Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Novos Mutantes - Entre a Luz e a Escuridão

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Novos Mutantes - Entre a Luz e a Escuridão

    Surpreso que até agora ninguém abriu esse tópico



    HEROÍSMO ADOLESCENTE!

    Eles deveriam estar apenas aprendendo a usar seus poderes, mas a dura realidade leva os mais jovens alunos da Escola Xavier a enfrentar problemas de gente grande! Logo de cara, os Novos Mutantes enfrentam uma ameaça demoníaca e fazem amizade com um pária alienígena! Num momento de descanso, a equipe vai a um show de rock, mas acaba entrando na órbita de uma estrela multigaláctica da música! Depois, ao lado de Manto e Adaga, os adolescentes são atraídos a um mortal programa de intercâmbio. de superpoderes! E mais: o Clube do Inferno tenta interferir na regeneração de Magneto! Ação, romance, reuniões de família e um conto de fadas! Falta alguma coisa? Ah, é! Coestrelando os X-Men!

    Este volume de 260 páginas reúne as edições 18 a 25 de New Mutants e New Mutantas Annual 1. Escrito por Chris Claremont e desenhado por Bill Sienkiewicz e Bob McLeod! "
    Eu tava com um pouco de receio de comprar essa porque meio que peguei um asco pelo estilo de escrita do Claremont. Veja bem, meu problema não é com o cara ou sua obsessão pela Tempestade (tá, um pouquinho mas não seria o suficiente pra me fazer perder o interesse) nem tampouco acho as ideias dele ruim ou que é um mal roteirista.

    Meu problema é que nunca gostei muito da forma como ele estrutura diálogos e recordatórios. Sei lá, as vezes parece que os personagens tão declamando e/ou dramatizando as falas (possível influência do background do Tio Chris como ator?). Não sinto "fluidez". E isso não é um problema por ser produto da época porque eu gosto do estilo do Stan dos anos 60 e acho o estilo de escrita de contemporâneos do Tio Chris como BYRNE!, Wolfman e Perez muito bom.

    Vencida a resistência inicial, achei esse volume satisfatório.

    É legal ver o Chris dos tempos áureos escrevendo os mutantes sem ter que se preocupar em promover o quão maravilhosa e diva é a Tempestade

    Piadas a parte, as histórias fluem muito bem. Claremont consegue dedicar um bom tempo de tela a todos os integrantes do grupo, desenvolvendo suas personalidades e conflitos pessoais ao mesmo tempo que lhes dá histórias recorrentes. Em nenhum momento sinto que algum personagem foi largado pra trás porque ninguém sabe o que fazer com ele. Mesmo a Magma, que não teve nenhum subplot sendo desenvolvido nesse volume, parece largada de lado, participando das histórias e tendo um background bem interessante.

    Aliás, os personagens tem um conjunto de personalidades interessantes e, na minha opinião, o melhor uso da ideia de diversidade porque é o mais efetivo: os personagens não são definidos por suas etnias ou nacionalidades, mas sim pelas suas próprias características e dramas pessoais. Aqui não tem dózinha de mostrar que eles tem defeitos, seja a leve arrogância do Roberto, a inocência da Rahne, a "caipirice" do Sam ou mesmo o orgulho guerreiro da Dani (que as vezes parecia que estava sendo moldada pra virar uma "Kid Tempestade", mas por sorte a personagem evoluiu).

    Em tempo: Claremont tava MUITO inspirado quando bolou os nomes dos personagens: Cannonball, Sunspot, Wolfsbane e Moonstar (não é codinome mas que se dane ) são uns nomes MUITO maneiros. Melhor até que alguns que o Tio Chris já bolou no passado ou ainda viria a bolar.

    Por falar em inspirações, a edição traz como um de seus extras estudos/artes conceituais de Míssil, Mancha Solar e Lupina. É interessante ver como o conceito evoluiu para os personagens como nós os conhecemos. E em como isso foi uma mudança pra mulher porque... Olha, tinha umas idéias meio cretinas tipo como a Lupina ser lobisomulher em tempo integral, os poderes GENERICASSOS do Míssil (uma cópia do Destrutor. DO DESTRUTOR) além de uns uniformes de dar vergonha alheia

    Em termos de arte, Bill 5e20 apresenta um estilo bastante único mas que funciona muito bem com o atual momento pelo qual os personagens tavam passando. Achei interessante os "efeitos" que ele colocou na Magma e no Warlock. A edição também tem arte do co-criador do grupo, Bob Mcleod que fez a edição anual. Sobre essa edição, chega a ser curiosa sua inclusão no encadernado. A Panini poderia pulá-la porque não impacta muito as histórias que vem a seguir, apesar de algumas referências. Não que eu esteja reclamando, mas achei interessante já que o fato de terem começado com a fase do 5e20 ao invés do começo parecia sinal de que só se interessariam por essa fase. Portanto, um ponto positivo.

    Voltando as histórias, a trama do ursinho odioso foi interessante bem como a introdução do Warlock e a aventura com a Lila Cheney. Só a história com a participação especial de Manto e Adaga que achei chatinha em algumas partes. Nada que comprometa, até porque deu uns momentos legais pra Beto e Rahne, mas ainda assim conseguia ser meio mala em algumas partes.

    Sobre a edição brasileira, não vi nenhum erro de revisão muito grave, exceto uma frase que não foi posta no plural lá no finalzinho. Mas em comparação ao que já tivemos no passado, como balões duplicados, páginas clonadas e traduções feitas nas coxas, pelo menos dá pra dizer que dessa vez a Panini não fez "jusiça" na edição . Aliás, gostei muito do trabalho da capa. Não sei explicar o que fizeram mas meio realçaram os personagens (tipo, parece que tem tipo um adesivo ao redor dos personagens) mas achei um efeito legal. Chama a atenção e deixa a edição mais bonita hehe.

    De problema de tradução, só achei que algumas frases foram traduzidas um pouco ao pé da letra mas considerando tudo, tá passável. Antes encarar esse tipo de excesso do que traduções erradas.

    Concluindo, achei um bom gibi. Um Chris Claremont mais solto, ainda que com seus "vícios de linguagem", arte bacana e um formato muito bom pra edição.

  • #2
    Re: [AVALIAÇÃO] Novos Mutantes - Entre a Luz e a Escuridão

    Postado originalmente por Spider-Phoenix Ver Post
    Surpreso que até agora ninguém abriu esse tópico
    Ainda não comprei. Muito caro e tive que escolher entre esse e o Valerian da Sesi-SP. Ganhou o Valerian.

    Comment

    Working...
    X