Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Dificuldades do leitor iniciante

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Dificuldades do leitor iniciante

    Já faz algum tempo que percebo que há pessoas que desejam ler quadrinhos de super-heróis e acabam esbarrando em algumas dificuldades que as desanimam. Claro que se insistirem um pouco podem conseguir e hoje às coisas são mais fáceis que no passado. Ainda assim acho que para nós que lemos HQs já faz certo tempo, algumas coisas passaram a ser consideradas óbvias e não são.

    Recentemente, fiz um vídeo tentando dar alguns toques para quem está começando. Vou postá-lo aqui, caso alguém queira dar uma olhada. Mas a intenção do tópico é fazer jabá, mas perguntar aos colegas quais são as dificuldades que acham que mais atrapalham quem está começando a ler quadrinhos de super-heróis.

    Quem sabe essa conversa não rende umas ideias boas para ajudar quem está começando.

    Bom, é isso!

    Só vale a pena viver pelo que vale a pena morrer!

  • #2
    Re: Dificuldades do leitor iniciante


    Bem simpático o vídeo, sugiro que repita esse post lá no tópico "Comentando Canais do Youtube Voltado À Quadrinhos".

    Além de mais comentários, pode conseguir mais seguidores.


    https://mbbforum.com/mbb/showthread....%C0-Quadrinhos
    sigpic

    Comment


    • #3
      Re: Dificuldades do leitor iniciante

      Opa...
      Acompanho bastante esse tópico sobre o Youtube.
      Postei aqui por desejar que o foco fosse a questão e não o vídeo.
      De todo, modo a forma como coloquei pode não te dado a entender isso.
      Vou deixar aqui por mais tempo... Qualquer coisa, apago e coloco lá.
      Valeu pelo toque.
      Só vale a pena viver pelo que vale a pena morrer!

      Comment


      • #4
        Re: Dificuldades do leitor iniciante

        Na boa, não vejo dificuldades.

        Na época da Abril (que foi o período em que mais se vendeu super-heróis em QUANTIDADE) o leitor chegava na banca e olhava as capas. E se virava lendo, pegando referências em sessões de cartas e olhe lá. Tu passava anos para se situar melhor na cronologia e isso não impedia ninguém de continuar comprando, continuar lendo, continuar se divertindo.

        Porra, hoje em dia o cara tem internet, tem sites das editoras, tem os sites em inglês para se situar cronologicamente, tem foruns para trocar ideia, tem canais no youtube.

        Basta o cara se interessar um pouquinho que ele acha informações sem sair da cadeira.

        Geração mimimi do carai.
        Paz e amor...só tranquilidade.

        Comment


        • #5
          Re: Dificuldades do leitor iniciante

          Acaba que a própria internet acaba sendo o "guia do leitor iniciante",
          Eu já lia mangas, comecei a ler supers logo após o filme do Hhomem-de-Ferro, mas meus primeiros gibis foram um aleatório da Guerra Civil e um do Homem-Aranha, quando vi que estava fazendo o negócio pelo lado errado e iria gastar fortunas dando tiro no escuro corri atrás de indicações na internet (e como logo após fiquei desempregada, baixei e li scans como se não houvesse amanhã - e por isto li e sei de muita coisa que muita gente que leu gibi desde a infância).
          Ocorre que pontos de entrada são necessários, por mais que reboot e coisas do gênero irritem, são necessários (só não pode ser feita de uma maneira louca como a Marvel estava fazendo recentemente com numeros 1 a cada seis meses, pois aí o caboco também fica sem saber por onde entrar).
          Acaba que por este formato de arco, e até mesmo - sem reset de numeração, as grandes sagas propriciam isto (aot contrário de mangas), claro que quando a cronologia fica "encadeada demais" o tiro sai pela culatra.

          Agora um gibi que eu vejo muito problema pra iniciantes, justamente porque você pode começar de qualquer edição, é Tex e as outras coisas da Bonelli.
          Quando tu entra num forum e pergunta: "Quero começar a ler Tex (ou Julia Kendall) por onde começo?".
          Logo vem a resposta, pode pegar qualquer um e começar hoje.
          Soa como "É tudo a mesma porcaria sempre", ou "aquela coisa é sempre igual".
          Se o leitor fã da coisa é incapaz de indicar alguma história memorável, pra que eu vou começar esta porcaria? (mas Tex é ótimo, e a media geral é de boas histórias).
          Pode ser que o leitor pegue aleatoriamente na banca uma história boa e continue, ou pegue uma ruim e nunca mais chegue perto. Mas Batman, Supeman, Homem-Aranha sempre há indicações de boas histórias pra iniciantes.

          Comment


          • #6
            Re: Dificuldades do leitor iniciante

            Postado originalmente por Ricardo Ver Post
            Na boa, não vejo dificuldades.

            Na época da Abril (que foi o período em que mais se vendeu super-heróis em QUANTIDADE) o leitor chegava na banca e olhava as capas. E se virava lendo, pegando referências em sessões de cartas e olhe lá. Tu passava anos para se situar melhor na cronologia e isso não impedia ninguém de continuar comprando, continuar lendo, continuar se divertindo.

            Porra, hoje em dia o cara tem internet, tem sites das editoras, tem os sites em inglês para se situar cronologicamente, tem foruns para trocar ideia, tem canais no youtube.

            Basta o cara se interessar um pouquinho que ele acha informações sem sair da cadeira.

            Geração mimimi do carai.
            É bem isso. Se quiser, é só começar e se divertir.

            O problema é que hoje a pessoa começa a ler e acha que já sabe tudo só porque viu o herói no cinema e quando vai ler, tem muitas coisas diferentes do que ele viu. E, desiste e depois fica reclamando.

            Comment


            • #7
              Re: Dificuldades do leitor iniciante

              Eu comecei pela X-men Premium. Na época tava mais acostumado com o desenho animado dos mutantes.

              Pra ser sincero, nem tive tanta dificuldade em acompanhar as histórias. Só mesmo a estranheza pelas coisas serem tão diferentes da minha referência (o desenho da TV)

              Comment


              • #8
                Re: Dificuldades do leitor iniciante

                Considero que a única dificuldade do leitor é a sua própria preguiça. Porque tá tudo aí mastigado na internet, lista de quadrinhos e youtubers que dao dicas de leitura. Com um pouco de pesquisa se aprende a cronologia de qualquer personagem, e tem a Romênia aí pra quem não pode gastar muita grana com quadrinhos.

                Edit: lembrei agora outro grande problema além da preguiça, que é o preconceito que muitos leitores tem que certo tipo de material. Tem aqueles consumidores de quadrinhos de super herois que acham mangás uma merda, e por conta desse preconceito perdem de conhecer obras como Lobo Solitário e Akira. Tenho um amigo que não lê nenhuma hq em preto e branco, pra ele tem de ser colorido. Então imaginem o tanto de conteúdo foda ele está perdendo por conta desse preconceito idiota.
                Last edited by muberen; 03-09-2017, 10:17 PM.
                Vendo e compro alguns quadrinhos, quer ver a lista? É só clicar http://www.mbbforum.com/mbb/showthre...48#post4071048

                Comment


                • #9
                  Re: Dificuldades do leitor iniciante

                  Postado originalmente por Ricardo Ver Post
                  Na boa, não vejo dificuldades.

                  Na época da Abril (que foi o período em que mais se vendeu super-heróis em QUANTIDADE) o leitor chegava na banca e olhava as capas. E se virava lendo, pegando referências em sessões de cartas e olhe lá. Tu passava anos para se situar melhor na cronologia e isso não impedia ninguém de continuar comprando, continuar lendo, continuar se divertindo.

                  Porra, hoje em dia o cara tem internet, tem sites das editoras, tem os sites em inglês para se situar cronologicamente, tem foruns para trocar ideia, tem canais no youtube.

                  Basta o cara se interessar um pouquinho que ele acha informações sem sair da cadeira.

                  Geração mimimi do carai.
                  Na década de anteriores à internet (sim vivi elas), você se contentava com que tinha.
                  Por isto era fácil aceitar o gibi da banca e continuar.
                  Claro que tu podia dropar o gibi, mas aí só iria restar ver Thundercats e He-man à exaustão com os seus sempre iguais episodios, ou tentar reunir a turma pro futebol de rua.
                  Hoje a oferta de produtos é muito maior, ninguém vai ficar gastando trocentas horas se virando e pegando referências. Se o troço dá mais trabalho do que diversão, o cara vai partir pra outra.

                  Eu chutei o balde com a nova Marvel por isto.
                  Cansei de ficar horas na marvel.wikia, wikipedia e tudo mais tentando garimpar bons títulos (que sim, há muitos), do mesmo jeito que já estou começando a chutar balde com Disney (Barks e Don Rosa bastam) e Bonelli (vou pegar a coleção da Salvat e não vou tostar mais paciência com os grupos de fumeteiros que toda e qualquer edição de Tex é muito boa conforme eles).

                  A oferta de coisas é muita, o cara se interessa, se esforça um pouquinho, se não compensa e aí ele tem se esforçar mais, ele cai fora.

                  Comment


                  • #10
                    Re: Dificuldades do leitor iniciante

                    Eu comecei da seguinte forma:

                    Vol X Edição 1 para frente OU Runs de fulano e beltrano OU Sagas/Arcos em ordem de lançamento.

                    Nunca vi muito segredo não, é só meter a cara.
                    ...

                    Comment


                    • #11
                      Re: Dificuldades do leitor iniciante

                      Como já disseram, a maior dificuldade do leitor é ele mesmo.

                      Comprou um número aleatório e gostou! Vá atrás de outros números! Se informe sobre a revista! Usa a internet que os seus pais pagam pra você!! VÁ ESTUDAR!!!

                      "Guia de como ler quadrinhos" só se for pra essa molecada movida a Ovomaltine que não tira a bunda de frente do computador e que consegue digitar um texto e mascar chiclete ao mesmo tempo...

                      Comment


                      • #12
                        Re: Dificuldades do leitor iniciante

                        Olha, eu comecei a ler gibis americanos relativamente a pouco tempo. Foi na época da Guerra Civil aqui no Brasil. Fiquei fascinado pelo conceito da comunidade super-heroica se dividir e brigar por uma questão que "importa" dentro daquele universo. Tinha umas dez dúzias de heróis e vilões que eu, enquanto espectador dos filmes e desenhos somente, nunca nem ouvia falar. E conseguir entender tudo. Porque, no final, isso é perfumaria.

                        Um dos maiores problemas da galera que tá chegando agora é o colecionismo. Talvez influenciados pelos mangás, talvez pelos filmes, talvez seja só uma característica dessa geração ridícula que coleciona e compra marca-páginas pelo mesmo valor que livros em capa dura, não importa. [E por geração aqui, não quero dizer idade, mas a época em que chegaram ao nicho.] Os caras simplesmente não conseguem começar uma leitura sem ter que procurar todo material anterior disponível. Saiu lá o Cavaleiro da Lua do Lemire e o que eu vi de gente reclamando que não tinha lido as edições anteriores e que não leria essa porque já era o 4 foi um absurdo. Talvez seja a cultura da lombada. Talvez seja a falta de desprendimento. Talvez seja só falta de vergonha na cara.

                        Nunca tivemos tantas "listas de leituras" em ordem cronológica nos sites "nerds". Nunca foi tão fácil saber por onde começar, o que ler o que pular. E mesmo assim, o que mais vemos é preguiça. É reclamações infundadas. É, de novo, falta de vergonha na cara em querer pagar de descoladão mas ter preguiça de fazer uma coisa direito. Ta aí as coleções da Salvat que todo mundo faz mas ninguém lê.
                        .

                        Comment


                        • #13
                          Re: Dificuldades do leitor iniciante

                          Postado originalmente por Nick Ver Post
                          Olha, eu comecei a ler gibis americanos relativamente a pouco tempo. Foi na época da Guerra Civil aqui no Brasil. Fiquei fascinado pelo conceito da comunidade super-heroica se dividir e brigar por uma questão que "importa" dentro daquele universo. Tinha umas dez dúzias de heróis e vilões que eu, enquanto espectador dos filmes e desenhos somente, nunca nem ouvia falar. E conseguir entender tudo. Porque, no final, isso é perfumaria.

                          Um dos maiores problemas da galera que tá chegando agora é o colecionismo. Talvez influenciados pelos mangás, talvez pelos filmes, talvez seja só uma característica dessa geração ridícula que coleciona e compra marca-páginas pelo mesmo valor que livros em capa dura, não importa. [E por geração aqui, não quero dizer idade, mas a época em que chegaram ao nicho.] Os caras simplesmente não conseguem começar uma leitura sem ter que procurar todo material anterior disponível. Saiu lá o Cavaleiro da Lua do Lemire e o que eu vi de gente reclamando que não tinha lido as edições anteriores e que não leria essa porque já era o 4 foi um absurdo. Talvez seja a cultura da lombada. Talvez seja a falta de desprendimento. Talvez seja só falta de vergonha na cara.

                          Nunca tivemos tantas "listas de leituras" em ordem cronológica nos sites "nerds". Nunca foi tão fácil saber por onde começar, o que ler o que pular. E mesmo assim, o que mais vemos é preguiça. É reclamações infundadas. É, de novo, falta de vergonha na cara em querer pagar de descoladão mas ter preguiça de fazer uma coisa direito. Ta aí as coleções da Salvat que todo mundo faz mas ninguém lê.
                          Opinião bastante lúcida (mais lúcida do que de alguns velhacos so forum que continuam a pensar como se o mundo ainda estivesse em 96).


                          Postado originalmente por Nunes Ver Post
                          Como já disseram, a maior dificuldade do leitor é ele mesmo.

                          Comprou um número aleatório e gostou! Vá atrás de outros números! Se informe sobre a revista! Usa a internet que os seus pais pagam pra você!! VÁ ESTUDAR!!!

                          "Guia de como ler quadrinhos" só se for pra essa molecada movida a Ovomaltine que não tira a bunda de frente do computador e que consegue digitar um texto e mascar chiclete ao mesmo tempo...

                          Um ponto que coloco é o seguinte.
                          A informação existe, ponto.
                          E é acessível (desde a época do orkut).
                          O que coloco é o nível de esforço pelo nível de (possível) recompensa que o iniciante vai ter no mundo onde ele já esta imerso a número absurdo de opções de entretenimento.

                          Meu caso:
                          Eu já lia mangas e eu possuo uma personalidade obsessiva-compulsiva, ao ponto que colecionava toneladas de roms e emuladores, fazia lista no excel de animes que queria ver e tals.
                          Entrei no cinema e disse, se eu gostar do filme do Homem de Ferro eu compro um gibi de supers, já tinha tido contado com supers antes mas naõ tinha gostado, comprei a edição 2 da Morte do Capitão América, gostei mas notei que estava no meio da saga, comprei mais dois aleatório, um achei bom, outro razóavel e disse: "olha, não esta compensando $$".
                          Fui pra internet e pedi dicas, além de ficar procurando no google "best comics ever ...."
                          Fiquei desempregada e enquanto procurava emprego passava o tempo todo lendo gibi ao ponto de ler Sandman todo em três dias, até mesmo porque eu não tinha dinheiro pra gastar com outra coisa (tanto que parte dos gibis foram estocados antes de cancelar a internet boa).
                          Só que aí entra as coisas
                          1 - eu tenho comportamento obsessivo, então qualquer porcaria que me chama a atenção eu vou varar noites pesquisando, que nem a vez que passei um mês inteiro pesquisando e vendo tokusatus, mas as pessoas normais não, elas não tem saco (ou nao são burras) pra ficar dando murro em ponta de faca.
                          2 - quando eu fiquei desempregada, eu não tinha como gastar com outro entretenimentos (cinema), logo focar quando eu voltava das entrevista de emprego só me sobrava ler os gibis que tinha no HD, quando comecei a trabalhar, tinha que pagar conta, só depois de um certo tempo fui gastar com outras bobagens, já as pessoas normais, vão no cinema, assistem um Super, vai comprar um gibi, vem um gibi legal, vai pro proximo, que é ruim, aí depois ter que garimpar bons títulos começa a ser cansativo, o cara vai pra séries ou fica só no cinema se os esforço não compensa.
                          3 - eu já vinha de uma cultura de gibi (mangas) logo pegar quadrinho americano (depois peguei europues e nacionais) era relativamente fácil. Agora pensem a mente de alguém que o entretenimento tradicional sempre foi videogame, pra um cara destes migrar de PS3 pra Nintendo Wii é tranquilo. Eu, apesar de ter passado a pré-adolescencia emulando tudo que raio de videogame e fazendo gambiarras no Mugem, desde uqe parei dez anos de jogar teria uma curva de aprendizado muito difernete que tá mexendo com isto continuamente.

                          No mais,
                          Concordo com o Nick e a cultura da "completude". Foi por isto aliás que muitas vezes me neguei a pegar Tex Edição Histórica por esta já na edição 90-e-tantos.

                          Mas pra entenderem melhor a "dificuldade do leitor iniciante".
                          Apenas pensem: "Porque o mercado de gibi possui dificuldade de se renovar?"
                          Last edited by Ratinha; 04-09-2017, 12:13 AM.

                          Comment


                          • #14
                            Re: Dificuldades do leitor iniciante

                            Sem contar que hoje a geração mimimi se obriga a saber tudo da cronologia de uma vez só.

                            Leia e goste do que está lendo. Se tiver oportunidade, pegue algo antigo. Se conseguir ler na ordem cronológica melhor ainda.

                            Mas se não der...não precisa procurar o psicólogo. Continue lendo e se divertindo. Gibi AINDA é pra isso.

                            Leia algo do presente, depois leia algo do passado, depois volte ao presente, e ao passado e assim tu vai se divertindo.

                            Mania de achar que tudo é difícil, tudo é complicado, tudo depende...quer contar a história da própria vida, pedir ajuda pros outros.
                            Paz e amor...só tranquilidade.

                            Comment


                            • #15
                              Re: Dificuldades do leitor iniciante

                              Postado originalmente por Ricardo Ver Post
                              Na boa, não vejo dificuldades.

                              Na época da Abril (que foi o período em que mais se vendeu super-heróis em QUANTIDADE) o leitor chegava na banca e olhava as capas. E se virava lendo, pegando referências em sessões de cartas e olhe lá. Tu passava anos para se situar melhor na cronologia e isso não impedia ninguém de continuar comprando, continuar lendo, continuar se divertindo.

                              Porra, hoje em dia o cara tem internet, tem sites das editoras, tem os sites em inglês para se situar cronologicamente, tem foruns para trocar ideia, tem canais no youtube.

                              Basta o cara se interessar um pouquinho que ele acha informações sem sair da cadeira.

                              Geração mimimi do carai.
                              Postado originalmente por Ricardo Ver Post
                              Leia e goste do que está lendo. Se tiver oportunidade, pegue algo antigo. Se conseguir ler na ordem cronológica melhor ainda.

                              Mas se não der...não precisa procurar o psicólogo. Continue lendo e se divertindo. Gibi AINDA é pra isso.

                              Tá cara, mas tenta deixar de pensar com tua cabeça de "na minha época"....
                              Provavelmente eu sou da mesma geração que você, sou de 86, então sei que é ter andar uma hora a pé até a biblioteca mais próxima pra pegar Monteiro Lobato, achar Comandos em Ação, Esquadrão Classe A e Supermaquina as coisas mais legal do universo mesmo aquelas porcaria sendo praticamente a mesma coisa a cada capítulo, e lembro de ter ficado feliz quando estrou desenho animado novo na Machete depois de trocentas reprises de Cavaleiros do Zodíaco.
                              E sabe porque nós achávamos isto bom? Por que tínhamos poucas opções de entretenimento e tínhamos com nos virar com pouco que tínhamos.
                              Na época com mega drive um moleque passasse o fim semana jogando Sonic e no final tinha um mísero "congratulations" ele ficava feliz e repetia a droga do jogo até conseguir Sonic 2.
                              Hoje o cara chia se o jogo não tiver um fim decente, pois ele poderia ter investido esforço jogando outra coisa.
                              Por isto que eu entendo a raiva de acompanhou sei lá quanto tempo de Lost pra ver aquele fim horrível. Foi um dispêndio muito grande de tempo investido pra um fim merda. Já os seriados de 80, que nos agraciava com recompensa mínima, era todo dia sempre igual ela se levanta pela manhã.....

                              E aí entra a questão do esforço e recompensa.
                              Na minha infância compensava fazer um esforço monstro por uma merreca de recompensa, pois a outra opção era não ter recompensa alguma.
                              Hoje uma recompensa menor garantida por um esforço menor, muitas vezes torna-se mais interessante do que um esforço moderado sem a garantia de bom retorno (que é o gibis - nós temos ciência que gibis compensam o esforço, mas não os novatos).

                              Você só colocou a internet e o acesso a informação pra gibi na equação, mas esqueceu de todo o mais que veio, você não contabiliza as outras ofertas que veem junto.
                              Exemplo
                              Netflix possui muito menos coisa que o piratebay, mas tem gente que deixou de "piratear" filmes porque é mais cômodo ver o pouco que tem no netflix do que caçar filme e testar legenda.


                              Postado originalmente por muberen Ver Post
                              Considero que a única dificuldade do leitor é a sua própria preguiça.
                              Postado originalmente por Nunes Ver Post
                              Como já disseram, a maior dificuldade do leitor é ele mesmo.

                              Comprou um número aleatório e gostou! Vá atrás de outros números! Se informe sobre a revista! Usa a internet que os seus pais pagam pra você!! VÁ ESTUDAR!!!
                              Perfeito, mas deixo a pergunta,
                              Por que os iniciantes de hoje possuem esta preguiça de pesquisar e correr atrás?

                              Eu sei bem os motivos que me fizeram não ter esta preguiça de correr atrás, e sei que vocês sabem os motivos porque vocês continuaram a ler gibis e correr atrás.
                              Mas tentem imaginar o por que destes novatos estarem com esta preguiça (imagino que a Marvel, DC e Bonelli, quando se pensa em renovação de mercado se perguntam fez ou outra).

                              Comment

                              Working...
                              X