Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[Fics incompletas do Rienji 5] A história de Hiei

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [Fics incompletas do Rienji 5] A história de Hiei

    Mais uma fic incompleta. Essa eu tentei escrever pra entrar no site Universo Paralelo (lembram dele?), mas nunca me aceitaram por lá. Que se exploda.
    Taí a primeira parte da fic que nunca completei. (essa é bacaninha)


    "Yu Yu Hakusho - Hiei – O Abandono

    Eram tempos difíceis nas terras gélidas. Uma das moradoras da fria aldeia acabara de dar a luz. Do parto, nasceram duas crianças. A primeira era uma linda menina de cabelo azul e olhos brancos; a pele alva como a neve que cobria as montanhas. Até que veio a segunda... foi terrível para a parteira. O que parecia ser um menino, tinha pele verde e um cabelo estranho como o de um demônio. “Isso não pode estar acontecendo”, pensou a mulher que realiza o parto, mas estava. Foi assim, que descobriram. Hina – a mulher que deu a luz – teve um relacionamento com um humano, uma coisa proibida não só no Mundo do Gelo, mas em todo o reino Makai. E é assim que se inicia a história de Hiei...

    Capítulo 1 – O Abandono

    Makai, o mundo inferior como é mais conhecido. Lá vivem todos os tipos de demônios e criaturas assustadoras. Neste sombrio universo existem leis, algumas não muito importantes e outras que são seguidas à risca. Uma delas é a de que um “morador” do Makai nunca poderá se relacionar intimamente com um ser humano ou qualquer outra criatura que viva no mundo dos vivos, a Terra. A pena para esta lei é bastante severa, variando em cada região. No Mundo do Gelo por exemplo, a pena é a morte da pessoa. Caso aconteça o nascimento de um bebê do relacionamento, quem morre é a criança. É uma condenação cruel, mas é assim que funciona nas terras frias. Reza a lenda de que o clima é vivo nessa região, e todas as mulheres (não há homens) que vivem lá, são filhas do gelo.

    Após o parto, Hina foi levada até o centro da aldeia para se recuperar, mais precisamente, na casa da líder. Enquanto Hina descansava desacordada, Yuki – a líder da aldeia – veio em sua direção com uma expressão no rosto de desgosto e tristeza ao mesmo tempo

    - Hina... o que você fez? Onde você estava com a cabeça? Você teve... relações sexuais com um humano...

    Hina aos poucos recobra a consciência.

    - Hã... Yuki? Onde eu estou? – Perguntou Hina desnorteada

    - Hina, você está em minha casa, pois a sua, foi destruída por moradoras revoltadas com seu ato.

    - Meu ato? O que houve? – Pergunta Hina assustada - Onde estão meus filhos?

    - Você não se lembra, Hina? A sua filha está em nosso berçário, segura. Mas seu filho, está sendo levado por algumas mulheres, para ser sacrificado.

    - O que? O que farão com o ele?

    - Aquilo não é uma criança Hina, nasceu um demônio de você! Tudo por causa de sua relação com um humano! Você desrespeitou a lei, por isso, aquela criatura será punida.

    Hina enfraquecida agarra-se ao braço de Yuki.

    - Não... por favor... ele é meu filho...

    - Mas não se preocupe. – a expressão de Yuki muda para uma mais agressiva - Enviamos junto com ele uma lembrança sua, um colar com uma pedra-lágrima, para identificar de onde veio.

    - Não... minha... criança...

    Hina desmaia novamente.


    Desfiladeiro Uivante – Alguns minutos depois.

    O Desfiladeiro Uivante é um grande abismo sem fim. Lá impera a escuridão. Ninguém sabe o que acontece com quem cai em sua grande boca. Milhares já morreram ali, alguns por acidente, outros através de batalhas. Mas o destino de alguém que encontre o fundo da grande depressão sempre foi um mistério, pois o povo que vive lá embaixo nunca teve contato com o povo do Mundo do Gelo.
    Um grupo de cinco mulheres vai a este local com o bebê. Ao chegar, elas fazem um ritual e logo depois, atiram o pequeno demônio no ar, e dali ele some nas sombras, rumando para o seu fim...

    Na aldeia, Hina inconsciente começa a sonhar com seu filho, caindo, morrendo. Enquanto , ela chora, e misteriosamente a pedra que está com o bebê começa a brilhar, e a cada segundo a luz aumenta, até envolver a criança. E assim, ele chega ao fim do abismo em segurança, uma floresta gelada.

    Momentos depois...

    Uma figura caminha despreocupada por entre as árvores congeladas. É um demônio, forte, pele azul e longos cabelos brancos, seu nome é Fuuko, líder de um bando de ladrões da região. Enquanto ele anda, inesperadamente topa com um monte de pano enrolado, e dentro dele uma pequena luz brilha.

    - Hmm? O que é isso? Oh... hmm... de quem deve ser? Hmm...

    E assim, Fuuko volta para onde estão seus amigos, agora com mais uma boca para alimentar...


    De volta à aldeia, as mulheres já estão todas reunidas no centro para o julgamento de Hina. As moradoras deveriam decidir o que iriam fazer com a traidora, como agora era conhecida. O local estava preparado com tochas de um fogo azul por todos os lados. Todas estavam vestidas com mantos negros, com exceção de Yuki, que estava com vestes douradas.

    - Irmãs do Mundo do Gelo. – Iniciou Yuki – Estamos aqui reunidas para decidir o destino de uma de nós, aquela que traiu nossa raça. Tragam-na.

    Hina vem sendo arrastada, presa a correntes, por duas mulheres.

    - Aqui está ela. Como todas já estamos sabendo, Hina teve relações com um humano, o que é algo proibido em nosso mundo. E um de seus filhos nasceu amaldiçoado. A criança já foi jogada no Desfiladeiro Uivante para sacrifício, mas ainda temos que decidir o destino da traidora.

    - Mas... Mas... e minha outra filha? – Pergunta Hina se segurando nas correntes.

    - Não se preocupe, ela será criada por mim, querida Hina. E em minha homenagem, irá se chamar Yukina.

    - ...Yuki... por favor, não faça mal à ela... é apenas uma criança indefesa... eu imploro, perdoem-me...

    E após dizer isso, Hina enrola uma das correntes em seu pescoço, e começa a puxar forte. Todas as mulheres em volta ficam assustadas com a reação, mas Yuki nada faz para impedir, pois ela sabe que Hina tinha consciência do que havia feito, de que não merecia mais a vida por ter tido relações com um humano. As outras tentam impedir a traidora, ela devia ser julgada ainda.

    - Não! – Gritou Yuki – Deixem-na... Hina conhece seu destino seu destino, ela sabia que sua morte estava próxima... Não a interfiram...

    Hina cai sem vida no chão gelado. Todas ficam olhando atentamente, algumas se lamentam, mas a maioria estava feliz com o que havia acontecido.

    - Hina... adeus. – Pensou Yuki.

    Alguns segundos depois tudo começa a tremer. O gelo começa a cobrir o corpo de Hina, e do chão, começam a brotar cristais, perfurando o corpo sem vida e erguendo-o a uma altura de quase dois metros. Os ventos frios começam a soprar cada vez mais forte. É como se o clima estivesse lamentando a morte de uma filha. Mas era tarde demais, Hina partiu, e agora suas crianças estão sozinhas no mundo, e nunca saberão da verdade.


    Longe dali, acontecia uma festa. Era a comemoração de mais um saque bem sucedido, realizado pelo bando Hi-oni, os demônios do fogo. Estavam reunidos Morimo, Kooro e Mukuro. Faltava Fuuko, que estava para chegar. Estavam todos eles sentados ao redor de uma fogueira, comendo e bebendo.

    - Kooro! Passa a carne! HAHAHAHA!

    Este é Morimo, um demônio bastante forte e largo de pele vermelha. Vestindo velhos trapos ele não aparente ser grande desafio para seus inimigos, ledo engano. Ele já derrotou uma horda inteira de demônios menores com apenas um golpe. Morimo é o braço direito de Fuuko.

    - Ah Morimo, você está bêbado... não vai mais comer carne! É só minha agora... NHAC, CHOMP, NHAC...

    Longos cabelos lisos, pele branca, vestes com um tom místico e um chapéu pontudo. Este é Kooro, irmão de Morimo. Ele nunca foi mais poderoso que seu irmão, porém ele é conhecido como um grande mago em sua terra natal.

    - Vocês são desprezíveis... como conseguem ficar aí brincando com comida enquanto podemos estar planejando nosso novo ataque?

    Esta é Mukuro, uma menina de apenas 8 anos. Uma criança de pele lisa, cabelos curtos e ruivos e vestindo roupas um tanto exóticas. Mukuro é a cabeça do bando, ela prepara todas as táticas de ataque e na hora das batalhas, se defende e só participa nas horas de extrema necessidade. Mukuro na verdade é humana, foi achada por Fuuko no mundo dos vivos, mas apenas ele sabe deste fato.

    Enquanto os bandidos se divertem, o líder Fuuko se aproxima, com um convidado especial...

    - Ei amigos! Olhem só o que eu trouxe!

    Mukuro se aproxima

    - Nossa! O que tem aí dentro? Está brilhando! Você roubou qu...AAAAAAAAAAAAAAAAAHHHH! – Mukuro dá um salto para trás – O que é isso Fuuko? – Pergunta Mukuro ofegante - Porque você trouxe isso para cá?

    Kooro e Morimo param de comer e olham para Fuuko.

    - O que tem aí Fuuko? E de comer? – Pergunta Kooro.

    - Bom... eu acho que não Morimo... – Responde Fuuko.

    - Então o que é? – Pergunta Morimo.

    Em resposta, Fuuko abre os panos que cobriam o que ele carregava, e assim, mostra para todos o bebê encontrado na floresta...


    CONTINUA"

  • #2
    Valeria continuar a história...
    ùltima Leitura: Razoável
    sigpic
    Mister No #6 (RECORD)

    http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

    Comment


    • #3
      Ainda bem que o Goyo não trabalhava na epoca de yuyu... já pensou se ele CENSURASSE tb esse desenho tal qual ele fez com SAmurai X? tsc tsc... era melhor SE DEMITIR À CENSURAR!
      Fight Rockman! For everlasting peace!

      Comment


      • #4
        Postado originalmente por Rockman
        Ainda bem que o Goyo não trabalhava na epoca de yuyu... já pensou se ele CENSURASSE também esse desenho tal qual ele fez com SAmurai X? tsc tsc... era melhor SE DEMITIR À CENSURAR!
        CHUPA RETALHADOR!!!!!!!!!!!
        ùltima Leitura: Razoável
        sigpic
        Mister No #6 (RECORD)

        http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

        Comment


        • #5
          O bebê no caso seria o Hiei.
          E foi o Goyó quem censurou Samurai X?

          Comment


          • #6
            SIM, Ele era estagiario na globo na época. segundo ele o chefe dele recebeu muitas reclamações das mamaes devido a violencia e mandou o peão goyo retalhar o anime.

            devia ter pedido demissão! sua carreira não é nada comparada ao trabalho do nobuhiro hatsuki/1!!1111!!!!
            Fight Rockman! For everlasting peace!

            Comment


            • #7
              Cortei me divertindo, com um baldão de pipoca na ilha de edição!
              ùltima Leitura: Razoável
              sigpic
              Mister No #6 (RECORD)

              http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

              Comment


              • #8
                Malditooooooooooo, estagiário só faz merda mesmo, cortou e cortou mal pq eu lembro!

                Comment


                • #9
                  fala quando você juntou 3 episodios em 1 só, Goyo.
                  Fight Rockman! For everlasting peace!

                  Comment


                  • #10
                    Sem contar na cena de fundo preto com dois riscos prateados passando rápido, que substituíram vááááárias cenas de luta sangrenta.

                    Era assim, os personagens sacavam as espadas e corriam "iááááá", tinha dois minutos de luta e três cadáveres no chão.

                    Comigo virava "iáááááá", tela preta, CHOP CHOP, em 2 segundos três cadáveres no chão.

                    Ei, essa reedição de Samurai X foi na verdade uma fanfic minha, já que eu reescrevi a história!
                    ùltima Leitura: Razoável
                    sigpic
                    Mister No #6 (RECORD)

                    http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

                    Comment


                    • #11
                      Depois de tirar a graça do desenho você devia cometer sepuku/harakiri para se redimir...
                      Fight Rockman! For everlasting peace!

                      Comment


                      • #12
                        CHUPEM OTAKUS!!!!!!!!
                        ùltima Leitura: Razoável
                        sigpic
                        Mister No #6 (RECORD)

                        http://www.tumblr.com/blog/ultimaleitura

                        Comment


                        • #13
                          Maldito Goyo...

                          Comment


                          • #14
                            Deviamos postar vídeos das cenas uncut aqui neste tópico.

                            Comment


                            • #15
                              Biaxem o anime e assistam novamente, quem precisa de retalhação?
                              Me Pergunte: http://mepergunte.com/jhoilsonsilva/

                              Comment

                              Working...
                              X