Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem



    JOHN CONSTANTINE, HELLBLAZER – DEMONÍACO VOL. 5: ATÉ O ÚLTIMO HOMEM

    Bruxo. Trapaceiro. Punk decrépito. Sacana incorrigível. John Constantine já foi diversas coisas ao longo de sua longa e sinistra carreira – uma vida passada no difícil equilíbrio sobre a linha que separa o mundano do sobrenatural. Mas se tornar um cavaleiro da maldita Távola Redonda? Essa é nova! Nem é algo tão inimaginável quanto parece se pensarmos que toda a Inglaterra está rapidamente degringolando rumo a um caos infernal místico. Albion queima e algo está destruindo os laços que mantiveram a antiga ilha inteira desde o início dos tempos.

    Dragão, mago, demônio – como quer que você o chame, o poder de Merlin cresce uma vez mais e ele está determinado a levar a cabo a empreitada de sua vida imortal para se vingar de Deus. E só um homem parece capaz de impedi-lo: o lendário rei cuja alma está comprometida em defender o reino através dos tempos. Quem será o azarado que ficou com a tarefa de desenterrá-lo das profundezas?

    O quinto volume de John Constantine, Hellblazer Demoníaco continua a fase de PAUL JENKINS (Spectacular Spider-Man) nos roteiros de Constantine, com arte de SEAN PHILLIPS (Criminal) e Charles Adlard (Juiz Dredd). Este volume reúne as edições 108 a 114 da série John Constantine, Hellblazer.

    Histórias originais: Hellblazer 108 a 114

    Detalhes da edição
    Outubro/2017
    17 x 26 cm
    180 páginas
    Papel LWC
    Capa Cartão
    Lombada Quadrada
    R$ 25,90
    O encadernado abre com duas edições com histórias fechadas, naquele esquema de "caso da semana". A primeira, da garota ginasta anoréxica, e a segunda sobre a matilha de lobisomens. São duas boas histórias, e que ainda trazem por baixo a preparaçao para o arco principal desse volume que vem logo na sequência.

    Tal arco, Até o Último Homem, traz John Constantine em rota de colisão direta com o mago Merlin, com o destino da Grã-Bretanha em jogo. Paul Jenkins faz uma intepretação contemporânea de conceitos arturianos, com o Merlin rancoroso chefe do Serviço Secreto tentando se vingar de Deus. Essa história serve também para o roteirista usar bem todo o elenco de coadjuvantes que deu ao Constantine ao longo de seu run, e dando a eles uma boa importầncia na trama. Pra variar, o mago faz merda e alguém se dá mal por isso. A conclusão, com o encontro entre Merlin, Artur e Constantine é ótima. Por fechar várias pontas, esse encadernado tem o maior jeitão de final da fase Jenkins...mas ele continua no título depois disso.

    Na arte, a primeira edição fica a cargo do Charles Adlard (de The Walking Dead). Nunca havia visto um trabalho tão antigo dele (1997), pensei que a carreira dele fosse mais recente. As seis edições restantes são desenhadas pelo Sean Philips, seguindo o seu padrão habitual. E a capa é do fantástico Jae Lee, então é só vitória.

    Essa fase Paul Jenkins oscila bastante, não por ter histórias ruins, mas por soar muito burocrática em várias edições. Mas esse encadernado aqui talvez seja o mais consistente. Bom mesmo, o meu preferido até agora.
    A nova geração.

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

    tenho que colocar a leitura disso em dia

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

      No aguarde do teu review e do Cabral, as outras únicas duas pessoas que ainda acompanham esses encadernados de Hellblazer, pelo visto.
      A nova geração.

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

        adogo como as descrições desses encadernados tão começando sempre com Bruxo, ex-deputado federal, ex-punk, ex-professor de cursinho e DANDO o CURRICULO do constantine como se ele fosse candidato a alguma merda.
        Giovanni Giorgio

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

          Postado originalmente por Daft Flores Ver Post
          No aguarde do teu review e do Cabral, as outras únicas duas pessoas que ainda acompanham esses encadernados de Hellblazer, pelo visto.
          Eu só compro mesmo. Essa fase do Jenkis é chata pacas. To lendo os encadernados que tão saindo em versão nova do Delano.

          Comment


          • #6
            Re: [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

            Edição muito boa...
            DIGITAL ART: https://www.instagram.com/eduardo.spicacci.art/

            sigpic

            Comment


            • #7
              Re: [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

              Postado originalmente por Daft Flores Ver Post
              No aguarde do teu review e do Cabral, as outras únicas duas pessoas que ainda acompanham esses encadernados de Hellblazer, pelo visto.
              Só os melhores.

              E o Pato.

              Finalmente lido. Gostei bastante do encadernado. Normalmente, eu curto essas histórias fechadas do Constantine, estilo “ameaça da semana”, e aqui não é diferente. Gostei mais da segunda, com os lobisomens, que já prepara o terreno pro arco principal. Mas a primeira também é bacana, e adorei o lance do tal “ritual de fertilidade não genital” que John ficou de fazer pros tarados do clube.

              O arco principal também é muito legal. Na primeira lida, achei o início meio confuso, por causa dos eventos estranhos que vão sendo mostrados, sem muitas explicações. Mas tudo se encaixa perfeitamente depois, à medida que as coisas são esclarecidas.

              A trama com a corte do Rei Arthur é muito interessante, e tem umas sacadas bem legais, como o que está guardado na caixa procurada pelo Merlin e, principalmente, o papel reservado para Rich, o amigo pirado do Constantine. A saída do John para se livrar do Merlin é tão genial quanto escrota, já que ele acaba arrastando seus amigos pro meio da confusão. Isso, aliás, é bem a cara do Constantine, que vira e mexe se vê obrigado a fazer essas merdas, para limpar uma merda ainda maior.

              Aqui também Jenkins tem a oportunidade de usar o elenco coadjuvante que ele construiu para Constantine.

              Comment


              • #8
                Re: [AVALIAÇÃO] Hellblazer - Demoníaco Vol. 5: Até o Último Homem

                Gostei mais das histórias "soltas" do começo, especialmente da primeira, do que do arco em si.

                Parece que tem uma preguiça de construir melhor as soluções, as coisas vão aparencendo, se sucedendo meio que sem uma unidade na história, meio solto, viaja pra tal lugar que resolve, pega a cabeça que soluciona, sei lá. Ainda que a amarração final esteja bem dentro da "proposta" do personagem, o ser sacana, o ferrar os outros, que em si é algo que sempre acontece e sempre gera um questionamento, uma autocritica ineficiente ja que ele fatalmente acaba fazendo de novo.

                Fica de interessante o uso desses elementos do ideário fantasioso da Bretanha. É uma guinada, do horror, terror, místico pra fantasia.

                Um prenúncio do que viria a ser Fábulas é meio que um prenúncio do que Fábulas faria poucos anos depois, até a arte lembra.
                Let´s put a smile on that face!!!

                Comment

                Working...
                X