Anúncio

Collapse
No announcement yet.

SILVER SURFER - O SURFISTA PRATEADO

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • SILVER SURFER - O SURFISTA PRATEADO



    Vamos falar do Surfista Prateado. Um dos maiores personagens dos quadrinhos e sem dúvida, o MAIS TRIDIMENSIONAL DE TODOS!

    Nem as crises de serem temidos e odiados, nem os problemas adolescentes do Aranha. O Surfista era um ser com EMOÇÕES! Buscando a LIBERDADE E O AMOR, Desejos de todos os seres humanos, mas preso as agruras da violência e solidão.
    O super-herói Surfista Prateado (em inglês, Silver Surfer) teve sua primeira aparição como vilão na revista Fantastic Four número 48, em 1966. Foi criado por Stan Lee e Jack Kirby.Tornou-se um dos hérois mais importantes do universo Marvel.

    A Criação

    O Surfista Prateado surgiu pela primeira vez no arco de histórias do Quarteto Fantástico conhecida como "A Trilogia de Galáctus". Como de costume, Stan Lee escreveu o roteiro em algumas poucas páginas e passou para Jack Kirby. Nesse primeiro roteiro, o Surfista não aparecia. Quando Kirby apresentou os desenhos para que Lee colocasse os diálogos e demais finalizações, ele notou que havia sido incluída a figura do Surfista. Kirby justificou o personagem alegando que um ser tão poderoso como Galáctus deveria ter um arauto. Lee de imediato gostou da idéia, e acabou por achar que o personagem tinha uma postura nobre, passando a desenvolvê-lo nesse sentido. O Surfista apareceu em outras histórias do Quarteto, chamando a atenção de Alícia Masters, a namorada cega do Coisa. Depois enfrentaria o Doutor Destino e participaria de uma aventura do Hulk, até que Lee resolvesse lançar uma revista tendo ele como o Herói principal.

    O surfista era originalmente Norrin Radd, um astrónomo novo do planeta Zenn-La. Concordou servir como arauto à entidade god-like, Galactus, a fim conservar Zenn-La. Os poderes enormes concedidos, uma aparência prateada e uma Prancha de surf- como o veículo - que foram modeladas após uma fantasia de Radd - surfista de prateado da infância vaguearam o cosmos, procurarando por planetas novos para que Galactus consumisse.

    O caráter foi caracterizado nas adaptações "da vinda de Galactus" nos quatro fantásticos (série 1967 da tevê) e em quatro fantásticos (série 1994 da tevê). Estrelou em uma série só, animada de curta duração em 1998, que misturou o cel e a animação de computador.

    Uma sequência ao quarteto fantástico de 2005 é filmada, programado para 2007, será chamado Quarteto Fantástico e Surfista Prateado. Os materiais promocionais adiantados indicam que será uma adaptação frouxa "da vinda de Galactus" com o surfista mais de um bandido central.

    Uma mini-serie do surfista prateado, intitulado Requiem, é agendada para a liberação em 30 de maio de 2007 escrito por J. Michael Straczynski.

    MAIS SOBRE O SURFISTA
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Surfista_Prateado

    Algumas frases do personagem:

    "Porque verei o rosto da minha amada Shalla Bal em toda rosto de mulher que olho? Será que jamais me libertarei de sua lembrança?"

    "Dinheiro! Que incalcauláveis sofrimentos e angústias o ser humano já não sofreu pela falta dele!"

    ""por certo, em todo o universo, não haverá ironia do destino mais cruel do que esta" Eu...que tive um poder além da compreensão humana...agora devo acabar aqui, preso como o mais infame dos animais. Sou odiado e incompreendido e acima de tudo, rejeitado, por todos aqueles que meu coração deseja ajudar. Coração? Eu disse coração? Mas não! não tenho mais coração. Ele foi deixado a incontáveis galáxias de distância...nas mãos daquela a quem eu sempre amarei para sempre."

    O FUTURO
    Por mais que eu pense em uma solução para o Surfista atualmente ela é difícil. As histórias cósmicas não se sustentam por muito tempo e voltar a prendê-lo na Terra seria uma coisa meio estaparfúdia. Quem sabe, o Maluco do Morrisom pudesse trazer a glória de volta ao filho de Zenn-la.
    PROTETORES NACIONAIS: protetoresnacionais.com

  • #2
    Re: SILVER SURFER - O SURFISTA PRATEADO

    Postado originalmente por MAGUS
    quem sabe, o Maluco do Morrisom pudesse trazer a glória de volta ao filho de Zenn-la.
    porra, taí uma boa idéia... viagens alucinógenas, auto-compreensão, filosofia... um prato cheio pro Morrison punhetar a vontade, é a praia dele.

    80-82-83-87-92-09

    Comment


    • #3
      O FUTURO
      Por mais que eu pense em uma solução para o Surfista atualmente ela é difícil. As histórias cósmicas não se sustentam por muito tempo e voltar a prendê-lo na Terra seria uma coisa meio estaparfúdia. Quem sabe, o Maluco do Morrisom pudesse trazer a glória de volta ao filho de Zenn-la.
      Já viu isso aqui?
      [hide:898c374bf5]




      SILVER SURFER: REQUIEM #1 (of 4) (MAR072109)
      Written by J. Michael Straczynski
      Paints and Cover by ESAD RIBIC
      CARDSTOCK COVER/Rated T+ …$3.99
      FOC—5/10/07, On Sale—5/30/07 [/hide:898c374bf5]

      http://twitter.com/adailtonba2

      Comment


      • #4
        Straguinha é foda... lá vem retcon...

        80-82-83-87-92-09

        Comment


        • #5
          Já vi esse super-atrasado lançamento (devem ter acelerado por causa do filme)! Mas o JMS não me parece ser o cara capaz de catapultar um título: NINGUÉM HOJE É MELHOR VENDEDOR DE GIBIS QUE O MORRISON, depois vem o Millar e o Bendis - Se um dos três pegasse o titúlo e ficasse 12 edições, depois entregando prum escritor top também, o título do Surfista poderia ficar uns 2, 3 anos nas bancas.
          PROTETORES NACIONAIS: protetoresnacionais.com

          Comment


          • #6
            Filho da puta... pensei em abrir esse topico ontem mais fiquei sem net... mais vai aki msm uns reviws do surfista que andei fazendo.

            SURFISTA GRANDES CONFRONTOS! (n e cross)

            Surfista vs Mefisto
            [hide:453d84ff75][/hide:453d84ff75]


            Pra mim, o melhor confronto desses dois (considero o Mephisto o vilao principal do Norrin) ocorreu justamente em uma historia que n vale para a cronologia, representaçoes de poder perfeitas, caracterizaçoes impecaveis e a melhor arte que jah vi um gibi

            A historia tem um enredo simples porem exelente, o desfecho, simplesmente incrivel mostranto tudo, absolutamente tudo oque representa ser Norrin Radd, O Surfista Preteado.

            Jaja ospedo a historia pra vcs baixarem, muito boa, a melhor do surfista como disse...

            _________________________________
            E sobre frases, olhem mais algumas:


            “Eu não conheço o propósito do destino humano. Não sei por que razão existo no grande esquema místico das coisas, mas de uma coisa estou certo agora e sempre...
            Enquanto houver vida em meu corpo, enquanto o sangue flui por minhas veias, eu farei o que meu coração e consciência ditarem:
            Jamais causarei mal a outro ser e vou agir com todos como gostaria que agissem comigo. Se tais atos me causarem tristeza, então com orgulho suportarei tal fardo, seguro de saber que fiz o melhor. Homem algum pode fazer mais.”


            Não nos é permitido saber se lograremos êxito ou não.
            Não há desonra em falhar.
            Só existe uma vergonha definitiva.
            A covardia de não ter tentado.
            Me chamam de Surfista Prateado.



            Seria o próprio cosmo uma centelha de imaginação, acesa por um pensamento
            ocasional e capaz de ser apagada à vontade? Talvez... Talvez seja melhor que nunca conheçamos essas respostas..."

            A distância, a velocidade, nada disso importa! Não tenho destino!
            Vou para onde os ventos do acaso me levarem!
            Mas jamais deixarei de procurar um oáses de sabedoria neste deserto de loucura que os homens chamam de Terra, pois o pior de todos os destinos, nestes incontáveis mundos e infinitas estrelas é ser, e eu sou, ETERNAMENTE SÓ!

            "...em todas as galáxias, em todos os infinitos recônditos do espaço...jamais encontrei um mundo abençoado como este. Nenhum planeta é tão abundantemente dotado de beleza natural,clima ameno...agraciado com chuvas...esta delicada esfera giratória. E hoje, preso a este mundo de loucuras, estou eu! Até quando estarei destinado a enfrentar esta sina que mal consigo compreender?"

            "Onde estaria a bravura se desistíssemos da luta porque há pouca esperança?
            Devemos ser impelidos pelo objetivo não pela disputa"


            "Já me escondi demais por trás do porto seguro do engodo!
            Ou chego a um acordo com o fardo de minha alma... ...ou morrerei tentado!"


            “A verdade, às vezes, ostenta uma face grotesca.
            Uma face que todos os espelhos julgam horrenda demais para refletir!
            Negra demais para ser percebida. Tantas verdades.
            A realidade do que eu sou agora... e do que já fui. Como elas coexistem?
            Será que o presente é refém do passado? Herói ou canalha? Santo ou pecador?
            Autêntico ou impostor? Bom ou mau? Preto ou branco? Não há espaço para tons de cinza?
            Tantas indagações. Tão poucas respostas.
            Um fardo demasiadamente pesado para um só homem suportar... digerir...
            E, no fim, isso é tudo o que realmente sou... Defeituoso. Imperfeito. Apenas um homem.”

            Comment


            • #7
              Postado originalmente por Falcão
              Postado originalmente por MAGUS
              quem sabe, o Maluco do Morrisom pudesse trazer a glória de volta ao filho de Zenn-la.
              porra, taí uma boa idéia... viagens alucinógenas, auto-compreensão, filosofia... um prato cheio pro Morrison punhetar a vontade, é a praia dele.
              No finzinho dos anos 90, havia um bocado de boatos sobre uma mini ou graphic novel do Surfista, por Morrison e Quitely.
              Nunca passou de boato, claro, mas seria algo interessante mesmo.

              Comment


              • #8
                Resimindo a historia, Mephisto ataca o quarteto desfarçado, leva todos ao inferno e exige quie o surfista entregue sua alma em troca da vida do quarteto.

                N posso contar o final, mais a maneira que o surfista usa para vencer o Mephisto e incrivel! Mostra pq todo heroi tem que baixar a cabeça e dizer: O Norrin e o CARA!

                http://rapidshare.com/files/31686464...Earth.cbz.html

                Comment


                • #9
                  Alguem já leu Silver Surfer: Requiem?

                  Gostei da arte.

                  O Surfista vem à Terra pedir ajuda ao Reed, pq descobre que a "pele" dele (ou algo assim) está falhando. O que o faz perder poderes e por consequência, ter algumas semanas de vida. E agora ele esta vagando por NY pra espairecer as idéias. E na próxima edição, ele terá um lero com o Aranha.

                  Legal né?

                  PS.: Li ontem em casa e não me lembro de pontos mais exatos.

                  http://twitter.com/adailtonba2

                  Comment


                  • #10
                    Postado originalmente por M1ster
                    Alguem já leu Silver Surfer: Requiem?

                    Gostei da arte.

                    O Surfista vem à Terra pedir ajuda ao Reed, porque descobre que a "pele" dele (ou algo assim) está falhando. O que o faz perder poderes e por consequência, ter algumas semanas de vida. E agora ele esta vagando por NY pra espairecer as idéias. E na próxima edição, ele terá um lero com o Aranha.

                    Legal né?

                    PS.: Li ontem em casa e não me lembro de pontos mais exatos.
                    Eu li e achei legal...será que o Surfista vai [hide:1c0fe2a3b7] empacotar mesmo? [/hide:1c0fe2a3b7]
                    Send down the firewalker
                    Send down the neon priest
                    Send down the junky doctor
                    Send down the shadow king
                    Down through the heart of the city at night
                    In black and white

                    Comment


                    • #11
                      Postado originalmente por artvandelay
                      Postado originalmente por M1ster
                      Alguem já leu Silver Surfer: Requiem?

                      Gostei da arte.

                      O Surfista vem à Terra pedir ajuda ao Reed, porque descobre que a "pele" dele (ou algo assim) está falhando. O que o faz perder poderes e por consequência, ter algumas semanas de vida. E agora ele esta vagando por NY pra espairecer as idéias. E na próxima edição, ele terá um lero com o Aranha.

                      Legal né?

                      PS.: Li ontem em casa e não me lembro de pontos mais exatos.
                      Eu li e achei legal...será que o Surfista vai [hide:c692e51f45] empacotar mesmo? [/hide:c692e51f45]
                      Oh sim! Com certeza. Apostaria nisso.
                      [hide:c692e51f45]


                      [/hide:c692e51f45]

                      http://twitter.com/adailtonba2

                      Comment


                      • #12
                        Os personagens da Marvel são Imorríveis!
                        PROTETORES NACIONAIS: protetoresnacionais.com

                        Comment


                        • #13
                          NA VERDADE, SO O STAN LEE SOUBE RETRATAR O PERSONAGEM COM A DEVIDA SERIEDADE......

                          PRA MIM, A ULTIMA HISTORIA "REAL" DO SURFISTA FOI A NOVEL "OS ESCRAVISTAS"!!!

                          O Q VEIO DEPOIS É LIXO.....
                          LISTÃO DE HQS.....

                          HELLBLAZER, SUPERAVENTURAS MARVEL, HOMEM-ARANHA, CONAN, WOLVERINE, E AS ORIGENS DOS HERÓIS MARVEL (CAP. AMÉRICA 100, AS GRANDES BATALHAS, SURFISTA)!!!

                          CLIQUEM AQUI:
                          http://www.mbbforum.com/mbb/viewtopi...211503#1211503

                          Comment


                          • #14
                            Postado originalmente por Falcão
                            Straguinha é foda... lá vem retcon...
                            Falca, an bos, Strazaz é o cara que escreveu Rising Stars, Poder Supremo, excelentes historias do Aranha (toda a fase antes de Gwen Puta), uma aclamada fase do Quarteto e etc... julgar umc ara por um ou dois erros é foda
                            "I killed every living thing on Czarnia fer fun. I killed Santa Claus and the Easter Bunny an' things that don't even exist, an' so help me, I tried ta follow th' triple-fold path o' peace. I tried my best... but frag me for a bastich, even I got limits!"

                            Comment


                            • #15
                              Review da edição histórica que saiu pela Mythos que escrevi no longicuo ano de 2003

                              “Em algum lugar, na profunda vastidão do espaço, um incrível figura rasga o cosmo na velocidade da luz...”

                              Com estas palavras Stan Lee nos apresentava a uma figura única dentro dos quadrinhos, o Surfista Prateado.

                              Criado por Jack Kirby apenas para dar um toque a mais na famosa “Trilogia Galactus”, o rei talvez nunca tenha imaginado a singularidade de sua criação, fato este não passou desapercebido por Stan Lee, que tomou o personagem como o seu favorito e se dedicou a ele como a nenhum outro.

                              O velho Stan deu a Norrin Radd um passado duro e glorioso, através de sua boca, tecia criticas ácidas à sociedade belicosa de sua época e filosofava a respeito da existência, histórias de pura arte, histórias estas reunidas em um volume primoroso pela Mythos editora.

                              Contendo as seis primeiras edições da série mensal do personagem, esta edição de acabamento refinado, conta com a arte do fenomenal John Buscema, que imprime o tom certo ao amargurado herói, que aliado ao roteiro de Stan Lee (talvez aqui em um de seus melhores momentos) tornam esta obra imprescindível na coleção de todo fã de quadrinhos.

                              Logo no principio somos apresentados à utópica Zenn-la, lar original do Surfista, vemos a tragédia que se abate sobre seu planeta, uma tragédia chamada Galactus, somo espectadores do sacrifício altruísta de Norrin Radd e seu renascimento como Surfista Prateado, vemos a decadência do herói, a transição de sua felicidade de vagar no cosmos a amargura de seu confinamento na terra.

                              São histórias amargas, mostrando a pior faceta da humanidade, o lado belicoso e paranóico que há em todos nós, em meio a isso o Surfista parece reluzir como o único espírito livre do mundo, tal como o rei filosofo platônico. Incorruptível até o fim, como nos é mostrado em seu embate contra Mephisto.

                              Após este encontro, temos o clássico combate entre o herói e o poderoso Thor, que é considerado por muitos ,um dos melhores já ocorridos nos quadrinhos, em grande parte devido a genialidade de John Buscema de retratar as cenas de ação.

                              O volume continua com aquela que parece ser a história da redenção humana, personificada em um individuo, Al Harper, seu sacrifício para salvar toda a humanidade e sua amizade com o surfista, fazem com que este e nós mesmos renovemos nossa fé no homem.

                              E finalizando com chave de ouro, uma história mostrando o futuro do cosmos, um trágico futuro onde o Supersenhor dizimou todas as espécies sapientes do universo, porem o que poderia ser um simples clichê de ficção científica, acaba se tornando uma sutil porem certeira crítica ao uso da energia atômica.

                              Para aqueles que temem ler uma obra verborrágica e datada, ouso dizer que em tempos de Bush & Cia a críticas estão mais atuais que nunca, porem como já foi dito uma vez “toda obra arte é atemporal e universal” e este volume definitivamente é uma.

                              Dedicado a memória de Ramirez, livre e inabalável como o vento.
                              Entre o Aikewara

                              http://www.flickr.com/photos/ocalheiros/

                              Comment

                              Working...
                              X