Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Liga da Justiça Renascimento #5 - não mais uma invasão alienígena...

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Liga da Justiça Renascimento #5 - não mais uma invasão alienígena...




    Quando um ataque viral causa uma pane nos sistemas do Cyborg, na Batcaverna e no satélite da Liga da Justiça (fazendo-o mergulhar dos céus), milhares de vidas correm risco. Quem estará por trás dessa poderosa investida?

    (Justice League 8-9)


    Revista tradicional
    17 x 26 cm
    52 páginas
    Papel LWC
    Capa Couché, Lombada Canoa (Grampeada)
    R$ 7,50
    Distribuição Nacional
    -------------------------------------


    Olha, as histórias da Liga da Justiça não estão imperdíveis, e a sucessão de eventos envolvendo seres de outros mundos parece ter dado uma folga aqui (embora no começo pudesse até parecer outra maldita invasão), mas a medida que vai se lendo o gibi, ele ganha o leitor por completo. Porque este gibi pode ser acusado de muitas coisas: arte safada, desenhista querendo escrever coisas que já foram feitas antes, trama que tem ligação zero com eventos cronológicos de membros do grupo (essa história da Liga podia se situar em qualquer momento da história do grupo), uma história que não ousa. Porém o que não pode ser acusado é de não entregar um trabalho bem feito e uma história a altura do que se propõe, o gibi entrega o que promete, uma aventura com os personagens da Liga.



    A Batcaverna ataca o Batman -


    A história começa quando Cyborg é hackeado no Satélite de Vigilância da Liga (de novo!), a Batcaverna é invadida e seu equipamento começa a atacar o Batman e logo em seguida até mesmo um dos membros da Liga é hackeado. Aí depois de tanta treta, descobre-se quem foi que hackeou. Caraaaaaalho... . Falando assim parece muito desinteressante, mas a verdade é que o gibi é interessante o suficiente pra se manter como diversão descartável que é.







    O gibi não é ruim per se, é uma história ok, sem maiores pretensões e legal pra quem gosta dos membros da Liga. É "apenas mais uma aventura", só que parece que inversamente proporcional a grandiosidade dos eventos que o Hitch escreve, está o impacto e ambição que o autor quer com sua história, onde quer chegar.





    A arte de Neil Edwards não é "feia", mas é a mais basicona possível. Inclusive acho que está até PIOR do que quando fazia com o Jeff Lemire a simpática Liga da Justiça Unida. Taí um gibi bem legal, com uma história grandiosa, mas que não inventava a roda e que era profundamente ligada a cronologia dos personagens, fazia o leitor sentir que ela se passava no mesmo universo que outras histórias e que os fatos ali que acontecem podiam implicar em algo. Acabou que era apenas uma boa história, mas pelo menos foi memorável, coisa que essa aqui dificilmente será. Aqui parece que o Hitch pegou a versão dos personagens das outras mídias e os coloca pra brincar juntos. Eu acho divertido, mas enjoa rápido. Vamos ver o quanto vai ser assim...



    "nunca aconteceria com Hal Jordan" - até que tem umas sacadas legais
Working...
X