Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Meu livro: dúvidas.

Collapse
This topic is closed.
X
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Stark Giovanelli
    replied
    Este imbecil do Van Gogh não se toca mesmo. Vá tirar suas dúvidas na casa do caralho.

    Leave a comment:


  • Rockman
    replied
    incrivel como a cada duas semanas mais ou menos temos o mesmo problema com esse cara.

    já é hora de um

    Leave a comment:


  • Goyo
    replied
    Denunciei este tópico no site www.censura.com.br .

    Se a moderação do MBB não faz nada contra o usuário em questão, o jeito é denunciar fora daqui mesmo.

    Leave a comment:


  • Rockman
    replied
    Postado originalmente por Ealendil
    Postado originalmente por Mateus
    E isso?
    Helena Akkakinen é uma menina de 13 anos, cabelos longos castanho-claros, olhos azuis, descendente de finlandeses. É apaixonada por Douglas e possui uma relação "extra-paternal" com ele: dormem juntos, tomam banho juntos, se beijam e se abraçam em excesso.
    Está ruim.. Só pelo fato de você fazer questão em colocar MichaelJackson'sLifeStyle, já mostra seu naipe, mas isso NÂO é normal.
    e ele não falou que é uma autobiografia? (sic...)

    Leave a comment:


  • Chico Barney
    replied
    Mas que chatice, Yu-Mon... Deixa rolar...

    Van Gago, boa sorte no livro. Já falou com a Desiderata e a Cia das Letras?

    Leave a comment:


  • Yu-mon
    replied
    FAXINA FAXINA E FAXINA

    Leave a comment:


  • carcaju
    replied
    kafka escreveu um livro em uma noite, morreu cedo, trabalhava num escritório de merda, e mesmo assim é fodoncio...

    Posso listar um monte de neguinho aqui que mudou o mundo antes dos 30 e tem mais coisa pra contar que muito véio barba branca por ai, saca?

    N entendi, BK

    E outra coisa, pelo jeito que tu fala que o cara tem uma vida de merda totalmente comum, tu deve ser o Super-Homem, salvando o mundo de invasões alienígenas todo dia, hã??

    Deixa de ser assim tão chato, tche!!

    Leave a comment:


  • BK
    replied
    Postado originalmente por Desmond
    que NEM TODO MUNDO AQUI TEM A PRETENSÃO DE SE TORNAR ESCRITOR.
    Pois é, a maioria prefere se acovardar e bancar o pseudo-humilde e dizer que "não, não quero publicar, que é isso, só faço por esporte, tô nem aí prá essas coisas..."
    Mas é papo. Papo furado mesmo.
    Especialmente de você.
    Foda-se teu passado e teu gabarito, Bkobra.
    Pois é, esse é você, "desmond".
    Você veio até mim no MSN, cheio de humildade, cheio de gentileza, me elogiando, falando da Animax e o caramba...
    Me pediu conselhos de como melhorar seu "livro", de como publica-lo, de como viabiliza-lo...

    E agora você age assim, me mandando eu me foder.

    Foi isso o que você aprendeu na favela? Foi isso o que tua mãe te ensinou a ser? Um duas-caras?
    Parabéns então. Você conseguiu ser.
    mas de quem não é hoje em dia?
    Talvez o Brasil seja realmente composto por pessoas podres. E, percebo, você se esforça muito prá ser uma delas.

    Mas eu perdôo, sabe por que?
    Porque você não tem mãe.
    Não tem pai.
    Não tem família, não tem amigos, nem namorada, nem nada.

    Você é um rejeitado. Ninguém te queria, ninguém te deu apoio, ninguém te valorizou e, por isso, você é que nem um vira-lata surrado que morde a mão de quem te ajuda.

    Por isso você vive de albergue em albergue, vivendo de bico e olhando prá si mesmo porque as pessoas lhe foram cruéis.

    Só que tem uma coisa que sua "vivência" não te ensinou, menino: é que gratidão a gente paga com gratidão. Respeito se paga com respeito e consideração se paga com consideração.
    Não interessa se você veio da favela, da Zona Sul ou do meio do mato. Se você age com dignidade, respeito e cortesia para com as pessoas, você recebe isso de volta.

    Por você ter vindo do monte do lixo humano, você se coloca como lixo humano.
    Beleza. Seu direito.
    Mas lembre-se que você se tornou exatamente aquilo que combatia.
    De tanto olhar no poço, você caiu nele e virou parte do poço.

    Quando deixar de ser o cão sarnento que disseram que você deveria ser, quando você tiver estudado, lido muito e deixado de ser essa ostra suja escondida debaixo do asfalto...

    Aí você vai entender que sua mãe estava certa ao te expulsar de casa.

    Fez muito bem!

    Leave a comment:


  • Yu-mon
    replied
    TÓPICO EDITADO E FAXINADO DE ACORDO COM O PEDIDO DO AUTOR

    Leave a comment:


  • Júlio Valereto
    replied
    Postado originalmente por Yu-mon
    já se amaram? ok, um aviso CRÍTICA CONSTRUTIVA, vlw.
    Desmond anexe o link do tópico do teu livro pros leigos.

    ps: se querem se amar ai com as trocas de elogios façam isso via MP
    ÓFI COURSE, honey.
    Aliás, vou aproveitar o ensejo e adcionar mais alguns capítulos.

    Eu tenho de reler e consertar tudo, principalmente no primeiro capítulo.

    Leave a comment:


  • Yu-mon
    replied
    já se amaram? ok, um aviso CRÍTICA CONSTRUTIVA, vlw.
    Desmond anexe o link do tópico do teu livro pros leigos.

    ps: se querem se amar ai com as trocas de elogios façam isso via MP

    Leave a comment:


  • Júlio Valereto
    replied
    Postado originalmente por BKobra
    É que eu POSSO!
    Posso porque eu vivi, amiguinho.
    Eu publiquei, eu realizei, eu fiz coisas.
    E isso me dá gabarito.
    Que gabarito você tem, fora seu egocentrismo?
    Nada.
    Pois é.
    Ah, é mesmo? Eu não me importo se você publicou ou deixou de publicar. Isso pode até contar no seu CUrrículo, mas com certeza o que você faz não é grande coisa (visto sua narrativa de Mundos sem Sol). Mas é fácil vir isso dum cara que se perfazeu pro pessoal quando esqueceu (ou ignorou de burro que é) que NEM TODO MUNDO AQUI TEM A PRETENSÃO DE SE TORNAR ESCRITOR.

    Foda-se teu passado e teu gabarito, Bkobra.

    O que te fode é isso: sua vida é uma merda, cara. É uma vida comum, sem graça, besta.
    É só você se unhando, se degladiando, ai, como eu sofri, eu vim da favela, minha mãe me chutou, ai, ai, como eu sofri!

    Que bela merda é olhar para si, um cara que absolutamente comum, normal e corriqueiro... Mas que se acha!
    Só porque tenho o desejo de publicar um livro falando do meu passado, necessariamente eu me acho? Nem todo mundo é como você, amiguinho. Minha vida realmente é uma merda, mas de quem não é hoje em dia?

    A verdade é uma só: escrever sobre si mesmo é fácil.
    Moleza.
    Escrever sobre algo além de si mesmo é que são elas!
    Será meu primeiro livro, com minha biografia e uma ficção. Seu livro foi apenas uma punhetação das coisas que mais gosta, uma punhetação digna do Emir Ribeiro. Ou seja, nada de novo no front pro seu livro.

    E você é um merdinha, Desmond. A gente já conversou sobre isso, eu já te alertei que você não tem absolutamente nada de incomum e, por isso, seu "livro" é só você punhetando sobre si mesmo.
    O que seria interessante mas, de novo, vamos cair na sua falta de vivência, sua falta de formação, enfim, sua infantilidade egóiga.
    Quem escreve sua auto-biografia tem que OBRIGATORIAMENTE ser "incomum"? O que significa ser incomum pra você, BKobra? Você se acha incomum só porque comeu uma porrada de gente, que é um otaku fissurado por Rentai e que só falta dar o cu pra achar que todo mundo tem que pensar como você?

    Mas do jeito que as coisas vão, é capaz que você consiga se destacar.
    Não pelo seu talento, nem pelas suas qualidades.
    Mas porque você é um faveladinho.
    Bem, vou fazer questão de não me sair por cima por causa que sou um "faveladinho", porque é humilhante alguém te alçar por pena de você. Eu apenas quero escrever meu livro. Sim, quero grana mas não vou buscar isso com uma gana tremenda. Se eu fizer sucesso, farei, que se foda, ninguém paga minhas contas no final do mês.

    No seu caso, mano, não tem nem o que dizer: tu vai é fazer bosta.
    E quem te aceitar, lhe aceitará por PENA, por DÓ!
    É isso que você quer?
    Então siga por ali.
    Mesmo? Mas acho que o meu livro será uma bosta melhor que o seu livro, meu chapa. Até porque ele não é calcado em punhetações otakísticas, como o seu foi.

    "Detetive vampiro namoradinho de andróide num Japão high-tech"?
    Ah, se fuder!

    Leave a comment:


  • Ealendil
    replied
    Postado originalmente por Mateus
    E isso?
    Helena Akkakinen é uma menina de 13 anos, cabelos longos castanho-claros, olhos azuis, descendente de finlandeses. É apaixonada por Douglas e possui uma relação "extra-paternal" com ele: dormem juntos, tomam banho juntos, se beijam e se abraçam em excesso.
    Está ruim.. Só pelo fato de você fazer questão em colocar MichaelJackson'sLifeStyle, já mostra seu naipe, mas isso NÂO é normal.

    Leave a comment:


  • Louxas
    replied
    Postado originalmente por BK
    Auto-biografia de um cara com menos de 25 anos é, no mínimo, de um egocentrismo du caralho, heim?
    O que um cara jovem, que não viveu quase nada, pode dizer de admirável e inspirador?

    Pelo andar da carruagem, não sei não...
    jesus morreu com 30 e poucos.
    alexandre o grande também
    e o grande rodolfo cassaro (nada a ver com o marcelinho)

    Leave a comment:


  • Art
    replied

    Leave a comment:

Working...
X