Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto


    DRAMA NO DESERTO
    Texto: Mauro Boselli * Desenhos: Angelo Stano


    O assalto cometido pela quadrilha de Earl Crane ao banco de Triumph, Novo México, acabou com o sequestro de Debra, esposa do xerife Scott Nelson. Tex e Tigre salvam o jovem xerife da morte no Deserto Pintado e assumem o compromisso de libertar a mulher. A perseguição os levará ao misterioso pueblo abandonado de Sombra Verde, lugar de lendas, espíritos e magia, onde cada um dos atores do drama encontrará seu próprio destino!


    Formato 20,5 x 27,5 cm
    52 pags
    Colorido
    R$ 29,90
    Distribuição nacional e em Livrarias e comic shops
    -------------------------------------


    Terceiro volume das edições Graphic Novel do Tex. Achei o tópico para a primeira edição aqui, Tex - O Herói e a Lenda, mas acho que não teve tópico para segunda. Infelizmente não li ainda nenhuma das duas por pura preguiça: a primeira tem uns textões no começo do gibi que me impediram de sequer chegar na parte dos quadrinhos e o segundo acho que foi por pura preguiça, mas eu chego lá. Pois bem, esta edição aqui é mais simples: não tem introdução, não tem enrolação, não tem texto dizendo como o desenhista é foda, é só a história e pronto. Tem um pequeno prefácio do Davide Bonelli no início, mas é só. Pelo menos me ajudou a lembrar de quem é o traço do caboclo que desenha esta: nada mais, nada menos do que o CAPISTA do Dylan Dog e o primeiro desenhista da série. Então não é pouca merda não.





    O quadrinho é belíssimo. Disso não tenham duvidas. A arte de Stano podia não casar bem com o Tex (que nem usa a camisa amarela cafona nessa história, o que é bom) porque o cara vem mais de gibi de horror. Eu posso tá falando merda aqui. E ainda mais por ser EM CORES talvez o negócio não fosse fluir bem ou causar estranhamento, já que o cara tem um domínio das sombras como ninguém (lembro dos dois números de Dylan Dog que tenho da Record que é uma arte bem horripilante), mas me enganei muito: a textura é boa e a cor dá um aspecto mais vivo. Embora canse um pouco a cor de merda quente do deserto.




    quando tem uma mudança de cores utilizadas, fica ainda mais bonito


    Por que eu falei da arte primeiro do que a história? Porque as histórias do Tex geralmente são bem preto no branco e sem espaço para muitas reviravoltas realmente impressionantes ou chocantes. Tex é legal e tudo mais, mas uma história do Tex que realmente mexa com os personagens é difícil, e é isso que se espera de algo diferente e em formato diferenciado. A última Tex Edição Gigante #31 - Capitão Jack, eu parei de ler porque NÃO AGUENTEI o nível de pedrês que tava a história, mas apenas no diálogo. Aqui a história é mais agradável do que aquilo e com alguns aspectos bem legais.



    Tex: correndo no deserto atrás da mulher dos outros


    A história é Tex e Tigre salvando um xerife que foi detonado por um bando de ladrões. Esses ladrões sequestraram a mulher dele e agora o cara tá numa busca implacável, o que resulta Tex e Tigre resolvendo tudo. Os ladrões estão atrás de um tesouro dos espanhóis, deixado em uma caverna perto de um pueblo abandonado. Então, já deu pra sacar pra onde vai a história, né? Afora uma ou outra coisa mais distinta, que dão mais COR a história além da colorização, a história segue uns padrões bem rasteiros.






    Ainda assim é um belo gibi e uma edição... ok. A Mythos cobra o preço de capa de 30 reais pela edição, quando ela vale beeeeeeeem menos que isso. Um preço mais razoável seria entre uns 15 a 20 reais que é o que as Lojas Virtuais de grandes magazines andam praticando. É claro que o bestão aqui comprou a preço de capa. Pra ler meses depois de lançada, ainda por cima.

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto

    Postado originalmente por Pato_Osborn_Olsen Ver Post

    Por que eu falei da arte primeiro do que a história? Porque as histórias do Tex geralmente são bem preto no branco e sem espaço para muitas reviravoltas realmente impressionantes ou chocantes. Tex é legal e tudo mais, mas uma história do Tex que realmente mexa com os personagens é difícil, e é isso que se espera de algo diferente e em formato diferenciado. A última Tex Edição Gigante #31 - Capitão Jack, eu parei de ler porque NÃO AGUENTEI o nível de pedrês que tava a história, mas apenas no diálogo. Aqui a história é mais agradável do que aquilo e com alguns aspectos bem legais

    Acho que é por isso que até hoje não me animei a ler Tex. Vi essa edição na FNAC daqui, folheei e até li algumas páginas, mas não me animei a comprar. Como você disse, a arte é boa, mas o roteiro não anima.

    Comment


    • #3
      Re: [AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto

      Aproveitando, a 1 esgotou né?

      Comment


      • #4
        Re: [AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto

        Postado originalmente por Iron-Man Ver Post
        Acho que é por isso que até hoje não me animei a ler Tex. Vi essa edição na FNAC daqui, folheei e até li algumas páginas, mas não me animei a comprar. Como você disse, a arte é boa, mas o roteiro não anima.
        Então, imagina que digamos o Batman, a DC batesse o pé e falasse que a essência do personagem é sagrado ou o público consumidor fosse tão, mas tão agarrado ao personagem que não aceitasse mudança alguma, e neste setenta anos um gibi do Batman tivesse (no que se refere à caracterização do personagem) quase mudança nenhuma comparado ao personagem de sete décadas atrás.

        Pois bem, gosto muito de Tex, mas ele padece deste mal, vai ser muito raro um ou outro roteirista que dê uma leve alterada na caracterização, e apesar da cronologia longa, não há quase mudança alguma de status quo (o que se tem e geralmente é mostrado em flashbacks) é como o Tex (ou o Kit Carson) era antes de ser ranger.

        Nestas histórias como as de Tex Gigante ou como desta coleção seria o cenário perfeito pra alguns autores "brincar" com o personagem, mas tudo que fazem é contar uma tradicional história boa com arte boa.
        Lembro num outro post alguém falando da "falta de representação feminina em Tex ou algo assim", não que eu ache que fosse necessário fazer uma história descontruindona em Tex ou fazer isto em todas as edições, uma vez a cada vinte edições ou uma vez por ano dá pra você colocar uma personagem feminina bem contruída em Tex, foi assim que eu comprei o primeiro volume de Tex Graphic Novel, Frontera, simplesmente porque tinha uma mulher com uma arma na capa, e porra era velho oeste, todo mundo aprendia a usar arma de fogo por segurança e vier das dúvidas. (minha memória não é das melhores, mas acho que Ken Parker era mais avançado nisto).
        É (muito, muito mesmo) raro algum autor tentado fazer algo diferente em Tex, um dos poucos exemplos que lembro aqui foi um Tex Edição Histórica 81 - A Flor da Morte, onde o autor subverte o modo operandi dos personagens.

        Comment


        • #5
          Re: [AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto

          Tá aqui na pilha de leitura, mas o vol 1 dessa coleção foi totalmente fora da curva, Serpieri soube trazer sua experiência no meio e nos brindou com algumas coisas inusitadas e que até chocaram os fãs hardcore do personagem. Tex é meio que uma religião, se mexer demais os leitores se sentem ofendidos, muitos não entenderam a proposta do Serpieri e aquele belo gibi com uma homenagem e tanto meio que dividiu o povo.

          O vol. 2 Frontera achei um ótimo gibi com uma introdução bem diferenciada do habitual. Mas acho que se os roteiristas fossem convidados nessa coleção daria pra sair muita coisa interessante, como foi o caso do Serpieri que assinou roteiro e desenhos. O Boselli tem que escrever para uns cinco personagens Bonellianos de uma vez só. Mas não deixa de ser uma boa série.
          Last edited by Mountain Man; 20-08-2017, 01:11 AM.
          “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

          Comment


          • #6
            Re: [AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto

            Voltando aqui (me lembrei devido aos comentários pouco favoráveis sobre a graphic novel do Dylan Dog) só pra falar que essa Drama no Deserto é um dos piores roteiros que tive o desprazer de ler do Tex, totalmente esquecível.
            “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.

            Comment


            • #7
              Re: [AVALIAÇÃO] Tex Graphic Novel #3 - Drama no Deserto

              Postado originalmente por Mountain Man Ver Post
              Voltando aqui (me lembrei devido aos comentários pouco favoráveis sobre a graphic novel do Dylan Dog) só pra falar que essa Drama no Deserto é um dos piores roteiros que tive o desprazer de ler do Tex, totalmente esquecível.
              eu fui bem mais generoso com a história.

              Não sei porquê a história do xerife corno me causou empatia

              Comment

              Working...
              X