Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[RPG] Cena ???: O Segredo da Cachoeira

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • #61
    Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

    A explosão faz emergir meus instintos de guerra.

    Carga.

    Penso de forma instintiva, pois sou um soldado.

    Um grito de guerra troveja em minha mente, sendo expelido por minha goela. Invisto em carga contra uma das criaturas. A investida pega o monstro atordoado ainda balançando a cabeça. Minha espada corta uma cabeça. Me dirijo ao outro monstro, adjacente, e lhe arranco um braço e depois separo a cabeça do corpo.

    Giro meu corpo, invisto contra um outro, o golpeio de frente com o escudo, jogando esse inimigo longe.

    Vejo Doom usar uma pedra para matar um alvo.

    Mantenho meu escudo em riste. Espada pronta para cortar. É guerra.

    Sorrio.
    "Não, eu não sou imortal, o único imortal aqui é Hyunkel, se continuar levando ataques assim eu casualmente irei morrer. Mas mesmo que eu morra não posso permitir que você tire Dai de nós, Baran, por que ele é nosso Sol, então irei sacrificar minha vida por ele! Venha Baran e lute comigo!!!"
    (Crocodine - O Rei das Feras [Dragon Quest - Adventure of Dai])

    Comment


    • #62
      Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

      (Oi, Lucas. Infelizmente essa ação é impossível, porque vocês estão numa encosta e os inimigos no vale o qual essa encosta ladeia. Ou seja, vocês estão no alto e os inimigos abaixo há uns 10 metros.

      A fins de esclarecimento, se usássemos algum sistema de RPG, tipo o meu preferido que é o D&D 3.5, seria também sistematicamente​ impossível, confira: )

      Spoiler!
      Last edited by Blackhouse; 13-12-2017, 08:18 AM.

      Os outros não precisam se sentir mal para você se sentir bem.

      "Bold motherfucker, don't you limit your mind?"

      Comment


      • #63
        Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

        Postado originalmente por Blackhouse Ver Post
        (Oi, Lucas. Infelizmente essa ação é impossível, porque vocês estão numa encosta e os inimigos no vale o qual essa encosta ladeia. Ou seja, vocês estão no alto e os inimigos abaixo há uns 10 metros.

        A fins de esclarecimento, se usássemos algum sistema de RPG, tipo o meu preferido que é o D&D 3.5, seria também sistematicamente​ impossível, confira: )

        Spoiler!
        (Saquei, eu quis fazer algo mais estilo livro, menos sistemático. Perdia a ação ou posso refazer?)
        "Não, eu não sou imortal, o único imortal aqui é Hyunkel, se continuar levando ataques assim eu casualmente irei morrer. Mas mesmo que eu morra não posso permitir que você tire Dai de nós, Baran, por que ele é nosso Sol, então irei sacrificar minha vida por ele! Venha Baran e lute comigo!!!"
        (Crocodine - O Rei das Feras [Dragon Quest - Adventure of Dai])

        Comment


        • #64
          Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

          (Lucas, vou considerar parcialmente sua ação para ganharmos tempo. Mas não ache que você fez errado, é que eu só queria chamar a atenção para uma ação que, num momento de clímax, pode te prejudicar. Por exemplo, em um outro momento seu personagem pode morrer simplesmente porque correu em direção a uma queda de 10 metros inadvertidamente. Beleza?)

          Após a explosão, as criaturas aladas remanescentes foram alvejados pelas pedras do leito do rio controladas pela magia elemental de Doom. As pedras lhe esmigalharam as parte menos resistentes de seus corpos, como asas ou patas.

          Ainda que a magia de Doom não tivesse matado todas as criaturas, Lady Lillane já havia se posto em combate, tendo descido a encosta pelo seu lado menos íngreme e partido de espada em punho com uma fúria frenética. Seu aço dançou no ar com graça e leveza, sibilando e deixando para trás um rastro luminoso de seu próprio reflexo.

          Talvez o grupo não visse nisso nada de significante, mas mesmo após a imensa explosão que matou a maior parte do bando, mesmo com pedras voadoras esmagando seus corpos e uma guerreira os ceifando sem qualquer dificuldade, as criaturas não demonstraram medo e sequer esboçaram qualquer plano de fuga.

          Após o abate do último monstro, Lady Lillane retira sua espada das costas do inimigo e a limpa com um movimento rápido semi-circular em direção ao chão, fazendo toda a gosma esverdeada cobria a espada voar.

          A situação é aquela que descrevi no post anterior, com o adicional de que agora todos os monstros estão mortos graças ao ataque coordenado de vocês. No entanto, uma das carroças está completamente destruída, bem como todos os equipamentos, pertences etc. que havia nela. Os cinco homens também estão mortos e seus equipamentos inutilizáveis ante à explosão e ao fogo.

          Na outra carroça, Martin encontra algumas provisões, como comida e água potável (uma vez que a água do riacho agora está insalubre pelo sangue dos homens e animais, sujeira das carroças e gosma verde dos monstros). Ele acha também alguns indícios de que aquela era uma comitiva de revolucionários, prontos à se juntarem a outros em Berg (o que vocês já haviam deduzido como eu já tinha explicado).

          (O que vocês pretendem fazer? Estão livres.)
          Last edited by Blackhouse; 13-12-2017, 10:22 AM.

          Os outros não precisam se sentir mal para você se sentir bem.

          "Bold motherfucker, don't you limit your mind?"

          Comment


          • #65
            Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

            (Editei o post anterior. Estão livres.)

            Os outros não precisam se sentir mal para você se sentir bem.

            "Bold motherfucker, don't you limit your mind?"

            Comment


            • #66
              Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

              Me lembro de histórias de guerra contadas ao redor de uma fogueira por guerreiros respeitados.

              As histórias falam de monstros alados com asas de couro e sangue verde. Um sangue ácido e venenoso, mas apenas se misturado a álcool e curtido por um dia.

              Vejo o resultado da escaramuça. Vencemos.

              Caminho até o riacho e deixo que a água corrente lave minha espada para evitar corrosão. Depois disso, busco um pedaço de pano, com o qual a seco. A espada então adormece em sua bainha.

              Vejo o deformado recolhendo restos. A pilhagem de batalha pertence aos guerreiros, mas esse homem não ajudou em nada. Fico indignada.

              Me aproximo dele e, mesmo sabendo que não sou tão alta, faço minha presença ser notada. Quando o ser dá espaço, me abaixo e recolho o que parecem ser dois potes de vidro, um deles levemente rachado.

              - Doom, precisa de recipientes para suas mágicas? Algum de vocês possui conhecimento sobre essas criaturas? Eu já ouvi lendas de que seu sangue é acido e que, se misturado a álcool e curtido por um dia se torna um veneno poderoso.

              O frenesi de combate termina e me permito sorrir com a conquista.
              "Não, eu não sou imortal, o único imortal aqui é Hyunkel, se continuar levando ataques assim eu casualmente irei morrer. Mas mesmo que eu morra não posso permitir que você tire Dai de nós, Baran, por que ele é nosso Sol, então irei sacrificar minha vida por ele! Venha Baran e lute comigo!!!"
              (Crocodine - O Rei das Feras [Dragon Quest - Adventure of Dai])

              Comment


              • #67
                Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

                Após o final da luta, Doom desce a ladeira, atraido por magia. Dá pouca atenção aos corpos ao redor, e nem se incomoda com o sangue. Na caichoeira, percebe uma pedra vibrar e emitir mágica.

                A Elfa lhe tira a atenção com uma pergunta tola. Irritado, Victor se vira e diz:

                - Não preciso de nenhuma dessas porcarias, faça o que quiser.

                Volta sua atenção ao objeto mágico, e com sua magia, tenta puxar a rocha até si.
                Dossiês: DCNU Flash - Thor Godblast - Evolução dos poderes mágicos do Dr.Doom - Death Sentry

                Todos os confrontos: Thor vs Destruidor | Ciclope vs Wolverine

                Comment


                • #68
                  Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

                  Quando tudo se estabeleceu apos o caos da batalha, a ladra observou atentamete a carnificina e sentiu suas pernas bambear e seu estomago revirar e quase vomitou. Nunca tinha matado, exceto para defender a si mesma. Mas que escolha tinha naquela situação ?

                  - o que fazemos agora ? - perguntou.

                  Dossie do Conan : http://www.mbbforum.com/mbb/showthre...onan-O-Barbaro
                  Feitos do Batman : http://batmanfeats.blogspot.com.br/

                  Postado originalmente por Void
                  A impossibilidade de realizar seus sonhos causa infelicidade. É melhor não sonhar e viver em indiferença e mediocridade.

                  Comment


                  • #69
                    Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

                    Após ser repreendido pela forte presença de Lillane, Martin recua alguns passos e se acua como um animal ferido. Olha os exploradores e se pergunta se realmente as 5 moedas de ouro valeriam a pena. Talvez se aumentassem para 7 moedas seria mais justo, já que não é Tomas quem está arriscando sua vida sem qualquer garantia de que os "protetores" realmente o protegerão.

                    Lillane avisa aos demais dos perigos do sangue das criaturas aladas, e recolhe algumas amostras nos dois frascos de vidro que encontrou, derramando sobre os mesmos um pouco do conhaque que havia guardado ainda do encontro com o dentista. No dia seguinte, aqueles dois frascos serão duas poderosas armas.

                    Audrey interroga os companheiros sobre qual destinação tomarão a partir daquele momento. Nenhum deles pareceu particularmente interessado na morte dos cinco homens, nem mesmo Martin.

                    - Rebeldes. Eles estão... estavam contra a gente, não é? - Pergunta sem qualquer objetivo de receber resposta enquanto vasculha os corpos. Vez ou outra seus dedos lépidos recolhem algumas coisas dos cadáveres sem que Lillane veja.

                    Doom, por sua vez, está interessado na cachoeira. Sua mão se move à frente de seu corpo, apontada para a pedra da base da cachoeira, e desenha sigilos mágicos no ar enquanto sua boca profere palavras de uma língua desconhecida. É a sua famosa magia elemental de mover pedras. No entanto, nada acontece. Doom, no entanto, sente algo estranho: toda vez que utiliza-se de artes mágicas, seu corpo passa por um processo que, para leigos, poderia descrito como uma eletricidade interna. Durante o uso da magia elemental da pedra, em especial, ele sente um empuxo similar ao que ocorre com um ímã, ainda que o ímã não seja forte o suficiente para puxar o outro ímã ou o metal com o qual interage. No entanto, nesse caso em específico, Doom não sente nada. É como se não existisse uma pedra ali.

                    Agora com toda a atenção dispensada à formação d'água, todo o grupo percebe um pequeno arco-íris formado, da altura e da largura de um umbral de porta, o que é estranho para todos, já que está à noite e a luz das tochas não tem a capacidade cromática para formá-lo.
                    Last edited by Blackhouse; 13-12-2017, 05:39 PM.

                    Os outros não precisam se sentir mal para você se sentir bem.

                    "Bold motherfucker, don't you limit your mind?"

                    Comment


                    • #70
                      Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

                      Doom toma a frente dos colegas, usa a magia de endurecimento no próprio corpo e caminha em direção ao arco íris.
                      Dossiês: DCNU Flash - Thor Godblast - Evolução dos poderes mágicos do Dr.Doom - Death Sentry

                      Todos os confrontos: Thor vs Destruidor | Ciclope vs Wolverine

                      Comment


                      • #71
                        Re: [RPG] Cena 1: Expedição ao Sítio Arqueológico

                        Os demais membros do grupo, com exceção de Martin, já viram aquela magia algumas vezes: a pele de Doom passa repentinamente a ter uma coloração laranja ou marrom, algumas pequenas ramas de lhe envolvem o rosto e o restante do corpo, até que finalmente ela assume o inteiriço aspecto de madeira. Era uma sensação esquisita vê-lo naquela forma, mais esquisito ainda pensar que aquilo era um humano, no entanto os que experimentaram tal magia, como Lillane em algumas oportunidades, sabem de sua eficiência; era como revestir a própria pele com um broquel.

                        Porém, a despeito das excentricidades de Doom, o que se sucedeu a essa transformação foi uma coisa inédita para todos. Ao terminar de utilizar a magia Pele em Madeira, Doom caminha em direção à imensa rocha na base da cachoeira como se não houvesse nada a sua frente. E no instante em que seu rosto iria impactar-se com a rocha, Doom entra dentro da mesma como se estivesse sendo dragado, e desaparece.

                        - O que aconteceu? - assustado, Martin se aproxima da parede e tenta encostar sua mão nela. No entanto, acontece com ela o mesmo que acontecera com Doom. - Vocês estão vendo o que eu estou vendo?

                        (Lucas e Vandal estão livres).

                        Os outros não precisam se sentir mal para você se sentir bem.

                        "Bold motherfucker, don't you limit your mind?"

                        Comment


                        • #72
                          Re: [RPG] Cena ???: O Segredo da Cachoeira

                          A ladra não perdeu tempo, e sem falar nada seguiu em frente para adentrar na rocha e arrastou o corcunda junto.

                          Dossie do Conan : http://www.mbbforum.com/mbb/showthre...onan-O-Barbaro
                          Feitos do Batman : http://batmanfeats.blogspot.com.br/

                          Postado originalmente por Void
                          A impossibilidade de realizar seus sonhos causa infelicidade. É melhor não sonhar e viver em indiferença e mediocridade.

                          Comment


                          • #73
                            Re: [RPG] Cena ???: O Segredo da Cachoeira

                            Um mago indo para a frente de combate. Que tolice. Logo se percebe que Doom não entende nada sobre posicionamento no campo de batalha.

                            Eu sigo os demais, antes, porém, pego um dos potes e recolho um pouco do sangue verdorrento das criaturas com o vasilhame.

                            Atravesso a rocha, já falando:

                            - Corcunda, você trouxe algum álcool?

                            Escudo em uma mão, pote na outra, espada na bainha.
                            "Não, eu não sou imortal, o único imortal aqui é Hyunkel, se continuar levando ataques assim eu casualmente irei morrer. Mas mesmo que eu morra não posso permitir que você tire Dai de nós, Baran, por que ele é nosso Sol, então irei sacrificar minha vida por ele! Venha Baran e lute comigo!!!"
                            (Crocodine - O Rei das Feras [Dragon Quest - Adventure of Dai])

                            Comment


                            • #74
                              Re: [RPG] Cena ???: O Segredo da Cachoeira

                              (Gente, posto ainda hoje. Está uma maluquice esse fim de semana.)

                              Os outros não precisam se sentir mal para você se sentir bem.

                              "Bold motherfucker, don't you limit your mind?"

                              Comment

                              Working...
                              X