Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Star Wars - Darth Vader #21: DESCUBRA COMO O C3P-0 GANHOU O BRAÇO VERMELHO!

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Star Wars - Darth Vader #21: DESCUBRA COMO O C3P-0 GANHOU O BRAÇO VERMELHO!




    Darth Vader: confira como Darth Vader conseguiu escapar da armadilha de Cylo e veja o esperado encontro entre o lorde sith e o cientista.
    C-3PO: descubra como C-3PO ficou com um braço vermelho nesta emocionante aventura. E mais: uma história dos terríveis droides Triplo-Zero e BT.


    (Darth Vader 20 [II], Darth Vader 23, C-3PO)

    Publicação mensal
    Formato 17 x 26 cm
    64+4 páginas
    Lombada canoa
    Capa couché, papel LWC
    R$ 8,70
    Distribuição nacional
    ------------------------------------------


    Darth Vader: após os eventos da última edição, o ataque de Cylo chega ao seu clímax ao tomar conta do star-destroyer do Império. Darth Vader perambula pela nave em busca do traidor e se encontra para um duelo mortal com Morit, o viadinho. Entrementes, Dr.a Aphra e Triplo Zero e BT também perambulam na nave em busca de confusão.




    Muito divertido! É o que posso dizer dessa penúltima parte da saga do Kieron Gillen a frente das histórias de Darth Vader. Um fan service mais decente do que mostrado naquele filmeco do Rogue One! Aqui Darth Vader encontra inimigos a altura de um desafio e não só uns borra-botas rebeldes ao longo do caminho. O melhor é que o que o filme não conseguiu fazer que foi expandir o universo de Star Bosts, o gibi do Gillen faz com maestria adicionando robôs assassinos, cientistas traidores e disputa pelo poder.





    Na próxima edição é o embate final entre Vader e Cylo, e o gancho do gibi é fuderoso demais, com o Cylo pegando o Vader de jeito com o uso de seus SHANANIGANS científicos. Agora é esperar a próxima e última edição do título! Os desenhos do Salvador Larroca já foram melhores, mas eu creio que é porque o roteiro das últimas edições exigiu uma ação frenética, longe do comedimento e sutileza das primeiras edições, onde parecia que estávamos vendo um filme de Guerra nas Estrelas! Mesmo as vezes os personagens, e principalmente o Vader, parecerem mais um boneco (Vader não foi feito pra se mexer!), a arte continua muito boa!



    Nesse message board falam que o Cylo parece o Tim Curry!


    C3P-O: numa história envolvendo apenas dróides, descubra a ORIGEM DO BRAÇO VERMELHO QUE O C3P-O UTILIZA EM O DESPERTAR DA FORÇA!!!! Desenhada por ninguém menos que TONY HARRIS e escrita pelo James Robinson!





    Amigos, que HISTÓRIA DO CARAAAAAALHO! Assim, pra quem esperava ler uma história bem merdel e mequetrefe, é incrível ainda poder se impressionar com Star Wars! Olha, história MUITO BOA MESMO mostrando os dróides interagindo entre si, confabulando sobre a natureza de seus mestres e até um trecho que caminha por algo como "Os androides sonham com ovelhas mecânicas?". Caras, sensacional essa história, muito bem escrita, com momentos onde os personagens podem estar "se lembrando" do passado!





    O roteiro é o mais simples possível: perdidos em um planeta com um droide da Primeira Ordem como prisioneiro, C3P-O, um dróide de medicina, um dróide de construção e dois dróides de combate, um mais avançado e outro menos, precisam escapar dos augúrios do planeta hostil. Uma das histórias mais bem narradas de Star Wars, com aquele quê de gibi de Guerra nas Estrelas dos anos 90, onde TUDO era diferente do filme, o que deixava um negócio com mais frescor de novidade. E pensar que um negócio tão merda teria uma história tão legal.




    Na arte, Tony Harris faz miséria. Essa foi uma grata surpresa para quem acompanha a mensal com essa chuva de encadernados, porque acho que dificilmente esse one-shot será publicado em algum dos encadernados de Darth Vader que pipocam por aí. Simplesmente excelente.



    ao ler essa história você também pode pagar de entendido em Star Wars praquela gatinha nerdy que curte a série


    Triplo Zero e BT: história curta e pouco digna de nota envolvendo os dróides assassinos. Infelizmente a parte de "assassinos" fica só no nome mesmo, já que as porras dos dróides não matam ninguém de fato (pelo menos não diretamente e com requintes de crueldade), porém é uma história anedota e serve para termos mais desses personagens que amamos tanto. Acho que essas contra-partes dos droides foram uma das coisas mais legais desse "novo universo expandido". Arte boa de Mike Norton e roteirizado pelo Gillen.



    essa história se passa após os eventos de Queda de Vader, onde o Triplo Zero pegou os braços do C3P-O
Working...
X