Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[BATMANS] Preview de Batman Incorporated #1! (p.176)

Collapse
This topic is closed.
X
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Postado originalmente por Stanislaw Ponte Preta
    Babs voltará a ser a Batgirl...

    E o pior é que faz sentido se pensarmos na política editorial do DiDio, que é trazer de volta as versões icônicas dos personagens. Foi assim com Hal, Barry e aparentemente será assim com a Babs.

    Foda, não tinha necessidade de transformar BoP em Batgirl. E agora a Batinha vai virar o quê? Batwoman Jr.? Batgal? Se bobear a Cassandra morre nos próximos acontecimentos do Batverso.

    Só ficaria legal se houvesse um legado (alguém virando Oráculo) e ela assumindo como Batgirl. Engraçado é que esse uniforme novo de Batgirl ao mesmo tempo é uma versão amarela-preta da roupa da Batwoman e tem a máscara coberta da atual Batgirl...
    Pois so que Barry é Lendario, Wally é isso e iconico.
    Quando penso em Flash, é em Wally que penso, e acompanhei mt dos dois. Wally simplesmente se tornou o Flash definitivo, e trazer o Barry sao 20 passos atras. Se no caso do Hal e Kyle fico dividido, aqui nao tem duvida, é o Wally que vale, e ai Didio é um bosta.

    Comment


    • O "último número" de Robin foi sensacional - Nicieza mandou bem pra caralho. Agora é torcer para a Battle Of The Cowl manter a qualidade que os bat-títulos vinham tendo...

      Comment


      • Postado originalmente por WALTER KOVACS
        ORIGINS and OMENS - BOP #127

        [hide:c0d49204b8][/hide:c0d49204b8]
        Eu mesmo postei a imagem e nem tinha reparado na frase:

        To be Continued in Oracle THE CURE #01

        Comment


        • Sério, quem não gosta da Bárbara é pq nunca viu um episódio dela em Batman Animated.


          Se a Cassandra fosse melhor tudo bem (como aconteceu com Tim e Dick), mas não é, então...


          Vocês tem que desencanar dessa obsessão de querer tudo igual o que era quando VOCÊS eram crianças... eu cresci lendo gibi do Batman com a Bárbara na cadeira de rodas, tá bom já.

          Comment


          • A Barbara animated é muito legal, mas todo o conceito da personagem Oráculo é anos luz melhor e sem paralelos com qualquer outro coisa rolando nos quadrinhos americanos. A DC tem muito mais a perder do que a ganhar.
            Meu mais novo romance autobiográfico: "Pra um cara não muito esperto, você até que não é tão burro!" Sobre mim e eu escrevi! Autobiográfico!

            Comment


            • Postado originalmente por Kltpzyxm
              Sério, quem não gosta da Bárbara é porque nunca viu um episódio dela em Batman Animated.


              Se a Cassandra fosse melhor tudo bem (como aconteceu com Tim e Dick), mas não é, então...


              Vocês tem que desencanar dessa obsessão de querer tudo igual o que era quando VOCÊS eram crianças... eu cresci lendo gibi do Batman com a Bárbara na cadeira de rodas, tá bom já.

              Comment


              • Ela pode continuar agindo como informante e mestre dos computadores sem estar na cadeira de rodas... quem assistiu a terceira temporada do desenho viu como faz.

                Comment


                • Mas o teor dramático por estar na cadeira de rodas se perde, a personagem fica rasa e perde o diferencial.
                  Meu mais novo romance autobiográfico: "Pra um cara não muito esperto, você até que não é tão burro!" Sobre mim e eu escrevi! Autobiográfico!

                  Comment


                  • Postado originalmente por Muot-Hart
                    Mas o teor dramático por estar na cadeira de rodas se perde, a personagem fica rasa e perde o diferencial.
                    Mas é algo que não faz o menor sentido dentro da realidade do universo DC. Nunca fez, como disse um cara que escreveu Birds of Pray sobre isso "a fantasia no universo DC é seletiva".
                    https://www.facebook.com/DiarioPratico/
                    http://diariopratico.blogspot.com/

                    Comment


                    • Postado originalmente por Pratico
                      Postado originalmente por Muot-Hart
                      Mas o teor dramático por estar na cadeira de rodas se perde, a personagem fica rasa e perde o diferencial.
                      Mas é algo que não faz o menor sentido dentro da realidade do universo DC. Nunca fez, como disse um cara que escreveu Birds of Pray sobre isso "a fantasia no universo DC é seletiva".
                      já nessa eu concordo...

                      num universo em q o pulha do jason todd volta da morte nada mais justo do q barbara voltar a andar...

                      mas tem q ser desse jeito:

                      Postado originalmente por Kltpzyxm
                      Ela pode continuar agindo como informante e mestre dos computadores sem estar na cadeira de rodas... quem assistiu a terceira temporada do desenho viu como faz.
                      voltar a botar colantezinho e fazer briga de rua qdo tem milhares assim e só uma no nivel dela de mestra da informação eh burrice...

                      ateh pq cassandra eh um personagem totalmente diferente da barbara...

                      Comment


                      • Olha, foi mal mas alguém que diz que teor dramático não se encaixa no universo DC não pode sacar muito a respeito, sinceramente. Temos toneladas de histórias do Batman, Hitman, Monstro do Pântano, Novos Titãs, etc etc etc recheadas de drama. Pra citar casos mais recentes, tivemos ainda as mortes de Sue Dibny e Ted Kord . DC não é só punheta à era de prata. E citar o caso do Jason Todd, se alguma coisa, só diz contra essa (péssima) idéia de fazer a Barbara Gordon voltar a andar.
                        Meu mais novo romance autobiográfico: "Pra um cara não muito esperto, você até que não é tão burro!" Sobre mim e eu escrevi! Autobiográfico!

                        Comment


                        • Postado originalmente por Muot-Hart
                          Mas o teor dramático por estar na cadeira de rodas se perde, a personagem fica rasa e perde o diferencial.
                          Eu discordo totalmente. O efeito dramatico da cadeira de rodas foi util, sim, mas para criar a transição de combatente do crime uniformizado para sua personalidade como oraculo. Hoje em dia isso ja nao serve pra nada, a nao ser ficar torcendo pra ela voltar a andar.

                          Acho que esta mais do que na hora dela voltar a andar, mas nao deve voltar a ser bargirl. Isso sim seria um retrocesso e uma imbecilidade.

                          A proxima evolução dela como personagem é justamente voltar a andar e se manter como oraculo, mostrando que ela cresceu e nao precisa mais ser a batgirl e que é uma escolha dela nao voltar a usar o uniforme, mesmo podendo.
                          http://batman.hdfree.com.br/index.html

                          http://multiversoinverso.blogspot.com/

                          Comment


                          • Postado originalmente por Muot-Hart
                            Olha, foi mal mas alguém que diz que teor dramático não se encaixa no universo DC não pode sacar muito a respeito, sinceramente. Temos toneladas de histórias do Batman, Hitman, Monstro do Pântano, Novos Titãs, etc etc etc recheadas de drama. Pra citar casos mais recentes, tivemos ainda as mortes de Sue Dibny e Ted Kord . DC não é só punheta à era de prata. E citar o caso do Jason Todd, se alguma coisa, só diz contra essa (péssima) idéia de fazer a Barbara Gordon voltar a andar.
                            mas eu não concordo com isso... eu acho q morreu tme q ficar morto... paralisou tem q ficar paralisado (com secção de medula é claro)...

                            o q eu tava concordando eh q em um universo em q ninguém fica morto, cego, não existem abortos... só a barbara q se fode!! é incondizente com o resto do udc... depois do [hide:a92968b37a] allen [/hide:a92968b37a] então... e seus casos recentes só continuam reais pq são realmente recentes... e os personagens são relativamente restolhos( apesar das voltas de gelo,azrael... estarem aí pra provar q ted kord não deve durar m,uito tempo no além não...)

                            detesto essa politica do ressuscita pq acho q desvaloriza grandes momentos e sacrificios dos quadrinhos...

                            mas ou me adapto ou paro de ler(coisa qto fazendo bastante, aliás)...

                            Comment



                            • voltar a botar colantezinho e fazer briga de rua qdo tem milhares assim e só uma no nivel dela de mestra da informação é burrice...
                              E por que ela tem que fazer um ou outro? Por que não pode fazer os dois sendo que tem treinamento nas duas áreas?

                              O desenho foi perfeito nesse sentido... com a cadeira de rodas ela só pode ser a Oráculo... voltando a andar ela pode ser a Oráculo e Batgirl (ou Woman, tanto faz)...

                              ateh porque cassandra é um personagem totalmente diferente da barbara...
                              Sim, o problema é que ninguém sabe o que a Cassandra é... dez anos e até hoje não se firmou e nem criou sua identidade... é como a Supergirl de chiclete.

                              Comment


                              • Cara, simplesmente adoro esse assunto.

                                Postado originalmente por Lennon
                                mas eu não concordo com isso... eu acho q morreu tme q ficar morto... paralisou tem q ficar paralisado (com secção de medula é claro)...

                                o q eu tava concordando é q em um universo em q ninguém fica morto, cego, não existem abortos... só a barbara q se fode!! é incondizente com o resto do udc... depois do [hide:d7604163b1] allen [/hide:d7604163b1] então... e seus casos recentes só continuam reais porque são realmente recentes... e os personagens são relativamente restolhos( apesar das voltas de gelo,azrael... estarem aí pra provar q ted kord não deve durar m,uito tempo no além não...)

                                detesto essa politica do ressuscita porque acho q desvaloriza grandes momentos e sacrificios dos quadrinhos...

                                mas ou me adapto ou paro de ler(coisa qto fazendo bastante, aliás)...
                                Não, olha, entendi o que vc quis dizer e penso igual, mas no caso da Barbara Gordon, acho que não precisa ser assim, a despeito das bizarrices que andam rolando no UDC.

                                Postado originalmente por Vampire de Luto
                                Eu discordo totalmente. O efeito dramatico da cadeira de rodas foi util, sim, mas para criar a transição de combatente do crime uniformizado para sua personalidade como oraculo. Hoje em dia isso ja nao serve pra nada, a nao ser ficar torcendo pra ela voltar a andar.

                                Acho que esta mais do que na hora dela voltar a andar, mas nao deve voltar a ser bargirl. Isso sim seria um retrocesso e uma imbecilidade.

                                A proxima evolução dela como personagem é justamente voltar a andar e se manter como oraculo, mostrando que ela cresceu e nao precisa mais ser a batgirl e que é uma escolha dela nao voltar a usar o uniforme, mesmo podendo.
                                Olha, faz certo sentido sim. E o negócio sobre a Barbara Gordon que o Mxy disse tem certa verdade, ela como Batgirl já era uma boa personagem, bem melhor do que a Batgirl atual com certeza. E é perfeitamente possível fazer boas histórias com as duas coisas, tanto fazê-la tornar a andar pra continuar sendo Oráculo como fazê-la voltar a usar o manto da Batgirl.

                                Só que o grande lance que eu realmente amo nessa personagem tem muito a ver com algo que o Scott McCloud fala em Reinventando os Quadrinhos; nos gibis que a gente lê, as minorias da sociedade (homossexuais, negros, deficientes) precisam de maior representatividade, tanto pra fins de ampliação de público quanto para enriquecimento das histórias em si, com elementos não explorados antes. Acredito que é por isso que, em parte, o Authority foi aquele sucesso tão estrondoso. E o que acontece com essa personagem em particular (que eu amo, btw) é que essa sua paralisia ainda segue mal explorado, ainda dá muito pano de manga.

                                Pessoalmente, o que eu amo nela é que ela passou por essa grande merda na vida, que foi ser aleijada pelo Coringa (e seqüestrada, torturada e estuprada, embora a DC adore ignorar esses detalhes por pura falta de colhões), mas seguiu com a vida. Ela era essa acrobata e artista marcial que ficou impossibilitada de fazer aquilo que sabia fazer melhor e teve que reiventar sua própria pessoa do zero. E isso é muito, muito forte. O legal é que ela não só é uma mulher comum, sem poderes, como ainda por cima é deficiente... e ainda assim, de tão fodona, consegue se destacar entre deuses, monstros e titãs capazes de rachar a Terra com um soco, dum tanto que chegou a fazer parte da Liga. E não uma Liga qualquer, mas a do Morrison, o que ainda é um plus. O fato de ser o UDC, que é esse universo com todos esses elementos fantásticos e todas essas ressurreições e milagres, só a torna mais incrível. Todo mundo segue se dando bem; voltando dos mortos e se curando milagrosamente, menos ela. E tudo bem, ela não fica chorando num canto por conta disso.

                                E ela pegou, ficou deprimida, se trancou num quarto e sentou lá, é só saiu de lá quando se tornou nada menos do que a hacker mais foda do mundo. E aí tem mais esse detalhe; como vigilante ela é boa, mas como Oráculo, ela é A Melhor. Muito, mas muito do caralho. Um roteirista como o Bendis, o Ellis ou o Brubaker faria miséria com ela.

                                Outra coisa relacionada a ela na qual penso muito é em como essa história dela cairia bem nas telonas, num terceiro filme do Batman dirigido pelo Nolan. É uma pena o Ledger ter morrido, porque ele era o cara certo pra aleijar e estuprar uma bibliotecária que se meteu a pular de telhado em telhado com a roupa do Bats. E a Oráculo nessa franquia faria um sucesso estrondoso, cai centenas de vezes melhor do que o Robin, o Asa Noturna, o Superman ou qualquer outro.

                                Não sei se estou me expressando muito bem, mas justamente por tudo isso que ela significa, se ela voltasse a andar, nossa, acho que eu ficaria de coração partido. Mas com certeza o Alan Moore ia adorar descascar a DC depois de uma coisa dessas.
                                Meu mais novo romance autobiográfico: "Pra um cara não muito esperto, você até que não é tão burro!" Sobre mim e eu escrevi! Autobiográfico!

                                Comment

                                Working...
                                X