Anúncio

Collapse
No announcement yet.

[AVALIAÇÃO] Vagabond 26

Collapse
X
 
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • [AVALIAÇÃO] Vagabond 26



    Continua o embate de Musashi com os remanescentes do clã Yoshioka, após a morte de Seijuro e do Denshichiro Yoshioka, os veteranos da escola reúnem cerca de setenta guerreiros para dar um fim em Musashi, esse inicialmente pensa em fugir mas num último instante parte para o encontro com os membros da conceituada escola de esgrima, uma gigantesca batalha está para começar.

    Gosto da forma como o Inoue escreve as histórias do Vagabond, sem arrodeios, sem frescuras, o Musashi apenas decide ir para o combate e pronto, nem traça uma estratégia grandiosa, vai com o pensamento de que é um embate um a um setenta vezes e que talvez possa dar conta se adentrar no campo de batalha por onde eles menos esperam. O amadurecimento tanto espiritual como em técnica do personagem é evidente. Como falei, o Inoue não fica com arrodeios e o próprio Ueda que é o cara que organizou a coisa toda para acabar com Musashi é logo um dos primeiros a tombar.

    A batalha transcorre o gibi inteiro, em nível frenético, os golpes são mostrados de forma crua e realista, cada ataque, cada estrago no inimigo é cuidadosamente desenhado. Um combate que começa de certa forma com honra, um adversário por vez mas que depois vai entrando na apelação por parte dos Yoshioka, com os homens deixando de lado a honra e atacando pelas costas, jogando lama no Musashi para desorientá-lo e com isso alguns golpes vão entrando no lendário personagem. Duas passagens maravilhosas no gibi é o Musashi sendo grato ao Seijuro e ao Denshichiro por esse ano de trégua em que o personagem pôde aprimorar sua técnica, pois há um ano atrás teria morrido fácil na espada do Seijuro e o outro momento, na verdade um interlúdio, é o cotidiano das pessoas acordando na vila, mostrando a calmaria das primeiras horas do dia enquanto a batalha rola solta.

    Mais uma excelente edição desse mangá que logo em breve, infelizmente, entrará em hiato por tempo indeterminado.

    Last edited by Mountain Man; 27-05-2018, 10:56 AM.
    “Quando quero relaxar leio ensaios de Engels. Quando quero algo mais sério, leio Corto Maltese.” Umberto Eco.
Working...
X