Rifa do MBB - está suspensa por hora.
Página 11 de 14 PrimeiroPrimeiro ... 7891011121314 ÚltimoÚltimo
Resultados 101 a 110 de 138
  1. #101
    Senior Member Super-Homem da Era de PRAAAAAAATA Avatar de Sr. Mxyzptlk
    Data de Ingresso
    Oct 2006
    Localização
    Mogi das Cruzes/5ª Dimensão
    Posts
    30.524

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?


    Citação Postado originalmente por Dylan Dog Ver Post
    Não escolhe conscientemente dos problemas já citados no tópico Mxy... pensei que tinha ficado claro ao que eu estava me referindo.
    Ficou, só estou dizendo que os critérios do consumidor não devem ser a preocupação da saúde financeira da empresa que não está atendendo a contento. Como eu falei, todo mundo é livre para comprar na livraria e pagar o preço para manter as editoras e livrarias em pé, mas ninguém quer isso. Você não pode forçar os consumidores a se prejudicarem por incompetência de quem não se adaptou.


    Citação Postado originalmente por Dylan Dog Ver Post
    Mas se você prefere simplificar a questão a apenas algo de competição "livre", tudo bem, mas você está errado. Nada tem de abstrato no que falamos, o dinheiro do Bezos, a estratégia da empresa, nada disso é abstrato. Taí a situação que discutimos para provar, além de exemplos em outros mercados e de quem trabalha na área assinalando os problemas que NÃO se resumem somente a Amazon, como já foi repetido várias vezes aqui. Ninguém disse aqui que era só culpar a empresa nem muito menos que as outras lojas não precisam rever suas operações. A questão é que até onde é a Amazon "apenas" se aproveitando do contexto para aplicar uma estratégia centralizadora/competitiva ou, além disso, está empurrando pra tal situação utilizando de práticas que beiram a deslealdade (alô dumping)?
    Não vejo deslealdade em um situação onde existem alternativas. Deslealdade pra mim é quando uma empresa ganha "incentivos" do governo para se manterem no mercado em detrimento de outras que claramente ficam prejudicadas. A Amazon no caso atua com as armas que tem, e como eu falei, todo mundo sabia como ela atuava antes de chegar no Brasil.

    Se a Amazon conseguisse um preço melhor porque não paga imposto enquanto as livrarias precisam pagar, aí sim eu concordaria que é uma situação desigual. Agora, se ela tem um algoritmo foda, uma estrutura foda e dinheiro para atender o cliente melhor, ponto pra ela. E se a editora não consegue vender de outro jeito que não pela Amazon, então que repense toda a sua estratégia, porque algo está errado.


    Citação Postado originalmente por Dylan Dog Ver Post
    Curiosamente, não seria o monopólio o controle e manipulação dos gostos do consumidor? 1- Se sobrar uma grande apenas, ela será sempre a preferida e teremos que aceitar apenas os preços que ela por. 2- Dentro do site, os algorítimos ou seja lá o que controla aquilo, pode explicitar os produtos que haja mais interesse... para a empresa por algum motivo ou outro. Mas aí sem outra loja pra fazer comparação...
    Nada impede que surja uma concorrente ou que as próprias editoras e autores resolvam vender por conta própria e boicotar a Amazon. Não é proibido.


    Citação Postado originalmente por Dylan Dog Ver Post
    3- A utilização de influenciadores e youtubers patrocinados já não é uma maneira de "indicar" certos produtos?
    Nada diferente do que as editoras sempre fizeram. É do jogo.


    Citação Postado originalmente por Dylan Dog Ver Post
    São questões pertinentes e que não tenho resposta certeira. Só enxergo que se não houver um jeito, sozinhas ou não, de as outras lojas conseguirem sobreviver, todo mundo perde... inclusive quem fica correndo atrás de desconto. Eu, pessoalmente, não acredito no fim da Saraiva e Cultura.
    Aí que está, ninguém tem resposta certeira ou pode prever o futuro. Por isso intervir pode ter efeitos piores do que deixar correr. Um exemplo, tabelar o preço dos livros pode simplesmente fazer com que ninguém mais compre, nem da Amazon, nem de lugar nenhum porque a crise não permite que as pessoas gastem tanto com algo que não é de necessidade básica. E nisso, não só as editoras e livrarias quebram como a Amazon pode ir embora e aí, todo mundo fica sem opção nenhuma.

    É um exercício de imaginação, mas perfeitamente factível tendo em vista todas as tentativas de intervenção em outros setores da economia que tiveram os mesmos resultados. Já um possível monopólio da Amazon pode ter efeitos ruins, mas não impede que leitores e editoras encontrem alternativas caso a situação não atenda mais seus interesses.

  2. #102
    Senior Member Curador do Museu da JSA Avatar de Max
    Data de Ingresso
    May 2015
    Posts
    1.470

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Citação Postado originalmente por Sr. Mxyzptlk Ver Post



    Nada impede que surja uma concorrente ou que as próprias editoras e autores resolvam vender por conta própria e boicotar a Amazon. Não é proibido.
    .
    Eu penso nisso, tipo olha ae a loja capitão onigiri e Amora book Stores, ambas especializadas em mangas, compro nas duas e recomendo, porque ?

    Praticidade, bons preços, tem coisas que estão esgotadas nas propias editoras e la eu encontro, e eles nunca colocaram os preços absurdos de uma comix, atendimento eficiente, entrega rapida e etc...

    Porque as editoras não fazem o mesmo ?

  3. #103
    Vingador Reserva Lorde Sith Avatar de Dylan Dog
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    9.298

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Citação Postado originalmente por Sr. Mxyzptlk Ver Post



    Ficou, só estou dizendo que os critérios do consumidor não devem ser a preocupação da saúde financeira da empresa que não está atendendo a contento. Como eu falei, todo mundo é livre para comprar na livraria e pagar o preço para manter as editoras e livrarias em pé, mas ninguém quer isso. Você não pode forçar os consumidores a se prejudicarem por incompetência de quem não se adaptou.




    Não vejo deslealdade em um situação onde existem alternativas. Deslealdade pra mim é quando uma empresa ganha "incentivos" do governo para se manterem no mercado em detrimento de outras que claramente ficam prejudicadas. A Amazon no caso atua com as armas que tem, e como eu falei, todo mundo sabia como ela atuava antes de chegar no Brasil.

    Se a Amazon conseguisse um preço melhor porque não paga imposto enquanto as livrarias precisam pagar, aí sim eu concordaria que é uma situação desigual. Agora, se ela tem um algoritmo foda, uma estrutura foda e dinheiro para atender o cliente melhor, ponto pra ela. E se a editora não consegue vender de outro jeito que não pela Amazon, então que repense toda a sua estratégia, porque algo está errado.




    Nada impede que surja uma concorrente ou que as próprias editoras e autores resolvam vender por conta própria e boicotar a Amazon. Não é proibido.




    Nada diferente do que as editoras sempre fizeram. É do jogo.




    Aí que está, ninguém tem resposta certeira ou pode prever o futuro. Por isso intervir pode ter efeitos piores do que deixar correr. Um exemplo, tabelar o preço dos livros pode simplesmente fazer com que ninguém mais compre, nem da Amazon, nem de lugar nenhum porque a crise não permite que as pessoas gastem tanto com algo que não é de necessidade básica. E nisso, não só as editoras e livrarias quebram como a Amazon pode ir embora e aí, todo mundo fica sem opção nenhuma.

    É um exercício de imaginação, mas perfeitamente factível tendo em vista todas as tentativas de intervenção em outros setores da economia que tiveram os mesmos resultados. Já um possível monopólio da Amazon pode ter efeitos ruins, mas não impede que leitores e editoras encontrem alternativas caso a situação não atenda mais seus interesses.
    Não sei até onde isso de que todas as intervenções deram na mesma resposta (supostamente negativa), mas a intervenção não significa dar um bote salva vidas. Não to dizendo que é pra fazer como os governos fazem salvando bancos ou indústrias colocando dinheiro público (ou dando excessivas isenções fiscais). Digo que: se houver de fato má fé, é necessário maior regulação, inclusive para proteger os consumidores. Só vejo alguma interferência nos hábitos de consumo dos indivíduos se houver apenas uma opção, fora isso como seria essa tentativa de controle dessa escolha? Em qualquer outro cenário, nós continuaremos comprando onde quisermos pelo motivo que você deu: não é uma necessidade básica e por isso qualquer redução de gasto é importante.

    Sobre o preço fixo, eu teria que reler de novo a proposta... mas se lembro bem, não é que os preços não mudariam. Haveria uma espécie de carência que não permitira uma flutuação o tempo todo. A medida era mais pra proteger pequenas livrarias locais e físicas do que gigantes como Saraiva ou Cultura. Posso tá falando merda, algum mbbista que tiver atualizado poderia explicar.

    Enfim, vamos vê no que dá.

    As vezes fico divagando e pensando se a leitura de livros (e quadrinhos) não se encaminham cada vez mais pra "nichos" mesmo. Isso me deprime. Eu sou professor, na minha escola que é de médio porte e de classe média em Botafogo, recentemente fiz uma pergunta para algumas turmas: quantos aqui leem pelo menos um quadrinho ou livro inteiro no ano? Mesmo colocando gibi que é mais curto, nas séries iniciais do fundamental até que algumas chegaram a metade. Porém no ensino médio cai drasticamente... pode ser uma mudança de hábito a longo prazo? Aí fico pensando isso da formação do leitor...

    Valeu pelo diálogo Mxy, debates legais são difíceis no MBB...

  4. #104
    Senior Member Soldado do Inferno Avatar de Tidus
    Data de Ingresso
    Jul 2011
    Localização
    São Paulo
    Posts
    7.434

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Um Youtuber indicou esse tópico...

    https://www.youtube.com/watch?v=lj8EneYRgho

    Spoiler!

  5. #105
    Senior Member Curador do Museu da JSA Avatar de muberen
    Data de Ingresso
    Jun 2014
    Posts
    1.280

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Citação Postado originalmente por Hellhammer Ver Post
    O mais engraçado é que se fosse implementado o preço único, ou seja, todas as lojas tiverem que vender no mesmo preço, a falência das empresas (exceto amazon) seria ainda mais rápido, já que o único motivo de alguém comprar em uma saraiva é o preço.
    Mas é aí que está o pulo do gato. Com uma lei de preço único iria acabar essa putaria de gibi de 150 páginas custando 100 reais, que muito provavelmente é um preço inflacionado já visando que as lojas darão 40% de desconto. Sem desconto as editoras não poderão mais aplicar esses preços e terão de voltar em um valor de capa mais real, como era antes da amazon.

    Citação Postado originalmente por Sr. Mxyzptlk Ver Post



    Não vejo deslealdade em um situação onde existem alternativas. Deslealdade pra mim é quando uma empresa ganha "incentivos" do governo para se manterem no mercado em detrimento de outras que claramente ficam prejudicadas. A Amazon no caso atua com as armas que tem, e como eu falei, todo mundo sabia como ela atuava antes de chegar no Brasil.

    Nada impede que surja uma concorrente ou que as próprias editoras e autores resolvam vender por conta própria e boicotar a Amazon. Não é proibido.
    Brother. Você acha apelação incentivo do governo mas o dono da amazon é o Jeff Bezos, tem dias que ele passa do Bill Gates no ranking de homem mais rico do mundo. Só o dono da amazon tem mais dinheiro que muitos pequenos paises. E aquela história, com dinheiro se compra tudo (ou quase tudo). As próprias editoras poderiam boicotar a amazon? Sim, mas a amazon por cagar dinheiro é a única que compra a tiragem das editoras a pagam a vista, enquanto as demais pegam consignado e tão devendo as calças.

    Citação Postado originalmente por Dylan Dog Ver Post
    Curiosamente, não seria o monopólio o controle e manipulação dos gostos do consumidor? 1- Se sobrar uma grande apenas, ela será sempre a preferida e teremos que aceitar apenas os preços que ela por.
    Você me fez lembrar aquele paises em que a ditadura é tão fortemente implementada que os próprio ditadores são vistos como figuras divinas, como foi o caso do Jim John pai, na Coreia do Norte.

    Citação Postado originalmente por Max Ver Post

    Olha o pipoca e nanquim ae de exemplo, editora nova com qualidade nos produtos e entrega dos materiais(graças a Amazon) onde se compra tudo online, pipoca e nanquim so tem loja online.
    Ledo engano, senhor. O PN apesar de ter certo rabo preso com a amazon são total conscientes da importância das lojas físicas, principalmente as comicshops e não só promovem lançamentos de hqs nessas lojas como deixam exemplares para ser vendido em várias lojas físicas, tem até comic shop do nordeste que vende gibi do PN.
    Última edição por muberen; 10-08-2018 às 09:28 AM.
    Vendo e compro alguns quadrinhos, quer ver a lista? É só clicar AQUI


  6. #106
    Senior Member Super-Homem da Era de PRAAAAAAATA Avatar de teleute
    Data de Ingresso
    Oct 2006
    Posts
    26.118

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    O maior problema da Amazon destruir os concorrentes é que os preços já dispararam por causa dos descontos deles. Com o fim da concorrência o desconto vai diminuir/sumir, e o preço que já está inflacionado não vai cair. TODOS perdem.

  7. #107
    Senior Member Barman da Rê Bordosa Avatar de José Henrique
    Data de Ingresso
    Feb 2014
    Posts
    277

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Ao invés de comprar gibi agora, vou é esperar os nerds começarem a falir, e comprar uma coleção inteira por pechinca. Já vi isso numa programa dos EUA, do youtube acho.
    Tem tanto material no mercado que até pra se livrar tá difícil, só algo esgotado faz tempo tá indo fácil e por um preço justo, tempos difíceis pra mercenários livres, pensem direito ao comprar algo, pq se livrar disso nas próximas décadas vai ser difícil, o mercado de usados, reusados, quantas vezes usado for está abastecido por eras.

  8. #108
    The enforcer Membro fundador dos Vingadores Avatar de extra skater
    Data de Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Recife, PE
    Posts
    10.103

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Citação Postado originalmente por Tidus Ver Post
    Um Youtuber indicou esse tópico...

    https://www.youtube.com/watch?v=lj8EneYRgho

    extra skater
    --

  9. #109
    Member Amigão da Vizinhança Avatar de Lt. James Gordon
    Data de Ingresso
    Apr 2018
    Posts
    36

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Penso que a única intervenção aceitável seria para coibir a prática de preço abusivo pela Amazon, com o intuito de quebrar a concorrência e ter monopólio do mercado depois.

    Segue trecho da página de perguntas frequentes do CADE:

    O que é preço predatório?
    É a prática deliberada de preços abaixo do custo visando eliminar concorrentes para, posteriormente, explorar o poder de mercado angariado com a prática predatória.
    Como a venda de produtos abaixo do custo significa prejuízo para a empresa que adota preços predatórios, do ponto de vista econômico essa prática só faz sentido se a empresa puder recuperar tal prejuízo em um segundo momento, ou seja, se ele tiver como obter lucros no médio/longo prazo. A conduta ocorre se essa obtenção de lucro decorrer da eliminação de seus concorrentes.
    Assim, a prática de preços predatórios requer uma análise mais detalhada das situações de mercado e da conduta do agente, não se restringindo à verificação de um preço abaixo do custo médio variável da empresa, mas também se avaliando, dentre outras coisas, a possibilidade de recuperação do prejuízo decorrente da prática, num segundo momento, e a verificação de barreiras à entrada de novos agentes econômicos que possam restringir o exercício do poder de monopólio, após a eliminação dos concorrentes.
    É recorrente a confusão entre preço predatório e dumping. Esse é um termo utilizado no comércio internacional, que ocorre quando um agente econômico pratica um preço internamente inferior ao praticado no país de origem do produto. As investigações sobre a prática de dumping são conduzidas pelo DECOM/SECEX do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio Exterior – MDIC.

    Um lojista pode realizar uma promoção de queima de estoque vendendo abaixo do custo?
    Toda prática deve ser avaliada do ponto de vista de sua racionalidade econômica. Queima de estoques, em geral, é uma prática comercial normal temporária e localizada. Portanto, sob estas condições (temporária e localizada), tende a não ser considerada uma conduta ilegal.

    E se o concorrente de uma grande empresa achar que ela está praticando preços predatórios, o que impossibilitará sua permanência no mercado?
    O empresário prejudicado deve fazer a denúncia junto aos órgãos de defesa da concorrência para que estes procedam às investigações. Somente a análise mais detalhada dos preços, custos e demais condições do mercado poderá determinar se realmente se trata de preço predatório ou se a empresa acusada é tão somente mais eficiente que os demais concorrentes e está praticando concorrência de preços acirrada, porém, legal.

  10. #110
    Senior Member Interno do Asilo Arkham Avatar de WAGNER TORRES
    Data de Ingresso
    May 2010
    Posts
    1.778

    Re: O ragnarok do mercado editorial está chegando?

    Citação Postado originalmente por teleute Ver Post
    O maior problema da Amazon destruir os concorrentes é que os preços já dispararam por causa dos descontos deles. Com o fim da concorrência o desconto vai diminuir/sumir, e o preço que já está inflacionado não vai cair. TODOS perdem.
    Perfeito Teleute. Isto responde ao que o Egua Noturna citou.

    E, ficando sozinha (AMAZON) no mercado valeria o ditado: "Em terra de cego, quem tem um olho é rei".

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •