Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)



    Superman se revelou ao público… mas será que Lois Lane também fará isso? Talvez a chegada de um misterioso pacote à fazenda da família a obrigue a tomar uma atitude que há muito posterga.

    (Action Comics 965-966)


    Revista tradicional
    17 x 26 cm
    52 páginas
    Papel LWC
    Capa Couché, Lombada Canoa (Grampeada)
    R$ 7,50
    Distribuição Nacional
    -----------------------------


    Faz algum tempo que esse gibi saiu, então se já tem tópico (eu verifiquei e não encontrei, e com os links pro MBB zoados, dificulta mais ainda pesquisar pelo Google filha da puta), favor avisem aí pra eu mesclar o comentário. Por que comprei esse gibi? Aliás, puta gibi com capa inusitada, sem o herói na frente, apenas a equipe do Planeta Diário com dois mistérios a frente: primeiro a própria Lois que devia ter OUTRA LOIS, uma LOIS BEM PUTA QUE DÁ PRO AMIGO JONATHAN DE PASSAGEM NA CIDADE, e um Clark Kent avulso ali, que até onde eu li, teve sua identidade revelada, por isso o próprio Clark kivali não assume a identidade civil dele mesmo. As coisas vão ser mais ou menos explicadas ao longo da edição.



    Lois se encontra com Jerry Lombado, que já tinha o costume de se insinuar mostrando o manjoulão dele


    Pois bem, eu comprei esse gibi justamente porque achei interessantíssimo o plot de como uma mulher boa, recatada e do lar faria a transição para uma puta relaxada rapariga safada da Lois Lane dos Novos 52, porque quem leu sabe que essa Lois é uma puta das mais contumazes, que não se fez de rogada de entregar a identidade do Clark Kento para o mundo assim que descobriu e ainda por cima DEU O CU, CHUPOU O PAU DO AMIGO JONATHAN, enquanto o Clark ia embora na chuva, ouvindo a sacanagem com sua superaudição, não menos. Pra mim uma das cenas mais traumáticas das HQs de todos os tempos. Aí como você vai transformar a Lois do Universo que conhecemos (que ela uma puta, mas assim que deu pro Super-homem, sabia que se pisasse fora do quadrado ia tomar no cu com ele) - aliás, o Clark daquele universo só mostrou pra ela que era o Super-Homem depois que já se apaixonou por ele. É como se revelasse que se é servidor público federal depois que a mina já tivesse liberado o cuzinho.



    Vejam como todos os machos se insinuam assim que a Lois Lane chega no recinto. Esses caras sabem que se puxar um pouquinho, conseguem no mínomo um boquete


    A história começa com a Lois tentando entrar nos sapatos de sua contra-parte daquele mundo, a fim de descobrir certas coisas que foram endereçadas a ela, pela Lois puta (eu realmente preciso terminar de ler a fase Novos 52 e Os Últimos Dias do Superman), e para isso precisa ir ao Planeta Diário para obter a informação. O problema é que é aos olhos de todos, amigos que conhecem bem a ela própria, sua versão puta, qualquer deslize pode significar a ruína de seu estratagema. Essa parte é realmente bem boa, e me senti lendo aqueles gibis do Super-homem antigos escritos pelo Dan Jurgens... oh, wait.



    Super-Homem manjão, depois de anos de experiência, sabe que depois de ir pra um lugar hipersexualizado como o Planeta Diário, a Lois precisa ser tratada como sua fêmea, para saber quem é que manda nessa porra.
    Por isso o Super-Homem chega com tudo, já encoxando na rapariga pra ela sentir o calor do homem de aço,
    se é que vocês me entendem



    Após alguns SHANANIGANS o mistério principal permanece: quem é esse novo Clark Kent e por que ele não deu em cima da Lois ainda como todo mundo? Minha teoria é que seja um Clark viado de outra Terra. No meio da investigação da Lois do lar sobre a Lois puta, uma inesperada visita da Superwoman acontece e na segunda parte coisas são finalmente explicadas, assim como as últimas palavras de uma puta safada.



    Super-Homem chega cansado de ficar piruando com o remelento dele por aí, e tudo que quer é chegar em casa pra ver a esposa que preparou a sua janta. Aí chega e não encontra nada pronto. A mulher na rua, sabe deus onde, e precisa explicar pro filho que sua mãe está na rua, uma hora dessas, talvez dando o cu pra outro macho por aí, "isso é moderno, meu filho, é comum. Aprenda." - A Vida em Sociedade do Homem Branco Hétero Cis Mangina Moderno


    A conversa com a Superwoman é reveladora em vários sentidos. Tanto em sentidos em relação a história que está sendo contada quanto a aspectos META- Gibis. Como por exemplo, depois da revelação aqui que ocorreu com a Lois puta, eu me pergunto "será que a Panini VAI PUBLICAR ESSA PORRA DE ENCADERNADO? Quem é responsável por arte e roteiro é o Phil Jimenez, e pode não ser o melhor dos roteiristas, mas certamente é um bom artista. Superwoman é um título que vez ou outra aparecem nos press releases de futuras histórias que podem vir, ou não, a serem publicadas. Eu já ia comprar o gibi por puro tesão em ver a mulher puta safada e empoderada de verdade da Lois Puta, agora com super poderes, só pra ver até onde isso vai. Agora com as revelações desta edição eu me pergunto qual o sentido de publicar isso, além de pura curiosidade mórbida. Eu mesmo quero ler.



    Superwoman: as mocreias não se batem. Mais: ótimos "closes na bunda" da personagem ao longo do gibi


    Eu não li as edições anteriores que geral malhou e disse que era mais do mesmo aqui no MBB. Mas peguei esta história justamente com um aspecto mais humano, a luta entre mulher do lar e puta dentro de cada rapariga, e devo dizer que achei bem boa. Pra quem é fã do personagem, certamente deve estar gostando de ler algo com mais coração, mistério e por que não? coração do personagem. Parece até uma história maior do personagem que está sendo desenvolvida aos poucos, ao invés de fazerem saga com hype em cima de hype. Mas não se preocupem, porque dado o gancho final da edição a porradaria volta logo. Infelizmente, eu não ( o gibi é bom, mas não posso comprar tudo e tem coisa melhor por aí). A arte do Stephen Segovia é bem boa, consegue captar bem o aspecto humano e os aspectos mais cachorras das raparigas. Em alguns aspectos inimagináveis, este gibi é uma aula.



    Super-homem mostra como tem que pegar a mulher: nada de hover hand, o negócio é já ir logo segurando pelo cu, passar a mão na bunda


    Edição da Panini tá boa como de costume nos gibis da DC e ainda capas variantes do Gary Frank no miolo, que consegue captar a sacripanta da Lois puta como ninguém. Um mestre na arte.

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)

    AS AVENTURAS DE DÃOZINHO NO LIMBO DOS GIBIS BISONHOS (OU NÃO)!!!

    http://gibiruim.blogspot.com.br/

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)



      mais um review espetacular de um gibi que com toda certeza é uma merda Dan Jurgens de sempre

      Belíssima interpretação a respeito das questões envolvendo a LOIS PUTA e a LOIS DO LAR, baita apelidos . Pra resolver isso e mesclar as duas, suas cronologias e personalidades, teremos muitos splashpages power point pela frente, tenho certeza. Acho que no final aquelas cenas Lois Puta 52 mais clássicas do Clark com super-audição ouvindo de longe ela dando o cu não vão mais valer.

      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
      o Clark daquele universo só mostrou pra ela que era o Super-Homem depois que já se apaixonou por ele. É como se revelasse que se é servidor público federal depois que a mina já tivesse liberado o cuzinho.


      você é muito ardido, puta que pariu




      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
      Minha teoria é que seja um Clark viado de outra Terra.







      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post

      Vejam como todos os machos se insinuam assim que a Lois Lane chega no recinto. Esses caras sabem que se puxar um pouquinho, conseguem no mínimo um boquete


      Parece academia quando passa uma gostosa . Eu, por uma questão de ORGULHO pra ela baixar a bola e não se sentir tão gostosa, nem tchum.

      Bom, na verdade eu nem tchum também porque não teria chance com essas cavalona mais delícia mesmo. Mas uso como desculpa pra mim mesmo





      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
      A história começa com a Lois tentando entrar nos sapatos de sua contra-parte daquele mundo, a fim de descobrir certas coisas que foram endereçadas a ela, pela Lois puta (eu realmente preciso terminar de ler a fase Novos 52 e Os Últimos Dias do Superman), e para isso precisa ir ao Planeta Diário para obter a informação. O problema é que é aos olhos de todos, amigos que conhecem bem a ela própria, sua versão puta, qualquer deslize pode significar a ruína de seu estratagema.
      Não tava definido que tanto o Super quanto a Lois pré-reeboot tem cara de mais velhos, mais acabados pela vida de casamento e de pais de um pirralho chato pra caralho? Como que pode se passar pela outra lois? Ou ela chega e todo mundo só acha que a Lois ta mais arregaçada mesmo, mais MILF?

      De qualquer forma, meio creepy e CALHORDA ela se passando por outra, roubando sua identidade e tudo. Falsidade ideológica





      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
      Essa parte é realmente bem boa, e me senti lendo aqueles gibis do Super-homem antigos escritos pelo Dan Jurgens... oh, wait.


      É isso que eu falo, porra. Essas merdas de gibis do Superman não apenas são ruins. São tipo "eu já li isso antes, hein" o tempo todo. Nem tentam trazer algo novo





      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post

      Super-Homem chega cansado de ficar piruando com o remelento dele por aí, e tudo que quer é chegar em casa pra ver a esposa que preparou a sua janta. Aí chega e não encontra nada pronto. A mulher na rua, sabe deus onde, e precisa explicar pro filho que sua mãe está na rua, uma hora dessas, talvez dando o cu pra outro macho por aí, "isso é moderno, meu filho, é comum. Aprenda." - A Vida em Sociedade do Homem Branco Hétero Cis Mangina Moderno


      que foda essa

      Você vê que Dan Jurgens ainda é UM MENINO, antenado com as modernidades




      Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post
      peguei esta história justamente com um aspecto mais humano, a luta entre mulher do lar e puta dentro de cada rapariga. Em alguns aspectos inimagináveis, este gibi é uma aula.
      nossa, velho

      que doença
      Last edited by FLUFFY; 03-10-2017, 02:41 PM.

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)

        Que doente esse pato

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)

          Pato, conta pra gente, aquele blog "Vida Ruim de Pobre" é seu não é? Galera, confissão aqui: de vez em quando eu leio os reviews do Pato para as peguetes! É zoeiro demais esse maluco!
          Acompanhe as histórias de Ciclope - O Primeiro X-man.

          http://www.mbbforum.com/mbb/showthread.php?28491-Ciclope-O-primeiro-X-man!!!-Miss%E3o-imposs%EDvel-Parte-1

          Comment


          • #6
            Re: [AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)

            Postado originalmente por FLUFFY Ver Post
            De qualquer forma, meio creepy e CALHORDA ela se passando por outra, roubando sua identidade e tudo. Falsidade ideológica

            [...]


            É isso que eu falo, porra. Essas merdas de gibis do Superman não apenas são ruins. São tipo "eu já li isso antes, hein" o tempo todo. Nem tentam trazer algo novo

            Foi definido na história que foi a própria Lois Puta que mandou arquivos para a Lois DO LAR para investigar mais a fundo entre suas coisas, porque a puta quis escrever um livro sobre os feitos do Superman Novos 52, mas porque é uma rapariga sífilica não consegue se comprometer a um trabalho sem ser zoando o próprio cu e abandonou o projeto.


            Olha, o gibi não está ruim. Fica muito naquelas que o Msy falou no tópico para Superman #5 de que as coisas andam numa cadência mais morna, porém interessante, até chegar a um momento over. O Jurgens ainda tá escrevendo o gibi, não? Fica com cara daquelas tramas bem amarradas, como por exemplo quando foi revelado que o Lex Luthor 2 era o próprio Luthor num corpo dum clone, isso só foi revelado para todos naquele arco, mais de dez edições normais depois, da queda de Metropolis, quando os clones ganharam uma doença nojenta, foi que os outros personagens todos ficaram sabendo da verdade. Isso foi uma construção muito boa. Quando falei que lembrava os gibis antigos, foi realmente um elogio


            Mas eu realmente tô legal de Super-Homem apenas lendo o do Tomasi. Essa Panini partiu os gibis do Batman e do Super em dois aí fica foda de acompanhar tudo.


            Postado originalmente por Tyrion Summers Ver Post
            Pato, conta pra gente, aquele blog "Vida Ruim de Pobre" é seu não é? Galera, confissão aqui: de vez em quando eu leio os reviews do Pato para as peguetes! É zoeiro demais esse maluco!


            não tenho blog, amigo. É bom ver as reações das peguetes quando você fala os relatos. Algumas reações podem ser reveladoras.

            Comment


            • #7
              Re: [AVALIAÇÃO] Superman - Action Comics #5: BEM-VINDA DE VOLTA, LOIS LANE (sua puta)

              eu também já fiz essa com ex de falar "ce acha que eu sou maluco com esses gibizinhos, lê isso aqui que o cara interpretou do gibi". Acho que foi num review de aves de rapina há muito tempo, algo assim

              Comment

              Working...
              X