Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!



    O SINAL DE YAMA

    Texto: Mauro Boselli * Desenhos: Fabio Civitelli

    Cuidado! Ninguém está seguro! O filho de Mefisto voltou! Numa noite, dentro de um carroção solitário nas desoladas pradarias do Nebrasca, Blacky Dickart é agitado por pesadelos tenebrosos, nos quais ressoa a voz de seu pai. E o céu tempestuoso do Oeste se enche de demônios e fantasmas! Nesse ínterim, ao seguir os rastros de quatro misteriosos assassinos que roubaram peças sagradas de uma velha missão, Tex e seus parceiros se veem às voltas com armadilhas mortais e presságios sinistros, e um raio traça no caminho deles o sinal fatídico de Yama!

    Formato 13,5 x 17,6 cm
    116 pags
    Preto & branco
    Distribuição nacional
    R$ 8,90
    ----------------



    OS CAVALEIROS DO MAL

    Texto: Mauro Boselli * Desenhos: Fabio Civitelli

    Yama, o Senhor da Morte, voltou. Nos rastros de quatro misteriosos cavaleiros negros que julgam ser cúmplices de Yama, Tex e seus parceiros pedem ajuda a El Morisco. Atacados na casa do feiticeiro de Pilares, Tex, Carson e Kit escapam por pouco, mas Yama consegue ferir Jack Tigre e Eusébio. O filho de Mefisto obteve dos deuses obscuros novos extraordinários poderes mágicos em troca da destruição de Tex e seus amigos. Então, nossos heróis decidem investigar os novos imigrantes indianos e, no porto de San Pedro, Califórnia, salvam uma garota, Shakti, de um servo de Yama.

    Formato 13,5 x 17,6 cm
    116 pags
    Preto & branco
    Distribuição nacional
    R$ 8,90
    -----------------------------------------

    Esse deve ser o gibi mais satanista que eu já peguei! É muita trancação de rua nessas páginas! Gibi du mal! Do satanás! Do jaco no coro! Esse gibi vai fazer você dar a volta em sua casa por 7 vezes procurando a chave pra só encontrar no bolso depois da sértima volta. Esse gibi é do Arimã. Do Golgotha. Do Pazzuzu. Do coisa ruim. Do Lucifeiz. Do príncipe do mal. Do Belzebu. Do Asmodeu. Do Baal, do Mefisto, do Diablo. Do Baphomet. Esse gibi é pra ler dia 07 de 2017 na Missa Negra regrado a vinho. Gibi do maaaaaaal






    Nossa história começa numa cidade pacata onde vive Blacky Didicart, um pobre fudido e coitado que ainda vive com a mãe, a velha Myrian, que a muito tempo atrás espero que tenha sido um pítel pro Mefisto, porque a velha tá só o chorume. Acontece que chegou o dia da virada quando forças negras deram poder para Blacky Dickart sair daquela merda e se tornar Yama!





    Após esse começo SATÂNICO, o gibi é cortado para Kit Willer e Jack Tigre em busca de umas ratazanas que estão sendo procuradas. Como ficamos sabendo ao longo da história, são os responsáveis pelo roubo de artefatos de um museu em uma porra de lugar aí. Após uma cena de ação FUDEROSA, ficamos sabendo que o grupo na verdade se separou, e enquanto Tigre e Kit Willer foram atrás de um disparte, Tex e Carson é que ficaram pra roer o osso duro.



    uma luta no deserto poucas vezes vista!


    Na parte seguinte ao que ocorreu a Kit Willer e Tigre, temos uma das sequências de ação mais DESENFREADAS, SOBERBAS, BACANAS, DO CARALHO, TIROMBOLAS E ESPETACULARES que eu já vi numa história do Tex. Pensem Tex entrando num bar, aí a MERDA VIRA BONÉ e é tiro pra todo lado, com inimigos aparecendo aos borbotões e ainda por cima um tiroteio no escuro que não perde em nada para o duelo de espadas que ocorre em Kill Bill volume 1 (a comparação aqui vai apenas nos termos que a luta ocorre no escuro). Que situação fodida! Que tensão danada! Sem dúvida, uma das melhores sequências de tiros, um dos melhores começos de história que já vi em Tex! Gibizão da porra! Termina com a tal infame marca de Yama aparecendo.



    Esse tiroteio foi muito do caralho!!!!


    Na edição #574 temos Tex e seus pards querendo tirar algum sentido daquilo tudo. Junto a um dos comparsas baleados daqueles putos que quiseram tirar a vida dos cowboys, está um medalhão com um bicho feio do caralho, que ao tratar com El Morisco (praqueles que já conhecem Tex, fica claro a participação do personagem já na capa) descobrem se tratar do próprio Yama, a divindade indiana do destino e da morte. Após alguns sustos no deserto em busca dos quatro cavaleiros, as traquinagens de Yama, Tex e seus companheiros chegam até Pilares.




    Lá em Pilares graças a ajuda de El Morisco, Tex e os outros descobrem tudo a respeito de Yama que precisam. Porém as traquinagens de Yama não tem fim, e além de um perigo oculto, graças a um ritual diabólico que Yama e seus seguidores realizam, o grande Yama consegue poderes extras para perpetuar o mal. Além disso, Yama ainda adianta um de seus SHANANIGANS para Tex e demais.



    Yama entra no portal negro a fim de encontrar os mestres sombrios que o darão mais poder


    Após mais uma das traquinagens de Yama, Tex e pards começam a jornada em busca do maluco. A história tá bem boa. A ação desenfreada da primeira caiu quase que inteiramente no suspense, mas com uma pitada de ação. Gibizão da porra!!! Eu acho que o roteirista e desenhista fizeram PACTO COM O JACO pra conseguirem obter uma história tão fuderosa. Muito massa quando o gibi do Tex sai desses lugares comuns.





    A arte de Fabio Civitelli está FANTÁSTICA! Casa perfeitamente com o estilo de história, consegue aplicar expressões boas aos rostos como ninguém e suas viagens místicas e abissais são HORRENDAS! No bom sentido! Que clima, que viagem, que sensação que a história transmite ao leitor graças as imagens satânicas!



    "se você tem poder, quebre meu dedo"


    A edição da Mythos está bem boa. Não lembro de palavras ou letras trocadas. O papel e a impressão estão melhores desde o começo do ano. O gibi ainda tem um editorial do Hélcio de Carvalho comentando os 20 anos da editora Mythos (em meu coração ainda é Myjus, mas melhorou consideravelmente) e nas duas contra-capas uma adição inusitada: tirinhas sobre o personagem Edibar, uma tira meio merda que circula por aí, mas aparentemente o criador é fã de Tex ao ponto de colocar algumas referências, então a Myjus encomendou algumas tiras do personagem. É ver para crer.



    eu só creio no Cramunhão

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

    Pensei que você ia aguardar a parte final da história pra abrir o tópico de avaliação, então vou começar a leitura por aqui e depois volto pra ler sua resenha e contribuir com o tópico.

    A parte tres você vai comentar por aqui mesmo?
    “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

      Postado originalmente por Mountain Man Ver Post
      Pensei que você ia aguardar a parte final da história pra abrir o tópico de avaliação, então vou começar a leitura por aqui e depois volto pra ler sua resenha e contribuir com o tópico.

      A parte tres você vai comentar por aqui mesmo?
      Eu só fiz dupla porque acumulei a leitura. A parte #3 (edição #575 de Setembro) vou fazer um tópico próprio. O ideal é que tivesse um tópico por uma edição, todo mês.

      amigo, esses são tópicos de avaliação. Qualquer um pode abrir da edição do mês e comentar. Quem abre o tópico pegamos o link e colocamos lá em Índice Geral de Avaliações no mês respectivo na lista de gibis do mês, também com tópico sempre fixo na primeira página.

      A única coisa que pode ocorrer é o desgosto de ninguém comentar, mas isso já são fatos da vida do MBB em que a galera compra e não lê

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

        Dei mole, esta altura do campeonato a distribuidora já deve ter recolhido a parte 1.

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

          Só li a primeira parte ainda, comprei a segunda mas vou esperar chegar mais perto da terceira pra ler. O tiroteio no bar foi um ARRASOOOO realmente, desenho soberbo. Eu ja tinha lido algumas historias sobrenaturais do Tex mas nenhuma tão cria do sete pele como essa, ta louco, fui ler antes de dormir e dormi me sentindo mal, sim sou um ser de luz sensível.
          Quadrinho Nacional Humilde e Simples
          Capitulo Atual: #4 - Visitante!

          PARA ACOMPANHAR:
          https://www.facebook.com/ucsmanga

          Comment


          • #6
            Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

            Li a primeira parte, até agora é o retorno de um personagens das antigas em alto estilo. Logo no começo dá pra ficar um pouquinho perdido se o leitor não teve contato com a última aparição do Yama, de sei lá, uns vinte anos atrás, mas as cenas de ocultismo são bem elaboradas, tanto no roteiro quanto nos desenhos, já dando o tom do que vem pela frente.

            Em seguida temos uma subtrama que na verdade vai servir como fio condutor do encontro de Tex com seu velho inimigo, um western clássico que já faz a história valer a pena mesmo não sendo o mote principal da trama. Tudo muito bem montado, desde a entrada de Tex e Carson no "povoado" até o tiroteio dentro do saloon caindo aos pedaços (impossível não imaginar uma bela tomada de filme quando Carson pergunta quantos bandidos devem ter fora do saloon e imediatamente a câmera mostra o mar de pistoleiros lá fora) e finalizando com o sinal de Yama que serve de gancho pra segunda edição.

            Uma coisa bastante legal de Tex é que eles não apelam na utilização de personagens clássicos do cânone, até mesmo o Mefisto que é o arquinimigo do ranger demorou bem uns trinta anos para aparecer novamente, fazendo com que cada aparição se constitua num evento marcante.

            O Yama desses novos tempos não lembra em nada o vilão meio idiota de outrora que não chegava nem aos pés do seu pai, Mefisto. Boselli consegue trabalhar bem o atormentado antagonista unindo o clássico com o moderno e o Fabio Civitelli dá um verdadeiro show nos desenhos, fissurado pelo personagem e já no staff há mais de trinta anos o cara só melhora, parece uma obsessão em sempre superar seu último trabalho. Se o Villa mereceu desenhar a última aparição do Mefisto o Civitelli não faz por menos e desfila pranchas e mais pranchas com uma arte espetacular trazendo de volta do reino das trevas o Yama.
            “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

            Comment


            • #7
              Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

              Postado originalmente por Mountain Man Ver Post
              Li a primeira parte, até agora é o retorno de um personagens das antigas em alto estilo. Logo no começo dá pra ficar um pouquinho perdido se o leitor não teve contato com a última aparição do Yama, de sei lá, uns vinte anos atrás, mas as cenas de ocultismo são bem elaboradas, tanto no roteiro quanto nos desenhos, já dando o tom do que vem pela frente.

              Em seguida temos uma subtrama que na verdade vai servir como fio condutor do encontro de Tex com seu velho inimigo, um western clássico que já faz a história valer a pena mesmo não sendo o mote principal da trama. Tudo muito bem montado, desde a entrada de Tex e Carson no "povoado" até o tiroteio dentro do saloon caindo aos pedaços (impossível não imaginar uma bela tomada de filme quando Carson pergunta quantos bandidos devem ter fora do saloon e imediatamente a câmera mostra o mar de pistoleiros lá fora) e finalizando com o sinal de Yama que serve de gancho pra segunda edição.

              Uma coisa bastante legal de Tex é que eles não apelam na utilização de personagens clássicos do cânone, até mesmo o Mefisto que é o arquinimigo do ranger demorou bem uns trinta anos para aparecer novamente, fazendo com que cada aparição se constitua num evento marcante.

              O Yama desses novos tempos não lembra em nada o vilão meio idiota de outrora que não chegava nem aos pés do seu pai, Mefisto. Boselli consegue trabalhar bem o atormentado antagonista unindo o clássico com o moderno e o Fabio Civitelli dá um verdadeiro show nos desenhos, fissurado pelo personagem e já no staff há mais de trinta anos o cara só melhora, parece uma obsessão em sempre superar seu último trabalho. Se o Villa mereceu desenhar a última aparição do Mefisto o Civitelli não faz por menos e desfila pranchas e mais pranchas com uma arte espetacular trazendo de volta do reino das trevas o Yama.
              Esse primeiro capítulo é mesmo do caralho. Acho que foram umas introduções mais legais de histórias de Tex que já vi.

              A segunda edição, como dito, fica um pouco mais "lenga lenga", mas é porque a história pede, e muitas vezes lembram até um gibi do Dylan Dog!

              Como você e o Eleandil falaram, pra mim, a cena do tiroteio na """"""cidade""""""" já nasceu clássica. Introdução do caralho. Tex só vai dar a cara no gibi lá pela metade dele.

              Realmente acho legal quando deixam o personagem de molho até o retorno num momento propício. Porra, 20 anos pro cara voltar! - talvez muito do apelo da Saga do Clone dos anos 90 no povo seja porque o clone e o Chacal voltaram depois de um tempo parecido desses. Hoje em dia é arroz de festa, em dois a três anos sempre voltam com o personagem. Alguns incrivelmente ainda ficam mortos.

              Postado originalmente por Ratinha Ver Post
              Dei mole, esta altura do campeonato a distribuidora já deve ter recolhido a parte 1.

              Ratinha, eu sempre acompanho os comentários no tópico de Tex aqui do fórum pra ficar por dentro dos gibis que valem a pena (na maioria das vezes) pra pegar do personagem. Tem muita edição que eu pulo.


              Postado originalmente por Ealendil Ver Post
              Só li a primeira parte ainda, comprei a segunda mas vou esperar chegar mais perto da terceira pra ler. O tiroteio no bar foi um ARRASOOOO realmente, desenho soberbo. Eu ja tinha lido algumas historias sobrenaturais do Tex mas nenhuma tão cria do sete pele como essa, ta louco, fui ler antes de dormir e dormi me sentindo mal, sim sou um ser de luz sensível.
              Last edited by Pato_Osborn_Olsen; 18-09-2017, 10:22 AM.

              Comment


              • #8
                Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

                Todas as edições do TEX, em que a trama gira em torno do supernatural, são excelentes, mas essas duas são sensacionais!
                sigpic

                Comment


                • #9
                  Re: [AVALIAÇÃO DUPLA] Tex #573 & #574 - O Sinal de Yama/ Os Cavaleiros do Mal: TEX VS. O CAPETA!!!!

                  Li a segunda parte dessa belíssima trama, e a capirotagem rola solta, se você for crente fanático NÃO leia esse gibi, tem representação de tudo o que não presta pipocando pra todo lado. A contrução da história está excelente num crescente muito bom envolto a tensão e clima sinistro, além de muitos diálogos coerentes sem soar como encheção de linguiça.

                  O destaque sem dúvidas é a viagem abismal do Yama estupendamente desenhada pelo Civitelli, se os americanos utilizam recursos digitais e os desenhistas japoneses contam com muitos auxiliares em seus estúdios, aqui é tudo feito no peito e na raça, até os pontilhismos são feitos a pincel, um trabalho do cacete.

                  Espero que tenha um fim digno por que a trama está muito boa.
                  “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

                  Comment

                  Working...
                  X