Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Dankrio news: álbum de Tintim causa polêmica e discussão

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Dankrio news: álbum de Tintim causa polêmica e discussão

    O álbum Tintim na África (Tintin Au Congo, em francês), lançado originalmente em preto-e-branco, em 1930, é um dos mais polêmicos da série, e voltou a causar controvérsias, desta vez na Inglaterra.

    A nova polêmica surgiu de uma reclamação de David Enright, advogado londrino de Direitos Humanos. Enright, sua esposa, uma mulher de origem africana, e seus dois filhos estavam na livraria Borders (famosa livraria do porte da Barnes and Nobles) quando depararam com uma edição de Tintin in the Congo (título com o qual o álbum foi publicado na Inglaterra).

    Segundo Enright, o material sugere às crianças que os africanos são sub-humanos, imbecis e selvagens. "Que mensagem estou passando à minha mulher e aos meus filhos com um livro destes?", disse ele.

    Existe uma confusão na mídia sobre qual a versão do álbum em questão que causou a polêmica. Segundo alguns jornais foi o fac-símile, em preto-e-branco, do original de 1931 (este álbum foi modificado duas vezes, nas décadas de 1940 e 1970), disponível nas livrarias inglesas há mais de dez anos.

    Outros, provavelmente mais corretamente, falam da versão colorida, publicada na Inglaterra pela Egmont, em 2005, pela primeira vez, que traz um aviso numa faixa circulando a capa, que o livro contém uma interpretação paternalista e estereotipada característica do período em que foi produzido, e que alguns leitores podem considerá-lo ofensivo.

    Após o incidente, ocorrido no início de junho, Enright reclamou com o gerente e a diretoria da Borders, que tomaram a decisão de mover o material para o setor adulto da livraria. Enright também reclamou com a Comissão Britânica de Igualdade Racial, afirmando que o aviso sobre o conteúdo do álbum não era suficiente.

    Para Enright, o material estava erroneamente na seção de crianças, e deveria receber o mesmo tratamento da literatura anti-semítica ou pornográfica, longe das livrarias mais populares e tradicionais.

    A Comissão Britânica de Igualdade Racial acabou recomendando, em 11 de julho, que as livrarias de todo o país recolham este álbum do personagem, declarando que "o conteúdo desse livro é flagrantemente racista" e que "todas as lojas devem tomar muito cuidado para decidir se vão vendê-lo ou exibi-lo".

    A Borders comunicou recentemente,que o álbum em questão está atualmente no setor adulto junto com outras graphic novels, e que continuará vendendo o livro.

    A Fundação Hergé e a viúva de Hergé, atualmente casada com um inglês, não se manifestaram sobre o assunto.

    A polêmica, entretanto, disparou as vendas do álbum. Tintim na África, que ocupava a posição 4.343, disparou para o 5° lugar nas vendas da amazon.com.uk

    Matéria completa
    http://www.universohq.com/quadrinhos...6072007_03.cfm
    É fácil quando se sabe.

  • #2
    Postado originalmente por Adrian Veidt
    A polêmica, entretanto, disparou as vendas do álbum. Tintim na África, que ocupava a posição 4.343, disparou para o 5° lugar nas vendas da amazon.com.uk
    Ou seja, a política do "fale mal, mas fale de mim" ainda funciona!
    ùltima Leitura: Razoável
    sigpic
    Mister No #6 (RECORD)

    http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

    Comment


    • #3
      Quadrinho vive a base de estereotipo. Vão se queixar com o bispo. Daqui a pouco vão proibir Tarzan.
      https://www.facebook.com/DiarioPratico/
      http://diariopratico.blogspot.com/

      Comment


      • #4
        Eu baixei este álbum em francês e realmente é beeeeeeeem politicamente incorreto tanto na maneira em que ele retrata os africanos quando no que se refere à violência aos animais.

        Pra vocês terem uma noção tem uma cena que aparece o Tintim caçando um antílope atrás de uma moite. Ele atira e o antilope parece não morrer e ele faz isso várias e várias vezes. Daí quando o Tintim vai olhar atrás dos arbustos ele percebe que matou uns dez antilopes, os coitados estão amontoados mortos lá... Tosco, até para a época.

        Mas no geral é um álbum bestinha, como tantos outros, qualquer letra de rap hoje é mais ofensiva do que isso. Se bem que a Europa vive uma ebulição social e etnica tão grande que às vezes é até uma decisão prudente, embora censura quase nunca seja uma coisa boa.
        "And the mercy seat is smoking
        And I think my head is melting
        And in a way that's helpin'
        to be done with all this twistin' of the truth
        An eye for an eye
        And a tooth for a tooth
        And any way I told the truth
        But I'm afraid I told a lie."

        - Nick Cave, The Mercy Seat

        Comment


        • #5
          São loucos. Tintim é um título datado, mas que condiz com a realidade da época em que foi produzido. E naqueles tempos não existia essa babaquice do politicamente correto. O material é um clássico, e quem reclama disso no mínimo não tem um pingo de cultura. Além disso, é uma obra de ficção, e em obras de ficção geralmente os esterióticos são sempre usados de uma maneira não muito correta. Mas isso faz parte. Quem reclama disso quer apenas é aparecer.

          Comment


          • #6
            O próprio Hergé disse que tinha um visão estereotipada e pediu desculpa na época.
            Ele pode ser um gênio mais era ignorante, tomou bronca e se redimiu.

            Comment


            • #7
              Nao da para condenar o Herge...seu trabalho TODO era baseado em PESQUISA EM LIVROS E REVISTAS...sua visao "estereotipada" de crianças africanas devem BATER com a visão GERAL DA ÉPOCA...

              Sem contar a MALAQUISSE dele de trabalhar para o jornal Nazista para não se ferrar na Segunda Guerra...ele era MUITO MALACO!!!

              Condenar alguém da ÉPOCA hoje em dia não dá...

              Beijokas

              Canibal
              PROTOCOLO: A ORDEM foi impressa e está sendo vendida. APENAS ACEITEM!!!

              Comment


              • #8
                Postado originalmente por Rampage L
                São loucos. Tintim é um título datado, mas que condiz com a realidade da época em que foi produzido. E naqueles tempos não existia essa babaquice do politicamente correto.
                Os bons e velhos tempos do nazismo...
                "And the mercy seat is smoking
                And I think my head is melting
                And in a way that's helpin'
                to be done with all this twistin' of the truth
                An eye for an eye
                And a tooth for a tooth
                And any way I told the truth
                But I'm afraid I told a lie."

                - Nick Cave, The Mercy Seat

                Comment


                • #9
                  Então tem que queimar tudo do alan quatermain do haggard.
                  Giovanni Giorgio

                  Comment


                  • #10
                    Álbum que está previsto pra ser lançado em maio do ano que vem aqui, segundo a CIA das Letras...
                    Mas não vejo nada demais nisso...e o efeito foi dar uma alavancadas nas vendas.
                    Postado originalmente por FLUFFY
                    Gosto do MBB por isso. As coisas mais bobas do mundo sempre ganham proporção de tragédia grega

                    Comment


                    • #11
                      Pô, cadê o Orly?

                      Comment


                      • #12
                        Postado originalmente por Lecø Nakamura
                        Pô, cadê o Orly?
                        Ultimamente só podemos contar com o spin-off: Dankrio.

                        Comment


                        • #13
                          Se FUDER, que FILHA-DA-PUTA, isso ainda faz com que o quadrinho venda mais...
                          Postado originalmente por Leandro Azeredo
                          O legal do MBB é isso... sempre que você acha que essa m€rda chegou no fundo do poço, aparece um filha da pu†a com uma pá e começa a cavar!
                          sigpic

                          "Trate bem seu cliente"

                          Comment


                          • #14
                            Em toda a obra de Hergé podemos encontrar mensagens racistas, elogios ao colonialismo europeu e à superioridade do homem branco (europeu), de forma mais ou menos explícita. Não há como fugir disso, Dostoiévski prega o anti-semitismo, José de Alencar defendia a escravidão, a própria Bíblia está cheia de mensagens politicamente incorretas como da submissão das mulheres e perseguição a homossexuais (homofobia).

                            A propósito, Tintim na África é um dos trabalhos mais fracos de Hergé.
                            "Mães, tendes em vossas mãos a salvação do mundo". Léon Tolstoi

                            "Só as mães são felizes."

                            Comment


                            • #15
                              Postado originalmente por Evandro
                              Em toda a obra de Hergé podemos encontrar mensagens racistas, elogios ao colonialismo europeu e à superioridade do homem branco (europeu), de forma mais ou menos explícita. Não há como fugir disso, Dostoiévski prega o anti-semitismo, José de Alencar defendia a escravidão, a própria Bíblia está cheia de mensagens politicamente incorretas como da submissão das mulheres e perseguição a homossexuais (homofobia).

                              A propósito, Tintim na África é um dos trabalhos mais fracos de Hergé.
                              FRASE FEITA PSEUDO-INTELECTUAL!!!

                              Beijokas

                              Canibal
                              PROTOCOLO: A ORDEM foi impressa e está sendo vendida. APENAS ACEITEM!!!

                              Comment

                              Working...
                              X