Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[FINAL CRISIS] ESCAPE: quem entender leva 1000 reauls (p164)

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Meu Deus. Que gibi foda...

    A sensação de "fodeu, agora a merda é séria mesmo, não dá pra saber quem chega vivo até o final disso", como na parte final da primeira crise, está presente no gibi inteiro...eu realmente tive a sensação que o Wally ia rodar no meio da brincadeira... e o Super-Homem está lá, calmo, ligando o foda-se para Darkseid e Mandraak...


    O que ele desejou para a máquina dos milagres, para consertar tudo, foi fenomenal. "Um final feliz". É um personagem de quadrinhos que sabe que é um personagem e que faz parte de uma história com começo meio e fim, e podendo desejar qualquer coisa na história, deseja que ela acabe bem. É uma meta-linguagem mais sútil que em Homem-Animal, mas ainda assim... ele é o Super-Homem, não precisa encontrar o Morrison cara a cara e falar que a vida dele não é apenas um gibi...

    A explicação do porque o Darkseid estar no corpo do Turpin e não do Batman também foi boa. "Ele teria resistido."

    O interessante do final do Batman é que isso dá liberdade temporária para se criar algumas histórias "elseworld" com ele dentro da cronologia oficial da DC, na terra oficial. Se ele não voltar diretamente para o presente, dá para o morrison trabalhar doideras como Batman no japão feudal, batman na segunda guerra, esse tipo de coisa... desenhadas pelo Quitely...

    Realmente sensacional essa última edição.

    Comment


    • E o Darkseid 40 centímetros de pança mandou ver!

      Comment


      • Tá, não vou aguentar seus putos... onde baixa essas revistas? MP please =]
        Vendo livros: http://www.olx.com.br/loja/id/130838

        Comment


        • Primeira vez que tive vontade de me drogar na vida... pra ver se assim eu entendia algo.

          Comment


          • Êta gibizinho pretensioso!
            Acho que o escocês (e alguns usuarios do forum) acham que se ninguem enteder nada ninguem vai poder criticar.
            Vocês repararam como os personagens e a narração ficam repetindo insessantemente o quanto aquele momento é histórico, o quanto aquela história é épica, o quanto tudo aquilo vai mudar a história do mundo?
            Ao invez de escrever uma historia relevante o Morrinson quer convenser o leitor que a história é relevante.
            Ficou devendo, careca.

            Duvida: O Super assassinou os monitores?
            Observação: No final das contas o Super-Obama não era o Sunshine Superman. Este aparece mais tarde.
            Socorro! Estou tendo outra idéia!

            Comment


            • Pelo menos se renderam à modinha Obama, para vender mais o gibi. rs

              Comment


              • Postado originalmente por oNosferatu
                1)Vocês repararam como os personagens e a narração ficam repetindo insessantemente o quanto aquele momento é histórico, o quanto aquela história é épica, o quanto tudo aquilo vai mudar a história do mundo?

                2)Observação: No final das contas o Super-Obama não era o Sunshine Superman. Este aparece mais tarde.
                1) Cara, leia a entrevista do Morrison. Ele explica que fez uma saga épica e condensada de propósito, porque não queria cair no clichê da linearidade. Em Final Crisis toda hora o tempo muda, até porque o tempo se fundiu.

                Pra quem é fã de Babylon 5, a narração do Morrison em FC #7 lembra muito a narração da Susan Ivanonva no episódio final da série. Tô até achando que ele foi lá beber da obra-prima do Straça.

                2) É mesmo, o Sunshine Superman aparece depois, o Superobama é outro mesmo.

                Comment


                • 1) Cara, leia a entrevista do Morrison. Ele explica que fez uma saga épica e condensada de propósito, porque não queria cair no clichê da linearidade. Em Final Crisis toda hora o tempo muda, até porque o tempo se fundiu.
                  Ele fez um gibi confuso e pretensioso de propósito? Para não cair no clichê da qualidade? Tá parecendo roteirista nacional.

                  Pra quem é fã de Babylon 5, a narração do Morrison em FC #7 lembra muito a narração da Susan Ivanonva no episódio final da série. Tô até achando que ele foi lá beber da obra-prima do Straça.
                  Alêm de ter que ler trocentos tie-ins eu ainda tenho que assistir Babylon 5 pra entender o gibi?

                  2) É mesmo, o Sunshine Superman aparece depois, o Superobama é outro mesmo.
                  O Apolo aparece tambem.
                  Quando foi que a Supermoça nazista morreu? Fiquei com pena.

                  E não fique ofendido, Stanislaw. Estou criticando o gibi, não você ou suas opiniões.
                  Socorro! Estou tendo outra idéia!

                  Comment


                  • Postado originalmente por Nitroman
                    Primeira vez que tive vontade de me drogar na vida... pra ver se assim eu entendia algo.

                    Comment


                    • achei um gibi nhé.

                      como toda a mini. nem vou me alongar mais.

                      Comment


                      • ABSOLUTAMENTE FODA.

                        não falarei mais nada. lerei a entrevista e a mini novamente antes de comentar mais.

                        Comment


                        • Postado originalmente por oNosferatu
                          Êta gibizinho pretensioso!
                          Acho que o escocês (e alguns usuarios do forum) acham que se ninguem enteder nada ninguem vai poder criticar.
                          Vocês repararam como os personagens e a narração ficam repetindo insessantemente o quanto aquele momento é histórico, o quanto aquela história é épica, o quanto tudo aquilo vai mudar a história do mundo?
                          Ao invez de escrever uma historia relevante o Morrinson quer convenser o leitor que a história é relevante.
                          Ficou devendo, careca.

                          Duvida: O Super assassinou os monitores?
                          Observação: No final das contas o Super-Obama não era o Sunshine Superman. Este aparece mais tarde.
                          Eu quero me convenCer que você está brincando...
                          Tenda do Katar 2019 com TPs Importados e Nacionais atualizado em 26/02!!

                          Clique aqui!

                          Comment


                          • desculpa incomodar, eu nao acompanhei a mini, so esse topico.

                            mas entendi que o Batman morreu de verdade, ai o Super operando a maquina de milagres faz ele reviver.

                            é isso?

                            Comment


                            • Pronto, posso falar que é melhor que a da concorrência.
                              "Me veja como um inimigo e se eu puder fazer algo pra te prejudicar vou fazer com muito prazer . Não queira me conhecer."

                              Comment


                              • Postado originalmente por KoN
                                E o Darkseid 40 centímetros de pança mandou ver!
                                Com certeza melhor que o Mandrakk, que é um inutil que só serviu pra apanhar no final. Mesmo morrendo, Darkseid detona!
                                Postado originalmente por Oz Jordan
                                eu sempre considerei o ajax negão, só q um negão verde. em vista de q os marcianos do caralhø lá eram brancos e verdes, o verde é o negro espacial.

                                Comment

                                Working...
                                X