Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Batman por Grant Morrison - The Black Glove p.4

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • #61
    Postado originalmente por Chacal
    Foi na fase do Morrison que parei de ler batman.
    Sinceramente não entendi, e preferi gastar meu tempo em outra coisa que não precisasse de 6 meses pra fazer algum sentido, e só então decidir se gostei ou não.

    jä disse que não li, e provavelmente nao leri, mas aquele negócio do En-zuh-ahr (ou algo assim) tem que ser maravilhosamente explicado pra ser considerado qualquer coisa menos que tosco.
    2

    Comment


    • #62
      Não sei por que reclamam do Morrison ter resgatado esse lado "super-heróico" do Batman como se isso limitasse o personagem a uma ou outra versão, pra mim abre muitas possibilidades, depende da faceta que o autor queira abordar. O personagem tem mais de 70 anos de histórias, não pode ficar preso aos dogmas que somente um criador estabeleceu, só porque a fase do mesmo foi marcante.

      Mesmo atualmente, pra quem curte mais o lado detetivesco, Detective Comics ainda é publicado, que eu saiba.

      Postado originalmente por Aion
      mas o ataque à mente do Bruce levando-o à criação do Batman de ZuERAH é genial, sem contar à homenagem à vários conceitos criados na Era de Prata. Nos próprios tópicos de avaliação muita gente apontou isso.
      Isso foi massa. Aquele monte de histórias sci-fi-psicodélicas com o "Batman sorriso" da Era de Prata agora fazem sentido.


      Blame it on the Bossa Nova.

      Comment


      • #63
        Postado originalmente por Oz Jordan
        numais, é o mesmo choro mela fronha do nego q curtia o Super do byrne.
        O pessoal que apedrejava o Super do Byrne hoje chora com o Super do Straza.

        Comment


        • #64
          Postado originalmente por Aion
          mas po, sê o arco é de 6 partes, é de se esperar NO MINIMO que depois de 6 meses tu decida se gostou ou não, depois de ler tudo po.
          E precisa esperar seis edições pra agradar o leitor? Não dá pra fazer EDIÇÕES legais, apenas ARCOS legais? Entendi assim a reclamação do colega:
          Postado originalmente por Chacal
          preferi gastar meu tempo em outra coisa que não precisasse de 6 meses pra fazer algum sentido, e só então decidir se gostei ou não.
          Acho uma reclamação válida.
          Amigos, confiram SUPER-EGO, a história de um psicólogo de super-heróis escrita e desenhada por mim, toda segunda no http://www.sequentialink.com/?comic=super-ego-page-1.

          Comment


          • #65
            O grande problema é o conceito de "Legado do Batman" pelas eras.

            Isso vai contra TUDO o que o personagem é.

            É legal o conceito. Mas como o Batman já é inspirado no Zorro, ampliar para cópia do Fantasma já é demais.

            No fim o Grant Morrison escreveu o MELHOR Batman na época da JLA - Mix entre Detetive + Herói + Cientista.

            E o Damian é um PUTA personagem. Mas como o Gambit, Cable e Wolverine sofre preconceito dos "Tradicionalistas Roskões".
            PROTOCOLO: A ORDEM foi impressa e está sendo vendida. APENAS ACEITEM!!!

            Comment


            • #66
              Acho que o Morrisn está perdendo a Mão, desde as Crises. Como deu merda na história, ele está tentando fazer algo magnífico e espetacular, para compensar, e não tá dando certo. Depois de os Sete da Vitória e All Star Superman, o cara decaiu legal.

              Comment


              • #67
                LIXOOOO!!!!

                Comment


                • #68
                  Postado originalmente por Zed
                  Postado originalmente por Aion
                  mas po, sê o arco é de 6 partes, é de se esperar NO MINIMO que depois de 6 meses tu decida se gostou ou não, depois de ler tudo po.
                  E precisa esperar seis edições pra agradar o leitor? Não dá pra fazer EDIÇÕES legais, apenas ARCOS legais? Entendi assim a reclamação do colega:
                  Postado originalmente por Chacal
                  preferi gastar meu tempo em outra coisa que não precisasse de 6 meses pra fazer algum sentido, e só então decidir se gostei ou não.
                  Acho uma reclamação válida.
                  Po, mas vocês querem que todo o plot planejado pelo escritor faça sentido na 1° edição, não podem ler tudo pra ver se fez sentido ou não.

                  Comment


                  • #69
                    Postado originalmente por Aion
                    Postado originalmente por Zed
                    Postado originalmente por Aion
                    mas po, sê o arco é de 6 partes, é de se esperar NO MINIMO que depois de 6 meses tu decida se gostou ou não, depois de ler tudo po.
                    E precisa esperar seis edições pra agradar o leitor? Não dá pra fazer EDIÇÕES legais, apenas ARCOS legais? Entendi assim a reclamação do colega:
                    Postado originalmente por Chacal
                    preferi gastar meu tempo em outra coisa que não precisasse de 6 meses pra fazer algum sentido, e só então decidir se gostei ou não.
                    Acho uma reclamação válida.
                    Po, mas vocês querem que todo o plot planejado pelo escritor faça sentido na 1° edição, não podem ler tudo pra ver se fez sentido ou não.
                    Mas a edição em si tem que ser legal, o negócio não pode ser bom quando você termina de ler depois de seis meses e só no final acha legal.

                    Bom, eu não li, então não posso comentar, mas acredito que seja essa a idéia do amiche, é só fanfic meu mesmo, .

                    Já rolando um pequeno cross, um exemplo foi o gibi do Homem-de-Ferro dos Knauffs, um arco que tem umas 12 partes, era muito foda se lido na sequência, mas te cativava de ler todo mês, não era legal ler duma vez só.

                    Enquanto o Homem-de-Ferro do Fracation, que todos elogiam, ganhou Eisner e os caralhos, e o arco era tão chato que não me motivou a passar da segunda edição.

                    Comment


                    • #70
                      O Batman do Morrison fede...

                      Comment


                      • #71
                        Postado originalmente por Chacal
                        Foi na fase do Morrison que parei de ler batman.
                        Comigo foi a mesma coisa.

                        Mil vezes as histórias do Paul Dini. Eram muito mais divertidas.
                        I am lost
                        So I am cruel
                        But I'd be love and sweetness
                        If I had you

                        Comment


                        • #72
                          Postado originalmente por Cameron Poe
                          Postado originalmente por Aion
                          Postado originalmente por Zed
                          Postado originalmente por Aion
                          mas po, sê o arco é de 6 partes, é de se esperar NO MINIMO que depois de 6 meses tu decida se gostou ou não, depois de ler tudo po.
                          E precisa esperar seis edições pra agradar o leitor? Não dá pra fazer EDIÇÕES legais, apenas ARCOS legais? Entendi assim a reclamação do colega:
                          Postado originalmente por Chacal
                          preferi gastar meu tempo em outra coisa que não precisasse de 6 meses pra fazer algum sentido, e só então decidir se gostei ou não.
                          Acho uma reclamação válida.
                          Po, mas vocês querem que todo o plot planejado pelo escritor faça sentido na 1° edição, não podem ler tudo pra ver se fez sentido ou não.
                          Mas a edição em si tem que ser legal, o negócio não pode ser bom quando você termina de ler depois de seis meses e só no final acha legal.

                          Bom, eu não li, então não posso comentar, mas acredito que seja essa a idéia do amiche, é só fanfic meu mesmo, .

                          Já rolando um pequeno cross, um exemplo foi o gibi do Homem-de-Ferro dos Knauffs, um arco que tem umas 12 partes, era muito foda se lido na sequência, mas te cativava de ler todo mês, não era legal ler duma vez só.

                          Enquanto o Homem-de-Ferro do Fracation, que todos elogiam, ganhou Eisner e os caralhos, e o arco era tão chato que não me motivou a passar da segunda edição.
                          Exatamente, e, usando um exemplo do próprio Morrison, Invisíveis eu achei foda desde o começo.
                          O final mesmo eu não entendi porra nenhuma , mas cada edição era tão maneira que me manteve acompanhando por todo o run.

                          Com o Batman foi o contrário: mesmo que o final seja absolutamente sensacional, eu não vou ler, porque acho as edições individuais insuportáveis.

                          Comment


                          • #73
                            Altos e baixos. Gosto da introdução do Damien ao Batverso mas no meio do caminho desanimei geral.

                            Comment


                            • #74
                              eu não tive curiosidade de ler a passahem dele pré R.I.P

                              mas fiquei curioso pra ler Batman & Robin.
                              Se comprar dá para entender ou só lendo o que veio antes?
                              "Recapitulando, então: culturas sexualmente progressistas nos deram a matemática, a literatura, a filosofia, a civilização e todo o resto, enquanto culturas sexualmente reprimidas nos deram a Idade Média e o Holocausto. Não que eu queira exagerar nos meus argumentos, é claro."
                              Alan Moore

                              Comment


                              • #75
                                gosto bastante da premissa do run do Morrisson no Batman, que é fazer ele voltar a ser um super-herói.

                                acho que o resgate do filho dele com a Tália era algo que demorou DEMAIS pra acontecer. principalmente depois que o personagem JÁ TINHA APRECIDO em Reino do amanhã (com outro nome).

                                mas eu sempre tenho a mesma opinião sobre os runs do Morisson. ele começa criando conceitos inovadores. mas, com o passar do tempo, as idéias vão se tornando mais e mais exageradas até que a coisa perde o sentido.

                                e batman RIP foi isso.

                                a idéia do batman ter uma "personalidade back-up" já é maluca por si só. e explorar isso da forma psicodélica com que foi feito só prejudicou ainda mais o entendimento da trama.

                                também não gostei da nova abordagem no Coringa. não tinha nada errado com o personagem pra mudá-lo. foi só uma alteração pra fazê-lo mais parecido com a versão do novo filme e que vai ser esquecido em pouco tempo. Aliás ALGUM OUTRO ESCRITOR usou o Coringa de jaleco e cicatriz além do Morisson?

                                sobre os desenhistas, rolou mesmo uma inconstância. na verdade, acho que os melhores arcos foram desenhados pelo Andy Kubert. a narrativa mais simples dele ajudava na fluência das tramas. e acho que essa simplicidade fez falta em Batman RIP.

                                só li o que saiu por aqui e aguardo Batman & Robin pra comentar mais!
                                "Watchmen foi uma revista sem sentido belamente ilustrada."
                                John Byrne

                                "O futuro me parece mais promissor a cada cerveja que eu bebo."
                                David Lee Roth

                                Comment

                                Working...
                                X