Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Gibis que só eram legais com determinado desenhista

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Gibis que só eram legais com determinado desenhista

    Nunca entendi direito o porque de alguns gibis ficarem tão ruins depois da saída de seus desenhistas originais. Cito dois:

    Homem-Aranha 2099



    Esse gibi sem o Rick Leonardi era uma lástima. Ele começou a ficar cada vez mais raro no gibi, e o gibi foi ficando cada vez mais horroroso. Mês sem Rick Leonardi era mês perdido para Miguel O'Hara e sua turma.

    Não era só um lance visual, ainda que os substitutos tenham sido quase todos tenebrosos. O roteiro também piorava sem a presença do artista.

    Superboy



    A dobradinha Kesel & Grummett era infalível, embora nenhum dos dois seja lá grandes coisas. Mas sem o Grummett, Kesel falhava miseravelmente, mês após mês.

    Qual é o segredo dessa BELLA empatia entre roteiro e arte que não pode ser achado em qualquer lugar?

    Outros exemplos são bem vindos, assim como desmentidos aos meus dois citados.

    Abraços.
    Inscreva-se na ALMANACÃO, minha newsletter sobre quadrinhos > http://eepurl.com/b3_M4v

  • #2
    HA 2099 começou bem, mas desandou e acbou ficando uma grande merda!
    I'm baaack!

    Comment


    • #3
      Eu curtia o Aranha 2099 com o Andrew Wildman.

      E o Superboy que era divertido com Kesel e Grummett ficou uma merda quando entrou o Ron Marz e o Ramon Bernardo.

      O Kesel ainda escrevia roteiros divertidos com o Paul Pelletier Superboy and The Ravers.

      Comment


      • #4
        Straczinsky e Romitinha mandaram bem no Aranha...
        quando o desenhista saiu veio Gwen puta, Outro, e afins.
        "Recapitulando, então: culturas sexualmente progressistas nos deram a matemática, a literatura, a filosofia, a civilização e todo o resto, enquanto culturas sexualmente reprimidas nos deram a Idade Média e o Holocausto. Não que eu queira exagerar nos meus argumentos, é claro."
        Alan Moore

        Comment


        • #5
          FALANDO EM DESENHISTAS RUINS EU NÃO LI A ELEKTRA DO BENDIS POR CAUSA DOS HORRÍVEIS DESENHOS (SE É QUE PODEM SER CHAMADOS ASSIM) DO CHUCK AUSTIN. SIMPLESMENTE NÃO DAVA...

          Comment


          • #6
            O primeiro X-factor do PAD sem o Larry Stroman ficou uma merda.

            Lembro que logo que comecei a ler, achei uma merda (e ainda não gosto de nada que ele tenha feito fora o x-factor), mas detestei o x-factor sem ele, mesmo com bons desenhistas assumindo o título (jae lee e vá lá, joe quesada).

            Comment


            • #7
              Gen¹³ nunca mais foi o mesmo desde que J. Scott Campbell saiu.

              Ron Lim não é muito apreciado por essas bandas, mas ele é o desenhista definitivo do Surfista Prateado. As histórias que saíram com o Ron Garney desenhando não são tão boas.
              --L.

              Comment


              • #8
                New X-Men sem o Quitely.. mesmo quando entravam artistas que eu gosto como o Leinil Yu, John Paul Leon e o Van Sciver as histórias não conseguiam empolgar.

                Comment


                • #9
                  Dando uma de previsionário, será obvio que sem o Brian Hitch, Os Supremos perderá metade da graça (A outra metade ficará com o Loeb).

                  Comment


                  • #10
                    Supremos é um negócio engraçado, eu acho que é lógico que vai mudar, mas não necessariamente pra pior. Loeb escrevendo Vingadores sem maiores amarras cronológicas vai ser no mínimo divertido, ainda mais com esses desenhistas presepeiros que arranjaram. É um trabalho que estou ansioso por ver.

                    E concordo sobre Larry Stroman, ele era a alma do X-Factor do PAD. A Abril foi ídola em publicar boa parte desse material em 2 especiais.
                    Inscreva-se na ALMANACÃO, minha newsletter sobre quadrinhos > http://eepurl.com/b3_M4v

                    Comment


                    • #11
                      Postado originalmente por Chico Barney
                      Supremos é um negócio engraçado, eu acho que é lógico que vai mudar, mas não necessariamente pra pior. Loeb escrevendo Vingadores sem maiores amarras cronológicas vai ser no mínimo divertido, ainda mais com esses desenhistas presepeiros que arranjaram. É um trabalho que estou ansioso por ver.
                      ele escreveu superman/batman sem se importar com nada de cronologia(pelo menos não demonstrou se importar) e foi uma merda em grande parte do run...

                      -----------------

                      uma série q acho q perdeu muito sem o desenhista foi o Arqueiro verde...

                      depois q o hester saiu nunca mais foi a mesma coisa... tudo bem q winick não eh tão bom qto smith e meltzer mas qdo o hester desenhava ele mantinha um nível de certa forma elevado... depois q ele saiu q a coisa complicou...

                      Comment


                      • #12
                        X-Force sem o Liefeld.

                        Simplesmente não era o sufuciente.
                        Send down the firewalker
                        Send down the neon priest
                        Send down the junky doctor
                        Send down the shadow king
                        Down through the heart of the city at night
                        In black and white

                        Comment


                        • #13
                          Supremos sem o Hitch...

                          Comment


                          • #14
                            Cara, eu AMEI Larry Stromman como a uma colegial coxuda.
                            Pusta cara esquisito, mas caiu tão bem em X-Factor...

                            Eu fiz beicinho quando o Ron Lim saiu de Capitão América. Muitas histórias se passavam a noite, mas ele desenhava com bastante claridade. Dava uma clima de metrópole pras histórias do Caps.

                            Agora um arte-finalista que fez falta quando se foi: Dale Keown estreou desenhando o Hulk artefinalizado pelo sempre sensacional Bob McLeod (que sempre deu um grau nos desenhos do john Byrne) e foi assim até a fusão entre Banner, Hulk Cinza e Verde.
                            Na edição seguinte entrou o arte-finalista Mark Farmer. Daí os desenhos ficaram um pouco mais sujos, com rachuras, umas retículas, sei lá, e traços mais grossos.
                            Baixou o nível, um pouco.
                            http://twitter.com/Fabio_Negro

                            Comment


                            • #15
                              Starman II (Acho, aquele não sei o que Palmer...).
                              Novos Titas sem Perez. Tá certo que alguns funcionam um pouco O Titas do Geof Jhons é bom, mas a dobratinha Wolfman e Perez é imbatível. Depois que ee saiu só foi ladeira abaixo até o cancelamento.

                              A pá de cal foi Tropa Titã.
                              Não ganhei nada....

                              Comment

                              Working...
                              X