o Homem de Ferro afetou a Capitã Marvel e o futuro da Terra! A Guerra Civil II está próxima do fim e Miles Morales quer a todo custo provar que não é um assassino, mas um novo embate pode colocar tudo a perder! E ainda: a influência da morte de Bruce Banner sobre todos aqueles que ficaram para trás! Nick Fury invade a base Kratos da SHIELD para encontrar alguém que já deveria estar morto!


    (Civil War II 7, Civil War II: Choosing Sides 5 (III), Civil War II: The Fallen 1)


    Minissérie mensal
    Formato 17x26 cm
    68 páginas
    Papel LWC
    Capa Cartão, Lombada Canoa
    R$ 13,00
    Distribuição Nacional
    ----------------------------------------------


    Guerra Civil II: isso aqui não é um gibi, isso aqui é uma capsula do tempo para guardar para a posterioridade das gerações futuras para saber traduzir na linguagem mais simples possível os tempos que nós, e em especial os americanos, passam no momento. É uma verdadeira apoteose lírica contada em forma de quadros, descrevendo nossa História Contemporânea. Enquanto Ulysses tem um vislumbre do futuro, presenciando o futuro e fazendo parte dele, o que vai acontecer ao mundo após o Trump ter sido eleito (visita a terra de ninguém do mundo de O Velho Logan, um mundo que, vejam só, foi repartido por um nazista), nas escadas do Capitólio em Washington, ou seria wash -in- gton/town ou white wash -gnton/town ou então White Town, White Wash town, não à toa WHITE HOUSE ( ) é onde é travada a última batalha da GUERRA DAS RAÇAS, entre o menino pobre, pretinho, da favela, Homem-Aranha e o branco, loiro de olho azul, capitalista, burguesista, direitoso, republicano, milico e pro-establishment, Capitão América.



    vamu ter calma nóis


    Porém o embate das GUERRA DAS RAÇAS é cessado momentaneamente com o diálogo. Sim, ao final de tudo, Bendis dá uma guinada de 360 graus no rumo da história e faz com que no final das contas ocorra o diálogo. Onde negros e brancos podem conviver em paz, bastando apenas uma loira alemoa bruta se interpor entre eles. Porque se tem uma coisa que une as raças dos homens em todos os continentes e países, é que uma loirinha branquinha de olho azul, mesmo usando cabelo de sapata como a Carol Danvers, é tudo de bom demais, e se tem uma coisa que une os homens desse mundo, sejam brancos, pretos e chicanos, é a palmitagem. Porém como o título diz, é Guerra Civil II, e chega o homem macho beta, na figura do Tony Stark que precisa medir o tamanho de seu pau pelo carro que usa, chega numa armadura d máquina de combate pra mostrar que pode mais, que é mais, e teje feito o conflito.








    Na arte, David Marquez faz mísera, mas dessa vez, acompanhado do Andrea Sorrentino, que também faz mísera, nos trechos da história que se passam no mundo de O Velho Logan. Próximo número, a tão aguardada conclusão.






    Nick Fury Cotista: Fury J.r finalmente chega ao responsável por todo o SHANANIGAN que tem enfrentado. Descobre que é uma trama pra lá de idiota, mas que pelo menos serviu para ver a arte de Declan Shalvey, que também assina o roteiro. Infelizmente, neste trecho não achei nada de mais a arte do cara. Próxima edição, também a conclusão.




    eu sou você amanhã


    O Herói Tombado: trata-se de um especial-elegia ao Hulk, mostrando o seu funeral e o testamento. Depois que morre todo mundo vira santo. No final do gibi há a entrega do testamento, foda o Murdock que foi o promotor no caso do Barton, como visto na última edição, ser o mesmo adevogado que lê o testamento dele. Pior ainda é acreditar que o BRUCE BANNER criou um FUNDO DE AMPARO AS VÍTIMAS DO HULK e que ainda por cima conseguiu angariar 1/4 de milhão pra CADA acionista, que até então não existiam, claro. Olha aí pra onde tá indo o dinheiro da lava jato...



    Não esqueçam de Hulk Contra o Mundo


    Não dá pra engolir MESMO esse fundo de amparo as vítimas, e ainda rendendo um bônus pra um monte de come-e-dorme do nada, isso tá no nível do Banner, na mente do Hulk, calcular os saltos do monstro pra cair e derrubar PRÉDIOS pra não matar ninguém, cortesia isso do mesmo autor desta história, Greg Pak. O cara ainda tira uma GUITARRA DO JIMY HENDRIX do CU PRA DAR PRO RICK JONES, um merda que sequer sabe tocar bongo.





    No final das contas, a melhor parte do gibi foi a GARRAFADA que o Rick Jones toma da multidão em fúria com o dinheiro público sendo usado pra enterrar cabra safado com esquema de proteção. Tá certo o povo, lá nos Estados Unidos não tem mamata não. Arte bacana como sempre do Mark Bagley.



    rick jones, tome no meio do seu cu



    O gibi continua caro pra caralho, mas esta edição foi bem legal, não sei porquê, curti mais do que as outras.
Working...
X