Anúncio

Collapse
No announcement yet.

DC - Fase ruim???/

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • DC - Fase ruim???/

    Toda hora vejo a galera dizer q a fase da DC tah ruim... pq as vendas estão baixas e seus "megaeventos" são uma merda...

    isso eu concordo...

    mas qto a qualidade das histórias nas revistas de linha,acho q são críticas infundadas...

    comparação Dc pré-crise/crise x Dc ano depois na minha opinião:

    Batman do winick x Batman do morrison - Eu não gosto mas morrison eh sucesso de crítica...

    Detective comics lapham x dini - dini eh melhor.

    Asa noturna Devin grayson x Marv Wolfman - Wolfman eh melhor

    Gotham knights de aj liberman x Batman confidential de andy diggle/cra de heroes- não to acompanhei diglle mas duvido q seja pior q batman do lieberman... o cara de heroes q me esqueci o nome ,começou bem apesar da arte péssima...

    Superman do Verheiden X johns e donner- Precisa falar algo??

    Action comics de Austen/simone x Busiek -

    Adventures of superman do rucka x super confidential de darwyn cooke -Fodões os dois.

    supergirl do loeb x kelly - Dois furrecas.

    Lja de bob harras x meltzer - meltzer faz história ,excelente run.

    Sja de levitzx Johns - Novo título da jsa eh sensacional!!!

    Lanterna verde de johns x johns - Não parecia possível mas melhorou mais ainda. Melhor da Dc atual.

    Flash de Johns / Cavalieri x Paul de meo/ Marc Guggenheim/Waid - o arco finalso johns foi bom mas foi um dos pontos baixaos de sua passagem... cavalieri fez um arco tosco...no ano depois depois dum flash tosco do de meo..melhorou com guggenheim e agora parece ter entrado nos eixos com waid...

    Mulher-maravilha do rucka x heinberg/picoult - Aqui não tem pra onde correr.. rucka era melhor.

    Legião do waid x Waid- Manteve

    Arqueiro do winick x winick -manteve.

    Renegados winick x winick -manteve... não podemos julgar Bedard ainda...

    titãs johns x johns/Beechen /Mckeever- Quase a mesma coisa.

    Birds of prey simone x mc keever - ah... ninguém ler essa merda mesmo

    Robin willingham x Becheen - melhorou muito no oyl...

    hawkman x hawkgirl - piorou no ano depois.

    mulher-gato pefeifer x pfeifer - manteve.

    all star superman tmabém manteve o ritmo... enquanto all star batman melhorou bastante.

    além disso novos títulos excelentes.

    Brave and the bold.
    Checkmate.
    Spirit.


    ou seja na minha opinião a fase da Dc eh muito boa. falta soh tino editorial nos mega-eventos...

    ou melhor se parassem com mega-eventos por um tempo já era uma boa...

  • #2
    Sem dúvida!
    Seu Cuca é eu!

    Comment


    • #3
      Irretocável!
      Inscreva-se na ALMANACÃO, minha newsletter sobre quadrinhos > http://eepurl.com/b3_M4v

      Comment


      • #4
        Acho que falta mesmo um editor para essa bagaça, o resto já tem: personagens, equipes, escritores, artistas e a warner para financiar tudin!!!
        BOSTIL TIL TIL!!!

        Comment


        • #5
          Sem falar em Superman All Star e Jonah Hex que é muito bom!
          https://www.facebook.com/DiarioPratico/
          http://diariopratico.blogspot.com/

          Comment


          • #6
            O problema é Coutdown. Teoricamente essa é a série principal da DC esse ano.

            Como está uma merda, acaba dando a impressão que o resto da Editora tbm está.....

            Comment


            • #7
              Sinestro Corps = O verdadeiro evento da DC do ano!
              Postado originalmente por Oz Jordan
              eu sempre considerei o ajax negão, só q um negão verde. em vista de q os marcianos do caralhø lá eram brancos e verdes, o verde é o negro espacial.

              Comment


              • #8
                Countdown+Amazons Attack+séries derivadas... Tudo lixo.

                Mas não vejo ninguém criticando as mensais (exceto a merda do Batman de Morrison)

                Comment


                • #9
                  Coisa boa? Até que tem.

                  Mas a média da DC é um título bom pra 4 ruins. Isso pra mim não é boa fase.

                  Comment


                  • #10
                    DC - Solicitações de Julho

                    COUNTDOWN 43-40

                    Action Comics#852 - Spin de Countdown

                    SUPERMAN #665 - Spin de Countdown

                    GREEN LANTERN #21

                    GREEN LANTERN CORPS #14

                    GREEN ARROW: YEAR ONE #1 & 2

                    BLACK CANARY #1 & 2

                    AMAZONS ATTACK #4

                    THE ALL-NEW ATOM #13

                    OUTSIDERS #49 - Spin de Amazons Attack

                    TEEN TITANS #49 - Spin de Amazons Attack

                    BATMAN #668

                    ALL STAR BATMAN AND ROBIN, THE BOY WONDER #6

                    DETECTIVE COMICS #834

                    BATMAN CONFINDENTIAL #7

                    CATWOMAN #69

                    NIGHTWING #134

                    ROBIN #164

                    SUPERMAN/BATMAN #38

                    SUPERGIRL #19

                    SUPERMAN CONFIDENTIAL #6

                    BIRDS OF PREY #108

                    THE BRAVE AND THE BOLD #5

                    AQUAMAN: SWORD OF ATLANTIS #54

                    BLUE BEETLE #17

                    CHECKMATE #16

                    HE FLASH: THE FASTEST MAN ALIVE #14

                    JUSTICE SOCIETY OF AMERICA #7

                    JUSTICE LEAGUE OF AMERICA #11

                    JLA CLASSIFIED #40

                    JSA CLASSIFIED #28

                    HAWKGIRL #66

                    JONAH HEX #21

                    SHADOWPACT #15

                    THE SPIRIT #8

                    SUPERGIRL AND THE LEGION OF SUPER-HEROES #32

                    WONDER WOMAN #11

                    Taí. Mês passado, todos os gibis da DC. Comentem e me digam quais são os legais.

                    Não li nenhum

                    Comment


                    • #11
                      Do que eu to lendo, só Lanterna salva.
                      “Back like lateral passin'
                      With that motherfuckin' gladiator manner of rappin'
                      As an addict I let percocets and xannies relax me
                      Fall back if your paddies is Maxi, please”

                      Comment


                      • #12
                        Eu diria que tá numa fase com vários títulos que variam entre bom e excelente, mas com direção editoral equivocada. E sim, tá MUUUITO longe do frcasso que tentam pintar por aqui
                        "I killed every living thing on Czarnia fer fun. I killed Santa Claus and the Easter Bunny an' things that don't even exist, an' so help me, I tried ta follow th' triple-fold path o' peace. I tried my best... but frag me for a bastich, even I got limits!"

                        Comment


                        • #13
                          Postado originalmente por Andy Potter
                          tá MUUUITO longe do frcasso que tentam pintar por aqui


                          Marvel’s 43.62% to DC’s 27.07%
                          Essas são as vendas de junho. Há um ano atras não tava pau a pau? Com a Marvel liderando por uma pequena vantagem?

                          FRACASSO DOS GRANDES SIM.

                          Agora, isso em termos de venda (que é o que interessa pra editora) e não em termos de qualidade de historias.

                          Comment


                          • #14
                            Postado originalmente por Destro
                            Postado originalmente por Andy Potter
                            tá MUUUITO longe do frcasso que tentam pintar por aqui


                            Marvel’s 43.62% to DC’s 27.07%
                            Essas são as vendas de junho. Há um ano atras não tava pau a pau? Com a Marvel liderando por uma pequena vantagem?

                            FRACASSO DOS GRANDES SIM.

                            Agora, isso em termos de venda (que é o que interessa pra editora) e não em termos de qualidade de historias.
                            Canhoto, o que eu to falando aqui é sobre HISTÓRIAS, já que o do jeito que o povo fala parece que a DC se resume a Countdown e Amazzon Atacks, o que não é verdade

                            Vendas é OOOOUTRA história, ams até aí nada d enovo, já que a Marvel sempre esteve para a DC assim como o Flamengo para o Vasco. A surras ultimamente têm sido mais humilhantes ( ), mas muito mais por mérito da Marvel do que por desfeitos da concorrente. E o ano passado foi uma mera modinha, a regra geral é a DC apanhar feito mulher de malandro mesmo
                            "I killed every living thing on Czarnia fer fun. I killed Santa Claus and the Easter Bunny an' things that don't even exist, an' so help me, I tried ta follow th' triple-fold path o' peace. I tried my best... but frag me for a bastich, even I got limits!"

                            Comment


                            • #15
                              Na minha opinião, a qualidade individual da maioria dos títulos da DC é no mínimo muito boa, mas não gosto da direção geral que o universo DC está seguindo.

                              Enquanto a contagem regressiva para a Crise Infinita se baseava num conceito bem interessante que era o clima de desconfiança entre os heróis, a contagem para Final Crisis se baseia num monte de idéias difusas sem nenhuma unidade temática. Só o que me deixa motivado a seguir todos esses eventos é saber que eles vão desembocar numa mini-série escrita por Grant Morrison e desenhada por J.G. Jones.

                              Quanto à lista que Destro postou, vou aceitar o desafio e dizer o que achei das edições que eu li:

                              COUNTDOWN 43-40

                              Tramas bem desinteressantes, desperdiçando boas idéias (o funeral de Bart Allen podia ter sido bem mais emocionante), confusão cronológica (quanto tempo The Lightning Saga durou, e por acaso as amazonas deram uma trégua na guerra?) e arte medíocre com exceção da #41, feita pelo competente Dennis Calero. E o backup com a história do multiverso é um porre.

                              Action Comics#852

                              Kurt Busiek lida com o plot de Jimmy Olsen de forma bem mais competente que os roteiristas de Countdown, e faz um ótimo uso do novo Homem de Kryptonita. Só os diálogos são um tanto sem graça. Mal posso esperar para Johns e Donner voltarem.

                              SUPERMAN #665

                              Tapa-buraco verborrágico e sem sal, mas com uma bela cena final. Mal posso esperar para Pacheco e a trama com Arion voltarem.

                              GREEN LANTERN #21

                              Mantém a qualidade do especial que iniciou a guerra com a Tropa Sinestro. Épico espacial de primeira e arte excelente.

                              GREEN LANTERN CORPS #14

                              Repito os elogios feitos a Green Lantern #21, embora a arte não tenha a mesma qualidade. A última página foi minha favorita do mês.

                              GREEN ARROW: YEAR ONE #1 & 2

                              Mini-série excelente que pouca gente está comentando. O casamento do roteiro de Andy Diggle com a arte de Jock é perfeito. Se um dia quiserem fazer um filme ou um piloto de uma série do Arqueiro, já tem um roteiro e storyboard prontos.

                              AMAZONS ATTACK #4

                              As atitudes das amazonas continuam forçadíssimas. A intervenção do Super-Homem podia ter salvado a edição, mas um surto de "super-amnésia" dele estraga tudo. E o jeito como a história fica deixando pontas soltas para os tie-ins explorarem é irritante.

                              THE ALL-NEW ATOM #13

                              A diversão amalucada e inteligente de sempre. Gail Simone parece que canaliza a "força Morrison" quando escreve esse título. O único problema é a ligação forçada com Countdown no final.

                              OUTSIDERS #49

                              Não é tie-in de Amazons Attack, e sim a conclusão do crossover com Checkmate, e da fase de Judd Winick. Fiquei chateado por Egg Fu ter escapado, mas as cenas de ação são ótimas, assim como Batman salvando a pátria.

                              TEEN TITANS #49

                              Tão ruim quanto Amazons Attack #4. Ainda bem que Sean MacKeever começa sua fase no próximo número.

                              BATMAN #668

                              O que saiu em julho foi a espetacular Batman #666, na qual Damien enfrenta o terceiro "fantasma de Batman" no futuro. Frases de efeito sensacionais, violência, explosões e algumas pontas soltas que Morrison deve explorar nas próximas edições, de volta ao presente.

                              ALL STAR BATMAN AND ROBIN, THE BOY WONDER #6

                              Tosqueira. A edição anterior foi divertida, mas nessa Miller enche o saco com o uso excessivo da expressão "goddamn Batman" e o inexplicável sotaque irlandês de Canário Negro.

                              DETECTIVE COMICS #834

                              Conclusão de uma excelente história de duas partes. Ninguém escreve Zatanna como Paul Dini.

                              BATMAN CONFINDENTIAL #7

                              Fico com um pé atrás de ver a DC revirando a origem do Coringa de novo, mas o texto de Michael Green (Heroes) é ótimo, assim como a arte de Denys Cowan.

                              NIGHTWING #134

                              No seu terceiro arco, Wolfman acertou a mão de vez. Ótima caracterização de Dick Grayson, uma trama envolvente com uns retcons bem aplicados na vida amorosa do protagonista e participação legal do novo Vigilante.

                              ROBIN #164

                              Divertido como sempre. Beechen começa a amarrar as pontas de sua fase que está prestes a acabar, e estou ansioso para ver como Robin vai ser virar sozinho contra tantos vilões.

                              SUPERMAN/BATMAN #38

                              Esse arco de Alan Burnett está sendo uma surpresa bem agradável para mim. Na hora de citar os grandes responsáveis pela qualidade de Batman e Superman Animated, todo mundo só se lembra de Paul Dini e Bruce Timm, mas ao ler essa edição percebo o quanto o texto inteligente e as caracterizações impecáveis dele eram importantes para os desenhos. A arte de Dustin Nguyen, agora com um novo arte-finalista, está mais limpra e agradável que de costume.

                              SUPERGIRL #19

                              Conclusão bem mequetrefe para a fase de Joe Kelly, que eu vinha curtindo até a edição #15. A baboseira dos fantasmas de Krypton ficou sem resolução, e boa parte dos eventos bombásticos das últimas edições foram só uma pegadinha do Pária e de Anjo Negro.

                              SUPERMAN CONFIDENTIAL #6

                              A edição que saiu foi a #5. Ótima história com um clima bem clássico, e eu não esperava a revelação quanto ao vilão.

                              THE BRAVE AND THE BOLD #5

                              Diversão pura com Batman dando o maior trabalho para a Legião sozinho. Quanto à arte de Pérez, só há o que elogiar.

                              AQUAMAN: SWORD OF ATLANTIS #54

                              Começou bem chato, mas teve ótimas surpresas nas últimas páginas.

                              BLUE BEETLE #17

                              Outro título muito legal e pouco apreciado. Os diálogos são impagáveis e a soluções usada pelo protagonista para vencer o vilão foi bem inusitada e inteligente.

                              CHECKMATE #16

                              Penúltima parte do crossover com Outsiders. As cenas de tortura são de arrepiar, e a última página me deixou ansioso para ler a conclusão do arco.

                              HE FLASH: THE FASTEST MAN ALIVE #14

                              Essa solicitação foi uma pegadinha da DC para ocultar a morte de Bart Allen e o cancelamento do título na edição #13. No lugar dela saiu o excelente especial All-Flash #1, no qual Wally West (e Mark Waid) faz seu retorno triunfal e vinga seu ex-sucessor em grande estilo.

                              JUSTICE SOCIETY OF AMERICA #7

                              Edição focada no novo membro da equipe, Citizen Steel (Cidadão Gládio?). Meio piegas, mas um belo estudo do personagem.

                              JUSTICE LEAGUE OF AMERICA #11

                              Arte excepcional de Gene Ha e um roteiro simples, mas muito envolvente.

                              JLA CLASSIFIED #40

                              Penúltima parte de Kid Amazo. O roteiro de Milligan é cheio de boas idéias mal executadas, além de conflitos de personalidade bem forçados entre os heróis, mas a arte de Carlos D'anda é surpreendente, anos-luz acima de seu trabalho meia-boca em Outsiders.

                              JSA CLASSIFIED #28

                              Uma das minhas histórias favoritas do mês. Fabian Nicieza mostra o que acontece quando Jakeem Trovoada resolve usar os poderes quase ilimitados de seu gênio para resolver os problemas de todos os necessitados, com conseqüências surpreendentes.

                              SHADOWPACT #15

                              Começa o conflito com o Dr. Gotham, que no final faz uma demonstração impressionante de seus poderes. A interação dos personagens continua divertida, e a subtrama do Demônio Azul está cada vez mais interessante e bizarra.

                              THE SPIRIT #8

                              Darwyn Cooke volta ao título em grande estilo, com a narrativa perfeita de sempre. A dinâmica entre Spirit e Satin é sensacional

                              SUPERGIRL AND THE LEGION OF SUPER-HEROES #32

                              Tony Bedard continua seu arco tapa-buraco, mantendo a qualidade do trabalho de Waid, e Dennis Calero me impressiona pela segunda vez num só mês com a qualidade de seus desenhos. Só acho que essa "busca pelo Rapaz Cósmico" está com o maior jeitão de ser uma pegadinha de Brainiac 5 para resolver os conflitos internos da equipe.

                              WONDER WOMAN #11

                              Tie-in de Amazons Attack bem melhor que a mini-série, amarrando a ponta solta do míssil disparado contra a Themyscira. Até que enfim estão mostrando o lado dos deuses na história, e o final é intrigante.

                              Comment

                              Working...
                              X