Anúncio

Collapse
No announcement yet.

GRANT MORRISON DIZ: DEIXEM OS ESCRITORES PIRAREM!

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Postado originalmente por luizsidi Ver Post
    Roscamoss lendo alguma coisa? Fake.

    Comment


    • Postado originalmente por R2 Ver Post
      Tenho que pegar esse busão.
      A Panini lançou isso recentemente?

      Comment


      • Postado originalmente por Zack Ver Post

        A Panini lançou isso recentemente?
        https://loja.panini.com.br/panini/pr...hoC8FEQAvD_BwE
        “Back like lateral passin'
        With that motherfuckin' gladiator manner of rappin'
        As an addict I let percocets and xannies relax me
        Fall back if your paddies is Maxi, please”

        Comment


        • Postado originalmente por matheus 90 Ver Post
          É possivelmente o melhor trabalho do Morrison entre os supers na DC
          Melhor do que Homem-animal e Patrulha do Destino dele?

          Comment


          • Esse Sete Soldados veio bonitinho? Panini conseguiu não cagar nele?

            Comment


            • Postado originalmente por Maioral Ver Post
              Esse Sete Soldados veio bonitinho? Panini conseguiu não cagar nele?
              infelizmente não, pq não dá pra tirar o morison do gibi.

              (sinceramente, parabens para quem gosta e vai comprar, quando li achei muito hype pra algo tão mais ou menos)
              site pessoaltwitterinstagram

              Comment


              • Postado originalmente por Moloko Vellocet Ver Post

                Melhor do que Homem-animal e Patrulha do Destino dele?
                Cara eu sei que Patrulha é gibi de herói mas é que a parada é tão fora da curva que eu sequer considero gibi de heróis tradicional. Sete Soldados, é.

                E Patrulha do Morrison é facilmente top 5 runs da HISTÓRIA dos gibis americanos


                Postado originalmente por Gesuis
                Eu, um cara com certo conhecimento e bagagem, que é ligado em música nem sabia que um deles tinha morrido, de tão relevante que eles são.
                Comentando sobre os Beastie Boys


                www.twitter.com/matheuslaneri

                Siga-me!

                Comment


                • Postado originalmente por Moloko Vellocet Ver Post

                  Melhor do que Homem-animal e Patrulha do Destino dele?
                  A primeira edição é fantástica, mas o nível não se mantém. Vá sem hype.
                  "Há mestres que prometerão acabar com sua dor em troca de uma coleira no seu pescoço ou uma venda nos seus olhos."
                  Mulher-Maravilha

                  Comment


                  • Postado originalmente por Moloko Vellocet Ver Post

                    Melhor do que Homem-animal e Patrulha do Destino dele?
                    Não, com toda certeza não!

                    Comment


                    • Postado originalmente por matheus 90 Ver Post

                      Cara eu sei que Patrulha é gibi de herói mas é que a parada é tão fora da curva que eu sequer considero gibi de heróis tradicional. Sete Soldados, é.

                      E Patrulha do Morrison é facilmente top 5 runs da HISTÓRIA dos gibis americanos
                      Pra mim Patrulha é a obra prima dele. Se não for o melhor gibi de todos os tempos. Aquela porra é linda demais. Puta merda.

                      Já sete soldados eu comecei a ler e não me empolguei com a primeira edição. Vou ver se acho esse busão aí.

                      Comment


                      • Terminei 7 soldados. Não espere um grupo de heróis. Não existe grupo.

                        Comment


                        • A premissa é justamente essa: sete heróis que salvam o mundo juntos sem nunca se encontrarem. Morrison disse umas coisas sobre esse projeto no Substack:

                          What were the prevailing thoughts and themes that led to the creation of Seven Soldiers of victory? How do you feel like the project went as a whole? What challenges and breakthroughs did you have weaving a larger narrative through multiple miniseries? Did you find yourself more attached to certain soldiers? Thank you again for all the wonderful work!

                          Hi Dallas - I had to love all of the Seven Soldiers characters equally in order to do them justice as I saw it, so I was pretty invested in all of them.

                          I had the idea to put a bunch of C-List DC characters togethers as JL8, based on the line-up of Marvel’s Avengers, so you’d have The Guardian as Captain America, the Demon as the Hulk, Mr. Miracle as Thor, Enchantress for Scarlet Witch and so on…

                          Then I had a better idea that I hadn’t seen before – to do a superhero team that never meets but still works together to save the world.

                          On holiday, I found myself reading Carl Sagan’s Cosmos again, with its evocative descriptions of the far future Earth, a billion years from now, as it spirals towards a swollen red sun with oceans boiled off to immense seas of steam…

                          Somehow that connected in my head with the Arthurian/Celtic strand of the story, which gave rise to the concept of the Sheeda and their nightmarish bad fairy queen.

                          I re-arranged the roster away from the Avengers idea, created a new version of Frankenstein’s monster to join the cast and piece by piece it came together.

                          All of the books had a different flavour and approach, and none were standard superhero comics, so they were all fun to do. We rooted each book in a broader archetype, the Knight, the Escape Artist, the Monster etc. to provide a range of distinct flavours rooted around what I thought was a strong and resonant central idea – that humans of the future, on a planet starved of resources, might be forced to cannibalize their own history to survive.

                          Each one gave me an opportunity to express a different palate of emotions. I’m very fond of Seven Soldiers as a result and I especially like that most of them are single issue complete stories too. There were a few that never made the cut, like a whole issue of The Manhattan Guardian called King Cocaine! that was half written and discarded.

                          As usual I had too much story; I wanted the last issue to be a super-compressed blast of visuals and information and although it works and all the information is there, I’d have preferred to give JH Williams’ amazing art a little more room to breathe.

                          Comment


                          • Morrison parece gente boa demais

                            Bem melhor do que o negativismo do bruxo

                            Comment

                            Working...
                            X